conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Sexta-feira (29): Mato Grosso registra 2.262 casos e 57 óbitos por Covid-19

Publicado


.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (28.05), 2.262 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 57 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As últimas três mortes confirmadas envolveram residentes de Várzea Grande, Cuiabá e Alta Floresta.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (692), Várzea Grande (218), Rondonópolis (170), Tangará da Serra (98), Primavera do Leste (96), Sorriso (75), Lucas do Rio Verde (75), Barra do Garças (72), Confresa (71), Sinop (53), Rosário Oeste (42), Jaciara (37), Alta Floresta (37), Campo Verde (32), Nova Mutum (31), Cáceres (30), Pontes e Lacerda (28), Peixoto de Azevedo (25), Querência (17) e Nova Ubiratã (15). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado à essa matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 177 novas confirmações em Água Boa (2), Alta Floresta (1), Alta Boa Vista (2),Arenápolis (1), Aripuanã (3), Barra do Garças (2), Bom Jesus do Araguaia (2), Cáceres (5), Campo Verde (8), Canarana (3), Chapada dos Guimarães (2), Colíder (1), Comodoro (2), Confresa (7), Cuiabá (37), Dom Aquino (1), Guarantã do Norte (6), Ipiranga do Norte (1), Itanhangá (1), Jaciara (1), Lucas do Rio Verde (11), Nossa Senhora do Livramento (2), Nota Mutum (4), Novo Santo Antônio (3), Pontal do Araguaia (2), Pontes e Lacerda (1), Primavera do Leste (7), Querencia (2), Rondonópolis (8),  Rosário Oeste (4), Santo Afonso (1), Santo Antônio do Leverger (1), Sinop (8), Sorriso (16), Tapurah (1), Várzea Grande (15), Vera (2) e Vila Bela da Santíssima Trindade (1).

Veja Mais:  Governador dá ordem de serviço para construção de duas pontes de concreto no Médio-Araguaia

Dos 2.262 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.402 estão em isolamento domiciliar e 658 estão recuperados. Há ainda 145 pacientes hospitalizados, sendo 73 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 72 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 253 leitos de UTI e 857 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado. 

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50% dos diagnosticados são do sexo feminino e 50% masculino; além disso, 654 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 7.010 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 320 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Até a última quinta-feira (28), o Governo Federal confirmou 438.238 casos da Covid-19 no Brasil e 26.754 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 25.598 mortes e 411.821 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. Até o fechamento deste material, não foram atualizados os dados desta sexta-feira (29).

Veja Mais:  Reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos será transmitida ao vivo

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

REM-MT prorroga prazo para seleção de empresa especializada em terceirização de mão de obra

Publicado


.

O Programa REDD for Early Movers em Mato Grosso (Programa REM-MT) prorrogou o prazo de seleção de empresa pessoa jurídica para disponibilização de profissionais terceirizados que irão auxiliar o Grupo de coordenação do REM-MT nas tarefas de gestão técnica e administrativa. Pelo novo cronograma, as propostas podem ser enviadas até 9 de julho e a seleção será feita pelo Fundo Brasileiro de Biodiversidade (Funbio), entidade responsável por gerenciar os recursos.

A carta convite 231/2020 disponível no site do Funbio prevê a terceirização de até 15 profissionais de diversas áreas, como administração e comunicação.  Os profissionais irão atuar nas áreas administrativas do Programa REM-MT e/ou do Instituto Produzir Conservar e Incluir (PCI).

Para o coordenador de Fortalecimento Institucional do Programa REM-MT, Felipe Sant’Anna, o apoio técnico especializado será de grande importância para andamento das missões. “Temos um grande volume de trabalho e de especificidades, tais como os programas de fortalecimento dos órgãos de governo que combatem o desmatamento e valorização da floresta em pé por meio de ações para a agricultura familiar, territórios indígenas, produção sustentável”, complementa Sant´Anna.

A seleção segue os Procedimentos Operacionais de Compras e Contratações do Funbio e Diretrizes do KfW – Banco Alemão de Desenvolvimento através de Tomada de Preços Ampla Nacional (NCB). Informações adicionais e documentos necessários estão disponíveis no link: https://www.funbio.org.br/compras_contratacoes/funbio-seleciona-pessoa-juridica-para-prestacao-de-servicos-continuados-de-contratacao-de-recursos-humanos-para-auxiliar-a-equipe-do-grupo-de-trabalho-do-programa-rem-gtp-rem/

Sobre o Programa REM MT

O Programa REM remunera e premia o esforço de mitigação das mudanças climáticas de pioneiros do REDD+ (Early Movers) em nível estadual, subnacional ou nacional pretendendo fomentar o desenvolvimento sustentável e gerar aprendizados até que um mecanismo global de REDD seja operativo.

Veja Mais:  Doação de tecido ao Sistema Penitenciário servirá para confecção de mais de 32 mil máscaras

O principal objetivo do programa é a valorização da floresta em pé. O REM segue todos os princípios e critérios da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC, na sigla em inglês), na qual não ocorre transferência de créditos de carbono.

O contrato do REM Mato Grosso prevê recursos na ordem de 44 milhões de euros do governo da Alemanha por meio do Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW), e o governo do Reino Unido, por meio do Departamento Britânico para Energia e Estratégia Industrial (BEIS). A totalidade do recurso só será liberado se o Estado mantiver o desmatamento abaixo do limite, chamado de gatilho de performance, que é de 1.788 Km2/ano.

Os recursos do Programa estão distribuídos da seguinte maneira: 60% para os subprogramas de agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais na Amazônia, Cerrado e Pantanal; territórios indígenas; e produção sustentável, inovação e mercados.

Os demais 40% são destinados ao fortalecimento institucional de entidades governamentais do Estado e na aplicação e desenvolvimento de políticas públicas estruturantes.

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos será transmitida ao vivo

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CEHIDRO), convida toda a população mato-grossense para assistir 85ª Reunião ordinária na próxima quinta-feira (09), às 08h ao vivo em Sema Mato Grosso no Youtube.

Dentre as pautas da reunião, estão as metas dos Comitês de Bacias Hidrográficas de Mato Grosso. Em um primeiro momento, será apresentada a certificação de alcance das metas via Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas (Procomitês) e aprovação das novas metas.

O pleno também irá deliberar sobre o regimento interno do CBH Alto Paraguai Superior e sobre a resolução n 91/2017 que versa sobre critérios técnicos critérios técnicos para análises dos pedidos de autorização de perfuração de poços tubulares para captação de águas subterrâneas com a finalidade de uso em áreas irrigadas a partir de 30 hectares (resolução 61/2013).

Ao final da reunião serão feitos os informes sobre os Estudos de Avaliação dos efeitos de Implantação de Empreendimentos Hidrelétricos na Região Hidrográfica do Paraguai. A pauta completa da reunião pode ser acessada aqui

Serviço

85ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Recursos Hídricos – CEHIDRO

Quando: 09/07/2020

Onde: Ao Vivo no Canal do Youtube Sema Mato Grosso 

Horas: 08 horas

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Parceria entre governo e prefeitura vai pavimentar estrada em Sorriso
Continue lendo

Mato Grosso

Lei proíbe suspensão de serviços de internet móvel durante período de restrições da Covid-19 em MT

Publicado

 

.

O Governo de Mato Grosso sancionou legislação estadual que determina a disponibilização pelas operadoras de telefonia e internet móvel dos acessos a sites de comunicação, redes sociais e streaming (conteúdos multimídia online) sem desconto no pacote de dados dos clientes.

De acordo com a Lei, publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (02/07), também ficam proibidas a suspensão dos serviços e redução de velocidade de internet, durante o período de aplicação de medidas de contenção da Covid-19.  A Lei começou a valer no dia 02 de julho de 2020.

Outro ponto destacado é que as operadoras de telefonia e internet móvel não poderão suspender os serviços por motivo de inadimplência dos consumidores que estiverem em áreas de restrição de deslocamento.

Em casos de não cumprimento das medidas por parte das operadoras, será aplicada “multa de 100 (cem) Unidades Padrão Fiscal do Estado de Mato Grosso (UPFs/MT) e em caso de reincidência, a multa será duplicada”, como diz parte do documento. Ou seja, o valor da multa inicial pode ser de R$ 15.165 reais, podendo chegar a R$ 30.330 reais, uma vez que a UPFs/MT em junho registrou o valor de R$ 151,65 reais.

Clique e leia na íntegra a Lei 11.158/2020.

Reclamações

Caso tenha problemas, o consumidor pode acessar a plataforma online www.consumidor.gov.br e registrar sua reclamação sem sair de casa. No serviço remoto, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, estão cadastradas as principais redes de telefonia e internet móvel que atuam em Mato Grosso.

Veja Mais:  Governador dá ordem de serviço para construção de duas pontes de concreto no Médio-Araguaia
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana