Política MT

Botelho diz que não há constrangimento em operação do Gaeco

Publicado

Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), concedeu entrevista coletiva hoje (2) para falar sobre a Operação Déjà Vu, realizada pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (Nacocriminal) e o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), nas dependências do parlamento.

De acordo com Eduardo Botelho, as portas do Parlamento estão abertas e o Gaeco não precisa de mandado para fazer buscas e apreensões de documentos em todos os setores administrativos e no gabinete da presidência da ALMT.

“Vejo isso com naturalidade, porque o momento é de sanar as dúvidas. Isso é natural. Que venha e busque. Não precisa de mandado, faço um compromisso com o Ministério Público do Estado, a Casa está livre para eles. Só não posso responsabilizar pelos gabinetes, mas as secretarias administrativas estão abertas para os procuradores do Estado”, afirmou Botelho.

Botelho disse que todas as ações financeiras realizadas pela Casa estão disponibilizadas no Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças do Estado (Fiplan). “Aqui, a transparência é total. Pode vir a hora que quiser, inclusive pode vir sem mandado. Pode entrar e ver o financeiro e olhar os documentos. Está liberado. Aqui não tem nada que está sendo escondido. Existe uma dúvida, que alguém disse que tem nota fria, aqui não existe. Eles têm dúvida, venha ver se tem. Não tem nada”, explicou o parlamentar.

O interesse da Assembleia Legislativa, de acordo com Botelho, com o Ministério Público é o mesmo. “É o de resguardar o patrimônio público. Eles podem vir aqui a qualquer momento. Aqui não tem constrangimento, não estamos escondendo nada. Eles estão fazendo o papel deles. Aqui, a Casa é do povo. A Casa é livre e podem entrar sem problema algum”, disse o deputado.

Sobre a origem da operação, Botelho afirmou que existe um depoimento prestado ao Gaeco de uma pessoa (não citou o nome dela) que forneceu uma nota fria feita no computador e entregou para a prestação de contas. O Gaeco pediu as informações e a Casa informou que essa nota não existe. “Então o Gaeco afirmou que não queríamos entregar e eles vieram buscar”, disse.

As denúncias, de acordo com Botelho, são relativas a suprimento de fundo e verba indenizatória. Os pedidos de suprimento são de 2012 a 2015. “Não precisa de mandado. Eles têm esse compromisso comigo. Pode vir a hora que quiser. Aqui está livre, mas se tiver alguma coisa que não está no portal transparência no site da Assembleia Legislativa que me mostre. Aqui tudo é transparente e não tem nada escondido”, afirmou Botelho.

Em relação às buscas realizadas no Instituto Memória do Poder Legislativo (IMPL) pelo Gaeco, Botelho disse que é o IMPL o responsável pelo arquivamento de todos os documentos produzidos pela Casa. “Lá está a guarda dos documentos antigos. O MPE pode fazer a busca em qualquer lugar da Casa – Secretaria Geral, na Secretaria de Finanças e em qualquer secretaria, menos nos gabinetes, que não posso responder por eles”, disse Botelho.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Aprovados em concurso público na área de segurança aguardam uma posição do governo MT

Política MT

Áreas são levantadas para a construção de Batalhão da PM na Vila Operária de Rondonópolis

Publicado

O deputado estadual Thiago Silva reivindicou a necessidade de um batalhão na Vila Operária devido ao aumento populacional e desenvolvimento da região

Foto: Assessoria

Desde o início do mandato parlamentar, uma das lutas na área da segurança do deputado estadual Thiago Silva (MDB) é a instalação de um Batalhão da Polícia Militar no distrito da Vila Operária, em Rondonópolis. Tanto que ele reivindicou essa demanda com a indicação de n. º 156/2019 à Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp). Essa região hoje conta com mais de 70 bairros e 80 mil habitantes.

Com o aumento populacional e desenvolvimento do distrito que possui vários estabelecimentos comerciais e agências bancárias, o parlamentar avalia o avanço da criminalidade na região. “A Vila Operária é uma região que chega a ser maior que muitos municípios de nosso Estado e precisa dessa atenção. Desde que eu fazia parte do movimento comunitário e como vereador, luto por essa causa. E continuo firme até concretizá-la. Tanto que já reunimos por diversas vezes com o secretário de segurança, Alexandre Bustamante, que acenou favoravelmente a implantação do Batalhão”, declarou Thiago.

Trâmites

De acordo com o comandante e tenente coronel Joel Outo Matos, que pertence a Coordenadoria de Infraestrutura da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT), já estão sendo levantadas as áreas para a construção do Batalhão na Vila Operária. Ele avalia que as chances para concretizar a unidade são certas, pois os apontamentos indicam o crescimento populacional e a existência da necessidade de cobertura policial na região.

Veja Mais:  Delegado Claudinei lamenta a morte de ícone do judô em Rondonópolis

Ele conta que a obra seguirá o modelo padrão da PM, como já realizado em outros municípios, como Jaciara e Primavera do Leste, sendo que o valor estimado é de R$ 5 milhões para a realização do processo construtivo. “Já temos um projeto que é um modelo padrão. Quando definir a área, temos que analisar a forma do terreno e solo e fazer as análises. Vamos só adaptar ao projeto, conforme o terreno que for definido”, explicou o tenente coronel.

Decreto

O Decreto de n.º 2.454/2010 dispõe sobre a organização básica da PMMT para criação de unidades militares, mediante proposta do comandante geral, seja para ativação, desativação ou remanejamento – se mantém em vigor.

Essa matéria garante a instalação do Batalhão na Vila Operária, sendo que, em 2001, teve a implantação da Companhia da PM que ficou na região por 16 anos até se tornar a 17° Companhia Independente, no ano de 2017, pelo 4° Comando Regional da PM. Há cerca de três anos, o prédio está desocupado por falta de condições para atender os propósitos da instituição quanto ao aspecto físico.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Professor Allan destina emenda para reforma do ginásio poliesportivo em Santo Antônio de Leverger

Publicado

No ato de assinatura da ordem de serviço para a reforma do ginásio também foram entregues uniformes de passeio para atletas das escolas do município

Foto: Ronaldo Mazza

O Professor Allan Kardec (PSB-MT) destinou emenda de R$ 350 mil para a reforma do Ginásio Municipal de Santo Antônio de Leverger. A ordem de serviço para a obra foi assinada na quarta-feira (22) pelo deputado e a prefeita Francieli Magalhães Vieira Pires no município. 

No ato de assinatura da ordem de serviço para a reforma do ginásio também foram entregues uniformes de passeio para atletas das escolas do município. A ação fez parte do calendário de entrega de obras do aniversário da cidade, comemorado dia 13 de junho.

Após a reforma, a praça esportiva terá nome de Ugo da Conceição Padilha, Padilhão, pai do deputado, falecido em 2020 por complicações de covid-19. O nome foi aprovado na terça-feira pelos vereadores da cidade.

Durante o lançamento, o deputado parabenizou a prefeita pela gestão e investimentos no município e todos os vereadores pelo apoio e aprovação para colocar o nome do ginásio. Ele lembrou do trabalho coletivo da prefeita e da secretária de Educação, Esporte e Lazer, Carol Lima, para a efetivação da obra. 

Emocionado, o deputado lembrou que no local não apenas teve aulas de educação física com seu pai, Ugo Padilha, como jogou bola com ele. “Tive o prazer de jogar ao seu lado nessa praça esportiva. Joguei com ele nos jogos de servidores que fizemos”, disse.

Veja Mais:  Aprovados em concurso público na área de segurança aguardam uma posição do governo MT

Durante 30 anos, Ugo Padilha foi professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMT) e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Prefeita

A prefeita Francieli agradeceu aos vereadores e ao deputado que têm levado recursos ao município. “Vamos nos unir e dar as mãos para dar melhor ao nosso município. Tenho grata satisfação de andar de cabeça erguida graças à parceria e união. Estamos vivendo um momento diferente no município. Obrigado a todos os vereadores e ao deputado Allan por trazer recurso ao município”, afirmou.

Professor Allan também ressaltou a importância da reforma do ginásio. “Ela é importante para os desportistas da nossa cidade continuarem suas atividades da manutenção da qualidade de vida. E para nossos atletas se aprimorar a fim de melhorar o desempenho quando representarem Santo Antônio em competições”, avaliou.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Delegado Claudinei entrega mais de R$ 70 mil em equipamentos para Polícia Penal de Mato Grosso

Publicado

Ao todo, o deputado já disponibilizou quase R$ 5 milhões em emendas para a Segurança Pública do estado

Foto: Assessoria

Defensor das causas relativas à Segurança Pública de Mato Grosso, o deputado Delegado Claudinei (PL) efetuou a entrega de 145 raquetes corporais para detecção de metais e 16 banquetas para a Polícia Penal de Mato Grosso.

Esses equipamentos, importantes para evitar a entrada de materiais ilícitos nas unidades prisionais, como celulares, foram adquiridos através de emenda parlamentar do deputado Claudinei no valor de R$ 74,2 mil.

“Desde quando eu atuava como delegado que a gente sempre foi parceiro do Sistema Penitenciário. Agora como deputado sempre ajudando com nossas emendas a fortalecer a Segurança Pública, dessa vez, as nossas cadeias e penitenciárias”, comentou o deputado.

Deputado da Segurança

Por ter atuado por 18 anos como Delegado da Polícia Civil em Mato Grosso, o deputado Delegado Claudinei conhece de perto os anseios da Segurança Pública. Já destinou, inclusive, quase R$ 5 milhões em emendas para os órgãos ligados à segurança como Polícia Civil, Polícia Penal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Veja Mais:  Deputado apresenta Projeto para incentivo do uso de energia solar em Mato Grosso
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana