Tecnologia

Google Meet terá reuniões ilimitadas na versão grátis até 2021

Publicado


source

Tecnoblog

Google Meet
Unsplash/Harry Cunningham

Google Meet amplia prazo para limitar tempo das chamadas de vídeo

O Google Meet continuará a oferecer um recurso premium de graça até março de 2021: usuários do Gmail poderão realizar chamadas em vídeo com duração praticamente ilimitada (máximo de 24 horas). Anteriormente, a  empresa planejava restringir as reuniões em até 60 minutos nas contas gratuitas. No entanto, o cancelamento de ruído e a gravação no Google Drive ficarão exclusivos para clientes G Suite.

“Queremos continuar ajudando aqueles que dependem do Meet para manter contato nos próximos meses”, diz o Google em comunicado. “Como um sinal de nosso compromisso, hoje continuamos com chamadas ilimitadas do Meet (até 24 horas) na versão gratuita até 31 de março de 2021 para contas do Gmail.”

Em abril, o Google havia anunciado que iria limitar as videochamadas gratuitas do Meet em 60 minutos a partir de 30 de setembro de 2020. A empresa mudou de ideia dias antes desse prazo.

Além disso, todos os usuários ainda poderão usar o desfoque de fundo , o layout com até 50 pessoas ao mesmo tempo (incluindo você), a transmissão via Chromecast e a integração ao Gmail na web e nos aplicativos de celular.

Veja Mais:  Não é só você: Mark Zuckerberg não consegue se conectar em depoimento nos EUA

Recursos premium do Google Meet deixarão de ser grátis

Vale notar, no entanto, que outros recursos premium do Google Meet ficarão indisponíveis em contas gratuitas: ou seja, não será possível realizar gravação de reuniões no Google Drive, nem fazer transmissões ao vivo no domínio para até 100 mil pessoas. Além disso, o limite de participantes por chamada cairá de 250 para 100 (o que deve ser bastante para a maioria dos usuários).

Há outra perda importante: o cancelamento de ruído ficará restrito a clientes do G Suite Enterprise e G Suite Enterprise for Education . O recurso foi liberado esta semana para Android e iPhone; ele já estava disponível na web há alguns meses.

Tecnologia

“Uber brasileiro” cobra R$6 por corrida; conheça o Sity

Publicado


source
sity uber
Divulgação/Sity

Aplicativo Sity quer oferecer preços mais baixos para atrair o público

A startup brasileira Sity anuncia o lançamento de uma nova modalidade de corridas, o Sity X . Com ela, qualquer viagem de até 10 quilômetros tem o preço fixo de R$ 6.

Fundada em 2017, a Sity ampliou suas operações de 12 para 104 cidades este ano, como informa a Exame. E para conseguir novos usuários em todas essas localidades, foi preciso diminuir o preço para concorrer com as gigantes Uber , Cabify e 99 .

De acordo com o fundador da startup, Fernando Ângelo, o baixo valor da corrida não prejudica os motoristas – muito pelo contrário. “As corridas em média são de dois a quatro quilômetros. Se elas fossem feitas em outro aplicativo, custariam sete reais, mas os motoristas receberiam bem menos por conta das taxas. Na Sity, eles podem receber o valor integral”, disse ele à Exame.

O grande diferencial da Sity é, na verdade, o maior repasse para o motorista. O objetivo, nesse caso, é conseguir mais colaboradores para o aplicativo . Durante os três primeiros meses, os motoristas podem dirigir sem pagar nada à Sity, ficando com o valor integral da corrida. Depois, a taxa chega até 20%, ainda menor do que a praticada em outros aplicativos.

Veja Mais:  Vovô fica bravo com computador e vídeo viraliza na internet; assista

Além disso, os motoristas têm mais controle das corridas do que na concorrência. Eles podem ver uma foto do passageiro, o destino e o método de pagamento antes de aceitar, ou não, uma viagem.

Com o valor baixo do Sity X , a startup pretende saltar de 100 mil passageiros para dois milhões ainda este ano. “Com o Sity X, queremos que a Sity seja a primeira opção das pessoas na hora de pedir um carro”, disse o CEO à Exame.

Continue lendo

Tecnologia

Não é só você: Mark Zuckerberg não consegue se conectar em depoimento nos EUA

Publicado


source
mark zuckerberg facebook
Reprodução

Mark Zuckerberg durante depoimento ao Senado dos EUA

Quem nunca teve um problema para se conectar em uma chamada de vídeo , que atire a primeira pedra. Nessa quarta-feira (28), ficou claro que esse tipo de dificuldade é geral, inclusive para o CEO de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, o Facebook .

Em depoimento ao Senado dos Estados Unidos , na manhã de quarta-feira, Mark Zuckerberg teve dificuldades para se conectar à chamada de vídeo que também incluía os diretores do Twitter e Google

A falha aconteceu logo no início da sessão, e Zuckerberg teve até que pedir um recesso de cinco minutos para resolver seu problema de internet. “Ouvimos do time do Facebook que Zuckerberg está sozinho e tentando se reconectar. Acho que é um desenvolvimento interessante para o dia de hoje”, informou aos demais o senador Roger Wicker, que presidiu a sessão.

Depois que conseguiu se conectar, Zuckerberg pediu desculpas. “Eu consegui ouvir o começo, mas estava com problemas para me conectar”, afirmou. “Entendo bem o sentimento, senhor Zuckerberg”, respondeu o senador.

Veja Mais:  Balão de internet do Google Loon quebra recorde em tempo de voo

Na internet , a cena se tornou alvo de comentários de muita gente. “Um dos homens mais ricos do mundo e o chefe do Facebook , empresa cuja missão é conectar pessoas, não conseguir conectar sua chamada de vídeo para trabalhar é… bem 2020″, brincou Steven Dennis, repórter da Bloomberg.

Continue lendo

Tecnologia

Vovô fica bravo com computador e vídeo viraliza na internet; assista

Publicado


source
computador
Reprodução/Instagram

Senhor briga com computador enquanto neto filma a cena

O vídeo de um senhor brigando com seu computador viralizou na internet depois que seu neto o publicou. No vídeo, ele fica muito bravo quando seu computador troca o buscador do Google pelo Bing e ele não consegue arrumar. 

“Agora aparece o Bing! O que é que é Bing?”, grita o senhor, enquanto seu neto filma e dá risada. “Você está rindo, mas eu fico louco de ódio, porque eu não sou mais dono da minha vida”, rebate o avô. 

O neto tenta ensinar o avô a corrigir o problema, e pede para ele sair e entrar de novo. “Sair e entrar de novo em que? Isso aqui é a página inicial do Firefox, se eu entrar de novo, vem Bing outra vez”, grita ele.

No vídeo, o senhor xinga a máquina, o que fez com que o conteúdo se tornasse um viral. Nos comentários, os internautas disseram se identificar com o vovô . “Compartilho do mesmo sentimento, vovô”, disse uma usuária. “Eu usando o Word toda vez”, comentou outro.

Ver essa foto no Instagram

@lucasmarianos

Uma publicação compartilhada por Coisas Para Ver Ch4p4d0 (@coisaspvchapado) em 25 de Out, 2020 às 7:30 PDT

Depois que o vídeo circulou bastante, o neto do senhor, Lucas Mariano, publicou um agradecimento em seu perfil do Instagram . “Nunca que eu imaginaria que tanta gente veria, se identificaria e amaria ele como eu. Muito obrigado pelas mensagens, pelo carinho”, escreveu. O neto ainda prometeu postar outros vídeos do avô. 

Junto com o agradecimento, ele publicou outro vídeo , filmado antes do que viralizou. Nele, o vovô também esbraveja com o computador, dessa vez porque não conseguiu cancelar o envio de uma mensagem . “É inacreditável”, diz ele, depois de chamar o computador de canalha.


Veja Mais:  Vovô fica bravo com computador e vídeo viraliza na internet; assista
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana