Cidades

Gerência de Esportes leva orientações às pistas e ciclovias

Publicado


.

A Gerência de Esportes, da Prefeitura de Sinop, inicia nesta quarta-feira, 01/07, um trabalho de orientação sobre a Covid-19. Equipes estarão em quatros pontos fixos da cidade, além de outros itinerantes, com o objetivo de reforçar a mensagem quanto aos mecanismos de prevenção ao novo coronavírus e a contribuição do cidadão nesse momento. 

A partir das 17h, as frentes de conscientização estarão em quatro espaços fixos: 

a) pista Caminhada Avenida da Saudade

b) Baixada da Avenida das Itaúbas – rotatória posto Paraná

c) Frente da Fasipe – rotatória 

d) Frente do Machado Econômico na pista da Avenida André Maggi

Itinerante

e) Avenida dos Tarumãs, cruzamento com Avenida Itaúbas

“Esse trabalho tem como foco a orientação. O intuito é conscientizar a pessoa para que utilize a máscara durante a prática da caminhada, da corrida, mantenha distanciamento e tome precaução quanto à doença. Estamos em um período que, se possível, sempre orientamos que se faça atividade física em casa. Mas quem vai às pistas de caminhada/ciclovia precisa se cuidar”, destaca Victor Medina, gerente de esportes.

Posteriormente, também haverá rodízios dos profissionais percorrendo outros espaços de prática de atividades físicas em Sinop, além dos bairros. 

EXERCÍCIO EM CASA

Com o agravamento do cenário do novo coronavírus, equipes da Gerência de Esportes formataram um projeto que leva dicas de atividades físicas até os lares dos sinopenses. Por meio de vídeo-aulas compartilhadas por grupos de mensagem, o cidadão recebe um programa de aulas que se possam ser feitas no conforto dos lares. Os vídeos também estão à disposição no canal da Prefeitura de Sinop no YouTube.

A ação integra mais uma das realizadas pela Prefeitura de Sinop neste momento de pandemia mundial.

Vale lembrar que todos os equipamentos públicos, como as academias ao ar livre, as quadras de areia no centro da cidade e estádio, além dos parques infantis estão lacrados e suas utilizações proibidas.

Fonte: AMM

Veja Mais:  Assistência Social oferece ações voltadas a pessoas em situação de rua

Cidades

Prazo para Declaração do Imposto sobre Propriedade Territorial Rural termina em setembro

Publicado


.

A Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR), referente ao exercício de 2020, deverá ser entregue entre 17 de agosto a 30 de setembro. As regras para a apresentação da DITR foram publicadas na Instrução Normativa (IN) nº 1.967/2020.

A IN traz informações sobre a obrigatoriedade de apresentação, documentação, forma de elaboração, apuração do ITR, informações ambientais, apresentação depois do prazo e retificação, entre outros pontos.

A DITR deve ser elaborada por meio do Programa ITR 2020, disponível no site da Receita Federal. A primeira quota ou quota única do pagamento tem vencimento no dia 30 de setembro. As demais parcelas vencem no último dia útil de cada mês subsequente, acrescida de juros.

O produtor rural deve apurar o Valor de Terra Nua (VTN), seguindo as instruções da IN/RFB nº 1877/2019 e IN/RFB nº 1.939/2020. Além disso, é importante ficar atento em relação à regra de exclusão das áreas não tributáveis da área total.

Para a exclusão é obrigatória a entrega do Ato Declaratório Ambiental (ADA) ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Caso o produtor rural já tenha entregado o Cadastro Ambiental Rural (CAR), ele deverá informar o número do recibo na DITR.

VTN SJRC

Em São José do Rio Claro, um primeiro laudo técnico, cuja metodologia fosse entrevista “in loco” com 11 produtores rurais entre os dias 13 e 27 de abril de 2020, referenciou valores sugeridos no mercado local e teria apontado cálculos excedentes, os quais eram incompatíveis com os praticados na região.

Todavia, houve consenso jurídico e pericial entre o governo municipal e a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) – órgão vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, em que um segundo parecer foi elaborado para balizar tais informações.

Pelo exposto, tal procedimento desconsidera o laudo anterior visando dar mais transparência ao classificar, por categoria de aptidão, valores compatível em conformidade com os exercidos nos municípios circunvizinhos, como Diamantino, Nova Maringá e Nova Mutum, os quais serão a serem utilizados como parâmetros para ITR para o município de São José do Rio Claro-MT. 


VALOR DA TERRA NUA (VTN) – R$/ha   

ANO

LAVOURA

(aptidão boa)

LAVOURA

(aptidão regular)

LAVOURA

(aptidão restrita)

PASTAGEM PLANTADA

SILVICULTURA OU

PASTAGEM NATURAL

PRESERVAÇÃO DA

FAUNA E DA FLORA

2015 2.222,10 1.975,20 1.728,30 1.481,40 1.481,40 1.234,50
2016 2.488,75 2.212,22 1.935,69 1.759,17

1.659,17

1.382,64

2017 4.977,50 4.424,44 3.871,38 3.518,34 3.318,34 2.765,28
2018 4.995,65 4.525,25 3.895,96 3.653,79 3.395,79 2.800,42
2019 5.062,50 4.166,67 3.533,33 3.891,67 2.814,29 2.228,57
2020 5.280,69 4.346,25 3.685,61 4.059,40 2.935,58 2.324,62
Fonte: AMM

Veja Mais:  Idosa de 70 anos é quarta vitima da Covid-19 em Nova Ubiratã

Continue lendo

Cidades

Covid-19: Suspensão de aulas foram prorrogadas; Decreto também aborda atividades comerciais

Publicado


.

As aulas e atividades presenciais da Rede Pública e Privada Municipal de Ensino no município de Barra do Bugres continuam suspensas, devido a pandemia, até o dia 31 de agosto de 2020. No Decreto Municipal do dia 06 de agosto de 2020, ainda diz que as atividades comerciais poderão funcionar até as 23 horas na forma presencial. Após esse horário poderão ser realizadas na modalidade entrega residencial (Delivery), sendo vedada a modalidade de retirada do estabelecimento.

O consumo de bebida alcoólica nos estabelecimentos comerciais e logradouros, CONTINUA PROIBIDO APÓS AS 23 horas.

As decisões foram tomadas baseadas em estudos e relatórios disponibilizados pelo Comite de Resposta Rápida ao Covid-19.

Fonte: AMM

Veja Mais:  Prefeitura entrega cestas básicas em comunidades de Sinop
Continue lendo

Cidades

De olho na expansão do agronegócio, Prefeitura de Colíder atende produtores e investe na readequação de pontes e estradas rurais

Publicado


.

A atividade pecuária em Colíder representa a grandeza da economia do campo do município. Mas o agronegócio vem com tudo. Ocupa espaços nas propriedades. Dinamiza os meios de produção e movimenta riquezas nas comunidades do interior. O avanço da agricultura, com o plantio de soja e milho, é uma realidade de sucesso e desperta o interesse de muitos proprietários rurais, inclusive, de investidores de outras regiões.

Essa nova dinâmica está no radar do governo municipal. A atual gestão prepara investimentos para reestruturar estradas e reforçar pontes para viabilizar o transporte de grãos, que exige vias mais largas e resistentes à rodagem dos caminhões e de maquinário agrícola. Nesta quinta-feira (06.08), o prefeito Noboru Tomiyoshi, recebeu o produtor rural Júnior Simões, da comunidade São Sebastião do Bigode. Ele já realiza a transição da produção de parte da sua propriedade da pecuária para a agricultura.

Na reunião com o prefeito, Júnior apresentou sua principal demanda: investimentos urgentes nas vias que atendem a região onde está localizada a sua propriedade. “O município vai nos atender com a melhora das estradas e das pontes. Enlarguecer mais para melhorar o acesso e poder passar com as máquinas, plantadeiras, que agora não têm como passar. É importante para não ficar pagando [caminhão] prancha, que faz subir muito o custo para nós”, justifica.

Para o produtor de São Sebastião do Bigode, investimentos em estradas reforçam a economia rural e, consequentemente, da cidade. “Ajuda muito. Com certeza, cada dia vai ficar melhor. Colíder tem a tendência de crescer cada vez mais na agricultura. O prefeito garantiu para nós que fará essas benfeitorias. É uma parceria importante para atender os produtores. Isso é bom demais”, comemora Júnior Simões.

OLHAR ATENTO AO AGRONEGÓCIO

A produção de grãos em larga escala já é uma realidade lucrativa em Colíder, que já produz grãos em cerca de 15 mil hectares. Conforme Noboru Tomiyoshi, esse novo panorama rural exige um olhar mais atento e prioritário por parte da gestão municipal. “A expansão do agronegócio é a nossa grande preocupação”, afirma o prefeito. “Após a pandemia, nós queremos retomar o nosso crescimento econômico. Precisamos fortalecer a agricultura e a atividade dos produtores leiteiros, da agricultura familiar e, agora, com a chegada dessa nova etapa, com o plantio das culturas de soja e milho”, pontua.

Para Noboru, é importante que a Prefeitura de Colíder estabeleça novas estratégias para apoiar a produção em todas as áreas produtivas do campo, inclusive, o agronegócio. “Essas novas políticas precisam oferecer condições mínimas de trabalho ao produtor. Enlarguecer estradas e pontes é o mínimo que a prefeitura deve fazer para dar essa condição para o produtor poder produzir muito e, dessa forma, promover ainda mais o desenvolvimento econômico do nosso município”, enfatiza.

O prefeito de Colíder diz que o trabalho de manutenção de cerca de 2,7 mil quilômetros de estradas já conta com a atuação permanente das equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Obras e Urbanismo em todas as regiões do município. A ampliação da capacidade estrutural para viabilizar o tráfego de maquinário e caminhões é uma nova necessidade que a Prefeitura de Colíder passa a atender a partir deste ano. O governo municipal aproveitará o período de estiagem para alargar vias e ampliar pontes, principalmente, onde há a expansão do agronegócio.

“Essa será a nossa meta principal. Vamos dar condições para que o produtor consiga exercer sua atividade com tranquilidade, como é o caso do nosso amigo Junão, que investe na integração pecuária-lavoura”, afirma Noboru Tomiyoshi. “E, como ele, têm vários produtores que já investem no agronegócio e produzem com sucesso. Estão obtendo resultados financeiros com essa nova atividade. E nós temos que dar esse apoio para incentivar mais produtores de Colíder a investir no plantio de grãos, uma nova atividade que vai fortalecer a economia do município”, avalia o prefeito.

TRANSFORMAÇÃO NO CAMPO

Os vereadores Alencar Pereira e Beto Santos participaram da agenda de Júnior Simões com o prefeito Noboru Tomiyoshi. “E a gente fica muito feliz por sermos tão bem recebidos pelo prefeito, que deu o sim e informou que até dezembro o governo municipal vai fazer essa obra”, destaca Beto Santos. “É um investimento que levará muitas melhorias para todos os moradores daquela região do Bigode. Quero parabenizar o prefeito”, acrescenta o parlamentar.

Alencar Pereira comenta que o agronegócio cresce e começa a gerar grandes riquezas em todo o município. Para ele, os investimentos em infraestrutura de transporte são fundamentais para viabilizar o escoamento da produção de grãos. “O Júnior, por exemplo, é um filho de Colíder, que sempre foi agropecuarista, mas que, hoje, está investindo na agricultura. Planta em sua propriedade e arrenda áreas circunvizinhas para aumentar o volume de produção”, relata.

O vereador lembra que as estradas rurais foram abertas para atender a pecuária, cujo transporte pode ser realizado em vias mais apertadas. “Mas, hoje, com o agronegócio, nós temos que adequar isso, alargar e reforçar estradas e pontes. E o prefeito está voltado a isso. Tenho certeza que Colíder vai passar por uma transformação muito grande dentro de pouco tempo. Por isso, nós temos que readequar nossas estradas para atender esse pessoal que tem intenção de plantar”, justifica Alencar Pereira.

Fonte: AMM

Veja Mais:  Secretaria Municipal de Saúde faz entrega de Ivermectina na Zona Rural de Cáceres

Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana