Policial

Operação da PM potencializa atendimentos às vítimas de violência e fiscaliza agressores em MT

Publicado


Nesta quarta-feira (25) a Polícia Militar, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos deflagrou a Operação Maria da Penha, na capital e em 13 cidades de Mato Grosso. O objetivo da ação é conseguir atender mais mulheres que são vítimas de violência doméstica, oferecendo ajuda com processo judicial, fiscalização e conscientização dos agressores que devem cumprir as medidas protetivas de urgência determinadas pela justiça. 

A operação tem duração de 12 horas e mobilizao 68 policiais militares e 34 viaturas, que fiscalizam 256 novos processos envolvendo crimes de violência doméstica e familiar. 

A ação deflagrada neste dia 25 de novembro marca o início da campanha anual e internacional “16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra mulher”. O 25 de novembro é também o ‘Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres’.

A coordenadora da Operação Maria da Penha, tenente-coronel Emirella Martins explica que a iniciativa ocorre nas cidades onde a população conta com o trabalho da Patrulha Maria da Penha e que os policiais que atuam na ação são especializados no atendimento às ocorrências de violência contra a mulher. 

“A operação desenvolve o protocolo de fiscalização de medidas protetivas de urgência. Estamos buscando potencializar os atendimentos com novos casos. Na visita ao agressor buscamos informar sobre as consequências de não obedecer as medidas protetivas judiciais. A operação busca também  encorajar as vítimas que ainda não denunciaram para nos procurar. Estamos abertos para atendê-las a qualquer dia e hora. Queremos combater essa violência contra as mulheres”, diz a tenente-coronel. 

Veja Mais:  PM prende homem com mandado de prisão por estupro de vulnerável em São Paulo

A iniciativa conta com a parceria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar e varas de violência doméstica e familiar para que o ciclo da violência seja quebrado por meio do acompanhamento constante das vítimas e da fiscalização das medidas protetivas que inibem possíveis ações violentas dos agressores. 

No comando da Operação Maria da Penha na região de Várzea Grande, o tenente – coronel Sizano Attir de Oliveira conta que a iniciativa realiza mais de 30 atendimentos e que  as visitas são combinadas com as vítimas à respeito do melhor  horários para os  atendimentos de acolhimento da PM e também de conscientização com o homem agressor. 

A operação Maria da Penha seguirá até as 20h desta quarta- feira(25) nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande,Santo Antônio de Leverger, Nossa Senhora do Livramento, Rondonópolis, Barra do Garças, Pontal do Araguaia, Sinop, Sorriso, Cáceres, Primavera do Leste, Pontes e Lacerda, Comodoro e Querência. 

A Polícia Militar orienta a população a continuar denunciando os crimes de violência contra as mulheres via 190 ou pelo 0800 65 3535. A instituição  ressalta ainda  que as vítimas podem contar com as equipes de PM para protegê-las e deter os agressores.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Policial

Homem é estuprado em Rondonópolis

Publicado

Um homem, de 58 anos, foi espancado, ontem à noite, e teve objetos introduzidos no ânus, em Rondonópolis (214 quilômetros de Cuiabá). Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para atendimento médico.

O atual estado de saúde não foi divulgado. Ele contou aos policiais militares que estava em sua motocicleta, quando se aproximou um veículo (marca e modelo não confirmados) e um dos ocupantes colocou um capuz sobre o rosto e tomou rumo ignorado.

Os criminosos cometeram tortura e foram embora deixando a vítima amarrada junto com a sua motocicleta. Ele conseguiu pegar o celular e acionar o resgate. Até o momento, ninguém foi preso.

A motivação da tortura e agressões serão investigadas pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Veja Mais:  PM prende homem com mandado de prisão por estupro de vulnerável em São Paulo
Continue lendo

Policial

PM prende homem com mandado de prisão por estupro de vulnerável em São Paulo

Publicado


Policiais do 14º Batalhão de Polícia Militar de Primavera do Leste (a 231 km de Cuiabá) prenderam na tarde desta terça-feira (19.01), por volta das 11h, um caminhoneiro que estava com mandado de prisão em aberto por estupro de vulnerável.

O suspeito, de 37 anos, cometeu o crime em 2018, em São Paulo, capital. Na época a vítima teria 13 anos. A prisão dele ocorreu no bairro Parque Industrial, em um posto de combustível.

A PM de Primavera do Leste recebeu informações sobre a presença de um homem que poderia ser procurado por estupro. Fez diligências, conseguiu abordá-lo e na checagem dele junto ao Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP) confirmou a informação.

O suspeito foi entregue na Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Primavera, onde deve se colocado à disposição da justiça paulista.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Investigação conclui triplo homicídio de jovens e prende quatro envolvidos no crime
Continue lendo

Policial

Governo de Mato Grosso entrega 250 viaturas na próxima sexta-feira (22)

Publicado


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), entrega nesta sexta-feira (22.01) 250 viaturas às forças de segurança de Mato Grosso. A cerimônia de entrega, que contará com o governador Mauro Mendes, o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante e demais chefes das forças, está programada para acontecer às 16h30, na Arena Pantanal.

A entrega faz parte do Programa Mais MT, que prevê uma série de investimentos, sendo R$ 766 milhões somente em segurança pública.

Além de modernizar a frota, dando melhores condições de trabalho aos servidores que estão na ponta, o novo contrato de locação vai gerar uma economia de mais de R$ 17 milhões. O contrato de prestação de serviço atual está orçado em R$ 26,8 milhões pelo período de 30 meses. Já o contrato anterior previa pelo mesmo período e quantidade de veículos o montante de R$ 43,8 milhões.

As 250 viaturas serão distribuídas pelas seguintes forças de segurança: Polícia Militar, com 109 viaturas; Polícia Judiciária Civil (PJC), com 102 viaturas; Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) com 17 veículos; Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), com 12 viaturas; Corpo de Bombeiros Militar (CBM), com cinco viaturas e Sistema Socioeducativo, com mais cinco veículos.

Serviço

Entrega de viaturas às forças de segurança
Quando: Na próxima sexta-feira (22.01), às 16h30
Local: Arena Pantanal

Veja Mais:  PM prende homem com mandado de prisão por estupro de vulnerável em São Paulo
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana