conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Toyota Yaris da linha 2020 estreia multimídia com Android Auto

Publicado

Motor Show

Toyota Yaris arrow-options
Divulgação

Além da atualização na multimídia, o Toyota Yaris X Way agora traz pintura em dois tons para não ficar para trás

Disponível a partir da versão XL Plus Tech dos Toyota Yaris Hatch e Sedã, a central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay é uma das novidades da linha 2020 do compacto premium da marca japonesa. Os preços partem de R$ 66.490 (Hatch) e R$ 68.490 (Sedã) (confira abaixo a tabela completa).

LEIA MAIS: Toyota Yaris Sedan encara o rival Honda City

Toyota Yaris arrow-options
Divulgação

Atualização na central multimídia adiciona conectividade Android Auto pela primeira vez na marca

De acordo com a Toyota, a atualização do software do sistema multimídia e a instalação do microfone compatível com comando de voz também estará disponível para os Toyota Yaris da linha 2019. O serviço poderá ser agendado na rede de concessionários da marca, por R$ 429,99 (peça e mão-de-obra).

LEIA MAIS: Toyota Yaris é a aposta da montadora. Peca em detalhes, mas tem a sua solidez

Toyota Yaris arrow-options
Divulgação

Nova central multimídia terá também comando de voz, Apple Car Play e atualização do software a partir do modelo 2019

Além da multimídia atualizada, outra novidade do Toyota Yaris 2020, desta vez exclusiva para a versão X-Way aventureira, são as opções de pintura em dois tons (preto e branco, preto e vermelho e preto e cinza) para a carroceria e as rodas diamantadas.

Veja Mais:  Kia Rio recebe retoques no visual e versão híbrida leve

LEIA MAIS: Toyota Yaris 1.3 CVT: (quase) tudo que o Corolla tem de bom por R$ 69.590

Confira abaixo as versões e preços do Toyota Yaris 2020:
YARIS HATCH
1.5L
XLS
CVT
R$ 83.990
X-WAY
R$ 81.990
XS
R$ 77.990
1.3L
XL Plus Tech
R$ 71.990
XL
CVT
R$ 68.590
MT
R$ 66.490
YARIS SEDÃ
1.5L
XLS
CVT
R$ 85.990
XS
R$ 80.990
XL Plus Tech
R$ 75.190
XL
R$ 69.990
MT
R$ 68.490

Comentários Facebook

Carros e Motos

Jeep Compass renovado será mostrado no mês que vem

Publicado


source
Jeep Compass
Divulgação

Jeep Compass: teaser não revelada nada de novo, a não ser a data em que o SUV renovado será apresentado nos EUA

A Jeep prepara mudanças no Compass vendido em diversos mercados, mas primeiro em países como os Estados Unidos e China. Um teaser foi mostrado no You Tube, mas sem revelar nada de novo em relação ao que já se conhece sobre o SUV médio que é líder de vendas do segmento no Brasil, onde o carro deverá levar um tempo extra para receber novidades.

LEIA MAIS: Jeep Compass Limited 2020: poucas mudanças, à espera da renovação em 2021

Nas imagens, aparece apenas que a data da apresentação do Jeep Compass renovado será 4 de junho, mais exatamente quinta-feira da semana que vem. Entre o que deverá mudar no utilitário esportivo deverão estar os faróis como parte da frente redesenhada. Novos jogos de rodas também estão sendo esperados, assim como uma inédita paleta de cores da carroceria.

No conjunto mecânico, um dos destaques deverá ser a versão híbrida, que também passará a estar disponível no mercado norte-americano. O que se sabe até agora é que o novo Compass híbrido deverá ser equipado com motor 1.3 turbo funcionando junto com outro elétrico, somando uma potência de 240 cv. Outra informação é que apenas consumindo eletricidade, o SUV pode rodar 50 quilômetros.

Veja Mais:  Conheça 5 picapes leves seminovas de até R$ 40 mil

LEIA MAIS: Renegade zero quilômetro ou Compass seminovo: qual compensa mais?

O que também deverá mudar no Jeep Compass é o sistema multimídia Uconnect 5, que chegou a ser mostrado na minivan Chrysler Pacifica, com telas de alta resolução de até 12,3 polegadas e velocidade de processamento de dados cinco vezes mais rápida em relação ao sistema anterior. Além disso, há um avançado recurso de comandos por voz e conexão de Android Auto e Apple Car Play sem fio, bem como acesso à internet.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Kawasaki Vulcan deve ganhar motor da esportiva Ninja, diz revista japonesa

Publicado


source
Kawasaki Vulcan
Divulgação

Kawasaki Vulcan é, hoje, uma das cruisers mais em conta, por R$ 33.990 na versão S Café

A Kawasaki Vulcan é uma das poucas opções do segmento custom no Brasil, fora do universo Harley-Davidson. Entretanto, o modelo é oferecido apenas com um motor bicilíndrico de 649 cc, que para a categoria, fica um pouco para trás. Só que, agora, o modelo deve ganhar o novo motor das Ninja 1000, para ficar parelha com as Triumph Rocket 3 R (167 cv) e a Ducati Diavel S (152 cv), segundo apurou a revista japonesa Young Machine.

LEIA MAIS: Prestes a vir ao Brasil, Triumph Rocket 3 acelera tanto quanto um F1 em vídeo

Um dos segredos da elasticidade desse motor é a adoção de compressor mecânico, fazendo com o que o quatro cilindros em linha de 998 cc consiga ter variadas entregas de potência e torque, dependendo da aplicação. Em uma estradeira, por exemplo, é preferível torque em baixas rotações do que pico de potência. Logo, mesmo que nas carenadas esportivas ele chega a desenvolver 243 cv na mais agressiva Ninja H2, cerca de 180 cv já seriam o suficiente para colocar esta nova Kawasaki Vulcan  ‘H2’ dentro do nicho de mercado das Power Cruisers .

LEIA MAIS: Motos para viajar: Veja seleção de 5 estradeiras entre R$ 20 mil e R$ 40 mil

Veja Mais:  VW Nivus é apresentado e chega às lojas no segundo semestre

Ainda nada se fala sobre outras mudanças

Kawasaki
Divulgação

Suas linhas fluidas conferem aspecto retrô, que remetem às Café Racers dos anos 60

Com aspecto elegante e ao mesmo tempo agressivo, desde 2018 traz um indicador de marchas, além do conta-giros analógico e display em LCD com velocímetro digital, indicador de combustível, relógio e hodômetro. Ela se move com o motor bicilíndrico paralelo de 649 cc com 61 cv e 6,4 kgfm, e além da caixa de 6 marchas com transmissão por corrente, traz o catalisador mais recente da marca, que atende aos requisitos do PROMOT 4 — regulamentação que define os níveis máximos de emissão de gases. É justamente isso que a coloca apenas como uma opção de custo-benefício, e não de grande rival das chamadas Power Cruisers.

LEIA MAIS: Entre no espírito custom com a Kawasaki Vulcan S, de estilo retrô

Para garantir a segurança, a Kawasaki Vulcan conta com suspensão dianteira com garfos telescópicos e traseira com monochoque lateral. Quanto aos freios, além de ABS, reduz a velocidade com disco de 300 mm, que traz pinça de pistão duplo no freio dianteiro e disco de 250 mm com pinça de pistão único na roda traseira. É claro que, com uma nova motorização mais potente, como a que foi apurada pelos japoneses, essas especificações deverão ser completamente revistas na moto cruiser .

Veja Mais:  Conheça 5 picapes leves seminovas de até R$ 40 mil
Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

VW Nivus é apresentado e chega às lojas no início do segundo semestre

Publicado


source
VW Nivus
Divulgação

VW Nivus surge com proposta mais jovial que o T-Cross, para se tornar um carro ainda mais urbano e descolado

A VW acaba de apresentar mais detalhes do novo VW Nivus, SUV que chega para dividir opções com o “irmão” VW T-Cross. Sua proposta conta com um diferencial em relação ao que a marca dispõe. Tem proposta mais urbana e aposta em um design mais jovem, inspirado nos cupês, enquanto o T-Cross é pensado para ser mais SUV.

LEIA MAIS: Por causa da pandemia, VW Tarek atrasa e fica para maio de 2021

Começa a ser produzido daqui a duas semanas, sua pré-venda começa em junho, para chegar às concessionárias no início de julho. Os clientes poderão comprá-lo de forma digital, mas a VW preferiu ainda não revelar os preços, que deverá sair entre R$ 79.990 e R$ 97.990, segundo alguns vazamentos da rede de concessionárias VW.

Além disso, estreia o Volks Play, sistema multimídia de 10 polegadas, com conectividade para smartphones e WiFi, e que conta com uma seleção de aplicativos integrados. Desde iFood, até Waze e agendamento de manutenção. O controle de cruzeiro adaptativo, inédito no segmento, também é oferecido. O VW Nivus será inicialmente exportado para países da América Latina, começando pela Argentina no final de 2020, mas também será comercializado na Europa no segundo semestre de 2021.

Veja Mais:  Antes de vir ao Brasil, Ford Territory ganha novo visual e versão híbrida

Montado sobre a mesma plataforma MQB (de VW Polo e T-Cross ), conta com o entre-eixos de 2,56 metros do Polo, enquanto o T-Cross tem 2,65 m (medida usada no sedã Virtus). Seus 4,26 metros de comprimento são maiores do que os 4,19 m do T-Cross, além de ter um porta-malas de 415 litros (contra os 373 litros do T-Cross), por conta do balanço traseiro mais longo.

LEIA MAIS: Polo é o carro dos sete acertos

Todas as versões do novo SUV terão motor 1.0 TSi com 128 cv e 20,4 kgfm, sempre com o câmbio automático de 6 marchas. Contará com freios a disco nas quatro rodas em todas as versões e acerto dinâmico exclusivo para a suspensão, direção e controle de estabilidade.

LEIA MAIS: VW Tarok, nova rival da Fiat Toro, aparece em registros de patente

Os números de desempenho e consumo do VW Nivus deverão ser bem próximos do Polo, que acelera até 100 km/h em 10 segundos e chegar até 195 km/h. O hatch, segundo o Inmetro, faz 12,9 km/l de gasolina na cidade e 14,2 km/l na estrada. Com etanol, os números vão para 8,0 km/l e 9,8 km/l.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana