Mato Grosso

Defesa Civil estadual finaliza vistoria das residências afetadas pelas chuvas em Diamantino

Publicado


Agentes da Defesa Civil estadual e da Coordenaria Municipal de Proteção e Defesa Civil finalizaram, nesta terça-feira (22.02), o processo de análise das condições estruturais de 80 residências no município de Diamantino (a 208 km Cuiabá) que foram atingidas pelos alagamentos provocados pelas intensas chuvas. O resultado do laudo atestou segurança, nenhuma moradia apresenta risco e as famílias estão autorizadas a voltar para casa.

“Sobre a situação atual de todos os imóveis atingidos pelas inundações, não existe nenhum dano estrutural que ofereça risco aos moradores e todos estão aptos ao retorno. O trabalho da Defesa Civil continua, vamos finalizar o levantamento de danos na cidade”, afirmou o superintendente de Proteção e Defesa Civil estadual, tenente-coronel BM Luís Cláudio Cruz.

A equipe ainda permanece realizando os trabalhos para identificar outros danos causados pelas chuvas na cidade. Atualmente, foram detectadas destruição de pontes sobre o Rio Preto (na MT-240) e sobre o Rio Ribeirão Santo Antônio na (MT-160).

Com esses estragos estruturais, a Defesa Civil vai apresentar todo panorama da situação do Governo do Estado para homologação da situação de emergência, além de solicitar o reconhecimento do Governo Federal para contemplação de recursos financeiros para obras de reconstrução.

Todas as 80 famílias que tiveram suas casas afetadas pelas inundações e alagamentos receberam assistência humanitária do Estado, por meio de ações da Secretaria de Estado de Assistência Social (Setasc) que entregou 400 cestas básicas do programa Ser Família Solidário e 400 cobertores para ajudar as famílias afetadas.

Veja Mais:  Com novo prédio, unidade de Cáceres tem missão de combater violência

Os moradores foram encaminhados para Centro Comunitário e hotéis na cidade, a partir do trabalho da Defesa Civil estadual que também investiu R$17 mil na compra de colchões, com previsão de entrega na segunda-feira (28.02). Toda ação conta com apoio e força trabalho dos servidores da prefeitura municipal.

Durante o atendimento aos desabrigados, não foi registrado nenhum caso grave de pessoas feridas e nem óbitos. Apenas registro de danos materiais com perda de eletrodoméstico e móveis dos moradores.

Serviço alerta de risco

A população pode receber avisos antecipada via SMS sobre chuvas. Os alertas incluem risco de inundações, alagamentos, temporais ou deslizamentos de terra, entre outras ocorrências. A população pode se cadastrar gratuitamente enviando um SMS para o número 40199 com CEP do local. Esse serviço de alertas é coordenado pelo Ministério da Integração, em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e operadoras de telefonia móvel.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governador autoriza início das obras do Hospital Regional de Alta Floresta e anuncia novos investimentos

Publicado

O governador Mauro Mendes assina nesta terça-feira (28.06) a ordem de serviço para a construção do Hospital Regional de Alta Floresta e anuncia novos investimentos na região. Ele ainda vistoria obras e inaugura a Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo durante visita à Região Norte.

Mauro chega em Alta Floresta às 7h. Na sequência, às 8h30, ocorre o ato de assinatura da ordem de serviço do Hospital Regional no terreno onde será feita a construção. No mesmo local, o governador anuncia novos convênios e entrega equipamentos para municípios da região.

Às 11h30, a comitiva do governador chega em Matupá, de onde faz deslocamento de carro até Peixoto de Azevedo. No município, o governador assina novos convênios com diversos municípios, às 12h, no Salão Paroquial da cidade. 

Às 14h, ocorre a inauguração da Cadeia Pública de Peixoto, que recebeu investimento total de R$ 11,1 milhões, entre recursos do Governo de Mato Grosso e do Ministério da Justiça. 

Às 14h45, o governador e a comitiva voltam a Matupá para vistoriar, às 15h, as obras da Escola Estadual de Matupá, que ficou paralisada por 10 anos e foi retomada pela atual gestão. A ordem de serviço para a retomada da construção foi assinada no mês de fevereiro deste ano, com investimento de R$ 3,9 milhões.

Confira a programação

7h – Chegada em Alta Floresta

8h30 – Ato de assinaturas da ordem de serviço do Hospital Regional, convênios e pronunciamentos 

Veja Mais:  Ganha Tempo de Rondonópolis volta a emitir RG em período integral

Local:Terreno da construção do Hospital Regional

11h30 – Chegada em Matupá, com deslocamento de carro para Peixoto de Azevedo

12h – Chegada em Peixoto de Azevedo e ato de assinaturas de convênios e pronunciamentos

Local: Salão Paroquial

14h – Ato de inauguração da Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo

14h45 – Deslocamento de carro para Matupá

15h – Chegada em Matupá, com vistoria às obras da Escola Técnica Estadual

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Operação prende quatro motoristas por embriaguez ao volante em Cuiabá

Publicado

A 59ª Edição da Operação Lei Seca prendeu quatro pessoas por embriaguez ao volante e autuou 11 por conduzir veículo sob efeito de álcool. As abordagens ocorreram na noite de domingo (26.06), na Avenida Beira Rio, bairro Grande Terceiro, em Cuiabá.

Conforme relatório final do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), foram abordadas 109 pessoas, que tiveram seus veículos fiscalizados e gerou 47 Autos de Infração de Trânsito (AIT), sendo, 10 pessoas dirigindo sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 18 com licenciamento atrasado e tiveram seus veículos removidos.

Do total, 40 pessoas tiveram seus veículos removidos, sendo 37 autuados por apresentarem alguma irregularidade perante o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Também foram recolhidos 16 CNHs, das quais, os condutores apresentaram porcentagem de álcool durante o teste de alcoolemia.

A operação é realizada pelo GGI, vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), que dessa vez, contou com o apoio do Batalhão de Trânsito da PM, Delegacia de Delitos de Trânsito, Departamento Estadual de Trânsito (Detram) e Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob). 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Com apoio do TCE, municípios avançam na gestão de medicamentos e merenda
Continue lendo

Mato Grosso

SES realiza capacitação para profissionais da saúde sobre a Poliomielite

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) realizará, nesta terça-feira (28.06), a transmissão do 1º Webinário de Vigilância Epidemiológica das Paralisias Flácidas Agudas/Poliomielite. A capacitação ocorrerá das 13h às 17h pelo YouTube.

Para participar da capacitação, os interessados podem acessar, gratuitamente, o link https://youtu.be/4SL6oDHrlwI

A transmissão é voltada para os técnicos responsáveis por esse agravo nos 16 Escritórios Regionais de Saúde, para a equipe multiprofissional das Unidades Básicas de Saúde, das Unidades de Pronto Atendimento e Policlínicas dos 141 municípios, das unidades hospitalares das redes estadual e federal, além de profissionais da saúde de outros estados, bem como, de representantes da Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (RENAVEH) e de acadêmicos de cursos das Ciências Biológicas.

Apesar de a Poliomielite estar erradicada no Brasil desde 1994, os especialistas estão preocupados com a reintrodução da doença por causa do baixo índice de cobertura vacinal.

De acordo com dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), em Mato Grosso, neste ano, até nesta segunda-feira (27.06), a cobertura vacinal é de 41,86%. Em 2021, a cobertura da vacinação no Estado foi de 75%. A meta nacional é de 95% de cobertura.

No Brasil, a queda na cobertura vacinal contra a Poliomielite vem sendo registrada desde 2016. A Poliomielite é uma doença altamente infecciosa aguda, podendo infectar crianças e adultos, causando a paralisia das pernas (paralisia flácida).

Veja Mais:  Empaer atende médios produtores da cadeia produtiva da bovinocultura na Região Leste

“Atualmente estamos com um alto risco de reintrodução da doença devido a não alcançarmos as metas dos indicadores, em especial a cobertura vacinal que está abaixo dos níveis mínimos esperados”, alerta a técnica da SES-MT, Kellen Luzia da Silva Anunciação, idealizadora e coordenadora do evento.

A programação do 1º Webinário de Vigilância Epidemiológica das Paralisias Flácidas Agudas/Poliomielite contém palestras sobre definição de caso suspeito e confirmado, diagnóstico, tratamento, investigação da doença, medidas de prevenção e controle, encerramento de caso com revisita aos pacientes e vacinação, entre outros temas.

Palestrarão no evento os especialistas: Carlos Otto Heise, chefe do Setor de Eletroneuromiografia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; Fernanda Burlandy, bióloga do Laboratório de Referência Nacional para PFA/Poliomielite do Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz); Zirlei Matos, representante da Vigilância PFA/Poliomielite do Ministério da Saúde e Ana Carolina, técnica do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana