Nacional

Deputados defendem prevalência do caráter público da Embrapa

Publicado


Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Homenagem aos 49 anos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
Sessão solene no Plenário da Câmara, pelos 49 anos da Embrapa

Deputados e representantes de entidades ligadas a trabalhadores e agricultores familiares criticaram declarações recentes dos dirigentes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), de que será feita uma reestruturação na companhia para abrir atividades para a iniciativa privada com redução de pessoal.

As críticas foram feitas em sessão solene no Plenário da Câmara nesta terça-feira (26) em comemoração aos 49 anos da empresa. A homenagem foi solicitada pela deputada Erika Kokay (PT-DF).

O presidente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário, Marcos Vidal, disse que a ideia é fazer parcerias nas quais os resultados das pesquisas não serão mais públicos, mas direcionados aos parceiros privados.

Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Homenagem aos 49 anos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Dep. Merlong Solano PT-PI
Solano: redução orçamentária inviabiliza a pesquisa na empresa

Para o deputado Merlong Solano (PT-PI), a Embrapa também vem passando por um processo de precarização dos serviços por meio da redução orçamentária. Segundo ele, em 2022 o orçamento é de R$ 3,3 bilhões; cerca de R$ 500 milhões a menos do que o de 2019:

“O que temos é uma situação que marcha para a inviabilização desta empresa estratégica. Sofre o pessoal, que há muito tempo não é renovado e que está desanimado. Sofrem as condições de trabalho porque o custeio está comprometido, assim como lá na minha Universidade Federal do Piauí”, disse.

Veja Mais:  Norma sobre uso de máscara em áreas de aeroportos é questionada na Comissão de Turismo

E sofre também a pesquisa, disse Solano, que é o motivo pelo qual a empresa foi criada. “E através da pesquisa e do desenvolvimento agropecuário (a Embrapa) se tornou uma referência não só no Brasil, mas no mundo inteiro”, disse o deputado.

Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Homenagem aos 49 anos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Dep. Alceu Moreira MDB-RS
Alceu Moreira destacou os avanços da Embrapa no controle das pragas

Biotecnologia
O deputado Alceu Moreira (MDB-RS) fez elogios ao papel da Embrapa na melhoria dos cultivos.

“ Naqueles laboratórios da Embrapa em alguns recipientes pequenos têm valores idênticos aos valores que nós temos de petróleo no mundo. Dá uma olhada agora no que nós estamos fazendo no controle de pragas por biotecnologia. Nós vamos ver a importância que tem agora em diversas propriedades do país de nós termos laboratórios. Não tendo mais que usar defensivos químicos porque a Embrapa pesquisou”, comparou.

O chefe da Embrapa Cerrados, Sebastião da Silva Neto, representou o presidente da empresa, Celso Moretti, na sessão. Neto não fez comentários sobre a reestruturação da Embrapa. Ele destacou que a empresa está se concentrando em pesquisas que valorizem a agricultura sustentável.

Reportagem – Sílvia Mugnatto
Edição – Roberto Seabra

Comentários Facebook

Nacional

Comissão promove audiência sobre PEC dos Biocombustíveis

Publicado

Cláudio Fachel/Palácio Piratini
Uma construção de dois andares e um caminhão na frente
Usina de biodiesel em Passo Fundo (RS)

A comissão especial da PEC dos Biocombustíveis realiza nesta quinta (30) sua primeira audiência pública. O colegiado analisa a Proposta de Emenda à Constituição 15/22, do Senado Federal, que busca estimular a competitividade dos biocombustíveis em relação aos derivados de petróleo. O texto prevê benefícios para fontes limpas de energia por, pelo menos, 20 anos.

“Cumpre avaliar, conjuntamente com a sociedade civil, se um regime fiscal favorecido irá atingir o escopo da medida, quer dizer, manter os biocombustíveis mais baratos, ou pelo menos com preços competitivos, com relação aos combustíveis fósseis”, afirmou o relator da proposta, Danilo Forte (União-CE).

A PEC faz parte do pacote de medidas para conter a alta no preço dos combustíveis, que inclui o recém-aprovado limite para as alíquotas de ICMS incidentes sobre combustíveis (Lei Complementar 194/22).

Foram convidados para debater a proposta com os deputados, entre outros:
– o secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Rafael Bastos da Silva;
– o superintendente de Biocombustíveis e de Qualidade de Produtos da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Carlos Orlando Enrique da Silva;
– o CEO do Instituto Combustível Legal (ICL), Guilherme Theóphilo; e
– o diretor-superintendente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Donizete Tokarski.

Veja Mais:  Norma sobre uso de máscara em áreas de aeroportos é questionada na Comissão de Turismo

A audiência será realizada no plenário 5, a partir das 15 horas.

Da Redação – ND

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Exposições na Câmara abordam o bicentenário da Independência do Brasil

Publicado

No ano do bicentenário da Independência brasileira, em 7 de setembro, a Câmara dos Deputados programou uma série de eventos para comemorar a data. Exposições sobre a independência, que já podem ser visitadas, abrem essa programação.

Serviço
A visitação fica aberta ao público até 9 de setembro, das 9 às 17 horas. Todas as mostras têm entrada franca. Confira os locais:

  • Exposição “O movimento da Independência”
    Local: Corredor Tereza de Benguela – Câmara dos Deputados
  • Exposição “Poder, Parlamento e Governo no Brasil”
    Local: Salão Verde – Edifício principal da Câmara dos Deputados
  • Animação 200 anos da Independência do Brasil
    Local: hall da Taquigrafia – Anexo 2 da Câmara dos Deputados

Da Redação – RL

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Comentários Facebook
Veja Mais:  Especialistas sugerem mudanças no modelo do Fundo de Financiamento Estudantil
Continue lendo

Nacional

Câmara retoma debates sobre os 200 anos da Independência do Brasil

Publicado

Selo de comemoração da Câmara dos Deputados para os 200 anos da Independência do Brasil
Comemorações pelos 200 anos começaram em 2017

Termina hoje o seminário “O Movimento da Independência: Ontem e Hoje/200 Anos de Independência do Brasil”. O evento, promovido pela Câmara dos Deputados, faz parte das ações de comemoração da data, iniciadas em 2017.

Ontem, pesquisadores da História brasileira discutiram aspectos da vida de dom João VI e também do contexto nacional à época da proclamação da independência, em 7 de setembro de 1822.

O seminário, que terá transmissão ao vivo pelo canal da Câmara no YouTube, busca trazer uma reflexão sobre o projeto de País que vem sendo construído desde 7 de setembro de 1822.

Da Redação – ND

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Comentários Facebook
Veja Mais:  Especialistas sugerem mudanças no modelo do Fundo de Financiamento Estudantil
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana