conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Músicos fazem no canal youtube live solidária para "matar saudade do Casario"

Publicado


.

Matar a saudade do principal espaço para a cena cultural de Rondonópolis: o Casario. Com este objetivo alguns músicos e proprietários dos estabelecimentos do local promovem nesta sexta-feira (05) a live “Casario em Casa”, que será transmitida ao vivo pela plataforma youtube.

“Vamos, sem sair de casa, matar um pouco da saudade que estamos deste lugar tão importante, com boa música e um pouco do clima que
todos nós estávamos a costumados a sentir a cada semana. Todos os que abraçaram esta ideia (músicos, comerciantes e equipe técnica)
tem com o Casario uma relação de muito carinho, por tudo o que ele representa enquanto espaço artístico e patrimônio cultural da
nossa cidade”, disse por meio de nota a organização da live solidária “Casario Em Casa”.

Na ocasião, oito músicos da cidade irão se apresentar, pontualmente a partir das 18h, num palco no Casario, de forma individual, mantendo assim o distanciamento necessário exigido. As apresentações, que serão bem ecléticas e para os variados gostos, poderão ser acompanhadas pelo canal do músico e compositor rondonopolitano: Gabriel Carmo (youtube.com/grabrielcarmo).

Além de Gabriel Carmo, os músicos que se apresentarão na live “Casario em Casa” são: Robison Morais, Vital Santos, Paloma Castro, Nega Lu, Luizão Botero, Junior Cruz e Yan Alves. Cada um dos músicos deverá fazer uma apresentação de cerca de 30 minutos.

O evento da boa música, que reunirá  nomes conhecidos da cena musical da cidade, para matar a saudade do Casario, dará também
visibilidade neste período de pandemia aos estabelecimentos do local, que estarão comercializando seus produtos por meio do
serviço delivery.

Veja Mais:  Decisão da justiça que determinou o fechamento de atividades não essenciais tem validade por 14 dias; normas do decreto municipal de 25 de junho devem ser seguidas

Os contatos para os serviços de delivery dos estabelecimento (Casa do Rio, Mult Player, Osaka, Musatafá e Dom Pedro) serão anunciados
pelo músicos durante as apresentações.

Tanto músicos como estabelecimentos do Casario estão com suas atividades limitadas durante este período de pandemia, por conta
das restrições impostas para o enfrentamento do novo coronavírus na cidade.

Solidariedade

A live terá também um cunho solidário. Através do “QR Code Solidário”, os amantes da boa música e saudosos de frequentar o
Casario que assistirão a live poderão ajudar, por meio da Ong “Amigos Solidários”, pessoas carentes da cidade que estão tendo
problemas financeiros neste período de pandemia. 

Comentários Facebook

Rondonópolis

Residencial Marechal Rondon também terá a sua UBS em breve

Publicado


.

Iniciada e abandonada por gestões anteriores, a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) da região do Residencial Marechal Rondon foi retomada pela atual administração e, dentro em breve, deverá se constituir em mais um ponto de atendimento à saúde da população daquela região. 

 Com a sua atenção voltada praticamente para o segmento da saúde, nos últimos meses, a administração municipal vem dando sequência ao seu projeto de recuperação, reforma e construção de novas unidades de saúde nos quatro quadrantes da cidade, incluindo a zona rural. 

Por isso, percebendo a necessidade das comunidades do referido residencial, bem como as adjacentes que vão se referenciar na UBS para atendimento de saúde, a prefeitura municipal retomou no início do mês de maio a construção da unidade, utilizando recursos próprios do município na ordem de R$ 797,592,75. Conforme o departamento de engenharia da Secretaria de saúde, as obras que estão sendo edificadas na “Rua Airton A. de Santana, Quadra 36-S/N, no Conjunto Habitacional Marechal Rondon, tem um prazo de sete meses para a conclusão. 

DEPENDÊNCIAS

Conforme o departamento de engenharia, a UBS terá: 01 Consultório de odontologia, 01 Sala de inalação, 02 Consultórios / acolhimento, 02 Consultórios com W.C, 01 Sala de Vacinas, 01 Recepção, 02 W.C’s PCD para uso público, 01 W.C para uso de funcionários, 01 Depósito de material de limpeza, 01 Almoxarifado, 01 Esterilização;, 01 Expurgo, 01 Sala de administração e uma Copa. 

Veja Mais:  Decisão da justiça que determinou o fechamento de atividades não essenciais tem validade por 14 dias; normas do decreto municipal de 25 de junho devem ser seguidas

Ainda conforme a secretaria de saúde, em cerca de 60 dias de obra, os trabalhos se encontram com aproximadamente 40% de execução, e vêm apresentando um ritmo acelerado referente ao cronograma primário da obra. 

No entanto, é preciso frisar que, como as demais unidades que estão sendo reformadas, ampliadas e, construídas, a UBS do Marechal Rondon também será dotada de todos os equipamentos necessários ao desenvolvimento da sua função, que é atender a saúde pública da região. Mas, para isso estará dotada de uma estrutura totalmente adequada, com ambiente climatizado, que vai propiciar conforto e comodidade, não apenas aos usuários, mas, sobretudo, aos servidores que vão prestar serviço no local. 

A preocupação da prefeitura nesse momento em não deixar parar as obras iniciadas é para poder estruturar a rede pública de saúde, urgenciando as obras mais prementes, principalmente aquelas que fazem parte da estrutura de atendimento às eventuais vítimas de contaminação do Coronavírus (Covid-19), para que assim que essa pandemia passar, a rede de saúde da cidade esteja reestruturada e pronta para dar seguimento aos atendimentos básicos de saúde. 

Mas, talvez o ponto mais importante desse fato é que teremos uma cidade melhor estruturada, sobretudo no que tange a ampliação e melhoria na rede publica de saúde, que estará toda readequada, modernizada e pronta para atender nossa população. 

Veja Mais:  Vereador entra em quarentena com suspeita da Covid-19

Esse talvez seja o legado mais importante dessa administração, que mesmo diante de tantos desafios, não deixou de investir na estrutura do município, buscando sempre a melhoria no atendimento às demandas da sua população.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Obra da Casa Abrigo para mulheres vítimas de violência entra na fase final

Publicado


.

Mulheres vítimas de violência doméstica em Rondonópolis vão contar, em breve, com uma Casa Abrigo destinada a acolhê-las. Toda reformada pela Prefeitura Municipal, que investiu recursos próprios da ordem de R$ 121.634,34, a Casa Abrigo recebe os últimos acabamentos para ser aberta a esse público feminino em situação vulnerável, conforme anuncia o engenheiro fiscal da obra, Fernando Vilela: “Já temos 90% da obra finalizada, que está, agora, sendo pintada e deve ser entregue dentro de 30 dias”.

Com uma área de 199.29 metros quadrados, o imóvel comporta dez ambientes, sendo três banheiros, seis espaços de acolhimento e permanência – que são salas para acomodar as mulheres -, além da cozinha.

Durante os três meses em que durou a obra, segundo Fernando, o ambiente foi totalmente reformado, o que inclui reparo das lajes do forro, revestimento do piso, ampliação de portas de maneira a facilitar a entrada de cadeirantes e substituição das janelas, entre outras melhorias.

Também as instalações elétricas foram trocadas e a parte hidráulica da casa foi renovada com peças de louças e metais, torneiras, vasos sanitários, chuveiros e puxadores novos. O banheiro também ganhou cabine apropriada para pessoas com deficiência, com espaço adequado e barra de apoio.

Calçadas com acessibilidade e projeto paisagístico ainda integram a reforma, que transformou a Casa Abrigo, localizada na Avenida Emanuel Pinheiro, Vila Operária, em um local acolhedor para receber as vítimas de violência doméstica e lhes proporcionar o amparo necessário.

Veja Mais:  Covid-19; Empresário de Rondonópolis Morre a espera de UTI em Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Líder comunitário pede fiscalização contra abuso de preço em medicamentos usados no tratamento do Covid-19

Publicado

Foto: Assessoria

O líder comunitário Wilber Maciel recebeu a informação de que alguns medicamentos, prescritos por médicos para tratamento do coronavírus (Covid-19) estão sumindo das farmácias e retornando com preços bem acima dos valores praticados no mercado.

Wilber recomenda, que caso o consumidor ser depare com a situação semelhante deve marcar o nome do estabelecimento, endereço, data e horário da tentativa de compra. “Com esses dados em mãos e com a receita do medicamento, a pessoa que se sentir lesada deve prestar queixa no Procon. Farmácias e drogarias não podem aproveitar o momento de insegurança das pessoas para conseguirem lucros abusivos. É preciso denunciar”.

Maciel também cobrou ação mais efetiva do órgão de defesa do consumidor para que esse tipo de prática não vire rotina nos estabelecimentos do setor. “O Procon municipal precisa ser mais presente. Tem que fiscalizar o que está acontecendo nas ruas. É um absurdo que na crise econômica que passamos existam pessoas tirando proveito da situação. Tem que fiscalizar e multar esse tipo mal empresário”.

Abusos

Existe um canal de comunicação do município para informações o Covid-19, abusos e denúncias.

Disk Saúde: 0800 647 4222 – das 7h às 19h (todos os dias)

Informações

Whatsapp Secretaria de Saúde: (66) 98438 2223 – das 7h às 19h (todos os dias)

Denúncias

Whatsapp Vigilância Sanitária: (66) 98459 9891 – das 7h às 19h (todos os dias)

Veja Mais:  Município recebe doação de 5 mil máscaras da indústria TBM

Polícia Militar: 190

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana