Policial

Polícia Civil desarticula principal organização criminosa atuante em roubos de defensivos agrícolas no Estado

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), deflagrou nesta quinta-feira (12.12), a operação “Fim da Linha”, com objetivo de dar cumprimento a 16 ordens judiciais contra a principal organização criminosa especializada em roubos de defensivos agrícolas no Estado.

Os mandados são cumpridos em 06 municípios do Estado de Mato Grosso, Cuiabá, Primavera do Leste, Poxoréu, Sinop, Sorriso e Lucas do Rio Verde. Seis pessoas alvos de mandados de prisão já foram presas, e o cumprimento das buscas continua em andamento.

Entre os presos estão, Fernando Serrando de Souza, conhecido como “Gordão”, Moisés Sales da Silva, o “Magrão”, Reinald Sthephanio Arouca de Moura, o “Rinodê”, Márcio Vieira Dias, conhecido como “Mineiro”, José Carlos Oliveira Duarte, o “Perninha” e Bruna Almeida Silva.

Outros dois integrantes do grupo, identificados como, Johne Ribeiro da Silva, o “John-John” e Cassiano de Lima Camargo, conhecido como “Cara de Arraia”, morreram durante confronto com a Polícia, no mês de outubro, ocasião em que um policial também ficou ferido.

As investigações iniciaram há cerca de um ano, conseguindo desarticular a principal organização criminosa especializada em roubos de defensivos agrícolas no estado de Mato Grosso. Durante os trabalhos, foram identificados os 08  principais integrantes do grupo criminoso responsável por pelo menos 11 roubos realizados no período de um ano.

Veja Mais:  PM recupera mais de 1.100 veículos; proprietários destacam presteza e emprenho dos policiais

Por meio de ações de inteligência e análise de dados, a GCCO conseguiu mapear e identificar 11 fazendas situadas em diversos municípios, as quais foram vítimas do mesmo grupo criminoso. De acordo com o delegado, Frederico Murta, que conduziu as investigações, em todos os fatos investigados os criminosos atuavam sempre da mesma maneira.

“Cerca de 10 indivíduos fortemente armados e com uso de coletes balísticos, rendiam e amarravam os moradores e funcionários das fazendas, cortando ainda todo tipo de comunicação. Valendo de muita violência e graves ameaças às vítimas que permaneciam amarradas por horas”, explicou o delegado.

Após a ação criminosa, os suspeitos fugiam do local levando todo o estoque de defensivos agrícolas, veículos, armas e outros pertences das vítimas.

Ao longo das investigações realizadas pela GCCO, foram realizadas várias prisões em flagrante e, além das cargas recuperadas foram apreendidas 06 armas de fogo, um colete balístico e vários veículos pertencentes à organização criminosa.  

O grupo criminoso foi responsável pelo roubo ocorrido no mês de outubro em Lucas do Rio Verde. Na ocasião, após realizarem um roubo, os criminosos reagiram a uma ação policial no município de Lucas do Rio Verde, no momento em que faziam o transbordo da carga roubada.

No momento da abordagem, houve um confronto entre os criminosos e policiais da GCCO, culminando com um policial ferido e dois criminosos mortos. Na ação, foi recuperada uma carga avaliada em mais de R$ 1 milhão, que havia sido roubada de uma das fazendas dois dias antes.

Veja Mais:  Polícia Civil prende dois homens em flagrante que tentavam extorquir vítima em Cuiabá 

Para o delegado geral, Mario Dermeval Aravéchia de Resende, a operação demonstra que a Polícia Judiciária Civil está empenhada no combate ao roubo de defensivos agrícolas.

“A desarticulação da organização criminosa apontada como principal atuante em roubos de defensivos no Estado demonstra que a Polícia Civil está aprimorando e fortalecendo as ações de combate a roubos, furtos e contrabandos de agrotóxico em Mato Grosso”, destacou Mario Resende.

A operação contou com o apoio das delegacias de Sinop, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Primavera do Leste e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

 

Policial

Foragido da justiça de São Paulo é pego com armas de fogo em Paranaíta

Publicado


.

Policiais militares em Paranaíta (a 851 km de Cuiabá) capturaram nesta quinta-feira (13.08), um homem foragido da justiça. Durante o procedimento, os agentes apreenderam uma pistola 380, 44 munições do mesmo calibre e duas espingardas de calibres 28 e 36, sem munições.

A equipe foi informada que o homem estaria escondido na propriedade rural da família depois de fugir de uma unidade prisional na cidade de Ourinhos, em São Paulo. O mandado de captura foi expedido pela Comarca da cidade de Bauru pelo crime de tráfico de droga. A captura contou com apoio da equipe de Força Tática da cidade de Alta Floresta.

Os policiais chegavam à propriedade quando identificaram o denunciado que estava próximo do curral. Ele estava armado com uma pistola quando recebeu ordem de prisão, mas reagiu apontando a arma na direção dos policiais que revidaram. O homem foi atingido com um tiro no tornozelo esquerdo e encaminhado a uma unidade de saúde. A pistola que carregava foi apreendida com 14 munições.

Na vistoria no imóvel, os militares encontraram mais 30 munições do mesmo calibre e as duas espingardas. No Hospital Regional de Alta Floresta, o homem ficou sob a responsabilidade da equipe da Policia Judiciária Civil. Na ação, uma mulher foi detida por ter conhecimento da situação do criminoso e mesmo assim auxiliá-lo e escondê-lo.

Veja Mais:  Homem é executado na frente do filho na Vila Mineira em Rondonópolis

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Continue lendo

Policial

PRF apreende 114 comprimidos de anfetamina e carga de minério sem documento fiscal.

Publicado


.

O “nobésio forte” é da família das anfetaminas, que agem diretamente no sistema nervoso central. 

Às 18h de 12/08/2020, em fiscalização de rotina no km 211 da BR 364, em frente a unidade Operacional de Rondonópolis, foi dada ordem de parada ao cavalo trator Volvo FH 540.

Durante todo o tempo da abordagem, o motorista se mostrou alterado, com mudanças de comportamento e humor, de colaborativo a agressivo com a equipe policial. Foi realizada busca no interior da cabine do veículo, sendo encontrados 08 (oito) envelopes de anfetaminas da marca Nobésio Extra Forte, anfetamina esta popularmente conhecida no meio dos motoristas como “rebite”, cuja finalidade é a de manter o estado de alerta por várias horas consecutivas.

Essa conhecida droga ilícita é da família das anfetaminas, que agem diretamente no sistema nervoso central e faz com que as capacidades físicas e psíquicas fiquem mais rápidas por um determinado tempo.

Com o objetivo de conseguir dirigir por várias horas sem parar, muitos motoristas usam as anfetaminas para criar essa resistência, porém muitos deles não sabem ou ignoram as consequências do rebite.

Durante a fiscalização do disco diagrama do veículo, a equipe constatou que o motorista dirigia por várias horas consecutivas, sem parada para o descanso regulamentar, ignorando os preceitos do Artigo 67-A do CTB (descumprimento do descanso obrigatório, previsto na lei 9.503/97).

Veja Mais:  PM recupera mais de 1.100 veículos; proprietários destacam presteza e emprenho dos policiais

A carga que era transportada tratava-se de Minério e possuía uma nota com destino a campo grande-MS, com data de validade de 11/08/2020.

Após realizada a documentação necessária, o motorista foi conduzido pela equipe policial até o plantão da 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis-MT, onde foi apresentado à Autoridade Policial para os procedimentos cabíveis.

SECOM PRF MT
e-mail: [email protected]
Instagram: @prf_mt

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

PM impede furto em igreja católica de Cuiabá; um suspeito foi preso

Publicado


.

Nesta sexta – feira (14) policiais 21ª Companhia Independente de Polícia Militar flagraram um homem de 27 anos furtando a Igreja Nossa Senhora Guadalupe, no bairro Morada do Sol, em Cuiabá. O suspeito foi preso em flagrante. A PM recuperou a maleta com microfones e outros objetos que já havia sido colocado do lado de fora da igreja.

A Polícia Militar foi acionada via 190 para verificar uma ocorrência de furto na igreja por volta das 4h30 da manhã. De imediato, a PM foi ao endereço, entrou no local acompanhada da equipe de monitoramento de segurança privada. Durante a checagem os militares flagraram o suspeito embaixo de uma escada, ele recebeu voz de prisão e se entregou à polícia.

Já do lado de fora da igreja, os policiais encontraram uma maleta com dois microfones e outros acessórios prontos para serem levados na ação criminosa. O suspeito contou para a polícia que estava praticando o furto no local com outro homem e que esse ao perceber a chegada da PM fugiu. O homem disse que seu comparsa o convidou para furtar pedaços de cobre dos aparelhos de ar condicionado da igreja.

O suspeito foi conduzido e entregue à Delegacia de Polícia Civil.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

Veja Mais:  Foragido da justiça de São Paulo é pego com armas de fogo em Paranaíta
Fonte: PM MT

Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana