Mato Grosso

Governo de Mato Grosso adianta para o dia 16 de dezembro o pagamento do 13º salário

Publicado


O Governo de Mato Grosso vai antecipar o pagamento do 13º salário aos servidores públicos estaduais para o dia 16 de dezembro. A previsão inicial era que o pagamento ocorresse no dia 18 do próximo mês.

A confirmação do adiantamento foi anunciada nesta sexta-feira (27.11) pelo governador Mauro Mendes, após reunião com os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil), Rogério Gallo (Fazenda) e Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão).

“Acabamos de fechar mais uma reunião e definimos o dia 16 de dezembro para fazermos o pagamento do 13º salário. Então podem contar que no dia 16 de dezembro o décimo terceiro estará na conta, assim como no dia 30 de dezembro o salário de dezembro também será pago”, afirmou o governador.

Mauro Mendes lembrou que o Governo de Mato Grosso tem pagado o salário dos servidores todo dia 30 dentro do mês trabalhado, sendo que neste mês a remuneração também foi adiantada, tendo a folha sido quitada integralmente na data de hoje.

Além disso, para os servidores efetivos, 40% do décimo terceiro já foi quitada pelo estado no mês de junho.

“Estamos consertando o Estado. Parabéns a todos os servidores da Sefaz, da Seplag e de todas as secretarias que estão nos ajudando nessa tarefa de colocar ordem na casa. No ano que vem, vamos ter muita novidade boa para os servidores e para a população, e se Deus quiser nos próximos anos também”, relatou.

Veja Mais:  Governo de Mato Grosso contrata consultoria em assistência hospitalar

O secretário Basílio Bezerra ressaltou que esse adiantamento se deve às medidas tomadas pelo Governo de Mato Grosso desde o início da gestão, que equilibraram as contas do Estado.

“Herdamos salários de forma escalonada e graças a todas essas medidas temos condições financeiras de trazer esse benefício, conseguindo antecipar o pagamento, o que vai colocar na economia recursos na ordem de R$ 300 milhões e fazer com que o servidor passe um final de ano mais tranquilo, com recursos no bolso”, pontuou. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governo de MT lamenta falecimento de conselheiro aposentado do TCE

Publicado


O Governo de Mato Grosso lamenta a morte do conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado, Teresino Alves Ferraz.

Teresino faleceu neste sábado (16.01) vítima da Covid-19.

“Sentimos muito pela perda. Que Deus conforte o coração da família e dos amigos neste momento de grande dor”, afirmaram o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes.

Ele atuou como conselheiro de 1978 ao ano 2000.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Nota de falecimento de conselheiro aposentado
Continue lendo

Mato Grosso

Nota de falecimento de conselheiro aposentado

Publicado


O presidente do TCE-MT Guilherme Antonio Maluf comunica, com muito pesar, o falecimento do Sr. Teresino Alves Ferraz, conselheiro aposentado da Corte de Contas, por complicações da Covid-19. 

O Sr. Teresino Ferraz ocupou cargos no TCE-MT a partir de 1961. Em 1972, foi nomeado pelo governador do Estado procurador junto ao Tribunal de Contas e nomeado Conselheiro do TCE-MT no período de 1978 a 2000, quando se aposentou. Foi Presidente da Corte nos anos de 1981, 1985 e 1996.

Em cumprimento ao protocolo da pandemia, não haverá velório e o enterro será restrito aos familiares. Aos familiares e amigos, nossas condolências.

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Governo de MT lamenta falecimento de conselheiro aposentado do TCE
Continue lendo

Mato Grosso

Sábado (16): Mato Grosso registra 198.444 casos e 4.782 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (16.01), 198.444 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.782 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.050 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 198.444 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.404 estão em isolamento domiciliar e 184.244 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 270 internações em UTIs públicas e 303 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 69,05% para UTIs adulto e em 35% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (44.060), Várzea Grande (13.490), Rondonópolis (13.206), Sinop (10.605), Tangará da Serra (8.796), Sorriso (8.745), Lucas do Rio Verde (8.133), Primavera do Leste (6.137), Cáceres (4.611) e Nova Mutum (4.147).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 166.500 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 711 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (15.01), o Governo Federal confirmou o total de 8.393.492 casos da Covid-19 no Brasil e 208.246 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 8.324.294 casos da Covid-19 no Brasil e 207.095 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Veja Mais:  Governo de Mato Grosso contrata consultoria em assistência hospitalar

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (16.01).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana