Policial

Indiciado pela Polícia Civil por morte de decorador é condenado a 21 anos por latrocínio e ocultação de cadáver

Publicado


Assessoria/PJC-MT

Um homem indiciado pela Polícia Judiciária Civil em Mato Grosso pelos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte) e ocultação de cadáver que vitimou o decorador Ednalmo Alves de Oliveira, 53 anos, ocorrido em 2018, foi condenado pela Justiça a 21 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado.

O crime ocorreu em outubro de 2018 e foi investigado pela Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos de Cuiabá, em inquérito presidido à época pelo delegado Caio Fernando Albuquerque. “Foi um trabalho árduo de toda a equipe, com 40 dias de investigações ininterruptas para solucionar o caso”.  

O corpo do decorador foi encontrado em uma região de mata, no bairro Nova Várzea Grande, no dia 28 de novembro de 2018. O suspeito foi preso no dia 3 de novembro  pela equipe da Derrfva e durante depoimento e com base em provas colhidas pela equipe da delegacia, apontou a localização do corpo, mesmo não confessando a morte da vítima.

A vítima estava desaparecida desde 17 de outubro daquele ano. Um familiar da vítima procurou a Polícia Judiciária Civil no dia 22 de outubro relatando que Ednalmo tinha sido visto com um amigo. O irmão ainda disse que a vítima morava sozinha no bairro Coophamil, em Cuiabá, e não costumava passar muitos dias sem dar notícias, o que causou estranheza na família, além do fato do celular dele estar desligado e o veículo, um Ford Ka sedan dourado, ter também sumido.

Veja Mais:  Adolescente é rendido logo depois de assaltar mercado em Pedra Preta

Desde o início da investigação, a Polícia Civil trabalhou com a hipótese de a vítima estar morta. “O carro dele foi subtraído. Na semana seguinte do desaparecimento o veículo estava na posse de uma pessoa. Esse rapaz foi preso. Além dele estar de posse do carro do Ednalmo, vendendo, ele estava com um cartão da vítima, fazendo saques e empréstimos em agencias bancárias”, declarou na época o delegado Caio Fernando.

Fonte: PJC MT

Policial

Policiais civis prendem foragido da Justiça durante procedimento investigativo de acidente de trânsito

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Um homem procurado pela Justiça de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) foi preso pela Polícia Civil na manhã de quarta-feira (23.09), após ser intimado a comparecer na Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito de Rondonópolis.

O suspeito de 34 anos se envolveu em um acidente de trânsito na semana passada e foi, posteriormente, intimado a se apresentar na unidade policial nesta quarta-feira, para prestar esclarecimentos.

Durante consulta via sistema de checagem, os policiais civis identificaram uma ordem de prisão decretada pela 4ª Vara Criminal de Rondonópolis em processo pelo crime de lesão corporal grave. O mandado foi expedido em 21 de maio de 2020 e tem validade até 03 de julho de 2020.

O foragido, natural do estado de Alagoas, estava residinco no bairro Jardim Maracanã, em Rondonópolis. Ele foi ouvido em declarações sobre o acidente de trânsito e depois teve o mandado de prisão formalizado, sendo encaaminhado à unidade prisional do município, onde permanece à disposição do Poder Judiciário.

 

Fonte: PJC MT

Veja Mais:  Homem é pego com droga e oferece dinheiro a policiais para não ser preso em Várzea Grande
Continue lendo

Policial

Carro roubado em São Paulo é recuperado em Várzea Grande

Publicado


.

Policiais militares do 4º BPM prenderam nesta quinta-feira (24.09) dois homens por receptação, na área central de Várzea Grande.

Os agentes foram informados que um Fiat Toro branco, com queixa de roubo tinha passado pela Ponte Velha, sendo detectado pelo sistema de monitoramento.

Em diligência, o veículo foi parado e dois homens abordados. Na consulta, foi confirmado que o carro tinha sido roubado na cidade Biritiba-Mirim, em São Paulo. Um dos homens alegou que tinha emprestado o carro de um senhor morador da cidade de Primavera do Leste.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Veja Mais:  PM prende suspeito por agredir a pauladas pai e criança em Comodoro
Continue lendo

Policial

Adolescente é rendido logo depois de assaltar mercado em Pedra Preta

Publicado


.

Policias militares do 1º Pelotão de Pedra Preta (a 238 km de Cuiabá) apreenderam nesta quarta-feira (23.09) um adolescente por roubo, no bairro Cohab Velha.

A equipe foi informada do roubo em andamento. Quando chegaram ao local, encontraram a vítima, um homem, rendendo o jovem que tinha acabado de assaltá-lo em seu estabelecimento comercial. O dinheiro levado do caixa estava caído no chão.

O senhor contou que o infrator o ameaçou com uma arma de fogo quando passava pelo caixa com vários produtos que foram levados. Logo que saiu, o cidadão rendeu o jovem e acionou a PM. Os policiais descobriram que a arma usada, era uma réplica de pistola.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

 

Fonte: PM MT

Veja Mais:  PRF recupera motocicleta momentos após assalto, em Cáceres/MT
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana