Nacional

Ministério das Comunicações diz que não faltam recursos para o Amazônia Conectada

Publicado

Billy Boss/Câmara dos Deputados
Audiência Pública - Avanços na implementação do programa Amazônia Conectada . Marcus Vinicius Galletti Arrais - DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE PROJETOS DE INFRAESTRUTURA DA SECRETARIA DE TELECOMUNICAÇÕES, REPRESENTANDO O MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES ; Dep. Jesus Sérgio PDT - AC ; Jacy Barbosa Junior - CHEFE DO CENTRO INTEGRADO DE TELEMÁTICA DO EXÉRCITO (CITEX), REPRESENTANDO O MINISTÉRIO DA DEFESA
Assunto foi discutido pela Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia

Representantes do Ministério das Comunicações informaram nesta quarta-feira (22) que não faltam recursos para suprir a falta de conectividade da banda larga na Amazônia. A pasta também vê a oportunidade de instalar wi-fi em 5,6 mil escolas na região. O tema foi debatido na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara dos Deputados.

Os deputados pediram esclarecimentos sobre o projeto Amazônia Conectada, que tem o objetivo de levar rede de dados de alta velocidade ao leito do rio Amazonas, atendendo a 60 cidades e 10 milhões de pessoas.

Conforme o ministério, foi implantado neste ano o backbone, rede de transporte para a internet, entre Macapá (AP) e Santarém (PA) com 770 km de extensão e custo de R$ 94 milhões pagos com recursos da União.

Está previsto para março de 2023 a conclusão do trecho entre Santarém (PA) e Manaus (AM) com 920 km de extensão e custo de R$ 165 milhões a serem pagos com recursos do edital de 4G.

Os demais trechos serão executados com dinheiro do edital do 5G que prevê R$ 1,3 bilhão para o lançamento de rede subfluvial e redes metropolitanas na Amazônia.

“Não temos orçamento neste ano porque o dinheiro já está totalmente alocado. Não há necessidade de recursos do Orçamento da União para completar essas infovias”, afirmou o representante da pasta, Marcus Vinicius Galletti.

Veja Mais:  Deputados iniciam sessão com projeto sobre resíduos perigosos oriundos do exterior

Segundo ele, com a conclusão do backbone do Acre, prevista para 2025, a região deve se transformar em uma fronteira de investimentos no setor com a atração de provedores de pequeno porte. Ele observou que as pequenas empresas podem suprir a demanda de clientes em cidades remotas, onde não há interesse das grandes operadoras. “A gente já tem notícia de que, em Rondônia, o mercado de pequenos provedores está muito aquecido, eles estão implantando redes interligando a cidade. Eu acho que o Acre será a próxima fronteira”, disse.

O deputado Jesus Sérgio (PDT-AC), que solicitou a reunião, elogiou a iniciativa. “Tínhamos uma esperança muito grande com o lançamento do satélite. Naquela época, até houve um cadastramento dos municípios mais isolados para receber internet”, disse.

Questionado pelo deputado Hiran Gonçalves (PP-RR) sobre quando está prevista a conexão de Roraima, Galletti disse que o backbone até Boa Vista vai ser implantado por uma empresa criada para gerenciar as obrigações do 5G, o que deve acontecer a partir do ano que vem.

Escolas
Em relação à conexão de escolas à rede wi-fi, Galletti informou que a pasta já instalou 6.500 pontos na Amazônia, atendendo a 685 municípios. O objetivo, explicou, é conectar 5,6 mil escolas à rede até o final do ano.

Sobre o atendimento das escolas por redes de fibra óptica nas cidades, ele informou ter expectativa de que a conectividade chegue às escolas atendidas pelas redes metropolitanas “até o final de junho, no máximo início de julho”.

Veja Mais:  Governo define reajustes de benefícios e contribuições previdenciários

Reportagem – Emanuelle Brasil
Edição – Geórgia Moraes

Comentários Facebook

Nacional

Comissão promove audiência sobre PEC dos Biocombustíveis

Publicado

Cláudio Fachel/Palácio Piratini
Uma construção de dois andares e um caminhão na frente
Usina de biodiesel em Passo Fundo (RS)

A comissão especial da PEC dos Biocombustíveis realiza nesta quinta (30) sua primeira audiência pública. O colegiado analisa a Proposta de Emenda à Constituição 15/22, do Senado Federal, que busca estimular a competitividade dos biocombustíveis em relação aos derivados de petróleo. O texto prevê benefícios para fontes limpas de energia por, pelo menos, 20 anos.

“Cumpre avaliar, conjuntamente com a sociedade civil, se um regime fiscal favorecido irá atingir o escopo da medida, quer dizer, manter os biocombustíveis mais baratos, ou pelo menos com preços competitivos, com relação aos combustíveis fósseis”, afirmou o relator da proposta, Danilo Forte (União-CE).

A PEC faz parte do pacote de medidas para conter a alta no preço dos combustíveis, que inclui o recém-aprovado limite para as alíquotas de ICMS incidentes sobre combustíveis (Lei Complementar 194/22).

Foram convidados para debater a proposta com os deputados, entre outros:
– o secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Rafael Bastos da Silva;
– o superintendente de Biocombustíveis e de Qualidade de Produtos da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Carlos Orlando Enrique da Silva;
– o CEO do Instituto Combustível Legal (ICL), Guilherme Theóphilo; e
– o diretor-superintendente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Donizete Tokarski.

Veja Mais:  Governo define reajustes de benefícios e contribuições previdenciários

A audiência será realizada no plenário 5, a partir das 15 horas.

Da Redação – ND

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Exposições na Câmara abordam o bicentenário da Independência do Brasil

Publicado

No ano do bicentenário da Independência brasileira, em 7 de setembro, a Câmara dos Deputados programou uma série de eventos para comemorar a data. Exposições sobre a independência, que já podem ser visitadas, abrem essa programação.

Serviço
A visitação fica aberta ao público até 9 de setembro, das 9 às 17 horas. Todas as mostras têm entrada franca. Confira os locais:

  • Exposição “O movimento da Independência”
    Local: Corredor Tereza de Benguela – Câmara dos Deputados
  • Exposição “Poder, Parlamento e Governo no Brasil”
    Local: Salão Verde – Edifício principal da Câmara dos Deputados
  • Animação 200 anos da Independência do Brasil
    Local: hall da Taquigrafia – Anexo 2 da Câmara dos Deputados

Da Redação – RL

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Comentários Facebook
Veja Mais:  Leilão coloca Lenço de papel que Messi usou em despedida do Barcelona por R$ 5,2 milhões
Continue lendo

Nacional

Câmara retoma debates sobre os 200 anos da Independência do Brasil

Publicado

Selo de comemoração da Câmara dos Deputados para os 200 anos da Independência do Brasil
Comemorações pelos 200 anos começaram em 2017

Termina hoje o seminário “O Movimento da Independência: Ontem e Hoje/200 Anos de Independência do Brasil”. O evento, promovido pela Câmara dos Deputados, faz parte das ações de comemoração da data, iniciadas em 2017.

Ontem, pesquisadores da História brasileira discutiram aspectos da vida de dom João VI e também do contexto nacional à época da proclamação da independência, em 7 de setembro de 1822.

O seminário, que terá transmissão ao vivo pelo canal da Câmara no YouTube, busca trazer uma reflexão sobre o projeto de País que vem sendo construído desde 7 de setembro de 1822.

Da Redação – ND

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Comentários Facebook
Veja Mais:  Onyx apresenta 35 metas para os primeiros 100 dias do governo Bolsonaro
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana