Policial

Integração de inquérito eletrônico ao Pje e investimentos tecnológicos da Polícia Civil são apresentadas em encontro

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso tramitou entre o mês de agosto deste ano, quando foi implantado o Inquérito Policial Eletrônico integrado ao Processo Judicial eletrônico (Pje), até os dias atuais mais de 19 mil procedimentos no sistema. Isso significa que todos os documentos relativos a investigações criminais e procedimentos de atos infracionais deixaram de ser encaminhados à Justiça de forma física e passaram a tramitar eletronicamente representando celeridade nas investigações e respostas entre as instituições e também economia em papel. Os números de procedimentos tramitados são atualizados instantaneamente e permitem o acompanhamento por unidade policial.

As informações sobre a implantação do inquérito eletrônico, assim como outras ferramentas tecnológicas desenvolvidas pela Polícia Civil, foram apresentadas pelo delegado-geral Mário Dermeval Aravéchia de Resende durante o 3o Encontro de Justiça Criminal promovido pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso, pela Escola de Magistratura com apoio das forças de segurança do Estado.

O painel coordenado pelo juiz auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça, Otávio Affi Peixoto, trouxe também como convidados o promotor Tiago Afonso de Souza, da Corregedoria do MPE e o juiz Túlio Dualibi, auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça.

O delegado-geral da Polícia Civil destacou que o inquérito eletrônico é um dos produtos do sistema de módulos Geia, criado há dez anos e desenvolvido 100% na instituição. O inquérito começou a ser desenvolvido há dois anos, por profissionais da instituição, na antiga Fábrica de Softwares da Polícia Civil depois transformada em Centro Tecnológico com mais estrutura e equipamentos modernos, para atender as as necessidades e especificidades investigativas e dentro de uma plataforma que pudesse ser integrada ao sistema do Poder Judiciário.

Veja Mais:  Força Tática apreende 377 unidades de droga LSD em bairro de Cuiabá

“O funcionamento é full time de todos os módulos dentro da plataforma Geia, inclusive o IPE integrado e as funcionalidades do inquérito tem chamado atenção de Polícias Civis de outros estados. É um sistema próprio, pioneiro no País e desenvolvido por policiais e colocado em prática com auxílio de desenvolvedores contratados pelo Estado. É seguro, adequado e com custo zero”, destacou o delegado-geral, acrescentando que o desenvolvimento do IPE foi necessário para se antecipar a uma necessidade futura de que o Judiciário não teria mais processos tramitando em meio físico.

“A pandemia fez com que nos antecipássemos na conclusão de todo esse processo de implantação e entregar o produto como está sendo utilizado hoje na Polícia Civil, sistema que tem despertado o interesse de vários estados, como por exemplo Maranhão e Pernambuco”, pontuou Mário Dermeval.

O juiz Otávio Affi comentou que o modulo criminal do PJe trouxe funcionalidades mais adequadas às necessidades da justiça criminal e eliminando a tramitação física, fator que neste ano foi fundamental diante das restrições sanitárias impostas diante da pandemia do coronavírus. “O investimento em tecnologia feito pelo Tribunal de Justiça para rodar o PJe resulta também em rapidez nas ações pré-processuais e investigativas”, pontuou o magistrado.

Produtos da Polícia Civil

Além do inquérito eletrônico, o delegado Mário Resende apresentou diversas inovações tecnológicas criadas que permitirão ampliar o escopo de atendimento da Polícia Civil à sociedade, garantir mais segurança aos procedimentos policiais e informatização de atividades administrativas.

Veja Mais:  Homem é detido com televisor furtado de terminal de ônibus

Foram criadas pelo Centro Tecnológico a assinatura digital para todos os delegados, as informações que circulam pelo sistema Geia tem armazenamento seguro e automatizadas funções das áreas administrativas como avaliação de desempenho, adicional noturno e gerenciamento de ensino. As ferramentas também permitem ter um panorama, atualizado instantaneamente, com dados sobre incidência de violência doméstica, ranking de produtividade das delegacias, números de furtos e roubo de veículos mapeados por regiões, entre outras informações necessárias ao planejamento operacional.

A Polícia Civil também implantou sistema de videoconferências nas 15 regionais, o que reduz custo quanto à necessidade de deslocamento para reuniões gerenciais.

As ferramentas que serão aportadas ao inquérito eletrônico, a partir do próximo ano, trarão melhorias nos procedimentos policiais, como a coleta biométrica associada ao reconhecimento facial possibilitando mais segurança nas informações.

O delegado-geral destacou que todas as ferramentas criadas e aquelas em processo de desenvolvimento, como a medida protetiva online, Delegacia do Consumidor virtual, aplicativos Salve Maria e Salve Polícia e totens de atendimento garantem à sociedade uma melhor r mais qualificada prestação de serviços. “As perspectivas de melhorias são grandes para o próximo ano e e queremos entregar produtos de qualidade e de forma célere para o Judiciário, e sociedade como um todo, e trazer um futuro mais promissor para a Polícia Civil”.

O promotor de Justiça Tiago Afonso afirmou que o avanço das instituições na implantação das ferramentas tecnológicas na justiça criminal trouxe ganhos a todos que atuam no sistema de justiça.

Veja Mais:  PM recupera veículo furtado no Distrito Federal e prende três homens por receptação e uso de droga

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Policiais encontram motocicleta e aspiradores em terreno baldio em Lucas do Rio Verde

Publicado


Policiais do 13º BPM de Lucas do Rio Verde (a 354 km de Cuiabá) recuperaram na manhã desta sexta-feira (15.01), uma motocicleta e dois aspiradores, no bairro Jardim Amazonas.

Os policiais estavam em diligência na busca dos suspeitos que tinham furtado os aspiradores de uma loja quando perceberam um dos eletrodomésticos em um matagal.

No mesmo local estava em veículo VW Quantum branco, o outro aspirador e uma motocicleta Yamaha preta, com placa da cidade de Várzea Grande, com queixa de furto, além de documentos pessoais e exames médicos no nome de duas pessoas.

A situação do Quantum estava regular e continuou no local, sendo encaminhados à delegacia os aspiradores e a motocicleta.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  PM recupera veículo furtado no Distrito Federal e prende três homens por receptação e uso de droga
Continue lendo

Policial

Polícia Civil divulga novo edital com reabertura de inscrições para Processo Seletivo

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso comunica a reabertura das inscrições para o processo seletivo de contratação de analista  de sistemas que atuarão na instituição. O prazo para as novas inscrições inicia na próxima segunda-feira (18.01) e termina no dia 22 de janeiro. 

O novo Edital nº 04/2021/PJC/MT foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira, 15 de janeiro de 2021, revogando o edital anterior (nº. 002/2021/PJC/MT – Resultado da 1º fase) e retificando o Edital 01/2020, que divulgou o Processo Seletivo. 

A inscrição deve ser feita exclusivamente pelo site preenchendo os links informados. Não será cobrada taxa de inscrição no certame.

Os candidatos inscritos no primeiro processo deverão refazer a inscrição, bem como todos deverão observar os documentos exigidos.

Dúvidas ou outras informações pelos telefones: (65) 3613-5681 e (65) 3613-5615.

Serão ofertadas 8 vagas para o cargo. A carga horária de trabalho é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 10 mil. As vagas estão distribuídas nas funções de: analista desenvolvedor, analista de banco de dados e analista de infraestrutura e segurança.

O provimento das vagas ocorrerá conforme a necessidade de recursos humanos no setor para o qual estão sendo selecionados os candidatos, no decorrer do prazo de validade deste Processo Seletivo, não havendo, portanto, obrigação de aproveitamento pleno e imediato dos candidatos aprovados/classificados.

Os analistas de sistemas serão lotados na Coordenadoria de Tecnologia da Informação da Polícia Civil e atuarão junto com a equipe no desenvolvimento e suporte a produtos como o inquérito eletrônico,coleta biométrica associada ao reconhecimento facial, medida protetiva online, entre outros.

Veja Mais:  Homem é detido com televisor furtado de terminal de ônibus

Formulários

O candidato deve acessar o link para fazer a inscrição e, conforme o perfil da função, fazer os testes práticos solicitados no edital.

Ficha de Inscrição https://forms.gle/GnZsoaKn2FV3FRxJ7
Teste Prático Back Endhttps://drive.google.com/file/d/122ulw68Ez_tmXq_2wex3AetN5cpH4g0c/view?usp=sharing
Teste Prático Front End – https://drive.google.com/file/d/1RiJcC0RK3VYzedUZRyE6XdzhRJzpUi5S/view?usp=sharing
Teste Prático Mobile – https://drive.google.com/file/d/1ucvi7ddxKtNdSZf5oGTP9-nyTi4D7y1J/view?usp=sharing
Teste Prático Administrador de Dados – https://drive.google.com/file/d/1tZCMSrlWf28E0X-_N6MycnxUg9uBYLOO/view?usp=sharing
Teste Prático Infraestrutura – https://drive.google.com/file/d/1muXeeYKFA7gG0kYAYG3pBv0T34Ard8b8/view?usp=sharing
 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Homem é detido com televisor furtado de terminal de ônibus

Publicado


Equipe da 21ª Companhia prendeu nesta quinta-feira (14.01), um homem por furto e dano ao patrimônio público, na área central de Cuiabá.

Os policiais estavam em ronda pela Avenida Tenente Coronel Duarte e perceberam um homem carregando uma televisão de 50 polegadas. Ao perceber que seria abordado, deixou o aparelho na frente de uma igreja e seguiu até um ponto de ônibus.

Questionado, disse que não sabia de quem seria a televisão. Os militares foram até a Estação  Bispo Dom José e encontraram a porta de vidro quebrada e que o televisor do espaço tinha sido levado.

Devido à situação, o suspeito confessou ser o responsável pelo furto.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Investigado por homicídio cometido na véspera de Natal é preso pela Polícia Civil
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana