Mato Grosso

Gefron recupera três veículos roubados; uma pessoa morreu ao reagir contra policiais

Publicado


O Grupo Especial de Segurança na Fronteira recuperou três veículos fruto de roubo somente na quinta e sexta-feira (19 e 20.11). As três ocorrências foram registradas nos municípios de Cáceres, Porto Esperidião e Pontes e Lacerda, sendo que na última, um óbito foi registrado.

O caso ocorreu por volta das 13h30 desta terça-feira, quando chegou a informação, via base Gefron, que dois veículos, uma Hilux prata e outro veículo tipo SUV não identificado, estavam se deslocando em alta velocidade em direção à fronteira com a Bolívia. Em patrulhamento pela área, os policiais encontraram escondido na mata a Hilux, fruto de roubo em Salvador (BA).

Logo os policiais perceberam um veículo Duster circulando próximo ao local, quando fugiu em alta velocidade. A guarnição iniciou a perseguição emitindo sinais sonoros e luminosos, que não foram obedecidos. Logo a frente, se depararam com a porteira de uma propriedade. O suspeito que conduzia a Duster conseguiu fugir e o passageiro foi rendido.

Durante a fuga do suspeito que dirigia o veículo, ele sacou a arma para tentar atirar contra os policiais, momento que os militares revidaram a agressão. O suspeito recebeu atendimento médico, mas não resistiu, morrendo no hospital de Pontes e Lacerda.

O outro suspeito e os dois veículos foram encaminhados para a delegacia do município.

Outros casos

Também nesta sexta-feira, por volta das 5h, em Porto Esperidião, os policiais receberam a comunicação de que uma caminhonete S10 prata teria sido roubada em Cáceres e estava em deslocamento para Porto Esperidião. Foi armado um cerco na BR-174, logo após a ponte sobre o Rio Jauru.

Veja Mais:  Projeto premiado em edital de Literatura oferece oficina de teatro de sombras para professores

Ao avistar o cerco, o condutor abandonou o veículo e fugiu para o matagal, quando logo após o amanhecer o homem foi avistado próximo da rodovia. Ao ser questionado, o suspeito disse estar esperando um motorista de aplicativo que o levaria de volta para Cáceres. Disse ainda que receberia R$ 1 mil para levar a S10 até outro suspeito. O homem foi então conduzido para a delegacia de Porto Esperidião.

Outro caso ocorreu por volta das 18h da quinta-feira. Durante patrulhamento na estrada de acesso a Clarinópolis, a equipe do Gefron abordou uma S10 branca, sendo que a motorista não portava nenhum documento. Ao ser questionada, a mulher informou que o veículo era fruto de roubo e que ela receberia R$ 6 mil para entregá-lo na Bolívia.

Na checagem, os policiais descobriram que tratava-se de um veículo roubado na cidade de Juscimeira. A mulher foi conduzida para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron).

Fonte: GOV MT

Mato Grosso

Falha no pagamento de 4,3 mil contratados da Seduc é identificada; técnicos trabalham para corrigir

Publicado


As Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Planejamento e Gestão (Seplag) identificaram uma falha no processamento da folha de pagamento. O fato não irá prejudicar o pagamento dos servidores públicos efetivos, pensionistas, aposentados e comissionados.

A falha técnica ocasionou o erro no lançamento do salário de cerca de 4,3 mil servidores contratados da Seduc.

Esses funcionários da Educação irão receber o equivalente a 66% do valor total do salário, no pagamento que será efetuado na tarde desta sexta-feira (27.11), após as 18h.

Os técnicos das duas secretarias trabalham nesse momento para corrigir a falha de comunicação que ocorreu entre os sistemas da Seduc e da Seplag. Contudo, já informaram que o problema será solucionado em uma folha complementar, que deverá ser quitada nos próximos dias.

As duas secretarias lamentam o ocorrido e se esforçam para resolver a situação o mais rápido possível e ressaltam que os demais servidores não sofrerão qualquer problema no recebimento do salário.

Fonte: GOV MT

Veja Mais:  Quinta-feira (26): Mato Grosso registra 157.524 casos e 4.116 óbitos por Covid-19
Continue lendo

Mato Grosso

Governador: “Objetivo é manter padrão de excelência nessas rodovias pelos próximos 30 anos”

Publicado


O governador Mauro Mendes afirmou que a concessão de três lotes de estradas de Mato Grosso à iniciativa privada tem o objetivo de “manter padrão de excelência nessas rodovias pelos próximos 30 anos”.

O leilão dos lotes ocorreu nesta quinta-feira (26.11), na sede da Bolsa de Valores da B3, em São Paulo, e foi acompanhado pelo governador e pelos secretários de Estado, Mauro Carvalho (Casa Civil) e Marcelo de Oliveira (Infraestrutura e Logística), além da equipe técnica do Governo de Mato Grosso.

Os três lotes de estradas compreendem 512 km de trechos entre Primavera do Leste e Paranatinga, Jangada e Itanorte, e Tabaporã e Sinop, nas regiões Sudeste, Centro-Sul e Norte do Estado. As concessionárias Via Norte Sul, Via Brasil e Primavera MT-130 arremataram um lote cada, na ordem mencionada.

“O objetivo dessas concessões é conseguirmos ao longo dos próximos 30 anos manter um padrão de excelência nessas rodovias, contribuindo com a logística e com a infraestrutura, fundamentais em um Estado tão produtivo como o nosso”, destacou o governador. 

O contrato de concessão tem duração de 30 anos para cada trecho e os vencedores do leilão deverão executar serviços de conservação, recuperação, manutenção, implantação de melhorias e operação rodoviária.

De acordo com Mauro Mendes, o modelo de concessão tem dado certo nos países desenvolvidos e traz muito benefícios à população, que passa a contar com rodovias bem conservadas e redução de acidentes de trânsito e de custos com manutenção dos veículos que transitam nesses locais.

Veja Mais:  Atendimento na Desenvolve MT será suspenso nesta sexta-feira (27) no período da tarde

“Em 2021, traremos novos trechos para leilão e até 2022 nós queremos colocar mais 1900 km de rodovias para concessão”, adiantou.

Mauro Mendes pontuou que a concessão é um importante passo para melhorar o escoamento da produção de Mato Grosso, maior produtor nacional de grãos. 

“Não tenho dúvida nenhuma que o Estado de Mato Grosso vai superar nos próximos anos a casa de 100 toneladas/ano em produção. Temos área e condição para expandir de forma sustentável. Isso cria no nosso estado grandes oportunidades”, mencionou.

Ainda segundo o governador, as concessões vão melhorar a qualidade de vida da população e acelerar o desenvolvimento econômico das regiões pelas quais as rodovias passam. 

Outra vantagem das concessões é que os serviços de conservação, recuperação, manutenção e implantação de melhorias rodoviárias serão executados pela iniciativa privada, trazendo ao Governo de Mato Grosso uma economia estimada de R$ 3,3 bilhões. Esses valores serão usados para outras obras de Infraestrutura, como novas pavimentações e construção de pontes. 

“Ao passar para a iniciativa privada esses três lotes, somando-se aos outros que nós temos e aos outros que virão, não temos dúvida nenhuma que poderemos prosseguir com o nosso plano estratégico de melhoria da logística do Estado de Mato Grosso”, completou.

Além dessas rodovias em leilão, o Governo de Mato Grosso já possui sete outros contratos de concessão comum vigentes, totalizando 923,4 quilômetros de rodovias. 

Veja Mais:  Unemat inaugura nesta sexta-feira (27) o Centro de Inovação e Redes Inteligentes em Cáceres

Os lotes

Foram concedidos três lotes à iniciativa privada: o Lote 1, com 138,4 quilômetros da MT-220, no trecho entre Tabaporã e Sinop; o Lote 2, com 233,2 quilômetros, das rodovias MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480, nos trechos de Jangada a Itanorte; e o Lote 3, com 140,6 quilômetros da MT-130, entre Primavera do Leste e Paranatinga.

Para o Lote 1, entre Tabaporã e Sinop, estão estimados investimentos de R$ 749,502 milhões em melhorias diretamente na rodovia. 

No lote 2, entre Jangada a Itanorte, estão previstos investimento de R$ 1,571 bilhão. 

Já para o lote 3, entre Primavera do Leste a Paranatinga, o investimento previsto é de R$ 1,020 bilhão, totalizando os R$ 3,341 bilhões.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Nota do TCE-MT

Publicado


Danilo Lobato / Secom TCE-MT

O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Antonio Maluf, parabeniza, deseja boa sorte e sucesso à desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas, eleita presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), nesta quinta-feira (26), para o biênio 2021/2023. 

Os cumprimentos em nome de todos os conselheiros do TCE-MT se estendem para a vice-presidente eleita, Maria Aparecida Ribeiro, e ao corregedor-geral de Justiça, José Zuquim Nogueira.

 

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Veja Mais:  Quinta-feira (26): Mato Grosso registra 157.524 casos e 4.116 óbitos por Covid-19
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana