Mato Grosso

Deputado Dilmar avalia que gestão de Mauro foi a que mais destinou recursos para Sinop

Publicado

O deputado Dilmar Dal Bosco (UB), líder do governo na Assembleia, avaliou que  gestão do governador Mauro Mendes é a que mais destinou recursos para obras e ações em Sinop nos últimos anos. São R$ 271,4 milhões para dezenas de obras e ações.

“Foram 3 anos de muitas obras em várias ações e, com líder do governo, que resido em Sinop, conhecedor das principais carências busquei alocar recursos, emendas parlamentares e parcerias para obras fundamentais para nossa cidade, como a duplicação de 8 km, com rotatórias na MT-140 (Sinop-Santa Carmem) e a estrada Nanci, por exemplo, que vão melhorar o trânsito, fortalecer a mobilidade e ajudar a evitar acidentes”.

“Nos primeiros meses foi um duro trabalho para colocar as finanças em ordem e o governo passou a definir os investimentos prioritários nos municípios. Todas essas obras que foram para Sinop foram debatidas pelo governador, comigo com seus secretários e nossos aliados com forte planejamento e definindo as prioridades e articulamos recursos também para diversos municípios na região Norte”.

Dos recentes convênios que o líder do Governo mencionou, R$ 7,3 milhões são para construção da coordenadoria regional da Politec (Polícia Técnica), R$ 5,9 milhões para a reforma a ampliação da sede do 3º Comando Regional e Força Tática. Dilmar menciona que também articulou para viabilizar o convênio de R$ 22 milhões para construção de 1.468 casas populares e no asfaltamento de 21 km da Estrada Nanci com ciclovia destinou emenda com parte da verba (total que será aplicado pelo governo e prefeitura é de R$ 33 milhões), além da reforma do hospital regional.

Veja Mais:  TCE verifica retirada do nome de entidade do cadastro de inadimplentes

O líder do Governo também destaca a manutenção de asfalto em rua com verba de R$ 18,7 milhões, asfaltamento das estradas Adalgisa e Silvana com R$ 5,9 milhões e mesmo valor destinado para asfaltar 8 km da estrada Ângela.

Outro recente convênio firmado é para duplicar de 7 km da MT-140 (Sinop-Santa Carmem) a partir do trevo da BR-163, n São Cristóvão, com ciclovia que o governo destinará R$ 31,3 milhões e asfaltamento da MT-329 (Sinop a Tabaporã) – R$ 39,6 milhões.

Fonte: Política MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Mutirão Pai Presente volta a ser realizado em Mato Grosso

Publicado

O evento, que estimula o reconhecimento voluntário da paternidade e reduz o número de crianças sem o nome do pai na certidão de nascimento, marcará a retomada dos mutirões desta ação após o período pandêmico. A iniciativa do Pai Presente é uma parceria entre a Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), por meio da Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja) e as Diretorias dos Fóruns. O período será entre 15 e 19 de agosto na maioria das comarcas.
 
É válido ressaltar que o reconhecimento espontâneo é feito a qualquer momento nos fóruns e que as escolas também são parceiras da Justiça nesta ação, muitas repassam orientação às mães de como procurar a Justiça para o reconhecimento. A ação também terá a parceria dos Centros Judiciários de Soluções de Conflitos (Cejusc), ligados ao Núcleo Permanente de Soluções de Conflitos (Nupemec).
 
Cuiabá – O juiz diretor do Foro de Cuiabá, Lídio Modesto da Silva, explica que haverá parceria com o Laboratório Biogenetics Diagnósticos para realização de exames de DNA daqueles que tiverem interesse e dúvidas sobre a paternidade. O interessado deverá recolher o valor de R$ 214,00 até o dia 12/08, para que os processos possam ser inseridos no mutirão e que as partes tenham manifestado interesse na realização do exame. Na Comarca de Cuiabá ele será realizado entre 15 e 20 de agosto.
 
Os interessados deverão procurar a Diretoria do Fórum para cadastramento até o próximo dia 12 de agosto ou encaminhar e-mail para [email protected] com os seguintes documentos: formulário preenchido, acompanhado da cópia dos documentos pessoais das partes, certidão de nascimento da criança, comprovante de endereço dos pais e comprovante de pagamento, se for o caso.
 
Cáceres – A Comarca de Cáceres (distante 225 km a oeste de Cuiabá) também já assegurou a realização do mutirão “Pai Presente” entre os dias 15 e 19 de agosto. O horário será entre 12h e 19h, no Fórum da Comarca, Rua São Pedro, nº 257, Bairro Cavalhada. Mais informações pelo (65) 3211-1351 (whatsapp business) ou [email protected] A ação será conduzida pelo Centro Judiciário de Soluções de Conflitos (Cejusc), cujo responsável é o juiz Pierro de Faria Mendes.
 
“O programa havia sido suspenso na época do Covid. Mas continuávamos realizando os reconhecimentos de forma mais discreta, sem prejuízo das partes e seguindo as orientações sanitárias. Recepção, audiências de mediação e conciliação. Se houvesse o intuito de reconhecimento fazíamos o termo e assinávamos imediatamente. É um direito fundamental a identidade biológica. O que buscamos além de fomentar o reconhecimento da paternidade é simplificar e desburocratizar”, considerou o juiz. Ele ainda destacou que quem não tem o nome de seu pai no registro pode praticar todos os atos civis sem problema.
 
Guiratinga – A Comarca de Guiratinga enviou ofício a sete escolas públicas e uma particular do município, 14 mães compareceram ao fórum. Em quatro casos foram declaradas as paternidades, nos outros casos as mães foram notificadas para apontarem os endereços dos supostos pais.
 
O gestor da comarca, Alcir Joaquim dos Anjos, informou que os procedimentos continuarão sendo realizados pela comarca. As audiências serão conduzidas pelo juiz diretor do foro, Aroldo José Zonta Burgarelli
 
O programa – O Pai Presente é uma iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) implantada em 2010, e desenvolvida em Mato Grosso por meio de uma parceria entre a Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja) da CGJ-MT e a diretoria dos fóruns nas 79 comarcas.
 
 
#ParaTodosVerem: esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência. Imagem 1: Foto horizontal colorida da equipe do Fórum de Guiratinga. Eles estão perfilado, em pé e em frente ao Fórum. A maioria usa camisas da iniciativa Pai Presente.
 
Ranniery Queiroz 
Assessor de imprensa CG
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  CGE divulga balanço dos pedidos de informação pública
Continue lendo

Mato Grosso

Entidades sociais podem se cadastrar para receber recursos do Juizado Especial Criminal de Cuiabá

Publicado

Entidades públicas e privadas com finalidade social ou para atividades de caráter essencial à segurança pública, educação e saúde de Cuiabá podem se inscrever em edital publicado pelo Juizado Especial Criminal (Jecrim) com a finalidade de obter recursos financeiros de prestações pecuniárias, composições civis, transações penais e suspensão condicional de processos.
 
Conforme prevê o Edital de Convocação de Entidades n. 02/2022, assinado pela juíza Maria Rosi de Meira Borba, o objetivo é prestar apoio financeiro a entidades que desenvolvem ações e serviços sociais de interesse público, de acordo com orientações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Com isso, o Poder Judiciário contribui para o fortalecimento das entidades selecionadas enquanto espaços de promoção do desenvolvimento humano e comunitário.
 
Requisitos – Podem concorrer instituições sem fins lucrativos e regularmente constituídas, desde que possuam pelo menos um ano de funcionamento; desenvolvam ações continuadas de caráter social nas áreas da assistência social voltada à criança e ao adolescente; sejam entidades parceiras no recebimento/acolhimento e cumpridores de prestação de serviços à comunidade; atuem diretamente no trabalho de ressocialização de crianças e adolescentes em conflito com a lei; atuem diretamente no atendimento e/ou tratamento aos usuários de substâncias psicoativas; apresentem projetos compatíveis com os requisitos do edital; possuam sede própria na Comarca.
 
Prazo – O prazo para as instituições candidatas se cadastrarem é de 30 dias, a partir da publicação do edital no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), sendo que o cadastro deverá ser protocolado na Secretaria do Jecrim ou enviado pelo e-mail [email protected]
 
A documentação necessária para o cadastramento, bem como o formato do projeto estão detalhados no edital.
 
Em caso de dúvidas ou necessidade de mais informações, o telefone de contato do Jecrim Cuiabá é o (65) 3313-1126.
 
 
Mylena Petrucelli
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Interessados podem verificar condições dos 877 veículos ofertados em 10 municípios
Continue lendo

Mato Grosso

Dia dos Pais: Conheça três histórias inspiradoras de pais presentes na vida dos filhos

Publicado

A relação entre pais e filhos é muito especial, cheia de carinho, amor e companheirismo. Para celebrar o Dia dos Pais 2022, comemorado no próximo domingo (14 de agosto), a Coordenadoria de Comunicação do Poder Judiciário de Mato Grosso reuniu três histórias que mostram essa relação de forma inspiradora.
 
A construção de relação próxima é fator comum entre as histórias, pois para eles não é apenas ter filhos, e sim estar presente, participar do dia a dia dos descendentes, compartilhando afetos, alegrias e momentos.
 
Pai de menina depois de quatro filhos
 
O juiz da Segunda Vara Criminal de Cuiabá (Execuções Penais), Geraldo Fernandes Fidelis Neto, achava que era um pai realizado com quatro filhos; os gêmeos de 29 anos, Fernando e Eduardo, o estudante Ricardo, 27, e o adolescente Gustavo, de 17. Porém, há quatro anos ele se viu pai de uma menininha.
 
A Luísa vai para escola e tem atividades extras como deveres escolares, natação e inglês. E o papai faz questão de dividir todas as tarefas com a mãe da menina. “Eu a levo para a escola. Dormimos juntinhos. Ela é minha parceirinha”, comenta.
 
O juiz recebeu a equipe de comunicação na casa da família, enquanto ajudava a filha na lição. “Com os meninos, eu já era realizado como pai, mas com a chegada dela, todos nos vimos que faltava alguém especial, que era a Luísa”, comenta Geraldo Fidelis. “Ela é um amor de criança. Amiga, parceira do papai e da mamãe”, diz olhando diretamente para os olhos da caçula.
 
Luísa corresponde aos gestos de carinho, confessa que ama brincar com o pai e que a brincadeira favorita dos dois é jogar bola. Ainda defende quando alguém brinca dizendo que o pai é feio: “O papai é bonito. Te amo papai”.
 
Exemplo da infância
 
O gerente de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Ângelo Fabrício Souza Lima, tem dois filhos. O estudante de Arquitetura, Ângelo, de 18 anos, que cursa a faculdade em Curitiba, e Mateus, de 12 anos, estudante do Ensino Fundamental II em um colégio privado em Cuiabá.
 
Seguindo o exemplo do próprio pai, Ângelo Fabrício, incentiva hábitos saudáveis na vida dos filhos e aproveita esses momentos para fortalecer a relação pai e filho. A equipe de comunicação acompanhou um dia da rotina do pai e do caçula. Os dois estavam no campinho de futebol.
 
“Faço questão de estar presente em todas as atividades do dia a dia dos meus filhos. Isso me remete a minha infância. Meu pai é professor de Educação Física aposentado e me levava para fazer tudo com ele. Busco incentivar, dar suporte para eles, de acordo com a correria do dia a dia eu acho que consigo estar presente”, avalia. Ângelo refletiu sobre a data e escreveu um texto sobre o tema, que pode ser lido neste link 
 
“Para mim pai é isso. Tentar ser exemplo, alicerce, ser amigo. É emocionante parar para pensar nisso. Estar presente na vida dos meus dois filhos”, reflete sem conseguir conter as lágrimas nos olhos. Prontamente é acolhido pelo filho.
 
“Meu pai é muito importante para mim. É meu companheiro, parceiro mesmo. Ele me leva todo o dia para escola, me ajuda bastante. Dá umas estressadinhas de vez em quando, mas a gente se diverte aqui no futebol, na escola, nas festinhas desempenha um papel fundamental na minha vida. Eu gostaria de ser assim quando for pai”, elogia.
 
Os três mosqueteiros
 
O policial que atua na Coordenadoria Militar do TJMT, Paulo Figueiredo, é pai do adolescente Luís Felipe, 16 anos, e de Ana Clara, 5. A esposa faleceu há um ano, em decorrência de um tumor maligno na bexiga, descoberto com 25 semanas de gestação da caçula. “Como a indicação para cirurgia apresentava risco para o bebê, ela tomou a decisão de seguir com a gestação até uma data segura. Eu apoiei a decisão dela”, conta.
 
Ana Clara nasceu prematura de 34 semanas (7 meses) e no mesmo dia da cesariana foi feita a cirurgia para retirada do tumor na bexiga. Posteriormente houve o diagnostico de metástase (invasão de células cancerígenas a outros órgãos do corpo de um indivíduo que, inicialmente, apresentava neoplasia em apenas um órgão), a doença evolui para o pulmão e cérebro. A mulher passou por novo tratamento, mas faleceu em 2021.
 
De lá para cá, apesar da ajuda de amigos e familiares, ele precisa se desdobrar para dar conta de cuidar da rotina diária dos filhos.
 
Os três mosqueteiros, como Paulo Figueiredo chama carinhosamente o núcleo familiar, atenderam a equipe de comunicação do Judiciário na sala da casa deles e como não poderia deixar de ser, o pai honra a lição deixada pela mãe das crianças. “Somos os Três Mosqueteiros: um por todos e todos por um. Eu me divido entre o trabalho e a família, para seguir caminhado e tudo tem dado certo. Eles me dão força eu dou força para eles. Essa troca, essa união familiar que aprendemos com ela, temos mantido”.
 
Emocionado, Paulo reflete sobre a família que construiu. “Sou grato por tudo. A gente passa por muitos momentos difíceis, todos temos dificuldades, mas as alegrias são maiores. A gente se apega nisso para seguir nosso caminho. Hoje em dia tenho dois filhos maravilhosos que são o Luís Felipe, meu primogênito e Ana Clara, minha princesinha e tenho focado nessa missão que me foi dada. De educar, criar, cuidar, e, principalmente ama-los. Tenho certeza que a minha esposa está iluminando nossos caminhos. Ela não está fisicamente, mas sempre está presente nos nossos corações”, reforça o pai.
 
“Meu pai é tudo. Ele é a nossa fortaleza, ainda mais nesse momento. Ele sempre foi muito carinhoso, mas no momento ele está em dobro. Ele sempre foi muito forte e nos momentos que demostra ser vulnerável, é bom, pois a gente constrói um laço afetivo mais forte”, acredita o filho.
 
“Eu te amo, te protejo e confio em você, né filhão”, afirma o pai para o filho. “Te amo, estou sempre com você”, responde o filho.
 
#Paratodosverem Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Descrição de imagens: Foto1: Horizontal e colorida do juiz Geraldo Fidelis e os 5 filhos. Foto 2: Horizontal e colorida do pai ajudando a filha a fazer lição de casa. Foto 3: Vertical e colorida Ângelo no meio dos filhos recebendo beijo dos meninos. Foto 4: Horizontal e colorida Ângelo e Mateus próximo ao campinho de futebol Foto 5: Horizontal e colorida de Paulo Figueiredo, filhos e a esposa em uma praia. Foto 6: Self horizontal e colorida, Paulo ao lado de Luís Felipe e Ana Clara.
 
 
Alcione dos Anjos/ Foto: Arquivo pessoal e reprodução TV.jus
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  PM prende um suspeito e procura mandante de assassinato de idosa em Nobres
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana