Mulher

Cristina Boner revela as 10 características da mulher bem sucedida e criativa

Publicado

Cristina Boner, famosa empresária por ter chamado a atenção de Bill Gates, revelou 10 traços que mulheres precisam desenvolver para alcançar seu potencial máximo.

Acontece que as mulheres que conseguem coisas incríveis tendem a ter algumas características em comum. Aqui estão alguns que você pode tentar cultivar ou reconhecer em si mesmo, conta Cristina Boner
.

Leia também: Tarsilinha do Amaral fará visita guiada super exclusiva no MASP


Cristina Boner
Divulgação

Cristina Boner


1. Assertividade

Se você se encontra apoiando em pedidos ou perguntas e / ou constantemente se desculpando por si mesmo, então você pode precisar endurecer seu quociente de assertividade. Troque seu gatinho interior por um tigre interno. Apenas tente não ser muito feroz para compensar demais.

2. Empatia

Muitas mulheres acham que os traços tipicamente femininos, como a empatia, devem ser minimizados, quando, em vez disso, devem ser considerados um trunfo. Empatia significa que você pode ouvir e entender de onde as outras pessoas estão vindo – suas necessidades, sentimentos e desejos. Aprenda a ser compreensivo e intuitivo, sem ser descarrilhado pelo sentimentalismo.

3. Paixão

Você pode ter muita habilidade e experiência, mas sem paixão pelo que está fazendo, você provavelmente não elevará seu trabalho para a próxima fase. Amar o que você faz significa inovar, se esforçar, desafiar a si mesmo. E faz o tempo que você coloca em prazer e vale cada momento de sua jornada ao topo. A paixão também traz energia, que você precisa para perseverar.

Veja Mais:  Escócia se torna primeiro país do mundo a oferecer absorventes de graça

4. Imperfeição

Tentar ser “perfeito” ou esperar a perfeição das pessoas ao seu redor é uma passagem de ida para todo mundo que está sendo infeliz. Mulheres realmente bem sucedidas sabem que isso não é possível o tempo todo avisa Cristina Boner. Abrace suas falhas. Encontre pessoas que complementem seus pontos fortes. E mantenha a cabeça baixa. Seja o melhor que você pode ser em cada coisa, então siga em frente.

5. Potência

Subir ao topo. Quando você chegar lá, você pode escrever suas próprias regras. Você descobrirá, paradoxalmente, que quanto mais alto você for, mais fácil será sua vida. Você terá mais controle no tipo de local de trabalho que cria para si e para seus funcionários.

6. Fé

Acredite em si mesmo. Acredite que você será bem sucedido. Acredite em suas ideias malucas. E esteja pronto para pensar em seus pés para realizá-los. Você também pode chamar isso de ego – a confiança para fazer o que precisa ser feito (em vez da variedade de cabeça inflada).

7. Adaptabilidade

Se o estresse te desconcertar, então você pode ter dificuldades em sua ascensão ao sucesso. Você se sentirá mais capaz de lidar com essa quantidade de estresse em momentos diferentes, é claro, mas, em geral, quanto mais você desenvolver sua tolerância, melhor. Encontre maneiras de tornar sua vida mais tranquila, sem estresse e mais fácil possível. E concentre sua energia mental no trabalho a mão, em vez de hiperventilação.

Veja Mais:  Em 2 meses, movimento Me Too Brasil recebe mais de 70 denúncias

8. Coragem

O que você faria se não tivesse medo? Assumir riscos não significa necessariamente fazer coisas imprudentes, mas significa tomar decisões calculadas e tentar coisas que possam ser consideradas “arriscadas”.

9. Autocuidado

As pessoas realmente bem-sucedidas descansam tanto quanto jogam. Eles cuidam bem de si mesmos: exercitando-se e comendo corretamente, tendo dias de saúde mental, se possível, e sabendo quando dizer “não” e quando ficar sozinhos, etc. Eles conseguem se afastar do seu eterno faça listas e faça algo que os manterá com combustível suficiente para continuar se movimentando.

10. Gratidão

As mulheres realmente bem-sucedidas percebem que seu sucesso não ocorreu no vácuo – tanto em casa como no trabalho. E eles podem dizer obrigado e expressar genuína gratidão e gratidão às pessoas que os ajudaram a chegar onde estão. Cristina Boner acrescente que eles tratam seus colegas com gentileza e respeito e recebem respeito e admiração em troca.

Mulher

Descubra quem é o seu inferno astral e como lidar com ele

Publicado


source

João Bidu

undefined
Redação João Bidu

Descubra quem é o seu inferno astral e como lidar com ele

O signo que é considerado como seu ‘inferno astral’ é aquele que tem características que não são compatíveis com você. Sabe quando o seu santo não bate com o de outra pessoa? Então, talvez o signo dela seja o seu inferno astral ! Por isso, descubra qual signo é o seu inferno astral e como lidar com ele.

+ Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste  LINK !

Confira o inferno astral de cada signo e como lidar com ele

Áries

Inferno astral: Peixes.

Vai ter que controlar o seu jeitinho mandão. Diferente de você, a pessoa de Peixes costuma ser bastante sensível e não precisa de muito pra ficar magoada. Como você tem impulsividade de sobra, que tal contar até dez antes demandar na lata o que pensa? Se mantiver a calma, os(as) piscianos(as) da sua vida serão ótimos(as) companheiros(as) e vão encher você de carinho.

Touro

Inferno astral: Áries.

Para se dar bem com quem é de Áries, você vai ter que maneirar no seu ciúme e teimosia, características clássicas das pessoas de Touro. Tente não ficar controlando muito a relação, principalmente quando os(as) arianos(as) se deixarem levar pelos impulsos. Relaxe e se solte mais! Se conseguir, deve aproveitar momentos gostosos ao lado do seu inferno astral.

Veja Mais:  Descubra quem é o seu inferno astral e como lidar com ele

Gêmeos

Inferno astral: Touro.

Como Touro é um signo possessivo e teimoso, a principal barreira entre você e seu inferno astral será a sua popularidade e o seu jeito comunicativo. Mostre que você é responsável e curte a companhia dele(a), mesmo que goste de conversar com todo mundo. Demonstrar respeito e consideração pela relação de vocês também vai agradar o(a) taurino(a).

Câncer

Inferno astral: Gêmeos.

Enquanto você mergulha no que acha interessante, seu inferno astral é instável e muda muito de ideia. Para cair nas graças do(a) geminiano(a), procure respeitar o espaço desse signo e controle o seu ciúme! Assim, Gêmeos vai acabar cedendo ao aconchego da sua amizade. Invista bastante nas conversas, pois o forte da pessoa desse signo é falar.

Leão

Inferno astral: Câncer.

Como seu inferno astral é sensível e carente, não é muito difícil pra você magoá-lo — ainda mais se exagerar no seu jeitão autoritário e orgulhoso. Tente ser mais paciente e fuja de discussões. Reconheça a consideração que Câncer demonstra e mostre o quanto vocês podem aprender um com o outro. Assim, esse signo vai criar um grande afeto por você.

Virgem

Inferno astral: Leão.

Vocês dois são cabeça-dura, mas o orgulho do seu inferno astral supera a sua teimosia e faz com que ele(a) não suporte receber críticas. Se quer viver em paz com Leão, faça uma forcinha e dê o braço a torcer de vez em quando. Encha o(a) leonino(a) de elogios e reconheça suas qualidades. Como adora ser valorizado, esse signo vai se tornar muito mais generoso com você.

Veja Mais:  Em 2 meses, movimento Me Too Brasil recebe mais de 70 denúncias

Libra

Inferno astral: Virgem.

Metódico(a) e seguro(a), seu inferno astral pode perder a paciência com o tempo que você demora para escolher alguma coisa — ainda mais se mudar de ideia depois de já ter se decidido! Procure encarar as críticas da pessoa de Virgem com mais paciência. Aproveite seu charme para fazer esse signo se soltar, já que ele não costuma demonstrar sentimentos.

Escorpião

Inferno astral: Libra.

Seu inferno astral é uma pessoa simpática e sociável, mas que não gosta de ir com muita sede ao pote — além de se importar muito com a opinião alheia. A maneira que você mergulha de cabeça em tudo pode decepcionar um pouco esse signo. O jeito é respeitar o tempo dele(a) e não desistir do(a) libriano(a).

Sagitário

Inferno astral: Escorpião.

Você ama a liberdade e precisa dela para ser feliz, enquanto seu inferno astral é muito ciumento. Se deseja conciliar os comportamentos de vocês, tente se controlar mais: pense antes de falar pra não causar briga, já que não precisa de muita coisa pra Escorpião perder a paciência. Aproveite a companhia desse signo, pois, juntos, podem curtir momentos verdadeiros e bem intensos.

Capricórnio

Inferno astral: Sagitário.

O signo do seu inferno astral é pura aventura, enquanto você é a prudência em pessoa. Diferente de você, a última coisa que Sagitário quer fazer é planejar o dia a dia — além de curtir viver tomado pela adrenalina. Procure agir com mais leveza quando estiver perto do(a) sagitariano(a): dê um tempo na seriedade e deixe as coisas rolarem numa boa.

Veja Mais:  Carolinie Figueiredo fala sobre violência obstétrica em carta aberta

Aquário

Inferno astral: Capricórnio.

Reservado, seu inferno astral não tem paciência para novidades e faz o máximo para evitar qualquer risco. Para viver bem com esse signo, mostre que uma pausa nos assuntos sérios também faz bem. Outra boa solução é sugerir passatempos para intercalar com o trabalho: convença o(a) capricorniano(a) de que um pouco de diversão vai melhorar seu desempenho.

Peixes

Inferno astral: Aquário. 

O jeito independente do seu inferno astral pode não agradar você, que precisa estar pertinho da pessoa para aproveitar a companhia e ganhar intimidade. Mas, o jeito livre de Aquário não significa que ele(a) não gosta de você. Trabalhe sua insegurança para superar essa impressão. Estar sempre antenado(a) e com novidades na manga vai chamar a atenção do(a) aquariano(a) e isso vai fazer seus olhinhos brilharem!

LEIA TAMBÉM:

Previsões 2021: Horóscopo Chinês

Saiba como o Sol em Sagitário influencia o seu signo

Confira como os signos lidam com pessoas invejosas

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Escócia se torna primeiro país do mundo a oferecer absorventes de graça

Publicado


source
absorvente
Freepik/reprodução

Processo passou por parlamento por unanimidade

A Escócia se tornou o primeiro país do mundo a oferecer produtos menstruais gratuitamente. O Parlamento escocês aprovou por unanimidade o projeto de lei na úlima terça-feira (24/11).

Os governantes locais agora têm o dever legal de garantir que itens como absorventes femininos e tampões íntimos estejam disponíveis para “quem precisar deles”. O projeto foi apresentado por Monica Lennon, do Partido Trabalhista. Ela tem feito campanha para acabar com a chamada ‘pobreza menstrual’ desde 2016.

Pobreza menstrual

A pobreza menstrual é o termo usado pra defenir quando pessoas com baixa renda não podem pagar ou ter acesso a produtos menstruais adequados.
Com menstruações de cerca de cinco dias, em média, uma mulher pode gastar até oito libras (R$ 56) por mês em absorventes internos e externos no Reino Unido. É um gasto que não é acessível para todas as pessoas.

Fonte: IG Mulher

Veja Mais:  Carolinie Figueiredo fala sobre violência obstétrica em carta aberta
Continue lendo

Mulher

Carolinie Figueiredo fala sobre violência obstétrica em carta aberta

Publicado


source
carolinie figueiredo
Instagram/Reprodução

Atriz também é terapeuta e educadora parental

A atriz Carolinie Figueiredo usou o dia de ontem (25), Dia Internacional do Combate à Violência Contra a Mulher,  alguns dias após relembrar o abuso sexual que sofreu , falou sobre a violência obstétrica sofrida durante sua primeira gravidez.

A ex-Malhação tem 31 anos e dois filhos, Bruna Luz, de nove anos e Theo, de 6. Em uma carta aberta, ela contou a experiência de dar luz à Bruna, que fez aniversário também no dia de ontem:

“Minha história de compreensão e elaboração da violência começou há nove anos, na chegada da minha filha ao mundo. Por ter sido um parto vaginal e sem anestesia, eu não compreendia o que tinha acontecido, mas algo me parecia errado. Eu tinha 22 anos. Dois anos depois do nascimento dela, eu estava grávida do meu segundo filho. Ao repassar as experiências do primeiro parto com a médica, ela me disse: ‘O que aconteceu foi uma violência obstétrica e você precisa elaborar isso’.”.

“Um filme passou na minha cabeça: não só a privação de água e comida, o impedimento de movimentar meu corpo. Não só as palavras de descrédito e humilhação sobre meu processo de parir, mas também a manobra de Kristeller (prática antiga da obstetrícia, que consiste em empurrar a barriga da mulher com toda força para que o bebê saia mais rápido; superperigosa pro bebê e para a mãe, altamente violenta). Doem também as memórias de trazer minha filha ao mundo gritando: ‘Não, não, não’, enquanto eu tentava fechar as pernas pra me proteger da dor. Essas dores estão vivas nas nossas células, na sensação física de limites que foram atravessados. Fica a vontade de chorar, o nó na garganta, asmemórias que estão gravadas e emergem nos registros do corpo.”

Veja Mais:  Escócia se torna primeiro país do mundo a oferecer absorventes de graça

Ela terminou o relato dedicando sua luta por uma sociedade mais igualitária à filha aniversariante, esperançosa de que a menina viverá em um mundo melhor.

“Filha, hoje é seu aniversário de 9 anos. Parte do meu trabalho de despertar é limpar o terreno para que você pise com mais segurança. Estamos abrindo espaço para que seu caminho seja mais livre e mais justo. Esse movimento não é só meu, mas de todas mulheres que vieram antes, são por nossas avós, bisas, tias, primas… Mulheres que atravessaram tudo isso sem ter espaço de fala e escuta. Quando você puder compreender toda essa história, minha filha, eu espero que você sinta orgulho e admiração por esse movimento.”

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana