Mato Grosso

Quinta-feira (13): Mato Grosso registra 70.708 casos e 2.302 óbitos por Covid-19

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (13.08), 70.708 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 2.302 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. 

Foram registradas 1.623 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 70.708 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 20.170 estão em monitoramento e 48.236 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 280 internações em UTIs públicas e 270 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 72,30% para UTIs adulto e em 30,54% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (14.698), Várzea Grande (5.665), Rondonópolis (4.491), Lucas do Rio Verde (3.583), Sorriso (3.452), Tangará da Serra (3.078), Sinop (2.538), Primavera do Leste (2.211), Nova Mutum (1.668) e Campo Novo do Parecis (1.376). 

 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. Para acessar o Painel Interativo da Covid-19 em Mato Grosso, clique aqui.

O documento ainda aponta que um total de 64.542 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 2.420 amostras em análise laboratorial. A média de testagem do Estado está em 1.948 testes para cada 100 mil habitantes – mais do que o dobro da média nacional.

Veja Mais:  Prova teórica para habilitação será 100% digital em Mato Grosso

Cenário nacional

Na última quarta-feira (12), o Governo Federal confirmou 3.164.785 casos da Covid-19 no Brasil e 104.201 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 103.026 óbitos e 3.109.630 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou a atualização desta quinta-feira (13).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Veja Mais:  Governo realiza obras e melhora logística para escoamento da produção do Médio-Norte
Fonte: GOV MT

Mato Grosso

Prova teórica para habilitação será 100% digital em Mato Grosso

Publicado


A partir de agora, todas as unidades do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) já contam com computadores instalados para a realização da prova teórica digital, mais um importante passo na modernização dos procedimentos para a formação de condutores no Estado.

Para a realização dos exames, foram adquiridos 300 computadores e leitores biométricos pelo Detran-MT que foram instalados em todas as unidades de Cuiabá, Várzea Grande e interior do Estado.

Segundo o presidente da Autarquia, Gustavo Vasconcelos, a implantação da prova teórica digital é um dos maiores projetos desenvolvidos pelo Detran-MT em parceria com a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) na área da habilitação.

“Um dos focos do Detran com a modernização dos sistemas é levar mais qualidade e agilidade do serviço ao cidadão, bem como coibir possíveis fraudes no processo para a obtenção da habilitação no Estado”, destacou Vasconcelos.

Até então, apenas 22 cidades contavam com a estrutura para a realização da prova teórica digital. Agora, todas as unidades do Detran-MT poderão ofertar o exame no formato digital, otimizando tempo e recurso público com a impressão de provas manuais.

Os exames digitais já estão sendo disponibilizados aos candidatos com processo em andamento para a obtenção da CNH, aos motoristas que precisam fazer o curso de reciclagem para condutor infrator e também aos que precisam fazer o curso de atualização.

Veja Mais:  CGE realiza curso de formação para aprovados no seletivo

O diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade, explica que o Detran vem avançando no quesito segurança em todas as etapas do processo para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).  

“Além das provas não serem mais manuais, os exames em formato digital possuem identificação biométrica do candidato e examinador”, explica Alessandro.

Evolução do processo

Para chegar na fase final de implantação da prova teórica digital, foram diversas etapas vencidas, desde a revisão e atualização pela Escola Pública de Trânsito do Detran-MT do banco de questões do exame teórico (que reúne 2.500 perguntas de múltipla escolha, e precisava ser digitalizado); a implementação da biometria para comprovação da presença do candidato em sala de aula, bem como do examinador, entre outras etapas.

O diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade, relata que foram fases de muito estudo e trabalho por parte do Detran-MT e da MTI para chegar nesse novo momento do processo para formação de condutores em Mato Grosso. 

“Saímos de uma época de morosidade de até 60 dias para a aplicação dos exames teóricos, com recorrentes casos de fraudes, e agora trazemos mais segurança, agilidade e transparência nessa etapa para a obtenção de um documento tão importante como a CNH”, falou. 

O diretor presidente da MTI, Antônio Marcos Silva de Oliveira, destaca que o Detran-MT é uma das autarquias mais importantes do Estado e o principal parceiro da MTI.

Veja Mais:  Servidores do TCE-MT são capacitados sobre análise de investimentos e teoria de carteiras

“Sabemos da importância do Detran no dia-a-dia e na rotina do cidadão mato-grossense. Modernizar os seus serviços significa que estamos melhorando diretamente a qualidade de vida dos cidadãos, dando ainda mais agilidade, facilidade de acesso e transparência aos serviços públicos”, disse.

Prova teórica  

O exame teórico é uma das etapas para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e antecede o curso prático de direção. No mês de setembro, o Detran-MT vai concluir mais de 7 mil exames teóricos com candidatos que estavam aguardando em todo Estado. A realização dos exames havia sido suspensa desde o início da pandemia do novo coronavírus em Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Servidores do TCE-MT são capacitados sobre análise de investimentos e teoria de carteiras

Publicado


Foto: Marcos Bergamasco/TCE

Os servidores da Secretaria de Controle Externo (Secex) Previdência, gabinetes e do Ministério Público de Contas (MPC) iniciaram nesta segunda-feira (28), capacitação sobre análise de investimentos e moderna teroria de carteiras.

O curso online tem duração de 80 horas e é realizado pela Confederação Nacional das Instituições Financeiras (CNF) em quatro semanas, do dia 28 de setembro a 2 de outubro, de 19 a 23 de outubro, de 23 a 27 de novembro e de 30 de novembro a 4 de dezembro, sempre das 13h às 17h. 

O objetivo do curso é aperfeiçoar os servidores sobre as competências técnicas profissionais e gerenciais, bem como o entendimento dos fatores que influenciam a seleção de ativos de carteiras de investimento, como forma de proporcionar o julgamento célere e em consonância com as normas e procedimentos aplicáveis, além de contribuir com a melhoria do desempenho da Corte de Contas em cumprimento a sua missão constitucional e em benefício da sociedade.

As inscrições foram realizadas via C.I e o curso é realizado pela plataforma e link da CNF. O instrutor é Sergio Shmayev. De acordo com Denise Faria, gestora da Unidade de Cursos e Eventos da CNF, é importante para os servidores a participação no curso para “entender de forma teórica e através da aplicação prática de estudos de casos os fatores que influenciam a seleção de ativos de carteiras de investimento e as estratégias possíveis, além de elaborar previsões e estudos, bem como avaliar o desempenho e o risco dessas carteiras”.

Veja Mais:  CGE realiza curso de formação para aprovados no seletivo

 

Kleverson Souza
Secretaria de Comunicação/TCE-MT
(65) 3613 7559

Fonte: TCE MT

Continue lendo

Mato Grosso

Estado implanta concessão de aposentadoria remota para servidores

Publicado


O Mato Grosso Previdência (MT Prev) instituiu a aposentadoria remota como opção aos servidores do governo de Mato Grosso. No lugar do comparecimento presencial atualmente praticado para a aposentadoria, os servidores poderão passar para a inatividade pela internet, acessando o Portal do Servidor, desenvolvido pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

O objetivo é conferir maior eficiência ao fluxo de aposentadorias, economicidade nos procedimentos, e comodidade aos segurados, afirma o Diretor-presidente do MT Prev, Elliton Oliveira de Souza. “Hoje os servidores do interior arcam com os custos de deslocamento para virem presencialmente ao MT Prev, em Cuiabá entregar documentos e assinar o ato de aposentadoria. A partir de novembro será possível optar por fazer todo esse processo pela internet”, explica Souza.

Para o titular da Seplag, Basílio Bezerra, a medida traz mais facilidade para o servidor público. “Estamos simplificando os procedimentos com intuito de facilitar e levar mais comodidade aos servidores que estão aptos a se aposentarem, principalmente aqueles que residem no interior do Estado”.

A portaria nº 122/2020, publicada no Diário Oficial da última sexta-feira (25.09) prevê a aposentadoria remota, e dispõe sobre os procedimentos para a aposentadoria compulsória e reserva. O pedido de aposentadoria remota será opcional. Será publicada ainda uma normativa com detalhes de como o serviço irá funcionar. 

Após a implantação da nova ferramenta, basta que o servidor digitalize os documentos, assine eletronicamente, e terá a concessão digital. Podem requerer a aposentadoria remota os servidores que solicitarem a aposentadoria voluntária, aposentadoria compulsória, reserva remunerada a pedido, reserva remunerada compulsória, ressalvados os casos de reforma “ex-officio” e aposentadoria por invalidez.

Veja Mais:  Nova unidade do Socioeducativo terá capacidade para 60 jovens; 35% da obra já está concluída

O servidor que optar pelo novo tipo de concessão deverá acessar o Portal do Servidor com o seu login e senha, agendar a aposentadoria, e anexar os documentos necessários com até dois dias úteis de antecedência da data marcada. O site pode ser acessado pelo endereço servicos.seplag.mt.gov.br/portalservidor.

Os documentos exigidos estão dispostos no decreto 2.287/2009, que dispõe sobre o processo administrativo digital previdenciário. Os documentos anexados serão considerados válidos e autênticos, no entanto, durante a conferência dos documentos, pode ser solicitada pelo analista do MT Prev a cópia autenticada, ou o original.

Confira a portaria 122/2020/MTPREV na íntegra clicando aqui.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana