Rondonópolis

Prefeitura fará loteamento para atender famílias de baixa renda que aguardam por moradia

Publicado

Foto: Ilcimar Aranhas/PORTAL MT

A Câmara Municipal de Rondonópolis aprovou o Projeto de Lei nº 316 de 29 de julho de 2019 autorizando o Poder Executivo a adquirir duas áreas: uma de pouco mais de nove hectares e outra de 35 hectares na região da Vila Paulista. O valor da compra é de R$ 6 milhões e o local será dividido em 1,5 mil lotes destinados a atender famílias que estão cadastradas na Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo.

O novo loteamento que será criado pelo município já contará com a infraestrutura básica necessária como pavimentação primária, e redes de água e elétrica. Os lotes serão destinados às famílias de baixa renda inclusas no Cadastro Único.

O prefeito Zé Carlos do Pátio explica que o loteamento se faz necessário para reduzir o déficit habitacional de Rondonópolis que hoje atinge mais de 15 mil famílias, que estão cadastradas a espera de uma moradia. “O problema de falta de moradia é sério em Rondonópolis e por isso a Prefeitura precisa criar políticas públicas habitacionais para garantir dignidade para a população que não tem onde morar”, destaca.

Segundo o prefeito, Rondonópolis teve aumento no número de habitantes, com elevação do déficit habitacional, mas a política pública de habitação do Governo Federal não tem atendido a contento a população. Hoje, a cidade conta com dois conjuntos habitacionais do Governo Federal que estão com as obras paralisadas. “Se o Governo Federal não cumpre a parte dele de finalizar as obras em andamento e entregar as moradias para as famílias que precisam, o município precisa fazer algo”, ressalta.

Veja Mais:  Obra de ampliação do PSF da Vila Adriana é concluída

Pátio agradeceu o empenho de todos os vereadores que aprovaram o projeto de lei autorizando o município a comprar a área e posteriormente lotear e urbanizar com rapidez. “É muito importante esse apoio da Câmara Municipal, pois temos urgência em iniciar uma política municipal de habitação já que o Governo Federal vem sendo omisso”, finaliza.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Prefeitura avança com o maior programa de revitalização asfáltica da história do município

Publicado


.

A Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), avança com mais uma etapa de obras de rejuvenescimento do pavimento asfáltico de ruas e avenidas da cidade. Ao todo serão revitalizados nesta etapa de trabalho mais de 60 quilômetros de asfalto. 

No momento, a revitalização, por meio de uma moderna tecnologia, conhecida como microrrevestimento asfáltico a frio, conta com duas frentes de trabalho. Serão beneficiados com esta restauração mais de 30 bairros e também vias importantes para a mobilidade urbana. 

Atualmente, as equipes de serviços da frente de trabalho, que está sob a responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), estão no bairro Monte Líbano, onde diversas ruas já ganharam um novo visual com o rejuvenescimento do asfalto.

Além disso, a Coder concluiu na última semana a restauração do asfalto das ruas 13 de Maio e Otávio Pitaluga, duas vias de grande circulação de veículos da cidade. As duas vias foram contempladas com microrrevestimento no trecho que fica entre as avenidas Frei Servácio e Kamal Jumblat. 

Uma outra frente de trabalho, iniciado em maio, por uma empresa contratada pela prefeitura, por meio de licitação, trabalha esta semana na restauração asfáltica de vias da Vila Olga Maria. Dos mais de 548.926.840 metros quadrados previstos para aplicação do microrrevestimento, a empresa já executou em mais de 117 mil metros quadrados.  

Veja Mais:  Obra de ampliação do PSF da Vila Adriana é concluída

Maior da história
A intervenção em andamento faz parte do maior programa de revitalização asfáltica implementado pela prefeitura na história do município. Esse ano, por exemplo, a administração municipal já concluiu o serviço de aplicação de microrrevestimento em mais de 380 mil metros quadrados de ruas e avenidas de diversos bairros da região da Vila Operária, a mais populosa da cidade. 

Além disso, já realizou desde 2017 o recapeamento das vias do quadrilátero central com CBUQ e, ainda, já fez a aplicação da lama asfáltica em ruas de vários bairros. Viabilizadas com recurso próprios, as obras de revitalização asfáltica da malha viária da cidade objetivam melhorar as condições do pavimento para trafegabilidade de veículos, além de valorizar e melhorar o visual das ruas e avenidas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis acata decisão judicial que determina suspensão das atividades não essenciais

Publicado

Foto: Ilcimar Aranhas;Portal MT

A Prefeitura de Rondonópolis acatou a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), processo nº 1021189-51.2020.4.01.0000 que obriga a suspensão das atividades não essenciais no município. Fica autorizada a funcionar apenas serviços considerados essenciais para população, com base no decreto federal nº 10.282.

Assim, todas as decisões estão sendo tomadas para cumprir a determinação judicial. Com a decisão fica suspenso cautelarmente a eficácia do Decreto Municipal nº: 9.480 de 16 de abril de 2020.

O decreto 9.604 entra em vigor a partir da sua publicação com efeitos a partir desta terça-feira (14/07).

Veja o Decreto Municipal: http://www.rondonopolis.mt.gov.br/media/docs/edicoes/2020/July/2edc6a07-fa70-41e0-8976-c5da313be53a.pdf

Decreto federal com as atividades essenciais
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/decreto/D10282.htm

Comentários Facebook
Veja Mais:  Covid-19: Secretaria de Saúde esclarece número de óbitos em Rondonópolis 
Continue lendo

Rondonópolis

Sanear interrompe abastecimento no setor Monte Líbano para reparo em registro

Publicado

.

A equipe do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis – Sanear vai implantar, nesta terça-feira (14), um registro na adutora de água da avenida Fernando Correia da Costa. Para tanto, precisará interromper o abastecimento em alguns bairros durante o período da manhã. A equipe da autarquia informa que o reabastecimento ocorrerá de forma gradativa devido ao número de bairros atingidos pela intermitência.

A equipe do Sanear pede que, durante este período, os moradores racionem água, bem como, não realizem atividades que possam aumentar o consumo em suas casas, pois a distribuição é gradativa, levando um pouco mais de tempo para que todas as residências sejam abastecidas normalmente.

BAIRROS AFETADOS

O abastecimento ficará interrompido no setor Monte Líbano, sendo os bairros Jardim Guanabara, Residencial Quitéria Teruel, Monte Líbano, Santa Marta, João de Barro, Novo Horizonte, Jardim Liberdade, Jardim Novo Horizonte, Jardim HD, Jardim Tropical, Jardim Belo Horizonte, Jardim Gramado, Jardim Kênia, Jardim Esmeralda, Parati, Vila Carvalho, Panvile, Jardim América, Vila Andrea, Residencial Violeta, Vila Birigui, Residencial Orquídea e Pindorama.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Mais de 50% dos pacientes diagnosticados por Covid-19 estão curados em Rondonópolis
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana