Economia

Guedes é retirado de entrevista depois de falar sobre “tributos alternativos”

Publicado


source

Brasil Econômico

Paulo Guedes
Reprodução/CNN Brasil

Paulo Guedes é retirado de coletiva por Ricardo Barros e Luiz Eduardo Ramos

O ministro da Economia, Paulo Guedes , foi interrompido em coletiva de imprensa pelo ministro-chefe da Secretaria de Governo, o general Luiz Eduardo Ramos , e por Ricardo Barros (PP-PR), atual líder do governo na Câmara dos Deputados. Guedes falava sobre “tributos alternativos”. O caso aconteceu na última quarta-feira (23). Em pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (24),  67% dos brasileiros disse ter insatisfação sobre os impostos .

Nas imagens divulgadas pela CNN Brasil, Ramos e Barros são vistos acompanhando Guedes em sua entrevista coletiva a jornalistas. Durante a fala do ministro, os dois ficam evidentemente incomodados e, em seguida, levam Guedes para longe dos jornalistas. 

“Queremos desonerar? Queremos ajudar a criar emprego? Então vamos fazer um programa de substituição tributária . Da mesma forma, queremos criar renda? Sim, então vamos ter que fazer… Descobrimos 38 milhões de brasileiros, que eram os invisíveis, temos que ajudar essa turma a ser reincorporada no mercado de trabalho. Então temos que desonerar a folha, por isso que a gente precisa de tributos alternativos . […] E renda a mesma coisa, nós vimos a importância do auxílio emergencial, então nós temos que fazer uma aterrizagem suave do programa de auxílio emergencia, que é exatamente o que nós estamos estudando”, disse Guedes antes de ser interrompido por Ramos e Barros. 

Veja Mais:  Mega-Sena sorteia R$ 45 milhões; veja números

Durante a fala do ministro, os outros dois se entreolhavam, e Barros foi visto dizendo “está bom” diversas vezes. Quando Ramos pega Guedes pelo ombro e o encaminha para longe dos jornalistas, Barros diz “vamos lá”.

A cena rendeu comentários em tom engraçado por parte de Guedes , que disse à imprensa que “agora tem articulação política”, enquanto apontava para Ramos e Barros. 

Economia

Em evento, ministro fala sobre retomada responsável do turismo

Publicado


source

Agência Brasil

Marcelo Álvaro Antônio
Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio

O ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio participou na tarde de hoje (28) da abertura da 62ª edição do Congresso Nacional de Hotéis (Conotel), junto ao presidente do Embratur, Gilson Machado Neto, de forma remota. O ministro destacou que o evento “tem um propósito nobre que é a união da hotelaria, visando fortalecer as ações que consolidem o ramo hoteleiro no Brasil”.

Ele falou da importância da retomada do turismo de forma responsável e organizada. O ministro disse que o objetivo é dar todo suporte ao setor e que reconhece a importância do setor hoteleiro na dimensão econômica que é o turismo.

“É por isso que nós estamos aqui junto com vocês para que nós possamos vencer esse período, virar essa página e fazer com que o turismo brasileiro retome de forma rápida os patamares de 2019 e continue nessa crescente, obviamente, beneficiando as pessoas que empreendem no setor do turismo brasileiro. E o setor hoteleiro tem um papel fundamental nesse processo do desenvolvimento do turismo brasileiro”, disse.

Segundo o ministro, a pasta do Turismo e a Embratur trabalham de forma integrada, buscando defender os interesses e o desenvolvimento do fluxo turístico tanto nacional quanto internacional. “O Ministério do Turismo e a Embratur, no primeiro momento, no início da pandemia, nossa pauta se tornou quase que exclusivamente uma pauta econômica, visando dar assistência e socorro a todo o setor do turismo”, disse ao citar as medidas provisórias (MP) 936, 948 e 963.

Veja Mais:  Mega-Sena sorteia R$ 45 milhões; veja números

A MP 936 permitiu, durante o estado calamidade pública devido à pandemia do novo coronavírus, a suspensão do contrato de trabalho por até 60 dias e a redução de salários e da jornada de trabalho pelo período de até 90 dias.

Já a MP 948 regulamentou o reembolso de eventos culturais e serviços turísticos afetados pela pandemia do novo coronavírus.

A MP 963 foi aprovada pelo Senado no mês passado e abriu crédito extraordinário de R$ 5 bilhões para auxílio ao setor de turismo do país.

Continue lendo

Economia

Mega-Sena sorteia R$ 45 milhões; veja números

Publicado


source

Brasil Econômico

Mega-Sena
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL

Prêmio acumulou e será sorteado nessa quarta

Nesta quarta-feira (28), a Mega-Sena da Loterias Caixa realizou o sorteio que marca o concurso 2313. O prêmio sorteado foi de R$ 45 milhões. Confira os números da  Mega-Sena  sorteados.

Os números da Mega-Sena sorteados nesta terça-feira (20) foram:

 03 – 20 – 26 – 45 – 49 – 58

O sorteio do concurso 2.313 aconteceu às 20h (horário de Brasília) no  Espaço Loterias Caixa , localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

Como apostar online na Mega-Sena

Para aqueles que apostarem pela internet, não é possível optar pela aposta mínima, de R$ 4,50. No site da Caixa , o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, seja com uma única aposta ou mais de uma.

Para fazer uma aposta maior, com 7 números, dando uma maior chance de ganhar, o preço sobe para R$ 31,50. Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Além disso, os  bolões , disponíveis online, são outra opção viável.

Veja Mais:  Mega-Sena sorteia R$ 45 milhões; veja números

Como funciona a Mega-Sena

O concurso é realizado pela  Caixa Econômica Federal  e o vencedor pode receber milhões de reais se acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem pelo menos duas vezes por semana – geralmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, conhecidas como Quadra e Quina, respectivamente.

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a  Surpresinha . Esse modelo consiste na escolha automática, realizada pelo sistema, das dezenas jogadas. 

Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, conhecida como a  Teimosinha .

Premiação

Os prêmios costumam iniciar em, aproximadamente, R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas. Dessa forma, o valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. 

Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante.

O prêmio bruto da  Mega-Sena  corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos terminados em zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.
Veja Mais:  Bolsonaro vai revogar decreto que abria caminho para privatização do SUS

Continue lendo

Economia

Black Friday: dispositivos tecnológicos lideram intenções de compras

Publicado


source

Brasil Econômico

Black Friday
Unsplash/ROBIN WORRALL

Celulares estão entre os dispositivos mais procurados na Black Friday

A categoria de produtos tecnológicos é a mais procurada por consumidores brasileiros para a Black Friday , que acontece no dia 27 de novembro. De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto IPSOS e encomendada pelo Mercado Livre, 62% dos brasileiros que vão comprar no dia de promoção têm interesse em dispositivos como smartphones, tablets e smartwatches. 

A segunda categoria com mais intenção de compra é a de eletrodomésticos : 59% dos entrevistados pretendem conseguir geladeiras, fogões, máquinas de lavar e outros produtos com desconto durante a Black Friday .

Em seguida na lista dos mais procurados, vêm os itens de moda , como roupas e calçados, presentes na lista de desejos de 57% dos entrevistados. Produtos de beleza vêm logo na sequência, com 48% de intenção de compra. 

O relatório também mostrou que 48% dos brasileiros estão de olho em descontos em produtos para casa , decoração e móveis.

Veja Mais:  Bolsonaro vai revogar decreto que abria caminho para privatização do SUS
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana