Rondonópolis

Prefeitura reforma unidades do CRAS – Centros de Referência e Assistência Social da cidade

Publicado


Dando seguimento ao programa de restauração e reforma da estrutura patrimonial pública do município, que inclui a rede de educação e de saúde, entre outras; a Secretaria Municipal de Infraestrutura de Rondonópolis (SINFRA), está realizando obras de reforma geral em seis, unidades dos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) da cidade. O volume de investimentos públicos nas obras, chega a casa dos R$ 952.251,06. 

Conforme informações da Sinfra, as unidades localizadas nos bairros: Conjunto São José; Residenciais: Alfredo de Castro; Jardim Ana Carla (I e II); Jardim Iguaçu e, Cidade Alta, estão passando por reformas nas suas estruturas, que incluem pinturas, readequações elétricas e hidráulicas, bem como, ampliações de ambientes, entre outras.

Na unidade do Conjunto São José por exemplo; estão sendo investidos R$ 198.082,01; na Unidade do Jardim Iguaçu, são R$ 138.943,07; No CRAS Cidade Alta, R$193.148,89 e, nas duas unidades do Ana Carla (I e II), serão: R$ 115.451,24 e, R$ 215. 551,84, respectivamente, bem como no Alfredo de Castro, R$ 91.074,01; totalizando, R$ 952.251,06.

Segundo a Sinfra, nestes locais estão sendo executados trabalhos, como: troca de piso, telhado, forração, readequação da parte elétrica, hidráulica; restauração de cozinha, e criação de mais ambientes (salas); onde alguns deles abrigarão o almoxarifado; além, de pinturas, entre outras, o objetivo desses trabalhos será melhorar o conforto, a acessibilidade e, o atendimento da clientela.

Veja Mais:  Vereador Cláudio da Farmácia testa positivo para Covid-19

Para a Secretária de Assistência Social, Neiva de Cól, esse trabalho da prefeitura; “os serviços de reforma e ampliação dos CRAS – Centro de Referência em Assistência Social, possibilitaram a adaptação dos espaços garantindo acessibilidade, adequações das estruturas internas favorecendo as atividades em grupos e os atendimentos técnicos. As melhorias internas nas estruturas de cozinha foram realizadas para possibilitar melhores condições na produção dos lanches oferecidos aos usuários durante os grupos de convivência, bem como, a realização de cursos na área da culinária. Com isso a equipe de profissional de cada unidade usufruirá de ambiente adequado para a realização das atividades. Vale lembrar que em análise técnica anterior, finalizada pela SETASC/Ministério da Cidadania havia apontamentos desfavoráveis quanto a estrutura física das unidades. Após as reformas e adequações, o município atende as normativas regulamentadas para a oferta dos serviços”, concluiu.

O QUE SÃO OS CRAS?
Na verdade, este é um serviço do Ministério da Cidadania, realizado em parceria com a Prefeitura Municipal, via Secretaria de Assistência Social, que atende famílias e pessoas em situação de vulnerabilidade social, ou que estão passando por dificuldades do dia a dia. 

No geral, os CRAS atendem pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único, beneficiários do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros. 

Veja Mais:  Moradores do Bairro Nova Era em Rondonópolis se preocupam com cratera aberta no asfalto

O Centro de Referência, é um local público onde são oferecidos os serviços de Assistência Social. Lá o interessado pode fazer a sua inscrição no Cadastro Único; obter orientação sobre os benefícios sociais; solicitar apoio para resolver dificuldades de relacionamento e de cuidados com os filhos; fortalecer a convivência com a família e com a comunidade; ter acesso a serviços, benefícios e projetos de assistência social; obter orientação sobre o que fazer em casos de violência doméstica; além de obter orientações sobre outros serviços públicos.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Domingo (17): Rondonópolis registra 4 mortes e contabiliza 450 óbitos por Covid-19

Publicado

Unidade de Pronto Atendimento de Rondonópolis-Foto: Assessoria

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, neste domingo (17), mostrou que foram registradas 4 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas em Rondonópolis. Apesar disso, 16.428 casos da Covid-19 foram diagnosticados desde o início da pandemia. 15.562 pacientes recuperados, ainda há 416 casos ativos e 450 óbitos.

As vítimas se tratam de três mulheres de 70,75,78 anos e um homem de 95  anos.

O Boletim aponta também que houve uma diminuição de pacientes nas UTIs públicas e privadas na cidade.

Situação dos Leitos de UTI por Hospital

Hospital Natureza Total Ocupados Disponíveis Ocupação (%)
Santa Casa publico 20 14 6 70.0 %
Hospital Regional publico 10 9 1 90.0 %
UNIMED privado 1 8 -7 800.0 %

 

Veja o Boletim Epidemiológico completo. 

Comentários Facebook
Veja Mais:  Construção de UBS de Vila Operária entra na fase final
Continue lendo

Rondonópolis

Seletiva para ator ‘Pornô’ em Rondonópolis termina com Boletim de Ocorrência

Publicado

 

Um servidor público e um amigo não identificados, ambos de 41 anos, procuram a Polícia Civil após terem seus números de telefone inclusos em um anúncio de contratação de atores de filmes pornográficos que circula na internet desde ontem (14).  O caso foi registrado nessa quinta (14) no bairro Vila Operária, no município de Rondonópolis (a 217 Km de Cuiabá).

Uma das vítimas relatou no Boletim de Ocorrência que recebeu um anúncio para contratação de ator pornô e que os números de telefone celular dele e de mais um amigo estavam fixados na imagem que rivalizou nas redes sociais nessa quinta.

No anúncio constava vários requisitos aos interessados em ser um ator pornô, como por exemplo, não ter vergonha, disponibilidade para viagens, pênis mínimo de 13 centímetros e não ter nojo do órgão feminino. O cachê ofertado era de R$ 1,6 mil. Para participar da seletiva, os candidatos teriam que pagar R$ 15,00 reais.

Da redação com RD News

Comentários Facebook
Veja Mais:  Após intervenção de Claudinei, Coder recupera ponte que liga a comunidade da Três Pontes
Continue lendo

Rondonópolis

Diagnosticado com covid-19 por duas vezes, radialista Gino Rondon recebe alta médica

Publicado

Flávia ( de amarelo) comemora alta do pai Gino Rondon: “Só quero abraçar e levar ele para a casa”. (Foto: Henrique Kawaminami)

Diagnosticado com covid-19 por duas vezes, o radialista Gino Rondon, 66 anos, cruzou a porta do Hospital da Unimed na tarde deste sábado (dia 16) com status de sobrevivente.

“É um milagre. Ele tem diabetes, pressão alta, três stents no coração. Mas venceu. O médico disse que a situação era gravíssima”, afirma a filha Flávia Rondon, 40 anos.

A dupla vitória de Virgínio Aleixo Rondon Gomes da Silva, o Gino Rondon, sobre a doença é uma história que começa ser contada em setembro de 2019. Ele é chefe de gabinete em Itiquira (Mato Grosso) e fez exame naquela ocasião após contato com caso positivo. A doença foi confirmada, mas veio com sintomas leve, tratados em casa.

Em 4 de dezembro, Gino chegou a Campo Grande, onde mora a filha, para se submeter a procedimento de cateterismo, que estava agendado para dia 8. Logo na chegada, apresentou sintomas gripais e teve o segundo exame positivo para o novo coronavírus.

Gino (à direita) teve covid duas vezes e, na última, precisou ser entubado. (Foto: Henrique Kawaminami)

Ele ficou isolado na casa da filha. Mas, na sequência do diagnóstico, veio a torrente de problemas de saúde: infarto e edema agudo pulmonar. “Ele ficou muito fragilizado pela covid”, conta Flávia.

Veja Mais:  Diagnosticado com covid-19 por duas vezes, radialista Gino Rondon recebe alta médica

No dia 4 de janeiro, o quadro se agravou  e o paciente foi internado às pressas no hospital com severa falta de ar. Na madrugada seguinte foi entubado. Sem poder estar perto, a família se valeu da fé, com campanha de orações.

Gino respondeu bem ao tratamento, os aparelhos foram sendo retirados e, finalmente,  pôde trocar a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por um quarto. “Deu o sopro da vida novamente. Chegou morrendo, a respiração dele zerou. Só quero abraçar e levar ele para a casa”, diz Flávia.

Da redação com Campo Grande News

Comentários Facebook
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana