Policial

PM encontra dupla dada como desaparecida carregando armas de fogo em MT

Publicado

Policiais militares do 2º Pelotão de Rio Branco (a 356 km de Cuiabá) apreenderam nesta terça-feira (27.10) duas armas de fogo e um simulacro que estavam com uma criança de 10 anos e um adolescente de 14 anos, na área rural da cidade.

Os policiais realizavam diligências pela região a procura dos dois meninos tidos como desaparecidos. Os pais registraram o sumiço da dupla na segunda-feira (26). Eles teriam ido pegar manga e desapareceram logo em seguida.

Durante o procedimento, os militares foram informados que os dois estariam em uma casa próximo do Córrego da Onça. No caminho, os meninos estavam sendo levados por dois adultos.

A criança e o adolescente estavam com uma mochila e dentro uma garrucha calibre 22, uma espingarda artesanal e uma réplica de revólver, uma munição calibre 32 e um tubo de pólvora, além de uma faca e cordas.

Eles disseram que furtaram o material da casa onde dormiram e passaram o nome do proprietário que não estava no imóvel. Ele não foi localizado. Os dois ainda acrescentaram que voltariam para casa.

Veja Mais:  Homem é preso em flagrante por tentativa de estupro em Confresa

Policial

Operação afasta secretário e cumpre buscas em residência e gabinete do prefeito de Rondonópolis

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso e Ministério Público Estadual desencadearam nesta quarta-feira (25.11), em Rondonópolis, a segunda fase da Operação Stop Loss, que investiga a ocorrência de superfaturamento e outras irregularidades na aquisição de materiais de consumo, com dispensa de licitação, para o combate à pandemia da Covid -19 pela prefeitura do município.

Os mandados judiciais são cumpridos pelas equipes da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor) e grupo operacional do Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco Criminal), com apoio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

As novas medidas cautelares foram requeridas pelo MPE, por meio do Naco, em conjunto com a Polícia Civil, à Turma de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

O desembargador Juvenal Pereira da Silva deferiu medida cautelar de afastamento do exercício da função do secretário de Administração de Rondonópolis, Leandro Junqueira Arduini, e mandados de buscas e apreensões nos endereços residenciais do secretário e do prefeito José Carlos Junqueira de Araújo, como também nos gabinetes dos respectivos alvos, na Prefeitura Municipal.

Na primeira fase da operação ‘Stop Loss’, realizada em junho deste ano, a partir de informações do Ministério Público de Contas os investigadores detectaram o superfaturamento em itens contratados na Dispensa de Licitação nº 38/2020 destinada à aquisição de materiais de limpeza, tendo como justificativa de urgência a pandemia da Covid-19, aquisição ratificada pelo chefe do Executivo municipal.

Veja Mais:  Polícia Civil abre inscrições para 15ª edição do Arte e Cultura que será on-line

A segunda fase demonstra o acerto na execução da primeira etapa da operação, pois com novos elementos coletados, surgiu o provável envolvimento de mais um secretário da prefeitura, havendo indicativos da formação de uma estrutura criminosa instalada no Executivo municipal.

Com a deflagração desta nova fase, os investigadores pretendem coletar novas informações e robustecer, ainda mais, os elementos informativos para que haja o esclarecimento completo dos ilícitos praticados, com a devida responsabilização dos envolvidos.

 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Homem que matou ex-mulher asfixiada e ocultou corpo é preso e autuado em flagrante por feminicídio.

Publicado

 

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Suspeito pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver da ex-mulher, ocorridos no sábado (21.11), em Itiquira (357 km ao sul de Cuiabá), um homem de 38 anos foi preso e autuado em flagrante na segunda-feira, na Delegacia da Polícia Civil da cidade. Depois dos procedimentos policiais, ele foi encaminhado à unidade prisional do município.

A vítima, Mirian Souza Mendes, 37 anos, sofreu diversas agressões com um pedaço de metal e depois foi asfixiada com uma corda. Antes de matá-la, o suspeito ainda cometeu abusou sexual. Depois de cometer o crime, o homem cavou um buraco e escondeu o corpo da vítima em uma área de cerrado localizada às margens da MT-370. Os fatos ocorreram no final da tarde do sábado passado.

Após cometer o crime, o suspeito foi até a fazenda onde trabalhava e pediu demissão. Ele aparentava nervosismo, estava com a roupa suja de terra e dizendo que havia feito algo ruim. O gerente da propriedade o questionou, mas o suspeito não disse nada. Desconfiado, o encarregado da fazenda saiu para checar se havia algo de estranho próximo à estrada e avistou uma motocicleta jogada no meio do cerrado e uma enxada, mas não havia localizou a cova. Como estava escuro, o gerente retornou à fazenda e encontrou o suspeito já de malas prontas, que depois pediu uma carona a outro funcionário que o levou até a MT-370.

Veja Mais:  Investigado por homicídio cometido há três anos, rapaz é preso pela Polícia Civil em Cuiabá

Após essa atitude do suspeito, o gerente ficou ainda mais desconfiado e foi novamente ao local onde havia avistado a motocicleta e os objetos não estavam mais no lugar. No domingo, com o dia claro, ele retornou para ver se achava alguma pista e localizou a cova. Diante do que foi encontrado, o gerente da fazenda foi até a delegacia para comunicar o fato.

No fim semana, a mãe da vítima também procurou a Polícia Civil para registrar o desaparecimento da filha.

Diligências

A partir das informações recebidas, uma equipe da Delegacia foi até a fazenda e após escavação encontrou o corpo da vítima. A Politec foi acionada para as perícias.
Outra parte da equipe policial seguiu em diligências para localizar o suspeito, que foi encontrado ainda na segunda-feira no bairro Poxoréu, em Itiquira e encaminhado à delegacia.

Em depoimento na unidade policial, o suspeito contou em detalhes como praticou os crimes. Disse que no dia anterior ao homicídio, a vítima havia lhe pedido dinheiro para consertar a motocicleta. Ele pediu que Mírian fosse buscar o dinheiro e a mulher chegar na estrada de acesso à fazenda, os dois se desentenderam e entraram em luta corporal. O suspeito relatou que usou uma cordinha que estava na bolsa da vítima para asfixiá-la, mas antes cometeu o abuso. Depois pegou uma enxada na fazenda, cavou a cova e enterrou o corpo.

A motocicleta e objetos pessoais foram jogados pelo suspeito em um lixão da cidade, junto com as roupas da vítima. O celular de Mirian, o suspeito levou em uma assistência técnica para ser formatado.

Veja Mais:  NOTA DE FALECIMENTO - investigador aposentado Lourival Rodrigues dos Santos

Nas diligências, os policiais localizaram a moto carbonizada e conseguiram apreender o aparelho.

Após os procedimentos policiais, o suspeito foi autuado por homicídio com qualificadoras, entre elas feminicídio, e ocultação de cadáver. O inquérito será conduzido pela delegada Lígia Silveira.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Homem é preso em flagrante por tentativa de estupro em Confresa

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um homem acusado de tentativa de estupro em Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil do município no início da tarde desta terça-feira (24.11). O suspeito de 53 anos foi autuado em flagrante pelo estupro na forma tentada.

As diligências iniciaram logo após uma jovem de 20 anos procurar a delegacia da Polícia Civil e comunicar o crime praticado pelo vizinho no período da manhã.

Conforme relato, a vítima foi até a casa do vizinho acompanhada da mãe dele pegar mudas de beterrabas. Após a mãe do suspeito ir embora, ele assediou a jovem passando as mãos nos seus seios. Mesmo com a negativa da vítima, o suspeito continuou com os atos de abuso sexual.

Assustada e com medo a mulher voltou para casa, sendo ainda perseguida pelo vizinho. A vítima ligou para o seu esposo, momento em que o suspeito passou a ameaçá-la caso fosse revelado algo. 

Diante dos fatos graves, os policiais civis foram até a residência onde o suspeito foi preso em flagrante e encaminhado para delegacia. Depois de interrogado o conduzido foi autuado pelo crime de tentativa de estupro. Na delegacia foi constatada a agressão física contra a jovem, que apresentava uma mordida no pescoço. 

Conforme o delegado de Confresa, Matheus Soares Augusto, após a confecção dos autos a Polícia Civil representou pela conversão da prisão em flagrante do suspeito em prisão preventiva.

Veja Mais:  Polícia Civil abre inscrições para 15ª edição do Arte e Cultura que será on-line

Em seguida ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, ficando à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana