Policial

Polícia Civil prende dois por golpe do cartão de crédito clonado em MT

Publicado

O esquema fraudulento levou a prisão de dois homens nesta terça-feira (24), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), após uma denúncia que chegou à unidade policial. Alex de Almeida Ferreira, 29, e Ivo Jesus da Silva Junior, 30, foram autuados em flagrante por estelionato e associação criminosaUm golpe articulado nos mínimos detalhes para enganar, principalmente, idosos aposentados, vem fazendo vítimas em várias localidades do Brasil. A nova modalidade de estelionato envolve cartões de crédito, para qual o golpista faz a vítima acreditar que foi clonado. Pelo menos, cinco vítimas foram identificadas na região metropolitana, até o momento.

O golpe funciona da seguinte forma: criminosos de posse de dados cadastrais ligam para as vítimas se passando por funcionários de bancos ou de seguradoras dos cartões, informando que o cartão de crédito da pessoa foi clonado. O golpista informa que foi identificada uma compra não usual.

Após a vítima confirmar não ter realizado a compra é feito o procedimento de cancelamento do cartão. No entanto, o criminoso informa que outro cartão será enviado e um funcionário da agência bancária passará no endereço da vitima para recolher o cartão. Os golpistas usavam até crachás falsos de bancos para dar credibilidade à fraude.

“Eles se identificavam como funcionários de agências bancárias ou da seguradora do banco e diziam as vítimas, em primeiro momento por telefone, que o cartão tinha sido clonado e que um funcionário do banco ou da seguradora passaria na residência da  para recolher o cartão clonado. Através de conversa muito bem engendrada e de boa aparência, eles conseguiam recolher os cartões das vítimas, com as senhas, e a partir daí passavam em vários estabelecimentos  efetuando compras, contando até com  a colaboração de terceiros para passar valores em máquinas e obter um retorno em dinheiro”, explicou o delegado da Derrfva, Marcelo Martins Torhacs.

Veja Mais:  PM prende homem por receptação de celular depois de auxilio de rastreador

Um dos últimos golpes foi contra uma idosa de 81 anos, que teve seu cartão usado duas vezes em estabelecimentos, supostamente de comparsas, para retirada de dinheiro. Estima-se que em pouco tempo, os criminosos lucraram mais de R$ 30 mil, enganando vítimas em Cuiabá.

Com os dois golpistas foram apreendidos crachás falsos de quatro bancos, cartões de créditos das vítimas, dinheiro e um Ford Ka, branco. Com os cartões, os criminosos realizaram compras em hipermercados, lojas de shopping e de departamentos.

A Polícia Civil orienta as pessoas que sido vítimas dos golpistas, a procurar nesse primeiro momento a Derrfva (Av. Paiaguas nº. 1000 (anexo a sede do Detran), bairro Paiaguas – Cuiabá / MT), ou  a Delegacia de Estelionato, no prédio da 2ª Delegacia de Polícia do Carumbé, para onde será encaminhado o procedimento.

 

Comentários Facebook

Policial

Vereador por Cuiabá, Marcos Paccola mata policial penal na noite desta sexta-feira

Publicado

O vereador por Cuiabá, Marcos Ticcianel Paccola, mais conhecido como coronel Paccola (Republicanos), matou um agente do Sistema Socioeducativo na noite desta sexta-feira (1), próximo à praça 8 de Abril, região central de Cuiabá.

O agente é conhecido como Japão. Conforme informações levantadas no local do crime, o vereador atirou após o agente reagir e continuar insistindo na discussão com uma mulher.

A assessoria do vereador confirmou o crime. Disse ainda que o parlamentar se encontra na delegacia.

Cerca de duas após o crime, o corpo da vítima continua no local, que está sendo resguardado pela Polícia Militar para em seguida iniciar a perícia.

Parentes da vítima chegaram ao local, assim como amigos de trabalho, e se depararam com a triste cena. Eles lamentaram e choraram próximo do corpo.

Veja a nota da assessoria do vereador 

Segundo a assessoria do parlmentar, o tenente-coronel avistou um homem apontando uma arma para um mulher e teria parado para prestar socorro.

Ao perguntar para o suspeito do ocorrido, o mesmo atirou conta Paccola, que se defendeu do atirador.

No local há diversas testemunhas do ocorrido ao qual declaram que Paccola agiu em legítima defesa.

Veja Vídeo

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Veja Mais:  Homem é preso com 48 porções de cocaína em Várzea Grande
Continue lendo

Policial

Polícia Militar intensifica policiamento durante o 35º Festival de Inverno em Chapada dos Guimarães

Publicado

A Polícia Militar de Mato Grosso intensificará o policiamento preventivo e ostensivo durante a 35º edição do Festival de Inverno em Chapada dos Guimarães, que começa nesta sexta-feira (01.07). As ações de policiamento visam garantir a segurança do público e do trânsito na rodovia estadual MT-251.

O policiamento presente será coordenado pelo Primeiro Comando Regional da Polícia Militar, por meio da 1ª Cia Independente da PM, com a intensificação do efetivo de policiais militares e de viaturas presentes.

Além disso, estarão presentes o reforço do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), Força Tática, Regimento de Policiamento Montado (Cavalaria), Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) e um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), cedido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

O principal objetivo é inibir e evitar a prática de quaisquer ações delituosas, identificar e efetuar a prisão de infratores da lei, realizar apreensão de armas, substâncias entorpecentes e veículos irregulares, bem como inibir o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, especialmente para direção de veículo automotor. 

A Polícia Militar ainda irá cooperar com as demais autoridades policiais e judiciárias na prevenção e repressão aos delitos ocorridos no âmbito de suas competências.

O Batalhão da Polícia Militar de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTran) realizará o policiamento visando a segurança dos condutores que passarem pela rodovia MT-251, que liga Cuiabá à Chapada dos Guimarães, com a checagem de veículos e condutores, testes de etilômetros, comboios rodoviários e ponto de paradas ao longo da rodovia.

Veja Mais:  Vereador é preso em operação da PF em Mato Grosso

Além das ações de policiamento ordinário, serão realizadas junto a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), a Operação Lei Seca, visando a segurança dos motoristas e passageiros que passarem pela rodovia.

O evento, que conta com apoio do Governo do Estado, será realizado em todos os fins de semana entre os dias 01 de julho e 13 de agosto, com entrada gratuita. O festival conta com atrações nacionais e locais, e tem estimativa de público de 300 mil pessoas, ao longo do evento.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende mulher envolvido em golpe de R$ 100 mil contra vítima da Paraíba

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes de Cuiabá, prendeu em flagrante uma mulher envolvida em golpe na modalidade “falso intermediador de vendas”, no valor de R$ 100 mil, praticado contra uma vítima do estado da Paraíba.

Segundo as informações, uma pessoa anunciou a venda de um veículo Jeep Compass, em um site de compra e venda pela internet, e um estelionatário copiou o anúncio colocando um preço mais baixo. A vítima se interessou pelo veículo anunciado pelo golpista, efetivando o negócio, acreditando transferir o valor para o verdadeiro proprietário do automóvel.

O valor transferido foi enviado para a conta bancária de uma mulher, moradora de Cuiabá, e integrante do grupo criminoso envolvido nos golpes. Assim que a equipe de policiais da Delegacia de Estelionato foi comunicada dos fatos, iniciou as diligências para localizar a mulher, realizando a prisão em flagrante.

Em checagem no sistema, foi constatado que a suspeita responde por outras fraudes na mesma modalidade, aplicadas contra vítimas de quatro estados.

Diante dos fatos, a suspeita foi conduzida à Delegacia de Estelionato, onde foi autuada em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa, tendo a delegada Judá Marcondes representado pela conversão da sua prisão em flagrante em preventiva.

“A prisão preventiva é necessária para manutenção da ordem pública, uma vez que ficou comprovada a reiteração de conduta e a constituição de grupo criminoso, com o fim de cometer fraudes em todo território brasileiro”, explicou a delegada.

Veja Mais:  Caminhão com madeira ilegal é apreendido pela PRF em MT

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana