Mato Grosso

Governo de Mato Grosso contrata consultoria em assistência hospitalar

Publicado


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) iniciou o processo de contratação de uma consultoria em assistência hospitalar. O assessoramento tem como objetivo melhorar os índices de recuperação de pacientes registrados nos Hospitais Regionais de todo o Estado de Mato Grosso.

Dentre estas unidades está o Hospital Regional de Sinop. Mesmo registrando uma média de 47,3% de cura entre os pacientes atendidos na ala Covid-19 – em enfermaria e Terapia Intensiva -, o governo tem como desafio aumentar a taxa de recuperação registrada.

A taxa é relativa aos tratamentos oferecidos em enfermaria e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que compreendem toda a instalação do hospital. Os dados ainda apontam que é inverídica a informação de que todos os pacientes da UTI vieram a óbito nos últimos meses.

“É absolutamente falsa a informação de que todos os pacientes que entraram na UTI do Hospital Regional de Sinop vieram a óbito. Contudo, estamos muito empenhados em ofertar essa consultoria aos hospitais e aumentar as nossas taxas de cura. Trabalhamos para oferecer o melhor atendimento à população”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

O presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems-MT), Marco Antônio Norberto Felipe, enfatizou a credibilidade do hospital junto à população mato-grossense. “O Hospital Regional de Sinop tem profissionais altamente qualificados e já salvou muitas vidas. Eu tenho amigo pessoal que foi internado na UTI Covid em Sinop e na semana passada obteve alta”, validou o presidente.

Veja Mais:  Seplag disponibiliza Cédula C para declaração de IRPF

Na unidade regional de Sinop, mais de 300 pacientes receberam tratamento e se recuperaram com o auxílio da equipe profissional. O professor Euclides Maranho, de 65 anos e residente de Lucas do Rio Verde, ficou 16 dias internado na UTI do Hospital Regional. Ele atribui a sua recuperação à competência da equipe da unidade hospitalar.

“Passei muito mal e fui transferido para o Hospital Regional de Sinop, onde fiquei internado em UTI. Nesses dias em que estive no hospital, eu fui muito bem tratado, tinha seis refeições por dia. Nunca me faltou atendimento. Como fiquei sempre lúcido, pude perceber na UTI a dedicação total da equipe. Isso me deu a confiança de que, se dependesse do hospital, eu sairia de lá com vida. Comecei a acreditar e me sentir mais forte, também fui acompanhado por psicólogos”.

Euclides ainda pontuou que o atendimento não poderia ser melhor. “Eu só tenho a agradecer. Quem conhece o SUS do jeito que eu conheci e o tratamento que me foi dado, jamais teria coragem de falar mal do serviço”, disse.

O fotógrafo Jaime Júnior de Oliveira, de 33 anos e residente do município de Sinop, também foi atendido pelo Hospital Regional. Ele passou 25 dias em UTI, sendo 11 deles entubado. A avaliação dele, enquanto paciente, foi positiva. “O atendimento foi ótimo, da limpeza ao médico. Não tenho nada do que reclamar. Os profissionais da equipe eram muito atenciosos, me deixavam para cima, me davam motivação, falavam que eu ia conseguir sair da UTI e me recuperar”.

Veja Mais:  Por irregularidades, TCE-MT determina que empresa restitua quase R$ 90 mil ao erário

A paciente Maria Neuza Pontarolo, de 68 anos, passou pela UTI Covid-19 do Hospital Regional de Sinop e também avaliou positivamente o atendimento. “Fui muito bem tratada e cuidada. Agora estou em recuperação, mas vou ser grata o resto da vida aos profissionais do hospital, que cuidavam da gente com o maior carinho. Muito obrigada ao regional e aos profissionais, só gratidão”, concluiu.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Escola Julieta Borges entrega apostilas e marca plantão pedagógico

Publicado


A escola Estadual Julieta Xavier Borges, localizada em Barra do Bugres (168 km a médio-norte da Capital), encerrou na sexta-feira (26.02) a entrega das primeiras apostilas do ano letivo de 2021.

A diretora, Andreia Rodrigues Geres, destaca que o atendimento foi agendado pelos professores com os pais ou responsáveis dos 262 alunos matriculados na escola.

“Desde o início do ano letivo, os professores orientam as atividades do dia via WhatsApp e entram online pelo link do aplicativo Google Classroom. Quem tem dificuldades em acessar a internet, pode optar pelo material impresso”, assinala.

Todo o trabalho de entrega das apostilas obedeceu às regras de biossegurança. Um profissional da educação ficou no portão medindo a temperatura. Um banner logo na entrada indicava o uso obrigatório de máscara de proteção individual.

Na entrada da sala, um “dispenser” com álcool gel assim como um frasco do produto foi colocado na mesa. Nos corredores, cartazes de alerta sobre a Covid-19.

Plantão

Nesta semana a escola inicia o plantão pedagógico. Serão 30 minutos de atendimento com cinco alunos por sala, para não haver aglomeração. O agendamento é realizado também pelos grupos de WhatsApp.

A coordenadora pedagógica, Renata Cristina Silva Rodrigues, ressalta que os professores estão empenhados em promover a aprendizagem, fazendo a mediação com os estudantes tanto online, quanto presencial nos plantões “tira dúvidas”.

Veja Mais:  Por irregularidades, TCE-MT determina que empresa restitua quase R$ 90 mil ao erário

A gestora lembra que os professores estão trabalhando com as intervenções pedagógicas referente às habilidades não consolidadas e observadas por meio das avaliações diagnósticas.

Além disso, os professores trabalham com atividades práticas que fazem parte complementar do currículo contínuo. “Todos estão fazendo um ótimo trabalho e o incentivo das famílias dos estudantes vem sendo imprescindível neste período de ensino remoto. Isso é positivo”, comemora.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Por irregularidades, TCE-MT determina que empresa restitua quase R$ 90 mil ao erário

Publicado


Clique para ampliar

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) julgou como parcialmente procedente Representação de Natureza Interna acerca de supostas irregularidades em pregão presencial realizado pela Prefeitura de Sinop. O certame referia-se à contratação de empresa privada para prestação de curso de formação da Guarda Municipal.

A decisão, votada por unanimidade durante a sessão extraordinária remota de sexta-feira (26), estabeleceu à empresa contratada multa e ressarcimento ao erário do valor de R$ 87 mil, com a incidência dos acréscimos legais  de juros de mora e correção monetária, tendo como termo inicial a data do pagamento indevido (2 de julho de 2018). O Pleno também aplicou multa de 20 UPFs/MT à então gestora do município e à pregoeira responsável pelo trâmite.

Isso porque, de acordo com o relator do processo, conselheiro interino Luiz Carlos Pereira, este tipo de capacitação só pode ser promovida diretamente pelo órgão ou  em celebração de convênio com outros entes públicos, sendo vedada sua aplicação por entidades privadas.

Deste modo, votou seguindo parcialmente o parecer do Ministério Público de Contas (MPC). “Entendo configurada contratação irregular pelo Município, tendo em vista que o Estatuto Geral das Guardas Municipais, previsto na Lei Federal 13022 de 2014, não permite a realização do curso por entidades privadas. Esta cautela é de fácil observância porque é prevista expressamente em lei”, avaliou.

Veja Mais:  Por irregularidades, TCE-MT determina que empresa restitua quase R$ 90 mil ao erário

Clique aqui e confira o vídeo completo do julgamento.

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo de MT lamenta morte de ex-deputado estadual e ex-prefeito de Mirassol D’Oeste

Publicado


O Governo de Mato Grosso lamenta o falecimento do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Mirassol D’Oeste, Edvaldo Rodrigues Paiva, aos 72 anos. Ele sofreu um infarto no sábado (27.02), não resistiu e faleceu no domingo (28.02).

O governador Mauro Mendes lembrou que Edvaldo foi um dos pioneiros de Mirassol D’Oeste. “Foi o primeiro prefeito do município eleito pelo voto popular e lutou pela emancipação da cidade. Desejo força e que Deus ilumine a família e amigos neste momento difícil”.

Edvaldo Rodrigues Paiva também foi vereador em Mirassol D’Oeste, em 1976. Em 2016, chegou a disputar novamente a prefeitura do município, mas ficou em segundo lugar na eleição.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Governo de MT lamenta morte de ex-deputado estadual e ex-prefeito de Mirassol D’Oeste
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana