Mato Grosso

Dia D da vacinação contra sarampo será neste sábado (15)

Publicado


O Dia D da vacinação contra o sarampo ocorrerá neste sábado (15.02) e imunizará pessoas de cinco a 19 anos que não estiverem com o cartão vacinal em dia. Todos os postos de saúde estarão abertos das 8h às 17h, trabalhando para atender aos cidadãos que, por falta de tempo, não podem ir até uma unidade durante a semana.

“O dia D é uma força-tarefa nacional importante de imunização contra o sarampo. Há 19 anos, Mato Grosso não tem casos confirmados de sarampo e não queremos que a doença, que chegou a ser erradicada no Brasil, volte a circular no Estado”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Apesar de o dia D ser no sábado, a campanha segue até o dia 13 de março em todos posto de saúde de Mato Grosso.  “Esse grupo precisa ter duas doses da vacina para ser considerado imunizado. É importante buscar uma unidade de saúde e levar o cartão vacinal atualizado, para que possa ser vacinado. Se não puder comprovar que já recebeu alguma dose da vacinação, a pessoa vai tomar a primeira dose da vacina normalmente e, 30 dias depois, irá tomar a segunda dose”, informa a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da SES-MT, Viviane Modesto.

De acordo com dados da SES-MT, estima-se que 29.540 pessoas não foram vacinadas na faixa etária de cinco a dezenove anos de idade em Mato Grosso. No Estado, o estoque de vacina contra o sarampo é de 18.535 doses até janeiro; deverão chegar mais 62.000 doses para a campanha.

Veja Mais:  Entrega de veículos e inauguração de Biblioteca marcam Dia do Servidor Penitenciário

De acordo com dados da Vigilância, na faixa etária de cinco a nove anos, existem 7.849 pessoas que não tomaram a vacina; na faixa etária de 10 a 14 anos, existem 17.241 pessoas não vacinadas e, na faixa etária de 15 a 19 anos, 4.450 pessoas que ainda não se imunizaram contra o sarampo.

Segunda etapa

A segunda etapa da campanha de vacinação será realizada no período de 3 a 31 de agosto e terá como público-alvo pessoas da faixa etária entre 30 a 59 anos de idade, sendo que o Dia D de mobilização nacional será em 22 de agosto (sábado).

O Ministério da Saúde estima que três milhões de pessoas em todo o país ainda não tomaram a vacina contra o sarampo, sendo que a meta é vacinar 2,9 milhões de cidadãos.

Sobre o sarampo

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa, que pode evoluir para complicações graves e óbitos. A doença é transmitida por meio das secreções expelidas pelo doente ao falar, tossir e espirrar. O comportamento endêmico/epidêmico do sarampo varia de um local para outro e depende basicamente da relação entre o grau de imunidade e a suscetibilidade da população, bem como da circulação do vírus na área.

Fonte: GOV MT

Mato Grosso

Batalhão Ambiental da PM resgata tamanduá- bandeira ferido no Cinturão Verde

Publicado


.

Policiais do Batalhão de Proteção Ambiental da Polícia Militar resgataram um tamanduá-bandeira, na quarta-feira (23.09), no bairro Cinturão Verde, em Cuiabá. A PM encaminhou o animal silvestre que apresentava alguns ferimentos para a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). 

Por volta das 10h, uma equipe de militares recebeu uma solicitação de resgate de animal silvestre na região da Linha 14, no Cinturão Verde, zona rural de Cuiabá. Os policiais identificaram que o animal se tratava de um tamanduá-bandeira e que o mamífero apresentava ferimentos na região do focinho, pata traseira e na cauda. 

Diante do quadro de saúde do animal, a polícia conduziu o tamanduá para a Universidade Federal de Mato Grosso para receber cuidados adequados que a situação requer. 

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

 
Fonte: GOV MT

Veja Mais:  Produtores tem acesso a melhoramento genético para incrementar rebanho leiteiro
Continue lendo

Mato Grosso

Produtores tem acesso a melhoramento genético para incrementar rebanho leiteiro

Publicado


.

Produtores de leite do município de Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste de Cuiabá) receberam 400 doses de sêmen bovino das raças Holandês, Girolando e Jersey para realizar inseminação artificial. Com uma produção média de 5 litros de leite/dia por animal, a meta é chegar a uma produção acima de 12 litros leite/dia. Para garantir acesso à tecnologia o Governo de Mato Grosso adquiriu sêmen dos melhores touros e está disponibilizando o material genético para os produtores.

Essa é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), por meio do Programa Mato Grosso Produtivo-Leite e tem como objetivo o melhoramento genético do rebanho bovino. A estratégia é estimular a substituição gradativa dos animais, em sua maioria, de baixo potencial genético e pouca produtividade, por matrizes de alto desempenho produtivo. O técnico agropecuário da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Kassumo Ferreira Araújo Alves, fala que os sêmens serão distribuídos para 15 produtores selecionados e cadastrados no Programa.

De acordo com Kassuno, o município apresenta potencialidade para expandir a produção de leite devido às condições favoráveis de clima, solo, disponibilidade de água, topografia, laticínios e frigoríficos que absorvem toda produção. O Programa tem acompanhamento técnico da Empaer e da Secretaria Municipal de Agricultura, que atuam na orientação sobre o manejo sanitário, nutricional e zootécnico do rebanho, seleção das matrizes, entre outras ações desenvolvidas na propriedade. “Estamos visitando os produtores e realizando o diagnóstico do plantel e da propriedade para seleção e cadastro”, esclarece.

Veja Mais:  Sesp realiza novo leilão de veículos e sucatas na quarta-feira (30)

Aquisição de sêmen de bovinos para aumentar a produção de leite

Na Fazenda Lagoa Azul, o produtor rural Leandro Alves Freitas, possui um plantel de 47 cabeças de gado, entre vacas e novilhas, com uma produção diária de 500 litros de leite. Ele tem experiência em inseminação artificial e recebeu sêmen das três raças (Holandês, Jersey e Girolando). Tem uma produção média de 12 litros de leite/vacas/dia. A sua intenção é aumentar o rebanho e chegar a uma produção de mil litros de leite por dia.

No Assentamento Rural Margarida União, o produtor Cássio Borges, adquiriu sêmen das raças Girolando e Holandesa. Atualmente possui bovino sem raça definida. Tinha parado com a atividade leiteira e vai realizar a inseminação artificial para garantir um plantel mais produtivo e rentável.

Segundo Alves, o programa veio para incentivar e alavancar a pecuária de leite no município que possui baixos índices de produtividade. E esclarece que com o melhoramento genético, recuperação de pastagens degradadas e suporte a produção para as famílias rurais, a tendência é melhorar a qualidade de vida dos produtores gerando lucro e renda com a produção de leite.

Aquisição de sêmen

As prefeituras interessadas em participar da segunda etapa do programa de distribuição de sêmen, prevista para 2021, deverão encaminhar à SEAF o projeto técnico de melhoramento genético com a relação dos produtores da agricultura familiar a serem beneficiados. As prefeituras também terão que comprovar capacidade técnica para a execução do projeto.

Veja Mais:  Produtores tem acesso a melhoramento genético para incrementar rebanho leiteiro

(Colaboração Naiara Martins, Seaf)

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Governador anuncia que manterá os 10 leitos de UTI abertos no Hospital Regional de Água Boa

Publicado


.

O governador Mauro Mendes confirmou que o Estado manterá de forma definitiva os 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) montados no Hospital Regional de Água Boa, para atender pacientes que contraíram a Covid-19. O anúncio foi feito após a vistoria de obras na Escola Técnica Estadual (ETE) no município e durante reunião com lideranças no Sindicato Rural. No Regional, são atendidos moradores de todo o Vale do Araguaia.

“Nós vamos trabalhar. Assumo o compromisso de melhorar a estrutura, equipamentos, assim como a manutenção das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), porque hoje é este um dos hospitais regionais com a maior eficiência e custo benefício ao cidadão”, afirmou Mendes.

O incremento foi possível pela parceria entre gestão estadual e o consórcio intermunicipal responsável por gerir a unidade de saúde. A equipe do consórcio executou um plano de ação para a ampliação da unidade e o Governo, além de fornecer equipamentos, também manterá o funcionamento dos leitos – estimado em R$ 2.000 por dia.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) enviou os seguintes equipamentos para montagem da Unidade de Terapia Intensiva (UTI): (5) ventiladores pulmonares, (2) de transporte, (10) camas convencionais, (20) camas elétricas, (2) macas de transporte e (10) mesas de cabeceiras.

Escola Técnica Estadual

Para a execução das obras da Escola Técnica Estadual (ETE) de Água Boa, o Governo de Mato Grosso liberou recursos na ordem de R$ 2,5 milhões. A previsão é de que obra seja entregue em 2021.

Veja Mais:  Produtores tem acesso a melhoramento genético para incrementar rebanho leiteiro

“Essa Escola Técnica começou em 2011.  Foram várias paralisações que ocorreram por falta de pagamento aos empreiteiros e por diversos outros motivos. Nós retomamos a obra e não temos dúvidas que além de ofertar qualificação profissional, trará perspectiva de crescimento para a região do Araguaia e Água Boa”, disse o governador Mauro Mendes.

A obra foi iniciada e paralisada várias vezes, sendo retomada em definitivo pela atual gestão. Já foram investidos cerca de R$ 10 milhões e no total a obra custará aproximadamente R$ 12,5 milhões.

A unidade contará com 12 salas de aulas, 11 laboratórios, biblioteca, refeitório, ginásio coberto para esportes, além de um laboratório especial, um auditório com capacidade para 150 pessoas, além de um teatro de arena. No total a escola terá 5.577 metros quadrados e atenderá pelo menos 1,4 mil alunos.

O Estado possui ao todo nove ETEs no Estado, nas cidades de Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta, Barra do Garças, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Poxoréu, Tangará da Serra e Cuiabá, que atualmente funciona na Escola de Saúde Pública do Estado.

Além de Água Boa, os municípios de Cuiabá, Cáceres e Primavera do Leste, também estão com unidades em fase de conclusão das obras. Atualmente a Seciteci atende cerca de 4.200 alunos, com cursos técnicos de Formação Inicial e Continuada (FIC). Após a entrega destas quatro unidades, a capacidade de atendimento deve dobrar.

Veja Mais:  Saiba o que fazer se tiver a placa do veículo clonada

Os municípios de Matupá, Sorriso, Campo Verde e Juara também contarão com escolas técnicas. Ao todo, serão 16 ETE’s para atender a população mato-grossense. Acompanharam a vistoria os secretários estaduais Marcelo Oliveira (Infraestrutura e Logística), Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão), Emerson Hideki (Controladoria-geral), e os deputados estaduais Dr. Eugênio Paiva e Ondanir Bortolini (Nininho).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana