Economia

Empresários de BH admitem à PF que compraram vacinas clandestinas contra a Covid

Publicado


source
Vacina contra a Covid-19
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Vacina contra a Covid-19

Os irmãos Rômulo e Robson Lessa, empresários em Belo Horizonte e acusados de comprar um carregamento de vacinas contra a Covid-19 – e aplicá-las em pessoas conhecidas, inclusive políticos – se apresentaram espontaneamente na sede da Polícia Federal , na capital mineira, nesta terça-feira (30) para prestar esclarecimentos sobre a irregularidade.

Eles são proprietários da empresa de transportes Saritur, admitiram em depoimento à Polícia Federal (PF) que compraram ilegalmente um lote de vacinas. E são apontados como os chefes do esquema criminoso que imunizou mais de 50 pessoas de maneira na capital mineira.

Soro em vez de vacina?

Nesta terça, a PF informou que foi encontrado soro hospitalar na casa de uma enfermeira ligada ao caso dos empresários. E, por isso, uma das frentes investigadas é a de que os empresários mineiros foram vítimas de um golpe , e receberam uma dose de soro ao invés do imunizante. Segundo a Revista Piauí, que denunciou o caso na semana passada, casa pessoa pagou R$ 600 pelas duas doses.

Comentários Facebook
Veja Mais:  MEI: Três em cada 10 fecham as portas em até cinco anos de atividade no Brasil

Economia

WhatsApp: CCJ aprova intimação judicial por aplicativo de mensagens

Publicado


source
WhatsApp: CCJ aprova intimação judicial por aplicativo de mensagens
Redação 1Bilhão Educação Financeira

WhatsApp: CCJ aprova intimação judicial por aplicativo de mensagens

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (16), o Projeto de Lei 1595/20, do Senado Federal, que autoriza a intimação judicial por meio de aplicativo de mensagens. A proposta altera o Código de Processo Civil.

O relator, deputado Enrico Misasi (PV-SP), apresentou parecer pela aprovação, com ajustes de técnica legislativa. Como a proposta tramitou em caráter conclusivo, poderá seguir para sanção presidencial, a não ser que haja recurso para votação pelo plenário.

Whatsapp

Desde 2017, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) considera válida a utilização do WhatsApp para a comunicação de atos processuais às partes, e alguns tribunais já adotaram o procedimento.

Mas, para o autor do projeto, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), a previsão em lei pode contribuir para que a prática seja disseminada no País com segurança jurídica. Na justificativa da proposta, ele explica que fixou no projeto os mesmos parâmetros estabelecidos pelo CNJ.

Leia a  matéria completa em 1Bilhão Educação Financeira .

Comentários Facebook
Veja Mais:  MEI: Três em cada 10 fecham as portas em até cinco anos de atividade no Brasil
Continue lendo

Economia

MEI: Três em cada 10 fecham as portas em até cinco anos de atividade no Brasil

Publicado


source
MEI: Três em cada 10 fecham as portas em até cinco anos de atividade no Brasil
Redação 1Bilhão Educação Financeira

MEI: Três em cada 10 fecham as portas em até cinco anos de atividade no Brasil

Os microempreendedores individuais ( MEI ) são os que apresentam a maior taxa de mortalidade em até cinco anos. De acordo com a pesquisa Sobrevivência de Empresas (2020), realizada pelo Sebrae com base em dados da Receita Federal e com pesquisa de campo, a taxa de mortalidade desse porte de negócio é de 29%. Já as microempresas têm uma taxa de mortalidade, após cinco anos, de 21,6% e as de pequeno porte, 17%.

De acordo com o presidente do Sebrae, Carlos Melles, o estudo comprova a tese de que quanto maior o porte, maior a sobrevivência, pois o empresário tem um maior preparo e muitas vezes opta por empreender por oportunidade e não por necessidade.

Você viu?

“Entre os microempreendedores individuais há uma maior proporção de pessoas que estavam desempregadas antes de abrir o negócio e que, por isso, se capacitam menos e possuem um menor conhecimento e experiência anterior no ramo que escolheram, o que afeta diretamente a sobrevivência do negócio”, afirma Melles.

Leia a  matéria completa em  1Bilhão Educação Financeira para saber mais.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Bolsonaro admite que não houve corrupção no BNDES após gastar R$ 48 mi em buscas
Continue lendo

Economia

Bolsonaro admite que não houve corrupção no BNDES após gastar R$ 48 mi em buscas

Publicado


source
BNDES é  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
Redação 1Bilhão Educação Financeira

BNDES é Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social


Durante a campanha presidencial de 2018 que elegeu Jair Bolsonaro , o presidente prometia “abrir a caixa preta do BNDES ” (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Tratava-se, supostamente, de um esquema de corrupção dos governos petistas que beneficiaria os demais países da América do Sul, o grupo fictício chamado de “ foro de São Paulo ”. 

Já no primeiro ano de mandato, o banco estatal gastou R$ 48 milhões em auditorias dos contratos de empréstimos a empresas e governos estrangeiros , mas não encontrou nenhum indício de irregularidade.

Nesta quinta-feira (17), Bolsonaro admitiu estar convencido de que não existe nenhuma  corrupção na estatal enquanto falava com apoiadores no cercadinho do Palácio do Planalto.


“Não foi caixa-preta, na verdade. Está aberto. Eu também pensava que era caixa-preta, mas está disponível, no site do BNDES, todos os empréstimos feitos para outros países”, disse.

“Alguns me criticam que eu estou concluindo obras do PT . É verdade, algumas obras são começadas pelo PT, sim. Agora, o PT não deixou obra inconclusa fora do Brasil. Vamos parabenizar o PT”, ironizou. “Foi quase meio trilhão de reais. Vocês [população] pagando”, completou o presidente. A fala foi gravadas pelo site bolsonarista Foco do Brasil.

Veja Mais:  Funcionários da Eletrobras abrem denúncia no TCU contra privatização

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana