Política MT

Governo propõe investir mais na segurança pública do que na educação

Publicado


Números foram divulgados na primeira audiência pública do PLOA 2021

Foto: Helder Faria

O Projeto de Lei Orçamentária Anual – PLOA 2021 – encaminhado à Assembleia Legislativa gerou surpresa durante sua discussão na primeira audiência pública, realizada ontem (24), porque o governo destinou mais receita de investimentos à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) do que à Secretaria de Estado de Educação (Seduc).  

No texto original, o governo prevê um montante de R$ 128.127.954 milhões para a Sesp, enquanto para a Seduc o valor proposto é de apenas R$ 100.494.156 milhões. Nesse caso, o valor investido na educação é inferior 21,56% em comparação ao da segurança pública.

A surpresa foi afirmada pelo deputado Wilson Santos (PSDB). Segundo ele, a violência preocupa mais o governo do estado do que uma educação de qualidade e, nos últimos anos, os gastos com a segurança pública têm superado os investimentos em educação. “Isso é inadmissível. O que mais um país precisa é de educação e saúde com qualidade. Houve uma inversão completa dos valores. Hoje, a sociedade está refém da bandidagem. Isso é muito grave”, disse.

Para o parlamentar tucano e da base do governo, o país precisa investir mais na educação. Segundo ele, esse é um dos caminhos para reduzir a violência. “Mesmo com as emendas impositivas parlamentares, que são de R$ 171 milhões para o próximo ano, quando são destinados 25% para a educação, é muito pouco”, explicou Wilson Santos.

Veja Mais:  Comissão de Segurança da AL garante reforma da Delegacia de Nortelândia

Deputados discutem peça orçamentária do governo estadual para 2021 na ALMT

Foto: Helder Faria

O deputado Henrique Lopes (PT) reforçou a tese do colega de Parlamento de que o baixo investimento do governo na educação é inversão de valores. Segundo ele, se o estado agisse com inteligência investiria pesado na educação pública como, por exemplo, em escolas de tempo integral.  

“Se isso fosse feito, diminuiriam os números de presídios e de violência nas ruas. Na minha concepção, o estado erra mais uma vez. É enxugar gelo. Há uma inversão dessa prioridade. É preciso reverter essa situação. Os deputados devem mudar a proposta orçamentária e alocar mais recursos à educação pública”, afirmou Henrique Lopes.

Enquanto isso, o deputado Delegado Claudinei (PSL) afirmou que se o estado já tivesse investido mais recursos financeiros, por exemplo, na construção de presídios não precisaria destinar valores acima aos da educação pública.

“Se isso tivesse sido feito há 30 anos, o governo não precisaria investir recursos na construção de presídios e de cadeias. Poderia investir mais em educação. Isso não é problema de agora. O que não podemos deixar são bandidos soltos. Claro que a saída é investir mais em educação que é a saída para minimizar com a violência”, disse o deputado.

De acordo com Delegado Claudinei, “se o governo propõe investir mais em segurança pública é porque vê mais necessidade. Mas é preciso que o estado realize concursos públicos para investigadores e escrivães e ainda chamar os delegados, cerca de 150, que passaram no concurso público. Hoje, a situação da segurança pública é grave e crítica. Por isso tem que ter atenção especial”, afirmou.

Veja Mais:  Presidente da ALMT recebe Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Cuiabá e garante parceria

Delegado Claudinei, que é presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa, disse que a comissão deve apresentar quatro emendas ao Projeto de Lei Orçamentária Anual – PLOA 2021, garantindo a abertura de concurso público para as Polícias Civil e Militar e ainda para a reforma de prédios oficiais da segurança pública em todo o estado. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Política MT

Thiago Silva pede celeridade para as cirurgias ortopédicas no Hospital Regional e distribuição de vacinas

Publicado

Foto: Assessoria

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) esteve em reunião na última quinta-feira (21) com o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo para tratar das demandas de cirurgias ortopédicas e próteses no Hospital Regional de Rondonópolis. O parlamentar também cobrou celeridade na distribuição das vacinas da Covid 19.

Segundo informações do secretário Gilberto, o Brasil hoje está com dificuldade na produção e abastecimento de aço o que impacta diretamente na distribuição de próteses e parafusos. O Estado tem cobrado celeridade por parte das empresas terceirizadas que estão com dificuldade de fornecer esses materiais.

“A pandemia também afetou a produção e distribuição de aço no país e infelizmente estamos com essa dificuldade mas me comprometo a buscar soluções junto às empresas contratadas para que seja resolvido esse problema das próteses ortopédicas”, disse Figueiredo.

Thiago Silva também solicitou do Estado que possa agilizar as aquisições das vacinas com objetivo de atender de forma rápida a demanda dos 141 municípios de Mato Grosso. “Temo compromisso em melhorar o atendimento do SUS, e neste momento o nosso foco é imunizar o mais rápido possível a população, pois infelizmente já perdemos mais de 4.800 vidas para o coronavírus”, disse o deputado.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Lúdio Cabral recomenda ao governador quarentena obrigatória em todo o estado de MT
Continue lendo

Política MT

Comissão de Segurança da ALMT garante reforma da Delegacia de Nortelândia

Publicado


Deputado Delegado Claudinei garantiu a reforma do prédio da Delegacia de Nortelândia

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL), por meio da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), com a Indicação n.° 3.853/2020, encaminhada para a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e à Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil (PJC) de Mato Grosso, garantiu a reforma do prédio da Delegacia Municipal de Nortelândia. Essa unidade pertence à Delegacia Regional de Nova Mutum.

 O diretor-geral da PJC, Mário Dermeval de Resende, informou por meio de ofício que a proposição apresentada havia sido encaminhada para a Diretoria de Execução Estratégica e, assim, tomaram as providências para a reforma junto ao proprietário do imóvel, que é locado pelo governo estadual.

A Delegacia de Nortelândia conta com uma estrutura de 11 salas, sendo cinco no andar superior e o restante no inferior. Dentre os ambientes constam os cartórios, recepção, cozinha, depósito, alojamentos, boletim de ocorrência e celas de transição. Além disso, há uma área nos fundos que é usada para armazenar veículos e motocicletas apreendidos.

 A reforma do prédio teve a padronização da fachada com pintura e troca de interruptores. A escadaria que dá acesso à parte superior foi reformada, houve a troca da porta dos fundos do imóvel e reparos no portão da garagem.

 Regional – No final do mês de agosto do ano passado, a Comissão de Segurança da Casa de Leis – presidida por Claudinei – esteve com os representantes da Delegacia Regional de Nova Mutum para levantar as principais necessidades da instituição, que atende no total 11 municípios e administra nove delegacias. Além da reforma no prédio de Nortelândia, também foi apontada a necessidade do aumento de efetivo e de veículos descaracterizados.

 “Tivemos reunidos com os delegados de polícia ligados à Regional de Nova Mutum, levantamos as devidas demandas da instituição e uma delas foi a reforma desta delegacia de Nortelândia, que é uma cidade que fica a cerca de 250 km de Cuiabá. Esperamos que o ambiente esteja atendendo as expectativas dos servidores e da população”, posiciona o deputado.

 Além de Nortelândia e Nova Mutum, a Delegacia Regional atende as cidades de Diamantino, Alto Paraguai, Nova Marilândia, Arenápolis, São José do Rio Claro, Santo Afonso e Lucas do Rio Verde, Nova Maringá e Santa Rita do Trivelato.

Fonte: ALMT

Veja Mais:  Entrega de maquinários para agricultura familiar é um passo gigante, diz Botelho

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Comissão da AL prestigia a entrega de viaturas para as forças de segurança de MT

Publicado

Governo de Mato Grosso destinou 250 novos veículos para atender os trabalhos das instituições de segurança pública

Deputado estadual e presidente da Comissão de Segurança Pública da AL marcou presença no acontecimento- Foto: Assessoria

O deputado estadual e presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Delegado Claudinei (PSL), nesta sexta-feira (22), em Cuiabá (MT), marcou presença na solenidade que destina 250 viaturas para atender as forças de segurança pública de Mato Grosso. A iniciativa é do governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), que realizou investimentos de R$ 26 milhões.

De acordo com o governador Mauro Mendes, houve uma economia com os novos contratos de locação de veículos, em que o valor de R$ 6.800 passou a ser de R$ 3.600. “Essas mesmas caminhonetes, com essa mesma qualidade, custavam R$ 6.800 reais. Tinham algumas com valores de mais de R$ 7 mil. Olha a diferença de preço. Não tem mágica! Tem trabalho sério e um Estado que respeita os seus fornecedores. Com criatividade e inovação nós vamos conseguir prestar mais e melhor o serviço, buscando menos”, pronuncia.

Governo estadual garantiu uma economia de R$ 17 milhões em relação ao acordo anterior-Foto: Assessoria

Contrato

O período de vigência do novo contrato de locação será de 30 meses, sendo que haverá uma economia de R$ 17 milhões em relação ao acordo anterior. “As viaturas antigas que custavam aos cofres públicos era quase o dobro destas viaturas. Fizemos a economia, em que será reinvestido em outras frentes. Em 2019 preparamos a terra, 2020 plantamos sementes e, agora, a sociedade há de colher os serviços de segurança pública com melhor qualidade”, explana o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

Veja Mais:  ALMT apoiará compra direta de vacina, afirma primeiro-secretário

Ele aproveitou para destacar a importância da parceria e integração de parceiros, como é o caso da Assembleia Legislativa e seus parlamentares que somam com a segurança pública por meio da destinação de emendas e de recursos e, que consequentemente, atendem cada vez melhor o cidadão mato-grossense. “Hoje nós estamos aqui. Um governo trabalhando intensamente, todas as secretarias com grandes programas de execuções. Se não fosse a Assembleia Legislativa, nada do que está acontecendo, poderia estar ocorrendo hoje. Este trabalho começou lá atrás, em janeiro de 2019, agora o resultado já está começando. Este é o nosso objetivo”, posiciona o deputado estadual e presidente da Casa de Leis, Eduardo Botelho (DEM).

Comissão AL

Entre os meses de junho a dezembro de 2020, os integrantes da Comissão de Segurança visitaram 13 polos regionais da Região Integrada de Segurança Pública (Risp) de Mato Grosso para identificar as principais necessidades das instituições. Barra do Garças, Primavera do Leste, Rondonópolis, Nova Mutum, Cáceres, Água Boa, Juína, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Alta Floresta, Guarantã do Norte, Vila Rica e Sinop.

Deputados estaduais Claudinei, Elizeu e Botelho com Bustamante- Foto: Assessoria

Além de viaturas, foram apontadas a necessidade de aumento no quadro de efetivo, melhorias nas estruturas físicas, aquisição de materiais e equipamentos. “Identificamos várias deficiências e encaminhamos ao governo estadual. Essas 250 viaturas são um grande avanço para dar o suporte necessário aos profissionais da segurança e, claro, a sociedade só ganha. O Estado deu um importante passo já que há uma falta de veículos nos polos regionais para o cumprimento dos trabalhos com excelência pelos servidores”, informa Delegado Claudinei.

Veja Mais:  Comissão de Segurança da AL garante reforma da Delegacia de Nortelândia

Atendimento – Por meio de sua gestão, o parlamentar teve 29 indicações com solicitações de viaturas por parte das instituições de segurança e pela Comissão de Segurança Pública foram 63 proposições atendidas pelo governo estadual, o que totaliza 92 demandas. “Realmente, este resultado é muito satisfatório. Acredito que essa boa notícia da chegada das novas viaturas vai dar uma motivação maior aos servidores que enfrentavam dificuldades com veículos em más condições que acabavam interferindo na atuação dos servidores”, diz Claudinei.

Também, outros integrantes da Comissão da Casa de Leis marcaram presença no acontecimento, como o vice-presidente Sílvio Fávero (PSL), os membros titulares Thiago Silva (MDB) e Elizeu Nascimento (PSL).

As instituições beneficiadas foram a Polícia Judiciária Civil (PJC), Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), Sistema Socioeducativo e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Comentários Facebook
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana