Policial

Polícia Civil cumpre mandados em investigação sobre crimes ambientais no sul do estado

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipes da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) cumpriram nesta quarta-feira (13.01) mandados judiciais de busca e apreensão em duas fazendas no sul do estado, localizadas no município de Itiquira (357 km ao sul de Cuiabá).

 

As buscas são para coletar elementos e embasar inquérito instaurado pela Delegacia de Maio Ambiente que investiga crimes ambientais, especialmente incêndios florestais, ocorridos na região e que supostamente tiveram origem a partir de ações humanas.

Durante o cumprimento dos mandados, os policiais da Dema apreenderam documentos, diversas armas de fogo sem registro, munições e aparelhos celulares. A origem das armas e munições será investigada pela Delegacia de Itiquira.

As ordens judiciais foram deferidas pelo juízo da Comarca de Itiquira.

O inquérito sobre as queimadas ocorridas no município de Itiquira está em andamento e, por enquanto, não há informações que possam ser divulgadas, a fim de não atrapalhar a investigação.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Ação conjunta resulta em cinco prisões e apreensão de 500 quilos de maconha

Policial

Investigado por crime bárbaro no sul de MT é localizado cinco anos depois

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Um homem investigado por um crime que chocou duas cidades no sul do estado foi preso nesta quinta-feira (14.01), em Primavera do Leste, após diversas diligências e informações compartilhadas entre a Delegacia de Guiratinga e a Delegacia de Roubos e Furtos de Primavera do Leste.

Na virada do ano de 2015, no município de Tesouro (379 km ao sul de Cuiabá) um casal de namorados estava comemorando as festividades de réveillon e próximo à ponte de um rio que passa pela cidade, os dois foram abordados e rendidos por um homem armado. O suspeito estuprou a mulher e, enquanto praticava o crime, ameaçou a outra vítima obrigando-a a presenciar a prática brutal.

Após cometer o abuso, o investigado seguiu com as vítimas no carro até a residência delas e obrigou o casal a dar dinheiro a ele. Depois os fez dirigir em direção à cidade de Guiratinga, onde pararam em um posto de combustível para abastecer o carro. No local, as vítimas aproveitaram a distração do suspeito para escapar, quando ele então fez três disparos causando pânico entre as pessoas que estavam no posto e fugiu em direção a Rondonópolis com o carro do casal.

Ao ser acionada, a Polícia Civil e a Militar iniciaram diligências para capturar o suspeito. Foram realizadas barreiras ao longo da rodovia, mas ele conseguiu escapar do cerco policial.

Veja Mais:  Usuários do SROP devem atualizar cadastro para acesso à nova versão do sistema

A Polícia Civil instaurou inquérito pelo estupro e roubo e desde então, a equipe continuou as diligências para identificar e localizar o fugitivo investigando locais onde ele poderia ter passado, após cometer os crimes nos municípios de Tesouro e Guiratinga.

Foi representada pela prisão preventiva, deferida pelo juízo da Comarca de Guiratinga.

Localização

No final do ano passado, os policiais obtiveram informação de que ele estaria escondido em uma área próxima ao anel viário, em Rondonópolis, onde praticava tráfico de drogas e trabalhava como vigia noturno. No local, policiais apreenderam 20 tabletes de maconha, pesando aproximadamente 14 quilos da droga. Com base nessas informações, a Polícia Civil continuou a monitorá-lo e nesta semana, o investigado foi localizado no bairro Primavera 3, em Primavera do Leste, onde a equipe da DERF fez a prisão.

Após a formalização do cumprimento do mandado judicial na delegacia, ele foi encaminhado à unidade prisional de Primavera e posteriormente seguirá para a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, em Rondonópolis.

O criminoso será indiciado no inquérito instaurado pela Delegacia de Guiratinga por estupro e roubo qualificado e responderá em Rondonópolis pelo tráfico de drogas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Ação conjunta resulta em cinco prisões e apreensão de 500 quilos de maconha

Publicado


Na noite desta sexta-feira(15.01), uma ação conjunta de policiais militares de Mato Grosso, de Goiás e agentes da Polícia Rodoviária Federal levou à apreensão de cerca de 500 quilos de maconha, precisamente 499 tabletes, e prisão de cinco suspeitos, sendo duas mulheres (de 19 e 31 anos), e três homens (de 33, 36 e 47 anos).

A droga estava na carroceria de uma caminhonete S10, coberta com lona preta. O veículo havia sido carregado com a droga do município de Camapuã, Mato Grosso do Sul, e teria como destino final a cidade de Rio Branco, capital do Acre.

Essa ação policial começou na BR-364, com uma equipe de policiais do 15º Batalhão da PM de Alto Araguaia, Mato Grosso, a partir de informações levantadas pelo serviço de inteligência sobre dois veículos suspeitos, uma S10 e um Fiat Toro. O segundo veículo, Toro, foi o primeiro a ser visto, em um restaurante na rodovia. Policiais das três instituições já haviam se organizado para a possibilidade de abordagens em diferentes pontos de MT e Goiás.

As prisões acabaram ocorrendo no estacionamento de um hotel a margem da rodovia no município goiano de Santa Rita do Araguaia. O Toro visto antes, depois descoberto como carro de apoio, estava parado próximo da caminhonete carregada com a droga.

Os dois veículos estavam locados em nome da mulher de 31 anos que viajava na caminhonete Toro ao lado do marido, e 36. O outro casal e um terceiro envolvido estavam na caminhonete S10. Os cinco admitiram o tráfico e disseram que receberiam R$ 10 mil dividir entre eles depois de entregar a droga no Acre, mas não revelaram que os contratou para essa missão criminosa.

Veja Mais:  Usuários do SROP devem atualizar cadastro para acesso à nova versão do sistema

Todos suspeitos, os dois veículos e a droga foram entregues pelas equipes da PMMT, PMGO e PRF na Delegacia de Polícia Civil Judiciária da cidade goiana de Mineiros.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Homem é executado a tiros na manhã deste sábado (16) em Rondonópolis

Publicado

Vítima ja sem vida caída ao solo

Mais um homicídio ocorreu na manhã deste sábado (16) em Rondonópolis na Rua J no Jardim Ana Carla.

Segunda as informações, moradores ouviram disparos de arma de fogo e ao saírem para averiguar o que tinha ocorrido, presenciaram a vítima, um homem, caído ao solo e ensanguentado com perfurações no tórax.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) foi acionado e constatou o óbito.

A Policia Militar isolou o local até a chegada da Perícia Oficial de Identificação Técnica (POLITEC). Até o fechamento da matéria não foi divulgada a identidade da vítima.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) passa a investigar o caso.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Batalhão Fazendário começa a registrar irregularidades fiscais no trânsito de mercadorias via app
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana