conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Egídio fala de chance de rebaixamento do Cruzeiro: “Não vamos deixar”

Publicado

Sem vencer há seis rodadas, o Cruzeiro vem passando por uma fase delicada no Campeonato Brasileiro, ocupando a 18ª posição na tabela. Apesar do risco, Egídio garantiu que o time não vai cair para a segunda divisão durante coletiva de imprensa na Toca da Raposa.

Leia também: Em jogo polêmico, Cruzeiro empata com Inter em BH e segue com a corda no pescoço

Egídio arrow-options
Reprodução/Instagram

Egídio

O lateral-direito disse que o elenco não vai deixar “de maneira alguma” acontecer o rebaixamento, inédito na história do Cruzeiro . “Nós já nos comprometemos ali, nos fechamos sobre isso. De tantas glórias e conquistas que tivemos no Cruzeiro, nós não vamos deixar, de jeito nenhum, isso acontecer. O Cruzeiro nunca caiu, e não vai ser com a gente que vai cair. Tenho certeza disso. Não vamos deixar essa imagem do Cruzeiro, que resplandece, se apagar na Série A”, disse Egídio .

Leia também: Cruzeiro levaria 200 anos para pagar todas as suas dívidas, revela estudo

Contra o Fluminense, o lateral falou que o elenco jogará como se fosse uma decisão. “Estamos jogando, em casa, nossa vida no Brasileiro. O Cruzeiro sempre se mostrou forte em Série A, tanto é que tem quatro títulos. Então, nós vamos nos dedicar ao máximo. É decisão. Já mostramos, por diversas vezes ao longo dos anos, que o Cruzeiro é muito forte em decisões. Brigar lá em baixo também é muita responsabilidade. É a mesma (que brigar em cima), e pode ser até maior”, continuou.

Veja Mais:  Formar X Revelar

O Cruzeiro enfrenta o Fluminense hoje, às 21:30, no Mineirão. Se vencer, o time chega aos 23 pontos e se iguala com o Ceará, primeiro time fora da zona de rebaixamento .

Comentários Facebook

Esportes

Conselho Deliberativo do Mixto agenda reunião para homologar renúncia e marcar eleição

Publicado

Foto: Assessoria

Depois do pedido de renúncia do ex-presidente Walter Fernandes, o Conselho Deliberativo do Mixto marcou reunião extraordinária para o dia 15 de junho para homologar a saída do antigo conselho gestor e marcar a eleição.

O presidente do Conselho Deliberativo, Sargento Joelson, assinou o documento de convocação para todos os conselheiros aptos a votar para decidir o futuro do Mixto.

A reunião com os conselheiros do Mixto será por videoconferência para evitar aglomeração. Além de homologar a saída da antiga diretoria e marcar a data da eleição, serão apresentadas as contas de 2019 e Campeonato Mato-grossense deste ano.

A eleição do novo conselho gestor também será discutida. Como os prazos para inscrições de chapas e data do pleito. Somente terão direito a voto os conselheiros adimplentes, seguindo o estatuto do clube.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Covid-19: etapa Brasil do Tour de France é adiada para novembro
Continue lendo

Esportes

Flamengo renova com Jorge Jesus até junho de 21 por 4 milhões de euros

Publicado

Jorge Jesus continua no Flamengo até junho de 2021. A novela da renovação do contrato do treinador com o clube terminou em final em feliz nesta terça-feira (2). O primeiro sinal veio do vice-presidente do futebol rubro-negro carioca, Marcos Braz, que publicou na conta pessoal dele no Twitter, às 17h31, uma bandeira de Portugal, país de origem do Mister.

O contrato de Jesus expiraria no dia 19 deste mês. O técnico chegou ao Brasil em junho do ano passado, conquistando praticamente tudo o que disputou. Foram cinco títulos – Copa Libertadores da América e Campeonato Brasileiro, em 2019, e Recopa, Supercopa do Brasil e Taça Guanabara, em 2020, e apenas quatro derrotas em 51 jogos, com 38 vitórias e nove empates.

 técnico Flamengo Jorge Jesus
Jorge Jesus terá salário de 4 milhões de euros – Alexandre Vidal / Flamengo/Direitos Reservados

O novo contrato do Mister traz a possibilidade de ele deixar o Flamengo, caso surja proposta de um clube europeu. “Ele está sempre de olho no Velho Continente, o sonho dele é voltar para lá. Mais um ano é bom para o time, porque é quase o mesmo elenco campeão de 2019”, analisa Mário Silva, comentarista da Rádio Nacional.

O treinador deverá receber aproximadamente quatro milhões de euros (cerca de R$ 23 milhões), além de outras premiações. Neste primeiro ano de Flamengo, Jesus faturou algo em torno de R$ 15 milhões.

Veja Mais:  Arena Pantanal pode receber em seu complexo a sede da Federação Mato-grossense de Futsal

Edição: Sergio du Bocage

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Plenário pode votar hoje suspensão das dívidas de clubes de futebol durante pandemia

Publicado

.
Najara Araújo/Câmara dos Deputados
Ordem do dia para votação de propostas
Deputados também poderão votar MP que beneficia pequenas e médias empresas

O Plenário da Câmara dos Deputados pode votar hoje o projeto de lei que suspende os pagamentos de dívidas dos clubes de futebol durante o período de calamidade pública relacionada ao novo coronavírus.

Segundo o PL 1013/20, do deputado Hélio Leite (DEM-PA), ficam suspensos parcelamentos de débitos de clubes junto à Receita Federal, à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e ao Banco Central, previstos no Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut).

Devido às medidas de isolamento social e restrições de aglomerações, os jogos dos campeonatos nacionais e estaduais foram suspensos ou ocorreram sem público, diminuindo uma das principais fontes de receita dos clubes.

Microempresas
Também na pauta consta a Medida Provisória 944/20, que concede uma linha de crédito especial para pequenas e médias empresas pagarem sua folha de salários por dois meses durante o estado de calamidade pública decorrente do coronavírus.

Chamado de Programa Emergencial de Suporte a Empregos, o mecanismo prevê o aporte de até R$ 34 bilhões da União.

Entretanto, no dia 22 de abril, a Câmara aprovou o Projeto de Lei 1282/20, do Senado, que já foi convertido na Lei 13.999/20 e abordou o tema aproveitando parte das regras da MP 944/20, criando o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

Veja Mais:  Flexibilização na capital do Rio prevê volta do esporte

Segundo o texto aprovado, da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), micro e pequenas empresas podem pedir empréstimos de valor correspondente a até 30% de sua receita bruta obtida no ano de 2019.

O empréstimo contará com garantia de R$ 15,9 bilhões da União por meio do Fundo Garantidor de Operações (FGO-BB), a ser gerido pelo Banco do Brasil. A intenção é garantir recursos para as empresas e manter empregos durante o período de calamidade pública decorrente da emergência da Covid-19.

Contratação de médicos
Os deputados podem votar ainda requerimentos de urgência para projetos de lei como o PL 750/20, do deputado João Roma (Republicanos-BA), que autoriza todos os municípios a subcontratarem médicos por meio do programa Médicos pelo Brasil, gerenciado pela Agência para o Desenvolvimento da Atenção Primária à Saúde (Adaps).

Atualmente, o programa é restrito a locais de difícil provimento ou de alta vulnerabilidade.

Outro projeto com pedido de urgência pautado é o PL 2835/20, do deputado José Guimarães (PT-CE), que dá preferência à mulher no recebimento do auxílio emergencial com duas cotas por família uniparental quando houver conflito de dados no cadastro em relação às informações declaradas pelo pai.

O projeto está apensado ao PL 2508/20, da deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS), que tem a mesma intenção, especificando que o homem somente poderá receber duas cotas do benefício se comprovar a guarda unilateral dos dependentes.

Veja Mais:  Covid-19: etapa Brasil do Tour de France é adiada para novembro

Reportagem – Eduardo Piovesan
Edição – Pierre Triboli

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana