Policial

Investigado por extorsão praticada contra três vítimas, homem é preso pela Polícia Civil, em Cuiabá

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) prendeu nesta sexta-feira (20.11), em flagrante, o autor dos crimes de extorsão qualificada, mediante restrição de liberdade, roubo majorado e associação criminosa praticados contra três vítimas mulheres, na Capital. O investigado foi preso no bairro Jardim Renascer.

 

Em um espaço de dez dias, ele abordou de forma violenta três mulheres e mediante restrição de liberdade das vítimas roubou pertences pessoais e cartões de crédito e com ameaças fez as vítimas fornecerem senhas e realizaram compras e saques.

A partir da comunicação do primeiro crime, ocorrido no dia 09 de novembro, quando uma das vítimas que estava com sua filha, menor de idade, foi abordada ao retornar para seu veículo, no bairro Quilombo, os policiais da Derf começaram as diligências para chegar ao suspeito. Ao abordar a vítima no bairro Quilombo, ele anunciou o roubo e utilizando arma de fogo levou diversos pertences pessoais, aparelho celular e a bolsa. Ele estava com uma motocicleta, que foi identificada durante as diligências investigativas e depois localizada em sua residência, no momento em que foi preso em flagrante.

O outro crime foi cometido em plena luz do dia, na região central de Cuiabá, no dia 16 desta semana, quando a vítima estava em frente a sua casa e foi rendida por um homem que entrou no veículo com ela e depois de dirigir até local afastado e a obrigou a entrar no porta-malas. Depois, conforme relato da mulher, ele buscou os comparsas e a vítima ficou no carro por horas, enquanto o grupo criminoso fazia compras com seu cartão.

Veja Mais:  Operação da PM potencializa atendimentos às vítimas de violência e fiscaliza agressores em MT

Conforme a investigação, após deixar a vítima presa no carro, o suspeito vai até um carro que dava apoio à empreitada criminosa. O veículo foi apreendido na casa do investigado que foi preso, o que reforça todas as informações coletadas e que embasam o inquérito instaurado pela delegacia especializada.

O último crime praticado pelos criminosos ocorreu no dia 18 de novembro, no bairro Jardim Cuiabá, quando a vítima saía de uma consulta médica e foi rendida pelo suspeito preso. A mulher foi obrigada a dirigir até uma área próxima ao distrito do Sucuri e depois colocada no porta-malas do próprio veículo utilizando o mesmo ‘modus operandi’ do crime anterior. A vítima passou cerca de três horas presa dentro do carro, enquanto os criminosos faziam compras e saques com seu cartão de crédito. Foram efetuados saques em um caixa eletrônico e compras em loja de roupas esportivas e em um centro de comércio popular na Capital.

Após as diligências e informações coletadas, os investigadores chegaram ao endereço do suspeito, onde foram localizadas a motocicleta utilizada por ele e o carro modelo Peugeot 207 prata, que deu apoio aos crimes.

O delegado Gustavo Belão, responsável pelo inquérito, explica que na investigação foi possível estabelecer o envolvimento de ao menos quatro suspeitos, sendo uma deles o que foi preso nesta sexta-feira, indicando que ele integra uma perigosa associação criminosa voltada para a prática do crime de extorsão qualificada pela restrição da liberdade. Desta forma, foi realizada a prisão em flagrante, uma vez que o Código Penal (artigo 288) estabelece que o delito de associação criminosa é crime permanente.

Veja Mais:  Deputado homenageia servidores da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes

Todas as vítimas reconheceram o criminoso preso, por meio de imagens coletadas nas diligências. A investigação continua para chegar aos demais integrantes do grupo criminoso.

Após os procedimentos policiais, o investigado foi encaminhado à unidade prisional do Capão Grande, em Várzea Grande, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Policial

Operação da PM potencializa atendimentos às vítimas de violência e fiscaliza agressores em MT

Publicado


Nesta quarta-feira (25) a Polícia Militar, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos deflagrou a Operação Maria da Penha, na capital e em 13 cidades de Mato Grosso. O objetivo da ação é conseguir atender mais mulheres que são vítimas de violência doméstica, oferecendo ajuda com processo judicial, fiscalização e conscientização dos agressores que devem cumprir as medidas protetivas de urgência determinadas pela justiça. 

A operação tem duração de 12 horas e mobilizao 68 policiais militares e 34 viaturas, que fiscalizam 256 novos processos envolvendo crimes de violência doméstica e familiar. 

A ação deflagrada neste dia 25 de novembro marca o início da campanha anual e internacional “16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra mulher”. O 25 de novembro é também o ‘Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres’.

A coordenadora da Operação Maria da Penha, tenente-coronel Emirella Martins explica que a iniciativa ocorre nas cidades onde a população conta com o trabalho da Patrulha Maria da Penha e que os policiais que atuam na ação são especializados no atendimento às ocorrências de violência contra a mulher. 

“A operação desenvolve o protocolo de fiscalização de medidas protetivas de urgência. Estamos buscando potencializar os atendimentos com novos casos. Na visita ao agressor buscamos informar sobre as consequências de não obedecer as medidas protetivas judiciais. A operação busca também  encorajar as vítimas que ainda não denunciaram para nos procurar. Estamos abertos para atendê-las a qualquer dia e hora. Queremos combater essa violência contra as mulheres”, diz a tenente-coronel. 

Veja Mais:  Homem é preso por esconder arma de fogo em residência vizinha

A iniciativa conta com a parceria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar e varas de violência doméstica e familiar para que o ciclo da violência seja quebrado por meio do acompanhamento constante das vítimas e da fiscalização das medidas protetivas que inibem possíveis ações violentas dos agressores. 

No comando da Operação Maria da Penha na região de Várzea Grande, o tenente – coronel Sizano Attir de Oliveira conta que a iniciativa realiza mais de 30 atendimentos e que  as visitas são combinadas com as vítimas à respeito do melhor  horários para os  atendimentos de acolhimento da PM e também de conscientização com o homem agressor. 

A operação Maria da Penha seguirá até as 20h desta quarta- feira(25) nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande,Santo Antônio de Leverger, Nossa Senhora do Livramento, Rondonópolis, Barra do Garças, Pontal do Araguaia, Sinop, Sorriso, Cáceres, Primavera do Leste, Pontes e Lacerda, Comodoro e Querência. 

A Polícia Militar orienta a população a continuar denunciando os crimes de violência contra as mulheres via 190 ou pelo 0800 65 3535. A instituição  ressalta ainda  que as vítimas podem contar com as equipes de PM para protegê-las e deter os agressores.

Fonte: PM MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil recupera Corolla roubado em residência utilizada para ocultação de veículos

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um veículo Toyota Corolla com restrição de roubo/furto foi recuperado pela Polícia Civil, na terça-feira (24.11), durante investigações realizadas pelos policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA). O veículo foi localizado em uma residência no bairro Santa Rosa II, supostamente utilizada por um grupo criminoso para esconder automóveis de origem ilícita.

O imóvel já era investigado por policiais da DERRFVA em razão de operações anteriores e na terça-feira (24), os investigadores visualizaram o Corolla branca no interior da residência com várias placas de outros veículos jogadas pelo chão, possivelmente de outros carros roubados.

Com fundadas suspeitas de que o imóvel era utilizado por um grupo especializado em roubo e furto para ocultação de veículos, os investigadores entraram na residência, confirmando que o Toyota Corolla que estava na casa era roubado. Os policiais ficaram em monitoramento do endereço, esperando que algum suspeito retornasse ao local, porém ninguém apareceu.

Os investigadores realizaram diligências na vizinha para obter informações sobre os responsáveis pelo imóvel. O veículo foi apreendido e encaminhado a DERRFVA para as providências cabíveis.

 

Fonte: PJC MT

Veja Mais:  Polícia Civil recupera Corolla roubado em residência utilizada para ocultação de veículos
Continue lendo

Policial

Homem é preso por esconder arma de fogo em residência vizinha

Publicado


Uma equipe da 19ª Companhia de Querência (a 945 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia nesta terça-feira (24.11), um homem por porte ilegal de arma de fogo, no bairro Setor Nova Querência.

A informação vinda do disque-denúncia descrevia que durante a noite de segunda-feira (23) um cidadão teria atravessado a rua carregando duas armas de fogo de longo calibre e deixado na casa da vizinha. Acrescentava que o mesmo homem teria voltado ao imóvel e pego novamente as armas levando para sua residência.

Devido à situação, os policiais foram até o endereço e encontraram o denunciado saindo do seu imóvel. Questionado sobre a denúncia, ele confirmou.

O homem levou os policiais até a casa da vizinha. A mulher foi caracterizada no boletim de ocorrência como testemunha. O homem contou que tinha escondido as armas dentro do guarda roupa, mas teria retornado e deixado debaixo da cama.

A senhora disse que não tinha conhecimento do fato e acrescentou que vizinho entrou em sua casa quando ela não estava.

Foram apreendidas uma carabina e uma espingarda, além de 11 munições intactas de calibre 22, quatro cartuchos de metal calibre 20 e dois cartuchos calibre 32.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Mais:  Força Tática prende traficante durante entrega de entorpecente
Fonte: PM MT

Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana