Policial

Dois funcionários e um médico morrem após serem soterrados em obra de silo em MT

Publicado

Foto: Divulgação

Um médico legista e dois funcionários dele morreram neste domingo (12) após serem soterrados na obra de um silo na fazenda dele em Planalto da Serra (MT). De acordo com a Polícia Civil, Luiz Gabriel Leite da Silva, de 61 anos, e os funcionários estavam na construção de um armazém de grãos quando foram vítimas do desabamento de um barranco.

Luiz Gabriel era ex-vice-prefeito de Campo Verde.

Ele faria 62 anos no dia 18 de outubro. Luiz se formou em medicina na Universidade Federal do Paraná em Curitiba, em 1988. No mesmo ano, aos 28 anos, chegou a Campo Verde, tornando-se o primeiro médico da cidade e abriu o primeiro hospital do município.

Quatro anos depois foi eleito vice-prefeito do município. Luiz Gabriel era casado com a professora Nilza, com quem teve quatro filhos: Helbert, Luiz Gabriel, Lilian e Mirian.

As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil. A Prefeitura de Campo Verde decretou luto oficial de três dias.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Idoso morre carbonizado após ter rancho consumido pelo fogo em MT

Policial

Polícia Civil consegue recuperar R$ 15 mil de golpe na venda de veículo pela internet em Rondonópolis

Publicado

A viatura vai contribuir com os trabalhos da polícia civil de Juscimeira- Foto: Assessoria

Em ação rápida, a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), recuperou R$ 15 mil subtraídos de um morador de Rondonópolis que foi vítima de golpe de estelionato praticado através de meio eletrônico.

As diligências iniciaram logo após o registro da ocorrência. A vítima, de 43 anos, estava pesquisando no Facebook a compra de um veículo e viu a publicação de um carro modelo Classic, ano 2011/2012, à venda pelo valor de R$ 19 mil.

O interessado entrou em contato com o suposto vendedor e ambos passaram a conversar pelo telefone e combinaram para que o comunicante pudesse ver o automóvel.

Após o acordo, o proprietário levou o veículo até a vítima para fechar o negócio e informou que era parente do vendedor que havia iniciado as tratativas do negócio.

Depois de ver o carro, a vítima fez uma proposta de pagamento à vista no valor de R$ 15 mil, que foi aceita pelo suposto vendedor.

Então a vítima foi buscar o veículo e o vendedor pediu que o valor fosse transferido na conta de uma terceira pessoa. Ainda segundo o comunicante, ao indagar sobre depositar o dinheiro em conta de terceiros, o vendedor disse que o dono do carro havia autorizado a transferência.

Passados cerca de 30 minutos, o proprietário do carro entrou em contato e alegou que o valor não estava em sua conta bancária e que faria a liberação do veículo, quando a vítima então percebeu que se tratava de um golpe.

Veja Mais:  Batalhão Ambiental prende suspeito e aplica multa de R$ 9 mil por pesca ilegal em MT

A Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos foi comunicada e rapidamente passou a investigar o fato, conseguindo congelar o valor transferido. Após as providências cabíveis, a quantia será restituída à vítima.

As diligências continuam para apurar o crime e chegar aos envolvidos no golpe.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policia Civil incinera mais de 800 quilos de entorpecente em Rondonópolis

Publicado

A mais recente apreensão ocorreu no sábado (11), em uma ação integrada da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, quando foram encontrados 640 quilos de maconha em um veículo Toyota Etios, que trafegava na BR-163, sentido a Rondonópolis. Os policiais rodoviários deram ordem de parada ao condutor, mas ele saiu em alta velocidade e bateu o carro em um barranco e abandonou o veículo, fugindo para uma mata na região.

De acordo com o delegado Santiago Rozendo Sanches, da Derf de Rondonópolis, esta é a quarta incineração realizada neste ano, chegando a 2,5 toneladas de entorpecentes apreendidos e destruídos no município em ações das polícias.

O entorpecente é liberado para incineração após realização de perícia oficial e de autorização judicial.

Com acompanhamento da Vigilância Sanitária e representantes do Ministério Público e Poder Judiciário, a droga foi incinerada em fornos de uma empresa no Distrito Industrial de Rondonópolis.

Comentários Facebook
Veja Mais:  PM intensifica fiscalização para coibir rachas na MT que liga Campo Verde e Chapada dos Guimarães, e autua 11 condutores
Continue lendo

Policial

PRF em Rondonópolis-MT apreende 713 garrafas de vinhos importados ilegalmente

Publicado

Foto: PRF

Na manhã desta quarta-feira (15), uma equipe da PRF em Rondonópolis realizava fiscalização com foco no combate a ocorrências criminais, na BR 364, quando abordou um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu-PR x Rio Branco-AC.

Em verificação ao compartimento de bagagem, foram encontradas diversas caixas de papelão, que conforme relato dos motoristas, foram despachadas na cidade de Realeza-PR e com destino a Cuiabá-MT.

Os motoristas apresentaram a nota fiscal, e ao verificar a mercadoria, a equipe constatou que tratavam-se de vinhos importados ilegalmente para o Brasil, tendo em vista que os rótulos estavam em língua estrangeira, configurando dessa forma o crime de descaminho.

Além do mais, no documento fiscal constava a quantidade de 400 unidades, no valor total de R$ 8.000,00. Só que na conferência realizada pela equipe, constatou-se a quantidade de 713 garrafas, no valor aproximado de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais), de acordo com consultas realizadas em sites especializados da internet.

Diante dos fatos, ficou contatada a ocorrência do crime de descaminho. Toda a mercadoria foi encaminhada à Polícia Federal de Rondonópolis para apresentação à autoridade policial.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Motorista é preso com arma de fogo e por embriaguez ao volante em MT
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana