Mato Grosso

Quinta-feira (02): Mato Grosso registra 18.356 casos e 706 óbitos por Covid-19

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (02.07), 18.356 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 706 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As 43 mortes mais recentes envolveram residentes de Cuiabá, Paulo Ramos (MA), Sorriso, Pontes e Lacerda, Sinop, Várzea Grande, Barra do Garças, Ipiranga do Norte, Rondonópolis, Nobres, Cáceres, Nova Santa Helena, Primavera do Leste e Juína. 

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (4.342), Várzea Grande (1.396), Rondonópolis (1.341), Sorriso (796), Lucas do Rio Verde (714),  Primavera do Leste (696), Tangará da Serra (686), Sinop (493), Nova Mutum (487), Pontes e Lacerda (444), Campo Verde (376), Confresa (318), Cáceres (314), Barra do Garças (246), Colíder (236), Campo Novo do Parecis (226), Querência (215), Sapezal (205), Peixoto de Azevedo (182) e Jaciara (175). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

Nas últimas 24 horas, surgiram 968 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas 13 ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, um caso anteriormente notificado em Confresa foi reposicionado para Santa Cruz do Xingú, município de residência do paciente.

Veja Mais:  Com foco na integração, Plano Estratégico 2020-2025 do TCE-MT tem 95 programas e projetos a serem implementados

Dos 18.356 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.002 estão em isolamento domiciliar e 6.985 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 226 internações em UTI e 299 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 94,2% para UTIs e em 43,9% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49% masculino; além disso, 4.946 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 20.784 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.423 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Nesta quinta-feira (02), o Governo Federal confirmou 1.496.858 casos da Covid-19 no Brasil e 61.884 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 60.632 óbitos e 1.448.753 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Veja Mais:  Atrativos turísticos de Nobres são reabertos seguindo medidas de segurança

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Mato Grosso

Índios da etnia Xavante recebem cestas básicas e cobertores do Governo do Estado

Publicado


.

A etnia xavante na Terra Indígena de Sangradouro, localizada entre os municípios de Primavera do Leste e Barra do Garças, a 241 e 516 km de Cuiabá, respectivamente, recebeu 400 cestas básicas e cobertores da campanha “Vem Ser mais Solidário- MT unido contra o coronavírus” e do programa “Aconchego”.  As ações sociais do Governo do Estado são realizadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e lideradas voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes. 

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, e a secretaria adjunta de Cidadania da Setasc, Rosineide Porcionato, acompanharam pessoalmente a entrega dos alimentos e dos cobertores na maior aldeia da região. No local, há aproximadamente mil índios. 

“Estamos buscando auxiliar todas as pessoas que necessitam de ajuda nesse momento de crise. As doações de alimentos para os índios é também uma forma do Estado estar presente nessas comunidades. No início da campanha repassamos 3,5 mil  kits de alimentos e com materiais de limpeza para famílias indígenas em 35 municípios mato-grossenses”, pontuou. 

O cacique Alexandre Tsereptsé, explicou que a aldeia tem sofrido também com a doença e que, por isso, adotaram medidas de restrições para evitar a contaminação entre seus companheiros de tribo. “Estamos todos passando por um momento muito crítico. Leve minhas lembranças ao governador do Estado. O índio gosta de quem tratem bem os seus irmãos. Agradeço em nome de toda a comunidade de Sangradouro”, ressaltou.

Veja Mais:  Sefaz realiza mais um sorteio da Nota MT na segunda-feira (10)

Valeriano Râiwi’a Werehité, liderança na aldeia, contou que sempre acompanha de perto as experiências vividas por seus companheiros, na aldeia e nos relata da difícil missão de colocar alimento para todos em sua comunidade.

“Nós recebemos do governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes, a doação de 400 cestas básicas e cobertores. Em nome de todos indígenas de Sangradou, quero agradecê-lo governador, desejo saúde a toda sua família”, disse.

O padre Wanderson de Souza Gomes, da paróquia São José do Sangradouro que realiza missões na área indígena Xavante, explica que nesse momento de pandemia a situação está difícil para todos, inclusive para os índios.

“Com essa ajuda de cestas básicas e cobertores os índios se alegram por poder receber atenção do Governo que sempre os atende com carinho. Agradeço a primeira-dama Virginia Mendes por nos atender tão prontamente. É uma oportunidade para eles saírem menos para a cidade em busca de alimento e ajuda. Também para que a questão do vírus não se propague aqui na aldeia”, completou.

Para o seminarista Moacir Gomes de Arruda Filho, a ação realizada na aldeia é vista com muita alegria. “Receber uma doação desse porte proveniente do governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania, é para nós uma grande alegria. Brota em nosso coração uma gratidão tremenda estamos vivendo tempos difíceis, de luta, confiança e amadurecimento da nossa fé”, pontuou.

Veja Mais:  Atrativos turísticos de Nobres são reabertos seguindo medidas de segurança

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Conselheiro participa de live da Escola de Saúde Pública de MT sobre transparência dos recursos e gastos públicos

Publicado


.

O conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) Luiz Henrique Lima participa, na próxima quinta-feira (6), da live promovida pela Escola de Saúde Pública de Mato Grosso (ESP-MT) com o tema: “Transparência dos recursos e gastos públicos em tempos de Covid-19”.

A live será transmitida ao vivo no canal da ESP-MT no Youtube (clique aqui), a partir das 14 horas.

A Escola de Saúde Pública do Estado de Mato Grosso, órgão colegiado da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), é executor da política de recursos humanos do SUS no Estado e está integrada ao Sistema Estadual de Ensino.

 

Josana Salles
Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]

Fonte: TCE MT

Veja Mais:  Radar Covid-19 tem mais de 43 mil acessos em quatro meses
Continue lendo

Mato Grosso

Série B começa nesta sexta-feira (07) na Arena Pantanal sem presença de público

Publicado


.

A Arena Pantanal é o primeiro estádio a receber a Série B do Campeonato Brasileiro 2020. Nesta sexta-feira (07.08), às 18h15 (horário local), o Cuiabá Esporte Clube estreia na competição enfrentando o Brasil de Pelotas/RS.

As partidas da série B do Brasileirão seguem na ordem estabelecida em fevereiro deste ano, mas com um novo protocolo operacional e de segurança e higiene. Assim como as demais partidas do futebol profissional no país, o duelo na Arena Pantanal acontece sem a presença de público.

Único representante mato-grossense no campeonato nacional neste ano, o Cuiabá terminou em 8ª lugar na série B de 2019. Na última semana, fez dois amistosos preparatórios contra equipes da Série A, garantindo um empate contra o Atlético-GO e uma vitória diante do Goiás.

Além da partida em Cuiabá, a abertura da Série B terá mais um jogo nesta sexta-feira. Às 21h30, o Confiança/SE, recebe o Paraná no estádio Batistão, em Aracaju. São sete jogos no sábado e a rodada se completa com o duelo entre Oeste e Chapecoense, na Arena Barueri, na manhã de domingo.

A abertura do Brasileirão Série B 2020 marca o início da disputa de 20 equipes pelas quatro sonhadas vagas na série A, elite do futebol nacional. A edição do torneio neste ano promete fortes emoções com a participação de grandes camisas do futebol brasileiro, como o Cruzeiro/MG, que disputará a Série B pela primeira vez após o rebaixamento em 2019.

Veja Mais:  Série B começa nesta sexta-feira (07) na Arena Pantanal sem presença de público
Fonte: GOV MT

Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana