Policial

Parceria entre PRF, MP e judiciário busca reduzir crimes de trânsito em Rondonópolis

Publicado

Motoristas participam de palestras com a PRF para tentar suspensão do processo e penas alternativas

Tentar reduzir os crimes de trânsito em Rondonópolis e região, especialmente os relacionados à embriaguez ao volante. Esse é o objetivo de uma parceria desenvolvida entre Polícia Rodoviária Federal (PRF), Poder Judiciário e Ministério Público.

Motoristas envolvidos em crimes de trânsito menos graves têm a possibilidade de cumprir pena alternativa e o processo suspenso, desde que cumpram alguns requisitos, entre eles, participar de palestras educativas com a PRF.

O foco da palestra é o trânsito seguro. Os agentes repassam informações sobre as infrações de trânsito que mais causam acidentes, como o não uso do cinto de segurança, excesso de velocidade, ultrapassagens indevidas e embriaguez ao volante. Vídeos e notícias de acidentes reais são apresentados aos condutores e a forma correta de agir no trânsito para evitar as tragédias.

Duas edições da palestra já foram realizadas e 36 pessoas atendidas. A última ação ocorreu na terça-feira (12), no auditório do Tribunal do Júri.

A ideia surgiu diante do número de delitos de trânsito, especialmente relacionados à embriaguez ao volante, que tramitam na 2a Vara Criminal de Rondonópolis e Ministério Público. A juíza Aline Luciane Ribeiro Viana Quinto Bissoni colocou a participação nas palestras como uma das condições para suspensão condicional do processo em alguns casos. A intenção é conscientizar os condutores sobre a importância de seguir as normas de trânsito a fim de evitar os acidentes.

Veja Mais:  Operação prende seis motoristas e recolhe 20 CNHs em pouco mais de uma hora

“A participação de pessoas denunciadas por crimes de trânsito de médio potencial ofensivo nas palestras ministradas pela Polícia Rodoviária Federal tem ensejado real sensibilização dos atores do trânsito, no sentido de transformar seu comportamento e, com isso, minorar a violência e os acidentes nesse âmbito. Criar um ambiente em que sejam apresentados dados e informações, de forma interativa e dinâmica, certamente contribui – e muito – para uma verdadeira reflexão daqueles que conduzem veículos, primeiro passo para que haja uma real transformação e redução das lesões e mortes no nosso trânsito. Agradecemos a disponibilidade da PRF, por meio do policial Jeferson Conturbia Neves, que permite que seja atendida essa importante condição proposta pelo Ministério Público nas suspensões condicionais do processo”, destaca a juíza.

Para a suspensão condicional do processo é preciso não ter outro registro criminal (ação penal em andamento ou condenação). No prazo de dois anos, também é necessário cumprir outras condições estabelecidas pelo juízo, que então verificará a possibilidade de extinguir a punibilidade.

Comentários Facebook

Policial

Homem é preso em flagrante pela Polícia Civil com celulares furtados e drogas no Bairro Magnólia

Publicado

A Polícia Civil, por meio de sua Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, prendeu em flagrante nesta segunda-feira (23.05) um traficante de 23 anos que atuava no Residencial Magnólia. A mãe dele também foi detida por injúria, desacato e ameaça contra a equipe policial.

Após denúncia de que o suspeito havia recebido uma remessa de drogas, os investigadores iniciaram o monitoramento da residência e notaram que no imóvel havia vários aparelhos celulares com suspeita de serem produtos de roubo/furto.

Durante a busca domiciliar foram encontradas várias porções de maconha, apetrechos usados para embalar e pesar drogas, além de várias carcaças e aparelhos celulares. Os indícios apontam que o suspeito receptava os produtos, os desmontava e remontava com peças de diversos aparelhos com o fim de dificultar a localização dos celulares.

No momento da prisão, a mãe do suspeito, de 40 anos, desferiu injúrias raciais contra um dos investigadores e foi presa em flagrante pelos crimes de injúria racial, desacato e ameaça.

Já o filho foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e receptação.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Veja Mais:  PM apreende 237 tabletes de droga em Vila Bela da Santíssima Trindade
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende em flagrante homem por divulgar vídeo íntimo de ex-companheira

Publicado

Foto: Assessoria

A Polícia Civil, por meio do Plantão de Atendimento a Vítima de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá, prendeu um homem em flagrante, na noite de segunda-feira (23.05), por divulgar na internet e sem consentimento da ex-mulher, um vídeo íntimo do casal.

As diligências iniciaram logo após o registro da ocorrência, ocasião em que a vítima relatou que conviveu com o suspeito por cinco anos, com quem tem uma filha de três anos. No entanto, o ex-companheiro havia acabado de divulgar através de aplicativo de mensagens, um vídeo com cenas de sexo do casal.

Diante dos fatos e da prova material, os policiais civis, coordenados pelo delegado Vinícius de Assis Nazário, conseguiram localizar o suspeito, que foi encaminhado até o Plantão de Atendimento a Vítima de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá.

Ao ser ouvido, o conduzido de 37 anos assumiu que havia enviado o vídeo para um amigo, pois acredita que o mesmo está se relacionando com sua a ex-mulher.

Conforme o delegado Vinícius Nazário, com base no interrogatório do suspeito ficou inequívoco que ele agiu deliberadamente, com a vontade livre e consciente de divulgar o vídeo com a intenção de humilhar a ex-convivente e se vingar pelo fim do relacionamento amoroso.

“Essa conduta é considerada vingança pornográfica (revenge porn), que consiste na divulgação, por um dos parceiros da relação sexual ou por terceiro, de imagem ou vídeo com natureza sexual, com a intenção de se vingar do outro indivíduo por ciúmes, rejeição ou outro motivo, o que é considerado crime previsto no art. 218-C, §1º, do Código Penal”, destacou o delegado.

Veja Mais:  Homem é preso após tirar foto dos seios de jovem em ônibus

Em seguida, o homem foi autuado em flagrante em conformidade com os crimes previstos nos artigos 147-A e 218-C, §1º, do CP, cumulados com todas as implicações da Lei Maria da Penha. Após a confecção dos autos, o preso foi apresentado para audiência de custódia, no Fórum da Capital.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Militar prende homem com duas armas de fogo em Água Boa

Publicado

A Polícia Militar prendeu um homem de 66 anos por porte ilegal de arma de fogo, lesão corporal e disparo de arma, no final da tarde desta segunda-feira (23.05), na zona rural de Água Boa. Na ação, foram apreendidas uma espingarda de calibre .20 e um revólver de calibre .38, além de munições para os armamentos.

Por volta de 17h30, a equipe da PM foi acionada pelos plantonistas do Hospital Municipal que informaram sobre um homem, que teria chegado ao local ferido por disparo de arma de fogo. Os policiais se deslocaram até a unidade de saúde e confirmaram os fatos.

No local, encontraram o suspeito, que revelou que estava caçando porcos junto com a vítima, um homem de 68 anos, momento em que ambos se separaram na mata. O suspeito revelou que confundiu a vítima com um animal e efetuou um disparo que teria atingido o homem.

A equipe policial se deslocou até a fazenda onde ocorreu a caça e localizou as duas armas de fogo utilizadas pelos homens. Além disso, foram encontrados um cartucho de calibre .20 e 10 munições de calibre .38. Questionado, o suspeito revelou não possuir documentação de porte das armas.

Diante dos fatos, o suspeito recebeu voz de prisão pelos crimes citados e foi encaminhado à delegacia da cidade, junto com o material apreendido, onde foi registrado o boletim de ocorrência e as demais providências cabíveis. A vítima continuou na unidade de saúde sob os cuidados médicos necessários.

 
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Passageira de ônibus é presa pela PRF com dois tabletes de maconha na mochila
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana