Esportes

Plenário analisa suspensão de pagamentos de dívidas de times durante a pandemia

Publicado

 

O Plenário do Senado fará, nesta terça-feira (29), a partir das 16h, sessão remota para analisar o Projeto de Lei (PL) 1.013/2020, que suspende, durante a pandemia da covid-19, os pagamentos das parcelas devidas pelos clubes ao Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut).

O programa, criado em 2015, renegociou débitos dos times com a Receita Federal, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), o Banco Central e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). À época, a dívida estimada dos grandes clubes passava de R$ 5 bilhões. O Profut também institui regras de governança nas entidades.

Pelo texto, aprovado em junho na Câmara dos Deputados, os clubes ficarão sem pagar as parcelas enquanto durar a calamidade pública, que acaba em 31 de dezembro (Decreto Legislativo 6, de 2020). As parcelas suspensas serão incorporadas ao saldo devedor e diluídas para pagamento nas prestações que vencerão posteriormente, sem ampliação do prazo original das renegociações. A prorrogação tampouco afastará a incidência de juros prevista em lei.

O projeto diz ainda que, com a suspensão das dívidas na pandemia, os clubes de futebol deverão garantir o pagamento dos salários dos empregados que recebem até duas vezes o teto dos benefícios do Regime Geral de Previdência Social (RGPS), atualmente de R$ 6.101,06 por mês.

Mora

O projeto a ser analisado pelos senadores é um substitutivo da Câmara, que uniu pelo menos três propostas e recebeu várias emendas de deputados. Entre elas, emenda que exime os clubes de serem acusados de mora contumaz no não recolhimento do FGTS e das contribuições previdenciárias do jogador profissional. Essa acusação permite que o atleta peça a rescisão do contrato unilateralmente.

Veja Mais:  Números equilibrados no confronto entre Cuiabá e Paraná Clube

A regra valerá por até 180 dias após o fim do estado de calamidade. A suspensão não se aplica a parcelamentos de tributos apurados no Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas microempresas e empresas de pequeno porte (Simples Nacional).

O texto autoriza ainda entidades desportivas a celebrar contratos de trabalho com atleta profissional por prazo mínimo de 30 dias em 2020 ou enquanto perdurar o estado de calamidade. Além disso, o Estatuto do Torcedor (Lei 10.671, de 2003) passará a determinar que surtos, epidemias e pandemias são causa para eventuais mudanças em competições.

Entidades desportivas de âmbito profissional ganham, pela proposta, mais sete meses para veiculação de demonstrações financeiras conforme determina a Lei Pelé (Lei 9.615, de 1998). Também só poderão ser punidas, com eventual inelegibilidade ou afastamento de dirigentes, se não apresentarem as contas após trânsito em julgado de processo administrativo ou judicial.

Emendas

A proposta ainda não teve relator nomeado no Senado e recebeu 17 emendas, a maioria delas propondo a retirada do artigo 9º. O dispositivo revoga o artigo 57 da Lei Pelé, que prevê as fontes de custeio da assistência social e educacional destinada aos atletas profissionais (porcentagens incidentes sobre salários e transferências de profissionais para outros clubes).

A assistência é dada aos ex-atletas e aos atletas por meio da Federação das Associações de Garantia ao Atleta Profissional (Faap). A entidade concede benefícios como bolsas de estudos, auxílios para alimentação, saúde e funeral, programas de capacitação profissional para reinserção ao mercado de trabalho, tratamento de doenças crônicas e auxílio previdenciário para que o ex-atleta consiga a aposentadoria.

Veja Mais:  Série D 2020: Mato-grossense fecham turno da 1ª fase neste fim de semana

Logo, se o dispositivo revogando a fonte de custeio permanecer na proposta, torna-se impossível à Faap manter a assistência aos atletas e ex-atletas, argumentam senadores como Otto Alencar (PSD-BA), Paulo Paim (PT-RS), Alvaro Dias (Podemos-PR) e Veneziano Vital do Rego (PSB-PB), entre outros.

Com informações da Agência Câmara

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Esportes

União E.C terá oito desfalques para enfrentar a Aparecidense-GO nesta quarta-feira (21) pelo Brasileiro Série D

Publicado

Foto: Assessoria

A equipe do União E.C encara o Aparecidense-GO em busca da reabilitação no Brasileiro Série D em jogo válido pelo returno do Grupo-5 na tarde desta quarta-feira (21), ás 15h MT, no Estádio Anibal Toledo.

O colorado comandado pelo treinador Edilson Junior, terá o desfalque de oito jogadores, Lateral Henrique Gabriel, Lesão; Zagueiro Paulo, Lesão; Zagueiro Mengue, Suspenso; Lateral Gabriel Neves, Lesão; Volante Eder Paraguai, Lesão; Meia João Manuel, Fadiga muscular; Atacante Dinei, Lesão;  e Atacante Andrezinho, Covid-19.

Os substitutos serão, Patrick, Wallison, Wesley, Jefinho, Yohan, GTA, Leandrinho e Deco.

O colorado realizou o ultimo treino antes da partida nesta terça-feira (20) no CT do Vila Nova e o provável time para enfrentar o Aparecidense será; Neneca, Patrick, Wallison, Wesllen, Jefinho, Maranhão, Yohan, GTA, Leandrinho, Deco e Lucas Bahia.

No banco de reservas o União terá apenas 3 jogadores entre eles o goleiro.

O União ocupa a sexta colocação no grupo com 7 pontos. O adversário Aparecidense é o líder do grupo com 14 pontos.

O torcedor poderá ouvir o jogo ao vivo na Web Rádio Portal MT Click e Ouça.

Veja Mais:  Números equilibrados no confronto entre Cuiabá e Paraná Clube
Continue lendo

Esportes

Enquanto analisa propostas, técnico Júlio César Nunes presta assessoria

Publicado

Foto: Assessoria

O técnico Júlio César Nunes vem mantendo-se na ativa enquanto define o seu futuro. Convites já surgiram de alguns estados, incluindo projetos para o próximo ano. Com grandes resultados nos últimos anos, vem analisando as propostas que aparecem.

Enquanto não bate o martelo, Júlio segue ministrando aulas na Universidade Anhanguera em Caxias do Sul e, durante esta semana, também prestando assessoria para a ECF – Escola Cristã de Futebol, em Lagoa Vermelha/RS.

“A ECF tem um propósito um pouco diferente das escolinhas tradicionais, trabalhando os princípios e valores das crianças. Além das aulas teóricas e práticas, os alunos recebem transporte ida/volta e alimentação com orientação de nutricionista. As famílias também são beneficiadas com acesso à assistentes sociais e psicólogos.”, detalhou Júlio.

Entre outras ações, o treinador irá capacitar os professores, montando uma metodologia de trabalho e treinamento personalizada para a Escola. Será feito também um monitoramento das ações para futuras visitas, checando o estágio em que se encontram os trabalhos.

Veja Mais:  PFOS Alta Floresta vence ASF Sorriso, e abre vantagem para avançar na Copa do Brasil de Futsal
Continue lendo

Esportes

Dourado oficializa contratação do meia Diego Jardel

Publicado

Foto: Assessoria

O meia-armador Diego Jardel, ex-Botafogo e Avaí, foi oficializado pela diretoria do Dourado na manhã desta terça-feira (20). O atleta, que estava atuando no futebol dos Emirados Árabes, realizou exames médicos na tarde de ontem e aguarda a liberação do seu nome no BID para reforçar o Dourado.

Revelado pelo Figueirense, foi no Camboriú que o meia se destacou entre 2007 e 2013, chamando a atenção de Avaí (onde completou mais de 100 jogos com a camisa do Leão e conquistou dois acessos) e Botafogo-RJ, onde foi campeão da Taça Guanabara e da Série B de 2015.

Do futebol carioca, Diego se transferiu para o futebol do Catar em 2017 e, dois anos depois, assinou contrato com o Al Dhafra, seu último clube antes de ser apresentado pela diretoria do Cuiabá.

FICHA TÉCNICA DO ATLETA

Diego Jardel Koester
Posição: Meia-armador
Data de nascimento: 26/12/1989
Local: Águas Mornas – SC
Altura: 1,80m
Peso: 72 Kg
Clubes: Figueirense (2005-2006), Camboriú (2007-2009 e 2009-2013), União de Leiria-POR (2009), Arouca-POR (2010), Imbituba (2013), Avaí (2013-2013), Botafogo (2015), Al-Arabi (2017—2019) e Al-Dhafra (2019-2020).

Veja Mais:  Série D 2020: Mato-grossense fecham turno da 1ª fase neste fim de semana
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana