Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis abre mais 10 leitos de UTI com recursos próprios

Publicado


A Prefeitura de Rondonópolis coloca a disposição da população nesta sexta-feira (30) mais dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) instalados no Hospital de Retaguarda Antônio dos Santos Muniz. O prefeito José Carlos do Pátio e o secretário de Saúde do município, Vinícius Amoroso, lideraram uma visita à nova estrutura do hospital que marcou o início da operação dos leitos que são exclusivos para pacientes acometidos pela covid-19.

Agora o Hospital de Retaguarda conta com 20 leitos de UTI para atender casos de covid, exclusivamente para moradores de Rondonópolis, visto que o investimento feito pela Prefeitura na compra das máquinas, agora na manutenção dos leitos e os custos com a equipe médica está sendo feito integralmente com recursos do município.

À frente da pasta de Saúde do município, Vinícius Amoroso, considera que o dia é de comemoração, visto que com essa nova estrutura as pessoas que precisarem de um tratamento avançado em saúde poderão contar com mais dez leitos. Ele acredita que de certa forma é um alívio para a população saber que se precisar de um leito de UTI pode contar com essa nova estrutura montada pelo município.

Com a abertura dos novos leitos, a Prefeitura busca agora a reclassificação de risco. Rondonópolis encontra-se atualmente com alto risco e com a nova estrutura, espera-se que a cidade baixe o índice e fique classificado como moderado.

Veja Mais:  Prefeitura de Rondonópolis paga salário de servidores nesta terça (30)

O prefeito José Carlos do Pátio lembra que hoje, Rondonópolis conta com 20 leitos de UTI que estão sendo custeados integralmente pelo município. Mesmo com todo o esforço para melhorar a estrutura de saúde, o prefeito comenta que a única solução para conter a doença é a vacina e lamenta que Mato Grosso está recebendo menos doses que o Mato Grosso do Sul que tem uma população menor.

Pátio fez questão de agradecer o apoio da Câmara Municipal que entendeu a necessidade da liberação de todo esse investimento. O vereador Roni Magnani, presidente da Câmara, juntamente com representantes da Comissão de Saúde e outros vereadores também participou do ato que marcou o início da operação dos novos leitos de UTI.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Tecnologia 5G que irá melhorar produtividade no agronegócio é lançada em Rondonópolis

Publicado

Projeto piloto está sendo testado em fazenda modelo do IMA

Foto: Assessoria

Uma nova tecnologia que irá possibilitar aumento da produtividade e inovação para soluções no agronegócio. Essa é a proposta da 5g Standalone, ferramenta apresentada na terça-feira (11) pelas empresas de telecomunicações TIM e Nokia, em parceria com a Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) e a ConectarAgro.

O piloto do projeto foi demonstrado na área rural do município de Rondonópolis (240 km de Cuiabá), na sede do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMA). Na apresentação, transmissões em tempo real de vídeos feitos em 4k e produzidos a partir de imagens obtidas por drones. A tecnologia permite, por exemplo, fazer a inspeção do plantio em tempo real.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, participou do lançamento e exaltou a possibilidade que os agricultores passarão a ter de controlar em tempo real o manejo do plantio. “Temos que democratizar a tecnologia 5G, fazer com que ela seja acessível a todos. Essa é uma ferramenta que irá melhorar a produtividade e muito”.

Para o presidente da ConectarAgro, Gregory Riordan a tecnologia viabiliza uma série de benefícios que ultrapassam o plantio, e permeiam a inclusão digital. “Consegue-se produzir melhores dados para análise o que possibilita por exemplo, redução de agroquímicos, diminuir número de incidentes. Além disso, ela facilita a educação formal e técnica”.

O presidente da Ampa, Paulo Aguiar, explica em linhas práticas, de que forma a 5g Standalone impulsiona a produtividade. Ele pontua que ela permite que o produtor inspecione o plantio, habilitando soluções que podem ser aplicadas à colheita e ao manejo agrícola. Além disso, a gestão de equipamentos e a intercomunicação são facilitadas.

Veja Mais:  Saúde amplia locais de vacinação para idosos acima de 73 anos

“Isso é algo que viabiliza uma resposta rápida no dia a dia. Permite que o produtor rural monitore de forma instantânea por 24 horas ao dia o que está acontecendo nas lavouras. Os dados são enviados diretamente para a pessoa que pode solucionar os problemas. A informação é rápida, confiável, possibilitando decisões mais assertivas”, ressalta Aguiar

Participaram ainda do evento de lançamento, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, o vice-presidente de negócios da TIM, Paulo Gouveia, o Senador Wellington Fagundes, os Deputados Federais Sérgio Souza e Alceu Moreira, presidente e ex-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária e o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio.

Também estiveram presentes Alexandre Schenkel, presidente do Sindicato Rural de Campo Verde e lideranças associativas e sindicais regionais e estaduais.

NOVA TECNOLOGIA

A 5G Standalone é uma ferramenta que independe da estrutura da 4G para funcionar e está sendo encampado pelas empresas de comunicação e Ampa, com o apoio do Conectar Agro. O projeto que foi apresentado ao agronegócio, é o segundo de uma série de 20 que o Ministério das Comunicações apresentará até o fim do ano para diferentes áreas.

O primeiro, foi demonstrado na semana passada, com a ativação de rede do Palácio do Planalto, em Brasília.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Prefeitura e Sanear buscam recursos para obras de saneamento em Brasília

Publicado


O diretor geral Interino do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) Hermes Ávila de Castro juntamente com o representante do escritório de Rondonópolis em Brasília Paulo José Correa se reuniram na última terça-feira (11) na Secretaria Regional de Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional – MDR com o secretário da pasta Pedro Maranhão e o deputado Federal José Medeiros para tratar da liberação de recursos que serão investidos em obras de saneamento básico em Rondonópolis. 

“Esta reunião tem o objetivo de trazer recursos para melhorar e atingir a universalização do saneamento em Rondonópolis, que já possui mais de 92% de rede de esgotamento sanitário e trata 100% do esgoto coletado”, disse Hermes Ávila.

O bom desempenho da Autarquia rumo à universalização do saneamento no cenário Nacional já rendeu o prêmio pela primeira colocação do Centro Oeste no quesito cidade de grande porte no Ranking da Universalização do Saneamento nos anos de 2019 e 2020, oferecido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes). E também, o prêmio do Instituto Trata Brasil 2019, por ser a Cidade com uma das melhores iniciativas em prol ao avanço do saneamento básico de todo o país.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Saúde amplia locais de vacinação para idosos acima de 73 anos
Continue lendo

Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis e Sanear buscam recursos para obras de saneamento em Brasília

Publicado

Foto: Assessoria

O diretor geral Interino do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) Hermes Ávila de Castro juntamente com o representante do escritório de Rondonópolis em Brasília Paulo José Correa se reuniram na última terça-feira (11) na Secretaria Regional de Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional – MDR com o secretário da pasta Pedro Maranhão e o  deputado Federal José Medeiros para tratar da liberação de recursos que serão investidos em obras de saneamento básico em Rondonópolis.

“Esta reunião tem o objetivo de trazer recursos para melhorar e atingir a universalização do saneamento em Rondonópolis, que já possui mais de 92% de rede de esgotamento sanitário e trata 100% do esgoto coletado”, disse Hermes Ávila.

O bom desempenho da Autarquia rumo à universalização do saneamento no cenário Nacional já rendeu o prêmio pela primeira colocação do Centro Oeste no quesito cidade de grande porte no Ranking da Universalização do Saneamento nos anos de 2019 e 2020, oferecido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes). E também, o prêmio do Instituto Trata Brasil 2019, por ser a Cidade com uma das melhores iniciativas em prol ao avanço do saneamento básico de todo o país.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Prefeito participa de missa de corpo presente e das últimas homenagens a Dom Juventino
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana