Policial

Investigados por morte no Três Barras são indiciados por homicídio qualificado e ocultação de cadáver

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, em investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá concluiu o inquérito da morte de Severino Messias Santos de 56 anos, ocorrida na Capital, em maio deste ano, e indiciou os dois homens por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. O delegado responsável pelo inquérito, Caio Fernando Albuquerque, também representou pela conversão das prisões temporárias em preventivas dos investigados.

Os dois presos, de 28 e 18 anos, também foram indiciados por furto qualificado pelo concurso de pessoas. Após praticarem o homicídio, eles levaram da casa da vítima pertences como aparelhos eletrônicos, celular e botijão de gás.

A vítima foi atacada pelos dois autores do crime dentro de sua residência, no bairro Três Barras, na Capital. Ele foi ferido com diversas perfurações de arma branca (faca). Depois, o corpo foi enterrado, sem roupa, pelos dois criminosos, em uma cova rasa nos fundos da residência. O corpo foi encontrado após vizinhos sentirem mau cheiro vindo da casa e acionar a polícia, na tarde do dia 24 de maio.

Investigação e prisões

Após as investigações realizadas pela DHPP, os dois suspeitos pelo crime foram presos temporariamente no dia 9 de junho, em cumprimento a mandados judiciais decretados pela 12ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá.

Durante a apuração do crime, um dos deles foi ouvido pela Polícia Civil e assumiu a autoria do homicídio.

Veja Mais:  Mato Grosso apresenta reduções de homicídios dolosos, feminicídios, roubos e furtos

Conforme o delegado Caio Albuquerque, a vítima foi morta por motivo fútil e com emprego de recurso que impossibilitou sua defesa. “No momento em que foi morta, a vítima encontrava-se nua em seu quarto, sem antever o que lhe ocorreria, quando foi surpreendida pelas inúmeras facadas”, disse o delegado.

Os policiais civis prenderam os envolvidos em suas residências, no mesmo onde ocorreu o crime.  Na casa de um dos presos (de 18 anos) também foi apreendido um aparelho celular roubado de uma mulher no bairro CPA 4.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Mulher é presa em flagrante pela Polícia Civil com munições 9mm e mais de R$ 4 mil em Rondonópolis

Publicado

 

O material foi localizado em uma quitinete, na Avenida Ponce de Arruda, na área central de Rondonópolis. Os investigadores chegaram ao endereço durante apuração sobre movimentação suspeita no local, de que a mulher estaria a serviço de uma facção criminosa.Uma mulher de 21 anos foi presa em flagrante na tarde desta quarta-feira (16), em Rondonópolis, com 100 munições de calibre 9 milímetros. Com a suspeita, os policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos também apreenderam R$ 4,2 mil.

Ao abordá-la nesta quarta-feira, os policiais encontraram dentro da quitinete as munições e o dinheiro, em notas graúdas.

A suspeita informou que receberia mensalmente uma quantia para guardar o dinheiro para outras pessoas. Na casa também foram localizadas anotações sobre movimentação de valores da facção.

A mulher foi conduzida à sede da Derf e autuada em flagrante pelo crime de posse ilegal de munição.A investigação da DERF prossegue para identificar a origem da munição e outros possíveis envolvidos.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Policiais encontram sacos com maconha skank no bairro Bela Vista
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeitos em chácara utilizada para armazenamento de drogas em Várzea Grande

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas pessoas flagradas em uma chácara utilizada para armazenamento de drogas foram presas em flagrante pela Polícia Civil, durante investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), realizadas na zona rural de Várzea Grande.

Na ação, foram apreendidos aproximadamente três quilos de entorpecentes, mais de R$ 2,3 mil, além de cadernos com anotações do tráfico. Os suspeitos de 38 e 22 anos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Após o cumprimento de um mandado de prisão contra um foragido de Tangará da Serra, os policiais da DRE receberam denúncias sobre uma chácara localizada no loteamento São José da Vista Alegre, em Várzea Grande que seria utilizada por integrantes de uma associação criminosa para guarda de entorpecentes.

Com base nas informações, a equipe de investigadores foi até o local e logo que chegaram flagraram um dos suspeitos, monitorado por tornozeleira eletrônica, em posse de uma porção de maconha.

Questionado, o suspeito negou que tivesse outras porções de entorpecentes na casa, porém logo os policiais visualizaram o segundo suspeito dormindo e três tabletes grandes de maconha na cabeceira da cama.

Durante as buscas, também foi localizado R$ 2.360 em dinheiro e dois cadernos com anotações referentes ao tráfico de drogas. Na chácara, também foram localizadas duas crianças filhas de um dos suspeitos, que posteriormente foram entregues para a mãe.

Veja Mais:  PM prende homem por ameaça e porte ilegal de arma de fogo em Cuiabá

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos à DRE onde após serem interrogados foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Investigado por roubo, homem é preso com celular levado de vítima em Rondonópolis

Publicado

 

A Polícia Civil em Rondonópolis, por intermédio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF), cumpriu nesta quarta-feira (16) a prisão preventiva de um homem de 29 anos investigado pelo roubo a um estabelecimento comercial na cidade, ocorrido no início de maio.

No dia 4 de maio, o criminoso chegou ao comércio, localizado no Conjunto São José, em uma motocicleta modelo Honda Titan e simulando estar com uma arma de fogo abordou a vítima sob grave ameaça. O suspeito roubou um celular da marca Samsumg, joias e dinheiro.

Durante as investigações, a equipe da Derf de Rondonópolis conseguiu chegar à identificação do autor e após representação pela prisão preventiva do indiciado, a Justiça decretou o mandado.

No momento da prisão, o indiciado estava utilizando o celular da vítima.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Mato Grosso apresenta reduções de homicídios dolosos, feminicídios, roubos e furtos
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana