Policial

Duas pessoas são presas em operação de combate desmatamento ilegal e outros crimes em Vila Rica

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas pessoas envolvidas em crimes de desmatamento ilegal, esbulho possessório e posse/porte ilegal de arma de fogo foram presas em flagrante, na sexta-feira (18.06), em uma ação conjunta da Polícia Civil, Polícia Militar e Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) em Vila Rica (1.259 km a nordeste de Cuiabá).

As prisões aconteceram durante operação em uma propriedade rural de Vila Rica, dando continuidade as ações determinadas pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) de operações rurais integradas.

As diligências iniciaram após as equipes receberem informações sobre a propriedade em que estaria ocorrendo diversos crimes, como o desmatamento em Área de Preservação Permanente (APP), esbulho possessório e porte ilegal de arma de fogo.

Segundo as informações, havia ocorrido o desmatamento recente na área, uma vez máquinas passaram pela propriedade nos últimos dias. No local, foram encontradas motosserras que eram utilizadas nos cortes das árvores, inclusive na área de preservação permanente.

No momento em que as equipes chegaram aos barracos onde os suspeitos estavam abrigados, eles já estavam aguardando os policiais armados. Dois dos suspeitos fugiram mata adentro, efetuando disparos contra os policiais, porém as equipes não deram continuidade ao confronto devido a presença de famílias ribeirinhas na região.

Outros dois suspeitos foram detidos sendo encontrado em poder deles, motosserras, armas de fogo, sendo uma das armas uma PT100 que possivelmente foi subtraída da Polícia Militar.

Veja Mais:  Após denúncia, Homem é preso por aliciar e ameaçar a enteada

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Vila Rica, onde após serem interrogados pelo delegado José Ramon Leite, foram autuados em flagrante pelos crimes de esbulho possessório, desmatamento ilegal, construção de milícia privada e posse/porte ilegal de arma de fogo.

Em relação aos crimes ambientais também foram tomadas as providências administrativas, ficando os fiscais da Sema responsáveis pelo respectivos autos de infração.

“As investigações continuam e apesar de dois dos suspeitos não terem sido capturados, eles responderão em inquérito policial pelos crimes”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil identifica suspeitos e apreende armas de fogo em investigação de homicídio contra mulher em Comodoro

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Os autores do bárbaro homicídio que vitimou uma mulher em Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) foram identificados e duas armas de fogo foram apreendidas pela Polícia Civil, na sexta-feira (30.07), durante diligências para apuração do crime.

Entre os envolvidos está um casal, formado por uma mulher de 31 anos e um menor de 16, apontados como autores da execução da vítima. Um segundo casal teria presenciado os fatos, não interferindo na ação dos executores.

O homicídio que vitimou Lázara Izabel Souza da Silva, de 35, ocorreu na quinta-feira (29), ocasião em que a vítima foi com a tia buscar garrafas pet na residência vizinha. Havia dois casais na casa, e a tia decidiu ficar no local, onde ficou ingerindo bebida alcoólica com a suspeita e o marido dela.

Em determinado momento o casal entrou para a casa, ocasião em o suspeito saiu com uma arma de fogo atirando contra a vítima, que saiu correndo, porém foi alcançada pelo casal. Vendo que a vítima ainda estava com vida, a suspeita a esfaqueou, assim como o marido dela deu várias coronhadas na cabeça da vitima.

O outro casal não se envolveu na situação, porém ficou o tempo todo observando com uma espingarda calibre 28. Após o crime, os dois casais esconderam as armas e fugiram do local.  A vítima foi socorrida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de sexta-feira (30).

Veja Mais:  Suspeito com passagens por roubo é preso com arma e munições em Sinop

Assim que foi acionada do crime, a equipe da Polícia Civil foi até o local, onde localizaram uma das armas escondida na mata. Em continuidade as diligencias, os policiais localizaram o casal, dono da residência. Questionados sobre a outra arma, eles confessaram que também estava escondida na região de mata próxima a casa.

O suspeito apontado como dono da arma, de apenas 18 anos, e casado com um menor de 15, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e liberado após pagamento de fiança. O menor que atirou contra a vítima se apresentou na Delegacia na presença de advogado na sexta-feira (30), sendo ouvido e liberado.

A companheira dele, suspeita de esfaquear a vítima, continua foragida. Segundo as informações, o crime foi motivado por uma briga ocorrida em um bar no ano de 2018, ocasião em que a vítima o irmão da suspeita (casada com o menor).

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito com passagens por roubo é preso com arma e munições em Sinop

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de envolvimento em crimes de roubo foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (31.07), durante ação realizada pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Sinop (500 km ao sul de Cuiabá).

A ação deflagrada para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pela 4ª Vara Criminal de Sinop, decretado, com base nas investigações da Derf. O suspeito, de 28 anos, possui passagens anteriores por roubo.

Durante as buscas na residência no bairro Terra Rica, os policiais apreenderam uma arma de fogo calibre 38, com numeração suprimida e sete munições do mesmo calibre, além de produtos de origem duvidosa.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Derf, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e munições.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Ação integrada de cunho social distribui 20 cestas básicas para famílias carentes
Continue lendo

Policial

Polícia Militar lança ‘Operação Guardião do Nortão’ para garantir a segurança em eleição em Matupá

Publicado


A Polícia Militar, por meio do 15º Comando Regional, lançou a operação ‘Guardião do Nortão’ em Matupá (684,3 km de Cuiabá). A ação tem como foco atuar com ações preventivas em virtude da eleição suplementar que acontece neste domingo (01.08), no município. Em menos de 24 horas, os policiais prenderam três pessoas, apreenderam três armas de fogo e cerca de 1 kg de droga na região.  

O reforço policial militar iniciou no último dia 27 de julho e seguirá até segunda-feira (02). A Polícia Militar destinou para atuar na operação o efetivo de 30 policiais militares do 15º CR, das equipes da Inteligência da PM, Batalhão Rotam e Força Tática. 

A operação “Guardião do Nortão” em pouco mais de 24 horas já efetuou três prisões em flagrante, apreendeu três armas de fogo, sendo uma submetralhadora 9 mm, um revólver calibre 38 e pistola calibre 765, cerca de 1 kg de droga e R$ 1.244,00. 

O comandante do 15º CR, tenente-coronel James Jacio Ferreira, explica que as ações preventivas e ostensivas no município, garante a segurança na região e inibe àqueles que possam procurar se aproveitar da realização do pleito eleitoral para infringir a lei.  

“Queremos que a população de Matupá, possa ir às urnas tranquilos, disponibilizamos equipes para atuarem nos sete pontos de votação no domingo. Essa operação é para garantir um pleno eleitoral seguro. Em menos de 24 horas, já prendemos três suspeitos, inclusive retiramos uma submetralhadora, pistola, revólver e drogas. Com esse reforço já conseguimos desarticular pontos do tráfico de drogas e seguiremos até segunda-feira com as ações preventivas”,  afirmou o tenente-coronel.   

Veja Mais:  Polícia Civil prende assaltante que agrediu empresária durante roubo em Cuiabá

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana