Policial

Polícia Civil prende mulher que tentava transferir veículo utilizando documento falso

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Uma mulher que usava documento falso para transferir para o seu nome a motocicleta do marido já falecido foi presa em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (23.01), em ação realizada pela equipe da Divisão Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Sorriso (442 km ao Norte de Cuiabá).

As diligências iniciaram após a equipe da DERF ser acionada pelo cartório do 2º Ofício da Comarca de Sorriso. Segundo as informações, na segunda-feira (20), a mulher compareceu no estabelecimento para fazer o reconhecimento de sua assinatura, porém ao entrarem em contato com cartório de Várzea Grande foi informado que se tratava de uma falsificação.

Também foi informado que o selo de autentificação não foi gerado pelo Cartório de Várzea Grande, como constava no documento de Certificado de Registro de Veículo, apresentado pela suspeita. Ao ser abordada pelos policiais da DERF, a suspeita disse que a motocicleta estava em nome do seu marido, que faleceu há dois anos.

Ela disse que o veículo estava apreendido e precisava dele para trabalhar e por isso procurou o proprietário de uma autoescola em Matupá que disse que poderia ajudar na liberação do veículo, cobrando R$2,5 mil para “fazer os documentos” e reconhecer firma. Após receber os documentos, a mulher foi orientada a fazer o reconhecimento da assinatura no Cartório de Sorriso, ocasião em que foi descoberta.

Veja Mais:  Policiais militares resgatam cadela e prende mulher por maus- tratos aos animais

Diante da situação, a suspeita foi conduzida a Delegacia de Sorriso, onde após ser interrogada foi autuada em flagrante pelo crime de uso de documento falso. As investigações continuam em andamento para localizar o suspeito de falsificar os documentos.

 

Fonte: PJC MT

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de casal por latrocínio que vitimou idoso em Tangará da Serra

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

O casal apontado como principal suspeito do latrocínio que vitimou um idoso, de 81 anos de idade, no município de Tangará da Serra (239 km a médio norte de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, após ser identificado em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

O crime que vitimou Lorival Tasca ocorreu na sexta-feira 04 de setembro, na residência do idoso, na Agrovila 12, Assentamento Antônio Conselheiro. Na ocasião, os suspeitos espancaram a vítima para roubar um aparelho de TV 32 polegadas.

A vítima morava sozinha e o fato só foi percebido na segunda-feira (07) pelos vizinhos, quando o idoso foi socorrido e encaminhado para o hospital. Devido a gravidade dos ferimentos, o idoso não resistiu e morreu cinco dias após o ocorrido.

Assim que foi acionada dos fatos,, a equipe da Derf iniciou as investigações, conseguindo informações sobre os possíveis autores do crime, um casal que morava em sítio na Agrovila 18, local conhecido por aglomerações de pessoas para uso de drogas e bebidas alcoólicas.  

Com base nos elementos colhidos nas investigações, o delegado Edmar de Faria Filho, representou pelo mandado de prisão preventiva dos suspeitos pelo crime de latrocínio, os quais foram deferidos pela Justiça.  O suspeito foi preso na terça-feira (22) em Campo Novo do Parecis onde já cumpria pena por envolvimento em outro roubo.

Veja Mais:  Policiais militares resgatam cadela e prende mulher por maus- tratos aos animais

Já a mulher teve a ordem de prisão cumprida na manhã de quarta-feira (23) no município de Tangará da Serra. Interrogados, os suspeitos confessaram o crime e disseram que entraram para roubar, porém o idoso acordou enquanto eles estavam na casa. 

Após o roubo, o casal fugiu e abandou a televisão e a motocicleta utilizada no crime.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

PRF recupera motocicleta com adolescente em Pontes e Lacerda/MT

Publicado


.

Um jovem, de 15 anos foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na manhã de quinta-feira (23), ao
ser abordado com uma motocicleta roubada, no município de Pontes e Lacerda.

Por volta das 9h, a equipe de plantão realizava ronda na BR-174, quando visualizou um rapaz com duas mochilas próximo a moto de cor azul sem placa. Ao ser abordado, o jovem que não portava documentos, informou aos policiais seus dados pessoais e o nome de sua mãe.

Relatou  que sua mãe reside em um sítio, entre Nova Lacerda e Comodoro, não apresentando contato telefônico de familiar ou de responsável apto a assumir o compromisso de comparecimento em audiência.

Os policiais realizaram uma fiscalização nos elementos identificadores do veículo e em consulta aos sistemas, constataram haver registro de roubo/furto.

O menor declarou que adquiriu a motocicleta em Conquista D’Oeste, em 22 de agosto, de uma pessoa que desconhece o nome. Sendo o veículo entregue pelo vendedor em um posto de combustível em Pontes e Lacerda, vindo transportada em um caminhão boiadeiro.

Informou aos PRF’s que sua mãe reside em um sítio, entre Nova Lacerda e Comodoro e não apresentou nenhum contato telefônico de familiar ou de responsável apto a assumir o compromisso de comparecimento em audiência.

A ocorrência foi encaminhado para Polícia Civil, em Pontes e Lacerda.

SECOM PRF MT
e-mail: [email protected]
Instagram: @prf_mt
Para emergências e denúncias, ligue 191

Veja Mais:  PRF recupera motocicleta momentos após assalto, em Cáceres/MT

 

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende homem investigado por estupro de enteada, que tem necessidades especiais

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (Dedm) de Cáceres cumpriram nesta quarta-feira (23) um mandado de prisão preventiva contra um líder religioso investigado por estupro de vulnerável. O crime foi cometido contra a enteada do suspeito, que tem necessidades especiais.

 

Inquérito foi instaurado pela delegacia para apuração do crime. Irmãs da vítima flagraram o padrasto, de 59 anos, mantendo relação sexual, durante a madrugada, com a vítima e contaram sobre o fato à mãe delas.  A vítima afirmou que os abusos ocorreram por diversas vezes e, principalmente, durante a noite, enquanto todos dormiam. A mãe da vítima questionou o suspeito e ele não se explicou, apenas saiu da casa.

Na delegacia, o suspeito alegou que confundiu a enteada com sua esposa, pois segundo ele, ambas tem o mesmo tipo de corpo.

Laudos periciais solicitados comprovaram o abuso sexual e com base nas provas, a delegada Judá Maali Marcondes representou à Justiça pela prisão preventiva do investigado.

Ele foi encaminhado para a unidade prisional de Cáceres, onde permanece à disposição da justiça.

Fonte: PJC MT

Veja Mais:  Homem é pego com droga e oferece dinheiro a policiais para não ser preso em Várzea Grande
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana