Policial

Taxa de homicídios de Mato Grosso em 2019 é a menor da década

Publicado


Débora Siqueira/Sesp-MT

Mato Grosso fechou o ano de 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. De 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano passado foram contabilizados 842 assassinatos no Estado, número 8,1% menor do que os 961 casos registrados pelas polícias Militar e Judiciária Civil em 2018. A taxa de homicídio ficou em 24,19 mortes a cada 100 mil habitantes. As informações são da Coordenadoria de Estatísticas e Análise Criminal (Ceac) da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

Dentre as vítimas de assassinatos, 90% são homens e 10% são mulheres. Dos 87 casos de homicídios com vítimas femininas, 39 foram classificados como feminicídio, ou seja, a motivação do crime foi apenas pelo fato de a vítima ser mulher.

Para reduzir o número de mortes foi fundamental entender a motivação dos crimes, pesquisando as causas do assassinato. Foram avaliados fatores que provocam os homicídios, como drogas, desajustes sociais, álcool, crime organizado, passional e conflitos agrários.

“A redução dos homicídios se deve a uma série de fatores. O enfraquecimento das facções criminosas com a Operação na Penitenciária Central de Cuiabá, o fortalecimento das atividades no sistema penitenciário, políticas públicas voltadas à preservação da vida, investimentos em prevenção, inteligência, fortalecimento dos setores de investigação e perícias, análise criminal de maneira geral como forma de conhecer a dinâmica dos crimes para um policiamento orientado em todas as modalidades que possam prevenir o crime”, destacou o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

Veja Mais:  Crimes de homicídio, roubo e furto reduzem em Cuiabá e Várzea Grande

Dentre as 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps), Cuiabá teve a segunda menor taxa de homicídios: 15,66 mortes a cada 100 mil habitantes. O ano fechou com 104 assassinatos nos sete municípios que compõe a Risp de Cuiabá, 16,8% a menos do que em 2018, que registrou 125 casos. Barra do Garças tem a menor taxa com 14,87 homicídios a cada 100 mil habitantes.

Nove Regiões Integradas de Segurança Pública apresentaram redução nas taxas de homicídios dolosos, mas seis tiveram taxas acima da média estadual. As maiores reduções foram nas Risps de Pontes e Lacerda, Primavera do Leste e Alta Floresta.

As menores taxas por 100 mil habitantes estão nas Risps de Barra do Garças, Cuiabá e Alta Floresta (18,17/100 mil hab).

“Conforme o último Anuário de Segurança Pública referente a homicídios dolosos em 2018, a taxa nacional naquele ano foi de 23,5 a cada 100 mil habitantes, o que demonstra que Mato Grosso, depois de muitos anos com índices acima da média nacional, começa a demonstrar uma grande tendência de redução”, finalizou Bustamante.

Fonte: PJC MT

Policial

Motorista de carreta é preso embriagado em rodovia estadual no interior

Publicado


.

Policiais militares prenderam um homem de 58 anos por embriaguez ao volante, na MT-242. Ele conduzia uma carreta bi-caçamba no sentido Nova Ubiratã-Sorriso (a 502 km de Cuiabá). O fato foi registrado na tarde de sábado (19.09), quando o motorista quase provocou um acidente.

A Polícia Militar foi acionada por populares que estavam próximos a uma empresa algodoeira e, não só assistiram as cenas do acidente, como correram riscos. O caminhoneiro estava tentando retornar à pista para seguir viagem, dirigindo, mesmo em visível estado de embriaguez, quando um grupo de pessoas tomou a chave da carreta e o impediu de deixar o local até a chegada dos policiais.

De acordo com a narrativa da equipe da PM, o condutor estava tão embriagado que caminhava de maneira desequilibrada, exalava forte odor de álcool, tinha a fala desconecta e os olhos avermelhados. Também admitiu que havia consumido bebida alcóolica.

Os policiais fizeram o auto de constatação de embriaguez, como prevê a legislação (artigo 277 do Código de Trânsito) e o conduziram para a Delegacia de Polícia de Sorriso. Antes, apreenderam a carteira de habilitação dele, informaram a concessionária da rodovia para a retirada do veículo do local e a empresa transportadora para qual ele prestava serviço.

Implicações

Somente a multa por dirigir embriagado é de R$ 2.934,70, de acordo do artigo 165, do Código Brasileiro de Trânsito. Além de ficar sem habilitação por no mínimo um ano, o condutor ainda tem que pagar fiança (de 1 a 100 salários mínimos) para responder a ação criminal em liberdade.

Veja Mais:  Polícia Civil solicita boletins de qualidade do ar para averiguar se houve crime de poluição atmosférica

A Polícia Militar, Detran, Secretaria de Saúde e outros órgãos públicos e entidades estão em campanha de conscientização e fiscalização contra acidentes de trânsito. 

Fonte: PM MT

Continue lendo

Policial

Droga avaliada em 51 milhões de reais é apreendida pela PRF em Rondonópolis/MT

Publicado


.

Policiais encontraram 410kg de pasta base de cocaína escondidos em um caminhão

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) aplicou mais um duro prejuízo à criminalidade, com uma apreensão de mais de 400 kg de pasta base de cocaína, durante fiscalização na BR-364, em Rondonópolis.

Com essa apreensão, a PRF em Mato Grosso, já soma mais de 5,6 toneladas de cocaína e derivados apreendidos, acumulando um prejuízo ao crime organizado de mais de 700 milhões de reais.

Por volta de 17h, a equipe PRF que fiscalizava na BR-364, Km 208, abordou o veículo M.Benz/LS 1935, com placas de Primavera do Leste/MT. Ao conversar com o condutor, os policiais perceberam as informações desconexas e o nervosismo apresentado pelo condutor.

Os PRFs realizaram uma busca minuciosa no caminhão, onde encontraram 400 tabletes de pasta base de cocaína. O entorpecente estava escondido em um compartimento de aço, adaptado com concreto na parte de cima, sendo seu acesso somente na parte inferior. O condutor, de 42 anos, informou que pegou a droga em Nobres/MT e receberia certa quantia em dinheiro para realizar o transporte até Pedra Preta/MT.

Diante da situação, a ocorrência foi encaminhada para Polícia Federal, Rondonópolis.

SECOM PRF MT
e-mail: [email protected].br
Instagram: @prf_mt
Para emergências e denúncias, ligue 191

 

 

 

Fonte: PRF MT

Veja Mais:  Batalhão de Trânsito da PM prende motorista por embriaguez e apreende pistola 380
Continue lendo

Policial

Mulher é detida por invadir casa e atear fogo nas roupas de ex-marido

Publicado


.

Policiais militares de Nova Xavantina (a 645 km de Cuiabá) prenderam no sábado (19.09), uma mulher por invasão de residência, no bairro Morada do Sol.

A equipe foi acionada pelo 190 relatando que a suspeita tinha quebrado a porta da casa e ateava fogo em umas roupas. Quando os policiais chegaram confirmaram a informação.

Questionada, a mulher disse estar separa há dois anos e devido o ex-marido não ter cumprido um  combinado, ela ficou revoltada e decidiu queimar as roupas dele.

O ex-marido não estava no local durante o procedimento policial. Sem resistência, a mulher foi conduzida à delegacia.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

 

Fonte: PM MT

Veja Mais:  Crimes de homicídio, roubo e furto reduzem em Cuiabá e Várzea Grande
Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana