conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Economia

Economia: como avaliar a reunião presidencial divulgada na mídia?

Publicado


source

Bons tempos quando acordávamos e logo ligávamos no Domingo no Parque do Silvio Santos e ficávamos até o Show de Calouros. Lógico, muita coisa acontecia naqueles tempos de chumbo, mas esse domingo foi fantástico. Desculpe o trocadilho. 

Começamos a semana com a divulgação da reunião de 22 de abril. Sem um juízo de valor preconceituoso, mas em meio a uma pandemia onde dois ministros da saúde já foram demitidos,  em meio a uma escalada de mortes, discutiu-se o quê naquela reunião?  Uma total falta de propósito, falta de rumo ou planejamento cooperativo, quanto a como endereçar o nosso principal problema atual (escalada do corona vírus) e futuro (enorme queda de nosso PIB e aumento do desemprego).

Falas desarranjadas e patéticas, acusações descabidas em momentos de crise de saúde, coroado com manifestações de rua destrambelhadas de ambos os lados. Nota-se apenas irresponsabilidade, politização da ciência, fanatismo persecutório fantasmagórico, sarcasmo, falta de empatia e fúnebre desprezo pela vida. Afinal o que mais importa é não prejudicar o governo. 

Às favas as estatísticas de morte. A fantasia cloroquina como pedra angular para a cura de uma gripezinha inventada pelas mídias sociais, redes de TV,  blogs, partidos sujos, comunistas e socialistas (gostaria de que quem grita a plenos pulmões, me explicasse a diferença entre ambos modos de produção) é o ponto de inflexão entre um governo que pensa no povo e outro que quer o mal da população, simplesmente assim. Mas aqui o que importa é a narrativa. Aliado às potentes cordas vocais e bastões de  beisebol de alguns pacifistas, que circulavam pela Av. Paulista,  e que buscavam defender o indefensável com um bastão de beisebol, para dar na nuca de quem discordasse da retórica Magna de sua portadora.

Veja Mais:  Governo de SP antecipa reabertura de academias no estado; veja regras

Defendem a democracia. Mas, felizmente ou infelizmente, o povo elegeu o congresso. Existe uma coisa chamada democracia representativa. Pedir para fechar o Congresso e o STF, sob gritos histéricos de pessoas com máscara para esconder sua vergonha política sublimada, porém sem máscara para evitar uma doença inventada pela esquerda ou por alienígenas chineses, não vão tornar um pleito ditatorial em clame por democracia. Coisas de mentes delirantes. Cruz credo, Centralina neles.

Voltando ao mundo da economia. É absolutamente impensável acreditar que 2021 será um ano de enorme recuperação. Talvez mais protestos contra os poderes possam atrair mais investidores estrangeiros e dirimir a desconfiança dos empresários domésticos. Não sei mais o que pensar ou escrever, mas as vezes sinto inveja daqueles astronautas que acoplaram na cápsula de passageiros Crew Dragon feita pela Space X. Devem permanecer por lá até agosto. Isso é que é uma quarentena para brasileiro descansar e parar de ver e ler bobagens. Ou alguém realmente acha que essas manifestações ajudarão a economia brasileira? Cedo meu lugar na Crew Dragon.

Comentários Facebook

Economia

Desemprego sobe pela quinta semana seguida, mostra IBGE

Publicado


source


rua vazia
Tomaz Silva/Agência Brasil

Desemprego continuou a subir entre maio e junho, mostra pesquisa

Aumentou em cerca de 2 milhões o número de  desempregados no Brasil entre a primeira semana de maio e a segunda semana de junho. É o que mostra o levantamento divulgado nesta sexta-feira (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


A informalidade, que segura as taxas de ocupação, voltou a ter queda após duas altas consecutivas. Na formalidade, houve o fechamento de cerca de 2 milhões de postos de trabalho no período da crise da pandemia de Covid-19.

A pesquisa mostra que cerca de  11,9 milhões de brasileiros estavam desempregados na segunda semana de junho – aumento de, aproximadamente, 700 mil trabalhadores em comparação com a semana anterior.

Na comparação com a primeira semana de maio, a população desempregada aumentou em cerca de 2 milhões de pessoas – uma alta de 21% em cinco semanas.

desemprego subindo foi observado em todas as grandes regiões do país. A alta mais expressiva de maio para junho foi observada no Centro-Oeste (27%). Nordeste e Sul tiveram alta maior que a média nacional – 23% em ambas as regiões. No Sudeste, foi de 20%. A menor alta foi na Região Norte (11%).

Veja Mais:  Ministério Público e TCU defendem suspensão do auxílio emergencial; entenda

Além disso, a pesquisa mostra que trabalhos na informalidade voltaram a ter queda após duas semanas em alta, que o contingente de trabalhadores afastados por causa do isolamento social segue em queda e que o número de trabalhadores em home office ou teletrabalho na pandemia se mantém estável.

O levantamento foi realizado entre os dias 7 e 13 de junho no projeto do IBGE, Pnad Covid19, versão da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua. A pesquisa é feita com apoio do Ministério da Saúde para identificar os impactos da pandemia no mercado de trabalho e para descobrir a quantidade de pessoas da síndrome gripal no Brasil.

Apesar de também avaliar o mercado de trabalho, a Pnad Covid19 não pode ser comparada aos dados da Pnad Contínua – indicador oficial do desemprego no país – por conta de diferenças metodológicas.

Pnad Contínua mostrou que, entre abril e maio, cerca de 7,8 milhões de postos de trabalho foram fechados no Brasil, chegando 12,7 milhões o número de desempregados no país.

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Veja como consultar o saldo FGTS e o calendário de pagamento

Publicado


source
FGTS
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Veja os calendários do FGTS

É possível consultar o valor e a data do saque emergencial do  Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até R$ 1.045. De acordo com a MP, o valor do saque é de até R$ 1.045 por trabalhador, considerando a soma dos saldos de todas as suas contas do FGTS.


A consulta está disponível no aplicativo do FGTS e Internet Banking da Caixa Econômica Federal. A consulta pode ser feita no site  fgts.caixa.gov.br e no telefone 111, opção 2.

No FGTS, R$ 37,8 bilhões serão liberados para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores. A Caixa já divulgou o calendário de pagamento, autorizado pela Medida Provisória (MP) 946. A ação faz parte do conjunto de medidas de enfrentamento aos impactos causados aos trabalhadores pela pandemia de Covid-19.

Calendário

O início do calendário de recebimento do FGTS foi em 29 de junho para os nascidos em janeiro. Os pagamentos são realizados por meio da poupança social digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores, acessada pelo aplicativo Caixa Tem.

O calendário de pagamento foi estabelecido com base no mês de nascimento do trabalhador e contém a data que corresponde ao crédito dos valores na conta poupança social digital (do aplicativo Caixa Tem).

Veja Mais:  Governo de SP antecipa reabertura de academias no estado; veja regras

Há duas etapas de recebimento: caimento na conta digital do valor do FGTS e calendário de saques e transferências. Confira.

Calendário de recebimento por conta digital da Caixa (por mês de aniversário):

Janeiro – 29/6
Fevereiro – 6/7
Março – 13/7
Abril – 20/7
Maio – 277
Junho – 3/8
Julho – 10/8
Agosto – 24/8
Setembro – 31/8
Outubro – 8/9
Novembro – 14/9
Dezembro – 21/9

Calendário para saques e transferências (por mês de aniversário):

Janeiro – 25/7
Fevereiro – 8/8
Março – 22/8
Abril – 5/9
Maio – 19/9
Junho – 3/10
Julho – 17/10
Agosto – 17/10
Setembro – 31/10
Outubro – 31/10
Novembro – 14/11
Dezembro – 14/11

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Havan do Paraná será investigada por cobrar preço abusivo em alimentos

Publicado


source
havan
Reprodução

Havan: unidade no Paraná será investigada por preço abusivo

Uma unidade da rede de lojas de departamento Havan  é suspeita de cobrar preços abusivos de itens da cesta básica. Em Colombo (PR), região metropolitana de Curitiba, o Procon recebeu centenas de denúncias sobre os preços e notificou a Havan.

Na Havan de Colombo, um pacote de cinco quilos de arroz da marca Buriti é vendido a R$ 22,99, preço 60% maior que no comércio da região. Já um litro de leite integral da marca Piracanjuba custa R$ 7,99, mais do que o dobro do valor cobrado em estabelecimentos de Curitiba.

O Ministério Público do Paraná  abriu um procedimento administrativo para investigar o caso.

A rede Havan não se pronunciou sobre o fato.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Ministério Público do TCU defende suspensão do auxílio emergencial; entenda
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana