Tecnologia

Falha de segurança vaza dados pessoais de alunos da Anhembi Morumbi

Publicado


source

Olhar Digital

Uma falha de segurança no sistema que gera boletos de mensalidade da universidade Anhembi Morumbi fez com que dados pessoais de alunos da instituição ficassem vulneráveis na internet.

Como modelos de computador simulam a propagação do coronavírus

A brecha foi relatada ao Olhar Digital  através de um e-mail enviado por um remetente que preferiu não se identificar.

Segundo a mensagem, informações como nome completo , endereço , telefone , data de nascimento e até mesmo a taxa mensal de pagamento dos clientes estariam ao alcance de terceiros na plataforma.

Campus Anhembi Morumbi arrow-options
Reprodução

Campus Anhembi Morumbi



A falha permitia a manipulação do ID dos boletos. Este código de identificação é emitido em ordem sequencial. Assim, com uma simples alteração do número no navegador era possível acessar qualquer outro documento gerado pelo sistema.

Um robô poderia, por exemplo, acessar, coletar e armazenar os dados de todos os alunos presentes nos arquivos dos boletos. O acesso ao portal requer apenas o CPF e a data de nascimento de um aluno ou ex-aluno da universidade.

Uber permite chamar carro por ligação telefônica

Em nota ao Olhar Digital , a Universidade Anhembi Morumbi disse que “apurou o caso e já tomou todas as medidas cabíveis para a correção”. A instituição também afirmou que “dedica investimentos e esforços redobrados na manutenção dos sistemas de segurança da informação, garantindo a confidencialidade dos dados acadêmicos, bem como de seu corpo discente, docente e administrativo.”.

Veja Mais:  Microsoft confirma data de lançamento do Xbox Series X e revela novos jogos

O comunicado não esclarece se os alunos foram informados sobre a falha de segurança .

Tecnologia

iFood fará entregas com drones no Brasil; testes começam em breve

Publicado


source

Olhar Digital

iFood
Divulgação/iFood

iFood começará a fazer entregas com drones


O iFood recebeu aval da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para realizar voos experimentais com drones para reduzir o tempo de suas entregas. Os primeiros testes devem ser realizados em Campinas (SP) a partir de outubro.

Vale destacar, porém, que você não receberá seu pedido na porta da sua casa por meio de um drone, pelo menos em um primeiro momento. O equipamento fará um trajeto de 400 metros entre a praça de alimentação de um shopping e uma estrutura do iFood .  A pé, o trajeto leva em média 12 minutos, mas com o drone deve durar apenas dois. Depois disso, um entregador humano terminará o caminho.

Uma segunda rota de voo fará um trajeto de 2,5 quilômetros entre o centro de operações do aplicativo até um condomínio próximo. É esperado que o drone leve quatro minutos para concluir o percurso, o que hoje leva 10.

A autorização acontece em um momento em que cada vez mais bares e restaurantes buscam o comércio eletrônico como alternativa, principalmente por conta da pandemia de Covid-19 e a necessidade do isolamento social. Apenas no iFood , o número de estabelecimentos cadastrados subiu de 160 mil em março para 212 mil em junho.  No mesmo período, as entregas realizadas foram de 30 milhões para 39 milhões.

Para que o aplicativo possa aumentar a escala das suas operações com drones, serão necessárias novas autorizações da Anac . Para que isso aconteça, os resultados destes testes terão grande importância. O iFood já mapeou em torno de 200 cidades nas quais poderá usar o modelo se for bem sucedido.

Veja Mais:  TikTok enganou Google para roubar dados dos usuários; entenda

Continue lendo

Tecnologia

Facebook remove mais de 22 milhões de posts com discurso de ódio

Publicado


source
Facebook
Unsplash/NeONBRAND

Facebook exclui publicações com discurso de ódio


O Facebook removeu 22,5 milhões de conteúdos com discurso de ódio da rede social nos últimos três meses. A informação foi divulgada nesta terça-feira (11) pela própria empresa. 

Depois de receber boicote publicitário , o Facebook tem investido em mais inteligência artificial para remover discurso de ódio da rede social. No primeiro trimestre deste ano, a taxa de detecção de publicações do tipo aumentou em 89% e, no segundo, em 95%.

Guy Rosen, vice-presidente de integridade do Facebook , disse, ainda, que a empresa também removeu 8,7 milhões de conteúdos relacionados a terrorismo no último trimestre. A detecção automática engloba posts em inglês, espanhol, árabe e indonésio. Não há informações sobre publicações em português. 

O Facebook ainda admitiu que, com menos funcionários durante a pandemia de Covid-19 , a moderação de conteúdo foi comprometida. “Dependemos muito de pessoas para analisar esse tipo de conteúdo. Com menos revisores de conteúdo, removemos um número menor de conteúdos relacionados a automutilação e suicídio no Facebook e no Instagram”, disse Rosen.

Veja Mais:  Facebook remove mais de 22 milhões de posts com discurso de ódio
Continue lendo

Tecnologia

Xiaomi lança TV transparente com preço que não agrada; confira

Publicado


source
Xiaomi
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi lança televisão transparente


Em comemoração aos seus 10 anos, a Xiaomi anunciou, nesta terça-feira (11), uma televisão transparente . A Mi TV LUX OLED Transparent Edition tem 55 polegadas, e é possível enxergar o que se passa atrás dela. 

Por enquanto, a novidade foi lançada apenas na China , onde começa a ser vendida a partir do dia 16 de agosto. Em conversão direta, o preço da TV chega a R$39 mil. 

Além da tela transparente, a televisão ainda conta com frequência de atualização de 120 Hz e chipset MediaTek 9650, além de sistema operacional com edição customizada da MIUI .

A Xiaomi promete, ainda, que não é necessário iluminação na parte traseira, já qe o próprio vidro consegue emitir luz quando o aparelho está ligado. 

Veja Mais:  TikTok enganou Google para roubar dados dos usuários; entenda
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana