Policial

Estado economiza R$ 17 mi e fortalece forças de segurança com entrega de viaturas

Publicado


Sistema Socioeducativo estava há 30 anos sem receber caminhonetes; desta vez foi contemplado com cinco viaturas

Julia Oviedo | Sesp-MT

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), entregou nesta sexta-feira (22.01) 250 viaturas aos chefes das forças de segurança que atuam no estado. A economia com o novo contrato de 30 meses é de mais de R$ 17 milhões aos cofres públicos.

Inclusive essa diferença nos valores contratuais foi pontuada pelo governador Mauro Mendes, que lembrou que o valor pago por viaturas no contrato anterior era de R$ 6.800 mil por veículo. Já com o novo contrato, este valor é de pouco mais de R$ 3.600 mil por caminhonete.

“Não tem mágica, tem trabalho sério. Tem um Estado que paga seus fornecedores em dia. O fornecedor sabe que entrará em uma licitação do Estado e receberá em dia. Tudo isso é trabalho sério e todo esse trabalho significa economia aos cofres públicos. Ganha o servidor, ganha o cidadão, ganha o Estado”, pontuou o governador.

Em seu discurso, o secretário Alexandre Bustamante relembrou a situação do Estado nos primeiros dias da atual gestão. Diferente das atuais viaturas, mais modernas, com condições de operacionalização e com economia, naquele momento a situação era a de centenas de viaturas paradas por falta de pagamento.

Veja Mais:  PM, PF E PRF encontram droga dentro de carro de luxo e prendem homem e jovem em Água Boa

Já os restos a pagar do ano de 2018 chegavam a R$ 600 milhões. No ano seguinte, essa dívida caiu pela metade, somando R$ 300 milhões. Com a consolidação dos dados de 2020, Bustamante disse que a dívida não só diminuiu para R$ 134 milhões, mas não gera prejuízo dos serviços prestados.

“Em 2019 preparamos a terra. Em 2020 plantamos as sementes. E a partir de agora a sociedade vai colher cada vez mais um serviço público de qualidade. Mais uma vez o tempo e a sociedade são testemunhas de que a competência e a seriedade na gestão quando andam juntas, são capazes de transformar uma sociedade”, finalizou Bustamante.

A entrega das viaturas faz parte do programa Mais MT, que prevê investimentos na ordem de mais de R$ 700 milhões somente na Segurança Pública. Estes investimentos serão direcionados não só para melhorias nas condições de serviço aos servidores da segurança, como também no uso de novas tecnologias, na aquisição de equipamentos de ponta, construção de novas unidades das forças de segurança, entre outros.

Três décadas

Trinta anos foi o tempo que o Sistema Socioeducativo levou para ser contemplado com uma caminhonete a diesel. Há alguns anos, relembrou a secretária adjunta de Justiça, Lenice Barbosa, o transporte de jovens em conflito com a lei era feito com a utilização de kombis.

“Mato Grosso é um estado de uma extensão muito grande e nós só temos unidades socioeducativas nas regiões polo. Quando você recebe uma caminhonete a diesel para fazer este trabalho com os adolescentes que cometeram algum ato infracional é de um ganho muito grande para nós. O governador Mauro Mendes e sensibilizou com a realidade do socioeducativo e a cada tempo só temos a ganhar”, disse Lenice.

Veja Mais:  Caminhão roubado na madrugada de empresa do Distrito Industrial é localizado no Osmar Cabral

Ao todo, o Sistema Socioeducativo receberá cinco caminhonetes. Já a Polícia Militar, 109; a Polícia Judiciária Civil, 102; a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), 17; Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), 12 e Corpo de Bombeiros Militar (CBM), cinco viaturas.

Participaram do evento o presidente da Asssembleia Legislativa, Eduardo Botelho, os deputados estaduais, Wilson Santos, Delegado Claudiney, Silvio Fávero, Xuxu Dalmolin. Além dos secretários da Casa Civil, Mauro Carvalho; de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, de Desenvolvimento Econômico, César Miranda e o secretário-chefe do Gabinete de Governo, tenente-coronel PM Jordan Espíndola.

 

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Integrante de organização criminosa de roubo de gado na região metropolitana é preso em VG

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A equipe de investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Cuiabá localizou nesta quinta-feira (25.02), em Várzea Grande, um foragido da Operação Mahyas, que estava com mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Cuiabá. A operação foi realizada em 2020 pela unidade policial para desarticular uma organização criminosa envolvida em roubos, furtos e receptação de gado na região metropolitana da Capital e interior do estado. 

I.G.S., de 39 anos, estava escondido em um sítio na localidade de Capão das Antas, zona rural de Várzea Grande. Ele é um dos alvos da operação deflagrada em agosto do ano passado pela DERF de Cuiabá para apurar informações e evidências sobre a atuação da organização criminosa e cumprir ordens de prisão contra os integrantes do grupo. O foragido responde por furto, roubo qualificado de gado e organização criminosa.

Após a prisão, ele foi encaminhado à delegacia para formalização do mandado e depois será apresentado em audiência de custódia da Justiça.

Mahyas

A 7a Vara Criminal de Atuação contra o Crime Organizado da Capital deferiu 53 mandados, entre buscas e prisões da operação, além de autorizar o sequestro de bens de alvos da organização criminosa que tiveram a atuação identificada em várias cidades da região metropolitana de Cuiabá.

Durante a operação também foram suspensas as atividades comerciais de três açougues que vendiam carnes provenientes de abatedouros clandestinos.

Veja Mais:  Equipes policiais cumprem buscas em endereços de autores de violência doméstica

As investigações da DERF Cuiabá, que culminaram com a Operação Mahyas, iniciaram há mais de um ano, devido à complexidade dos trabalhos na zona rural. De acordo com os levantamentos, a atuação da organização criminosa causou um prejuízo de mais de R$ 3 milhões para as vítimas.

Para praticar os crimes, o grupo rendia moradores e funcionários das propriedades, os mantendo em cárcere privado até efetivarem o roubo dos animais e deixando o local somente após o gado ser desembarcado no destino onde ficaria escondido.

A expressão ‘mahyas’ é uma das origens da palavra máfia.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Dois homens e uma mulher são presos em flagrante por tráfico de drogas e associação

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Três pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (25), em Sinop, suspeitas pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A equipe de investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Sinop recebeu informações de que no bairro Maria Carolina, drogas eram comercializadas em uma residência.

Conforme a apuração, uma mulher, companheira de um dos suspeitos presos, utilizava uma motocicleta para fazer a entrega da droga. Já os dois homens, que são primos, eram os responsáveis pela gestão do negócio ilícito.

Após dias de monitoramento e com a confirmação do movimento suspeito na residência, na tarde desta quarta-feira os policiais abordaram a mulher quando ela chegava à casa. Os dois homens também foram abordados e confirmaram que no local havia entorpecente destinado ao consumo pessoal.

Porém, os policiais civis encontraram balanças de precisão e entorpecentes que reforçaram a tese de que os produtos apreendidos se destinavam ao tráfico.

Após a formalização da prisão em flagrante, os três serão encaminhados a unidades do Sistema Penitenciário, onde deverão aguardar outras determinações da justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Caminhão roubado na madrugada de empresa do Distrito Industrial é localizado no Osmar Cabral
Continue lendo

Policial

Caminhão roubado na madrugada de empresa do Distrito Industrial é localizado no Osmar Cabral

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Um caminhão carregado com pneus e roubado de uma empresa no Distrito Industrial de Cuiabá na madrugada desta quarta-feira (25.02) foi localizado horas depois em uma estrada de chão na região do bairro Osmar Cabral. No local estava apenas o veículo. 

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) foi comunicada sobre o roubo à empresa logo no início da manhã de hoje e diligências imediatas foram realizadas para reunir informações sobre os fatos ocorridos.

O gerente da empresa informou aos policiais que durante a madrugada quatro homens armados teriam invadido o local e rendido o segurança. Os criminosos então entraram no escritório da transportadora e pegaram as chaves de um veículo pequeno, modelo Gol, e de um caminhão modelo Mercedes Atego branco.

O caminhão foi carregado com pneus da empresa e em seguida os suspeitos fugiram do local nos dois veículos.

Ainda pela manhã, a delegacia recebeu a informação de que o caminhão estava em uma estrada rural, após a avenida Dr. Meirelles, no Osmar Cabral, e seguiu em diligência até o bairro para resgatar o veículo. Após os procedimentos policiais, o veículo foi restituído à empresa proprietária.

A investigação da Derf segue com diligências para identificar autoria do crime e recuperação dos produtos roubados.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Integrante de organização criminosa de roubo de gado na região metropolitana é preso em VG
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana