conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Nacional

Deputadas fazem homenagem e criam “corredor Marielle Franco” na Câmara

Publicado


Apelidado de 'corredor Marielle Franco', sexto andar da Câmara dos Deputados conta com placas com nome da vereadora
Reprodução/Instagram

Apelidado de ‘corredor Marielle Franco’, sexto andar da Câmara dos Deputados conta com placas com nome da vereadora

Quatro deputadas eleitas pelo Psol estão ocupando gabinetes vizinhos no sexto andar da Câmara dos Deputados a partir deste ano. Por conta da proximidade – não só física como também de opiniões, de partido e de pautas a serem defendidas dentro da Casa –, as deputadas instalaram, na porta de seus gabinetes, placas com o nome da vereadora Marielle Franco (Psol), a fim de homenageá-la, durante o cumprimento dos seus mandatos no Congresso. 

Leia também: Miliciano suspeito de matar Marielle tinha reuniões com vereador, diz testemunha

“Somos quatro gabinetes feministas vizinhos. A gente não chegou para ficar calada. Viva o corredor Marielle Franco
!”, conta Talíria Petrone (Psol-RJ), a respeito das placas em homenagem à vereadora que foi morta no ano passado no Rio de Janeiro. A placas foram colocadas em frente às portas dos gabinetes de Áurea Carolina (Psol-MG), Sâmia Bomfim (Psol-SP) e Fernanda Melchionna (Psol-RS).

Nas redes sociais oficiais do partido, o corredor do sexto andar da Câmara já ganhou o apelido de ” corredor Marielle
“. As placas colocadas em frente às portas dos gabinetes remetem àquelas mesmas placas de identificação da Avenida Rio Branco, que foram adesivadas com o nome “Rua Marielle Franco” em um ato de março do ano passado. 

Veja Mais:  'Dúvidas sobre o Coronavírus': auxílio emergencial após seguro-desemprego

Marielle e seu motorista, Anderson Gomes
, foram executados a tiros na noite do dia 14 de março, uma quarta-feira, no bairro do Estácio, após serem perseguidos por dois carros, desde a Lapa, onde a vereadora participou de seu último compromisso político.

Leia também: MP afirma ter certeza de que morte de Marielle está relacionada a milícias

No mês passado, quase um ano após o assassinato da vereadora, uma operação do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), com o apoio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil prendeu cinco suspeitos de envolvimento no crime

No início de janeiro, o novo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse que as investigações sobre o caso Marielle Franco
estão próximas de um desfecho e que talvez isso acontecesse até o final daquele mês. Fevereiro começou e o caso segue sem solução e em investigação.

Comentários Facebook

Nacional

Projeto obriga comércio a oferecer meios para clientes higienizarem as mãos

Publicado


.
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Audiência Públcia - Tema: Instrumentos de Avaliação da Deficiência. Dep. Maria Rosas (REPUBLIC-SP)
Deputada Maria Rosas, autora do projeto de lei

O Projeto de Lei 2799/20 obriga clientes de estabelecimentos comerciais, durante a pandemia de Covid-19, a higienizarem as mãos antes de entrar em estabelecimentos comerciais. Para tanto, o texto exige que os estabelecimentos ofereçam em suas instalações meios para a higienização adequada das mãos. O texto está sendo analisado pela Câmara dos Deputados.

A deputada Maria Rosas (Republicanos-SP), autora do projeto, diz que o objetivo é prevenir e evitar a transmissão de enfermidades infecciosas como o novo coronavírus. “Ainda é incerto se o isolamento social é a melhor opção e ainda há quem questione a validade do uso de máscaras por toda a população, por exemplo. No entanto, uma medida tem sido de aceitação e valorização unânime desde sempre: a necessidade de se higienizar as mãos”, disse.

Segundo ela, já é comum perceber em estabelecimentos que permanecem abertos a oferta de álcool em gel a 70% para que os clientes higienizem as mãos. “Método confiável e dos mais práticos”, disse a deputada.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei.

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Roberto Seabra

Comentários Facebook
Veja Mais:  Projeto prevê que plano diretor de cidade com pouca chuva tenha diretrizes para uso de água
Continue lendo

Nacional

Senado pode votar destinação de R$ 160 milhões para instituições de idosos

Publicado


.

Está na pauta do Plenário do Senado um projeto que dispõe sobre a destinação de R$ 160 milhões para instituições sem fins lucrativos que cuidam de idosos (PL 1.888/2020). Os recursos, do Fundo Nacional do Idoso, serão administrados pelo Ministério dos Direitos Humanos. O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) lembra que os idosos formam um dos grupos de risco da covid-19 e o senador Flávio Arns (Rede-PR) defende políticas públicas definitivas para essa faixa da população. A reportagem é de Rodrigo Resende, da Rádio Senado

Comentários Facebook
Veja Mais:  'Dúvidas sobre o Coronavírus': auxílio emergencial após seguro-desemprego
Continue lendo

Nacional

PF vai investigar vazamento de dados de Bolsonaro e outras autoridades

Publicado


.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, informou hoje (2) que a Polícia Federal vai investigar o vazamento de informações pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus familiares e outras autoridades por um grupo de hackers. Uma das contas do Twitter que supostamente pertence ao grupo foi suspensa por causa da ação.

Em publicação no Twitter, o ministro Mendonça explicou que as investigações devem apurar crimes previstos no Código Penal, na Lei de Segurança Nacional e na Lei das Organizações Criminosas.

 

Edição: Valéria Aguiar

Comentários Facebook
Veja Mais:  Senado pode votar destinação de R$ 160 milhões para instituições de idosos
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana