Esportes

Brasil deve ter 250 atletas em disputa nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020

Publicado

Jogos Olímpicos de Tóquio acontecem daqui dois anos, em 2020
Reprodução/Twitter/Olympics

Jogos Olímpicos de Tóquio acontecem daqui dois anos, em 2020

O COB (Comitê Olímpico Brasileiro) investirá neste ano R$ 153 milhões na preparação dos atletas para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. A entidade espera contar no Japão com uma delegação de 250 atletas, que, junto com as respectivas comissões técnicas, estará espalhada por oito bases de apoio, todas situadas próximas aos locais de competição.

O número estimado para os  Jogos Olímpicos de Tóquio é próximo da delegação que representou o país nos Jogos Olímpicos de Londres, seis anos atrás, com 259 atletas. Mas é bem inferior aos 465 atletas que representaram o país nos jogos do Rio de Janeiro, em 2016, já que os países sedes têm direito a mais vagas.

As informações foram divulgadas na sede do COB, no Rio de Janeiro, quando foi feito um balanço dos preparativos que estão sendo implementados para que o Brasil possa apresentar um bom desempenho na competição.

Jorge Bichara, gerente de Performance Esportiva, informou que a entidade já deu início à ambientação da delegação brasileira ao país sede e às cidades e locais onde os eventos acontecerão e onde estarão localizadas as bases de apoio da delegação brasileira.

Medalhas esperadas nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Surfe é uma modalidade que pode render medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio
WSL / Kelly Cestari

Surfe é uma modalidade que pode render medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Os dirigentes do COB preferiram não estabelecer metas para o desempenho dos atletas brasileiros na competição, que acontecerá daqui dois anos, mas foram unânimes em afirmar que o objetivo é de estar próxima da performance do Rio 2016, mantendo ou mesmo ampliando o número de modalidades cujos atletas subirão ao pódio.

Veja Mais:  Uirapuru/Faipe/Cáceres larga na frente na Copa do Brasil de Futsal Feminina

Em Tóquio, cinco novas modalidades entram em disputa, sendo que o Brasil poderá almejar atingir o lugar mais alto do pódio em três delas: surfe, skate e karatê.

“Só divulgaremos metas em 2019 após a realização do campeonato mundial, até para não gerar expectativas e pressão sobre a delegação”, disse Bichara. Na Olimpíada de 2016, embora o país tenha projetado ficar na lista dos dez melhores, o Brasil obteve a 12º lugar ao conquistar um total de 19 medalhas.

Os dirigentes acreditam, porém, que em alguns esportes há uma maior expectativa em torno de medalhas, como é o caso do voleibol em suas diversas modalidades, do judô, da vela e do futebol – esporte que ganhou o primeiro ouro olímpico em 2016, e até mesmo o taekwondo.

“Tradicionalmente, o judô é o esporte que nos dá sempre bons resultados, o que reflete sempre em quantidade de medalhas. O vôlei também é um esporte de tradição e que nos rende medalhas, mas não existe medalha certa e sim trabalho”, ressaltou o dirigente sobre a perspectiva para os Jogos Olímpicos de Tóquio , em 2020.

Comentários Facebook

Esportes

Cuiabá vence o CSA na estreia do Brasileiro de Aspirantes

Publicado

Foto: Assessoria

O Dourado foi até Maceió e bateu o CSA por 1 a 0, nesta quinta-feira, pela estreia no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. O Dourado volta a jogar na próxima quinta-feira (7), contra o Paysandu, às 14h (de MT), em casa.

O Cuiabá começou melhor o jogo e foi tomando os espaços no campo de ataque. Aos 25, Gustavo Nescau escorou cruzamento de cabeça e viu a bola explodir no travessão.

No segundo tempo, o time auriverde seguiu melhor em campo e abriu o placar aos 18 minutos com Lucas Cardoso em chute de dentro da área. Depois, o adversário esboçou a reação, mas o placar seguiu favorável ao Dourado.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Veja Mais:  Claudinei apoia atletas do handebol de Rondonópolis para Campeonato em Diamantino
Continue lendo

Esportes

Piloto morre em queda na 4ª Etapa do Campeonato Estadual de Motocross do Mato Grosso

Publicado

Weliton Carvalho morreu durante acidente na pista de motocross — Foto: Redes sociais

Um acidente ocorrido na 4ª Etapa do Campeonato Estadual de Motocross do Mato Grosso, realizada em Juara, distante 690 km de Cuiabá, capital do estado, acabou vitimando o piloto Weliton Carvalho da Silva, de 32 anos, no último domingo. Na última volta do campeonato, Weliton tentou saltar de uma rampa e, ao cair no ‘chão reto’ e não na própria rampa, acabou ficando inconsciente no solo.

Pessoas ligadas à competição, de prontidão, foram atender Weliton, além de profissionais do Corpo de Bombeiros que estavam trabalhando junto das equipes médicas contratadas pela organização da etapa estadual.

Líder da categoria Novato Nacional, Weliton estava em quarto lugar na prova do último domingo e buscava ultrapassar o terceiro colocado no momento do salto que resultou no acidente fatal. O piloto recebeu todos os atendimentos médicos de primeiros socorros ainda no local, enquanto a prova tinha seu término realizado, e foi encaminhado ao Hospital Municipal de Juara, mas não resistiu aos ferimentos sofridos e faleceu.

De acordo com informações divulgadas por Agnaldo Perrone, coordenador das provas da região Sudeste da mato-grossense de motocross, outro piloto também se feriu durante a prova, mas passa bem após atendimento realizado no mesmo hospital. O organizador, ainda, afirmou que não acontecia um acidente trágico nas pistas de motocross no estado há 20 anos.

Veja Mais:  Chile bate Haiti na primeira vitória na Copa do Mundo Sub-17

Em sinal de respeito a Weliton, a Federação de Motociclismo do Mato Grosso informou que toda a programação do evento foi cancelada. Uma nota oficial emitida agradeceu aos esforços dos profissionais de saúde de Juara e lamentou o falecimento do piloto.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Mato-grossense Sub-20; União inicia o hexagonal final contra o Cuiabá

Publicado

Foto: Assessoria

A Federação Mato-grossense de Futebol divulgou na tarde desta terça-feira (28), a tabela detalhada do hexagonal final do Campeonato Mato-grossense Sub-20 / Edição 2022. O União irá encarar na abertura desta segunda fase, a equipe do Cuiabá.

A 1ª fase foi encerrada no último fim de semana, com seis clubes garantindo a classificação: Sorriso, Nova Mutum, Mixto, Cacerense, Cuiabá e União. A fase final terá início já neste fim de semana com três jogos.

Cacerense x Nova Mutum – Sábado, às 15h / Estádio Geraldão

Mixto x Sorriso – Domingo, às 16h / Estádio Presidente Dutra

Cuiabá x União – Segunda-feira, às 19h / Estádio Presidente Dutra

O campeão e vice, serão os representantes de Mato Grosso na Copa São Paulo de Futebol Júnior – Edição 2023. O campeão também estará garantido na Copa do Brasil Sub-20 do próximo ano.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Veja Mais:  Uirapuru/Faipe/Cáceres larga na frente na Copa do Brasil de Futsal Feminina
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana