Famosos

Maria Clara Spinelli desabafa sobre a inexistência de emprego para atrizes trans

Publicado

A atriz Maria Clara Spinelli, conhecida principalmente por sua atuação em ” A Força do Querer
“, onde interpretou Mira, utilizou as redes sociais na última terça-feira (21) para falar seriamente sobre o desemprego de pessoas transgêneros no mercado artístico.


Maria Clara Spinelli foi a primeira atriz trans a interpretar um personagem cisgênero na teledramaturgia brasileira
Reprodução/Instagram

Maria Clara Spinelli foi a primeira atriz trans a interpretar um personagem cisgênero na teledramaturgia brasileira

Leia também: Diversidade: transsexuais completam o time do último Miss Bumbum

Maria Clara Spinelli
compartilhou no Instagram
uma frase dita pelo escritor João Nery: “Não basta ter nome, você tem que ter casa e emprego, e ninguém dá emprego para pessoa trans”. A legenda que segue a publicação foi escrita por meio de um desabafo, no qual a artista aponta a dificuldade de encontrar emprego.

A atriz começa o seu discurso dizendo que está sem trabalhar desde o fim da novela
da Globo
na qual atuou em outubro do ano passado. “Os produtores de elenco nunca respondem nada, nunca justificam porque não sou sequer selecionada para testes para personagens que não são transgêneros”, escreveu.

“Meu empresário disse que isso lembra a experiência que ele teve, há muitas décadas atrás, trabalhando com modelos negras. Elas também não eram vistas”, ressaltou, trazendo à tona a raridade em interpretar personagens cisgêneros: “Com exceção de Glória Perez e da Rede Globo
, nunca me ofereceram nenhum personagem que não fosse transgênero”.

Veja Mais:  Arya pode matar Daenerys na reta final de “Game of Thrones”?

Maria Clara Spinelli interpretou Mira na novela “A Força do Querer”


Maria Clara Spinelli interpretou Mira (Secretária e braço direito de Irene) na novela
Divulgação/TV Globo

Maria Clara Spinelli interpretou Mira (Secretária e braço direito de Irene) na novela “A Força do Querer”, da Globo

Leia também: Candidata do Miss Bumbum deixa concurso por participação de mulheres trans

A atriz se refere ao fato de ter interpretado personagens trans em trabalhos como “Salve Jorge” (2012) e “Carcereiros” (2018). Viver na pele de uma personagem cis (que se identifica com o gênero que nasceu) foi uma novidade para Maria. Algo que, inclusive, não se repetiu depois de sua atuação da trama.

A publicação ainda deixa clara o quão insatisfeita Maria está em relação ao cenário artístico: “Bem, se para o mercado eu só tenho capacidade de fazer personagens transgêneros, então, talvez, não exista uma carreira para mim. Nenhuma atriz sobrevive apenas fazer personagens transgêneros, não existem tantos assim”, disparou.

Leia também: Scarlett Johansson é alvo de críticas por viver homem trans em filme

Sobre interpretar apenas personagens transgêneros, Maria Clara Spinelli
se posicionou contra. “Eu não sou um estereótipo e não aceitaria isso”, escreveu. “E, embora eu ache cedo demais, se minha carreira como atriz se encerrasse aqui, tudo já teria valido a pena”, a atriz concluiu.

Comentários Facebook

Famosos

João Guilherme responde acusações de gordofobia: “Sou moleque”

Publicado

O ator João Guilherme, do SBT , se envolveu em uma polêmica nesta sexta-feira (27) ao se referir a uma mulher como “peixe-boi” em um de seus stories no Instagram.

Leia também: Thammy Miranda diz que preconceito o impede de conseguir trabalhos

João Guilherme arrow-options
Divugação

João Guilherme


No vídeo gravado por ele, João Guilherme aparece dizendo: “Olha que bonitinho, tem um monte de peixe aqui. Tem peixe-boi aqui também”, disparou e apontou a câmera na direção de uma mulher. Os internautas não gostaram do que viram e acusaram o ator de gordofobia .

Leia também: Blogueira é acusada de racismo ao falar que estava suja por encostar em preto

Poucas horas depois o filho do cantor Leonardo usou sua conta no Twitter para se desculpar sobre o ocorrido. “Venho aqui pedir desculpas sinceras pelo o que disse. Falei besteira e não sou a favor de brincadeiras e colocações como essa, mesmo. Não fico feliz com a repercussão disso e quem me acompanha sabe que eu não tenho maldade na fala e nem no pensar, minhas sinceras desculpas. Sei que muitos temos problemas com corpo e isso não é coisa para se brincar. Minha família me educou bem, sim, maldade não é da minha índole. Mais uma vez, desculpa, a noção passou longe. E sou moleque”, afirmou.

Leia também: Thais Carla processa nutricionista por gordofobia: “Justiça sendo feita”

Veja Mais:  Irmão de Bruno Gagliasso celebra nova empreitada de Jair Bolsonaro

“Sei que pela internet não é fácil de se sensibilizar com um pedido de desculpas. Um pedido on-line fica superficial, mas é o que está ao meu alcance. O que falei foi errado, me sinto mal por ter falado o que disse, no tom que disse. Peço desculpas sinceras a todos que se ofenderam, prestando atenção no que disse… Sou novo, tô aprendendo a lidar com erros e com outros. Parte do aprendizado é pedir desculpas e não cometer o mesmo erro duas vezes. Como uma pessoa do bem vocês não verão mais maldade na minha fala”, finalizou João Guilherme .


Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Atrizes da Globo negam acusação de assédio moral contra Marcius Melhem

Publicado

As humoristas da Globo , Maria Clara Gueiros e Renata Castro Barbosa usaram suas redes para negar que tenham sido vítimas de assédio moral pelo coordenador do departamento de humor, Marcius Melhem, como informou o colunista Leo Dias.

Leia também:Repórter da Globo leva “puxão de orelha” do marido e se retrata ao vivo; assista

Marcius Melhem arrow-options
Divulgação

Marcius Melhem


A primeira a se manifesta foi Maria Clara Gueiros que escreveu em seu Instagram: “Eu não fui vítima de assédio moral e não fiz denúncia”, garantiu a atriz da Globo .

Leia também: Vacas magras! Globo fica no prejuízo com Especial de Roberto Carlos

Já a assessoria de imprensa de Renata Castro Barbosa informou: “Comunicamos que a atriz não fez qualquer denúncia contra Marcius Melhem nem sofreu assédio moral, segundo anteriormente ublicado pelo colunista Leo Dias. O nome da atriz, inclusive, já foi retirado da matéria por ele”.

Enquanto isso, Dani Calabresa , que seria uma das denunciantes, não se posicionou sobre o assunto.

Leia também: MC Carol denuncia romantização do machismo em novela da Globo

Em nota, a Globo disse que “todo relato de assédio, moral ou sexual, na Globo é apurado criteriosamente assim que tomamos conhecimento. A Globo reafirma que não aceita qualquer tipo de assédio e, neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo “.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Globoplay estreia “The Big Bang Theory” e “Young Sheldon” nesta sexta (25)
Continue lendo

Famosos

Repórter da Globo leva “puxão de orelha” do marido e se retrata ao vivo; assista

Publicado

Pedro Figueiredo, repórter da TV Globo do Rio de Janeiro, revelou ao vivo que levou “puxão de orelha” do marido Erick Rianelli, que também é jornalista, por causa de uma afirmação que fez durante o “Bom Dia Rio”.

Leia também: Ana Maria Braga surge nua e lembra: Foi um show de horrores

repórter pedro figueiredo, da Globo, e o marido arrow-options
Reprodução/Instagram/@pedfig

Pedro Figueiredo, da TV Globo, ao lado de Erick Rianelli, seu marido

O repórter estava na rodoviária para cobrir a saída de alguns cariocas para o ano novo e contou aos âncoras da Globo que o companheiro o questionou sobre ele ter comentado alguns momentos antes que passaria o Réveillon em Búzios.

Leia também: Primeiro Papai Noel negro da Globo vira sensação na internet

“Vocês me deixaram agora em maus lençóis. Vocês perguntaram se eu ia embarcar, eu disse que iria para Búzios. Já tomei um puxão de orelha do meu marido, já! Pode ficar tranquilo que eu vou passar o Réveillon aqui, no Rio de Janeiro”, garantiu Pedro Figueiredo .

Leia também: Jornalista da RedeTV! vira correspondente em NY e acaba demitida pela emissora

O jornalista da Globo e Erick Rianelli se conheceram em 2013 e se casaram em maio de 2018. Na ocasião, passaram a lua-de-mel na Argentina.

Comentários Facebook
Veja Mais:  IML aponta politraumatismo como causa da morte de Ricardo Boechat
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana