conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Prefeitura formaliza atualização de convênio com a Santa Casa com repasses que somam até R$ 74 mi anuais

Publicado

Foto: Assessoria

O prefeito Zé Carlos do Pátio assinou nesta quarta-feira (6), a formalização do convênio de termo aditivo para repasses públicos para a Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis, que inclui os valores de duas emendas parlamentares – uma de R$ 10 milhões e outra de R$ 790 mil -, além de um termo aditivo no total dos repasses provenientes dos entes públicos Federal, Estadual e Municipal.

Com o termo aditivo no convênio, a Santa Casa passará a receber anualmente repasses – federais, estaduais e municipais -, que somam até R$ 74 milhões. Esse valor será a soma de parcelas mensais dos poderes públicos para a manutenção dos serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) mantidos pela unidade hospitalar ao longo de 12 meses, mais as duas emendas parlamentares que foram destinadas ao hospital, repassadas em sua totalidade em depósito único.

A secretária municipal de Saúde, Izalba de Albuquerque, explica que a emenda de R$ 790 mil já está disponível na conta do Fundo Municipal de Saúde e o valor será depositado para a Santa Casa ainda nesta quarta-feira. O município ainda aguarda a chegada dos outros R$ 10 milhões, provenientes de outra emenda parlamentar federal para destinar o recurso ao hospital.

O prefeito ressalta que atualmente cerca de 50% do total de recursos que são repassados para a unidade hospitalar são de incentivos pelos serviços prestados, uma forma de acrescentar valores sobre o custo da tabela SUS. Essa medida é uma maneira de compensar a defasagem da tabela do SUS, que compõe os recursos federais repassados para o hospital.

Veja Mais:  Rondonópolis recebe emendas de R$ 603 mil para o esporte cedidas pelo Deputado Claudinei

Em 2018, por exemplo, conforme dados do Departamento da Gestão SUS da Secretaria Municipal de Saúde, os valores recebidos pela Santa Casa de acordo com a tabela SUS, repassados pelo Governo Federal, somaram R$ 21,7 milhões, já de incentivos foram pagos pouco mais de R$ 23 milhões.

Progressão de repasses

Conformes dados das secretarias municipais de Saúde e Finanças de Rondonópolis, os recursos repassados para a Santa Casa, provenientes dos três entes públicos, cresceram entre 2009 e 2018, uma média de 48% ao ano. Em 2009, os repasses somavam aproximadamente R$ 9,2 milhões ao ano enquanto que em 2018, já ultrapassavam os R$ 50 milhões. Para os próximos 12 meses, os valores previstos pelo convênio chegam a R$ 74 milhões.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Quadra poliesportiva do bairro Cidade Natal está sendo reformada

Publicado


.

Os moradores do Residencial Cidade Natal, localizado na região da grande Vila Operária, e, adjacências, estão sendo contemplados com a reforma e revitalização da quadra poliesportiva do bairro. A Prefeitura de Rondonópolis, por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes, está investindo R$ 135.765,35 em recursos próprios.

Como a quadra apresentava algumas deteriorações em razão dos muitos anos de uso contínuo sem uma adequada manutenção, surgiu a necessidade de uma reforma.

Por conta disso, o prefeito atendendo as demandas da comunidade decidiu fazer uma reforma completa no local, bem como, revitalizar todo o espaço esportivo, para que a comunidade tenha melhores condições de uso.

Para tanto, está realizando a troca do piso; pintura do solo (demarcações), e arquibancadas; paisagismo; instalação de passeio público com piso tátil; troca do alambrado; tabela de basquete novas; traves para futsal/handebol; postes para redes de vôlei; e, ainda a revitalização da pintura da cobertura metálica.

SERVIÇOS
Conforme informações da gerente do Departamento de Obras e Urbanismo, da Secretaria Municipal de Esportes, engenheira Bruna Silva, o projeto arquitetônico primou pela readequação do espaço. 

A obra segue em ritmo forte, e assim que estiver concluída, vai beneficiar não apenas a comunidade local, mas sobretudo, os moradores dos bairros adjacentes, que poderão interagir entre si, realizando, competições esportivas, disputas e campeonatos amadores. 

Investir em esporte, é garantia de qualidade de vida, saúde e prevenção. Principalmente para os jovens, pois o esporte os insere na prática de atividades saudáveis, evitado que acabem se envolvendo em atos ilícitos, como a inserção no mundo das drogas, e acabem comprometendo as suas vidas.

Veja Mais:  Rondonópolis recebe emendas de R$ 603 mil para o esporte cedidas pelo Deputado Claudinei

Assim sendo, todos estes investimentos públicos, visam sobretudo, a prevenção e incentivo à saúde e a qualidade de vida e cidadania.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Rondonópolis recebe emendas de R$ 603 mil para o esporte cedidas pelo Deputado Claudinei

Publicado

Prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, recebeu três ofícios de indicação das emendas parlamentares para atender a área de esporte do município

Foto: Assessoria

O setor de esportes de Rondonópolis (MT) contará com incrementos por parte da prefeitura do município, por meio de três emendas parlamentares concedidas pelo deputado estadual Delegado Claudinei (PSL). Nestas indicações serão feitas a aquisição de materiais esportivos para a Sociedade Esportiva Vila Aurora (Tigrão da Vila) e à seleção municipal de Handebol que, respectivamente, receberão investimentos de R$ 87 mil e R$ 90 mil. Já a verba de cerca de R$ 426 mil será para a cobertura do Estádio Engenheiro Luthero Lopes.

O deputado explica que é uma satisfação poder contribuir com o município que é a sua base e onde mora há 13 anos. Também, ressalva a importância do esporte na vida das pessoas. “O esporte não envolve só uma questão física e mental. Também, é um excelente recurso para que as nossas crianças, adolescentes e jovens se ocupem com algo que só gera bem-estar e qualidade de vida. Infelizmente, temos que proteger este público específico da criminalidade e mantê-los sempre longe de qualquer consumo ilícito”, esclarece Delegado Claudinei.

Ao receber em mãos os ofícios das emendas parlamentares, o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (SD), ficou agradecido e que providenciará com a equipe do governo municipal a elaboração dos devidos projetos para serem encaminhados à Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer de Mato Grosso (Sael – MT), juntamente, com o parlamentar estadual.

Foto: Assessoria

“Quero neste momento fazer o meu agradecimento ao deputado Delegado Claudinei por ter enviado o ofício das emendas. Ele tem uma coisa que é claro, ele é verdadeiro. Mesmo no momento de polêmica com a gente, ele envia para o município emendas. Eu que tenho muitos anos de vida pública, isso é o início da sabedoria de um político. Acho que isso, mostra o que é ser um bom gestor, mostra o bom político. Ele está no caminho certo”, elogia José do Pátio.

Veja Mais:  Lions Internacional com Ariadne Feltrin será interditada nesta quinta-feira para realização de obras do Sanear

Beneficiados – A Sociedade Esportiva Vila Aurora (Tigrão da Vila) foi fundada há 56 anos, em maio de 1964. Enquanto, o estádio Engenheiro Luthero Lopes possui capacidade para atender cerca de 19 mil pessoas. Ele é conhecido como Caldeirão.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Retirada dos kits pedagógicos nas escolas da rede municipal inicia no dia 8

Publicado


.

A Secretaria Municipal de Educação de Rondonópolis implantou o programa ‘Atividades para além da escola’ que atenderá todos os alunos da rede municipal, abrangendo a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e a Educação para Jovens e Adultos (EJA). Cada unidade escolar ficará responsável pelo desenvolvimento e acompanhamento das atividades pedagógicas e educacionais para os respectivos alunos. As atividades começam a ser distribuídas pelas escolas no próximo dia 8, com previsão de conclusão no dia 14 agosto, data em que o programa poderá ser prorrogado conforme a necessidade relacionada com a crise da saúde.

A secretária municipal de Educação, Maristela Moraes, explica que o programa já vinha sendo estudado e desenvolvido desde o início da crise causada pelo coronavírus que levou a suspensão das aulas na rede municipal em 23 de março. Com a impossibilidade de retorno às aulas presenciais para garantir a saúde de alunos e educadores e evitar a propagação do vírus, a Semed definiu pelo início do programa que segue até o retorno do ano letivo presencial ainda sem previsão para ocorrer.

O programa, como especifica a Semed, necessita do envolvimento e participação de todos os educadores e responsáveis pelos alunos. Às unidades escolares caberá a organização dos professores e estagiários para elaboração das atividades, entrega dos kits pedagógicos aos pais ou responsáveis, recebimento, registro e correção das atividades, bem como o apoio para sanar as dúvidas de pais e responsáveis quanto ao andamento do programa.

Veja Mais:  Prefeitura de Rondonópolis entrega título de propriedade a moradores do Dom Osório

A Semed ressalta que as atividades pedagógicas seguirão as normas da LDB/19996, DRC/2018, DMC/2011 e PPP e leis educacionais vigentes no país. O programa deverá abordar saberes gerais das áreas de conhecimento e especificidades de conteúdos, além de contemplar a leitura, escrita, análise e produção de textos, cálculos e estudos de fatos sociais, culturais e tecnológicos.

Os educadores devem elaborar kits com atividades pedagógicas para serem entregues aos pais. Os alunos devem então responder as atividades que serão devolvidas no prazo estabelecido às escolas para correção e análise do professor de cada turma. A periodicidade de entrega das atividades será quinzenal conforme cronograma. A carga horária cumprida pelo aluno será computada a partir da devolução do material respondido.

A Pasta informa ainda que a realização das atividades serão computadas como carga horária do calendário escolar cumprida, evitando a necessidade de reposição das aulas. Nesta primeira etapa do programa, compreendida entre 8 de junho a 14 de agosto, prefazem o total de 184 horas/aulas.

Maristela explica que os alunos irão receber os kits contendo atividades pedagógicas com material didático, além de kits com obras literárias e atividades sociointerativas entre pais e responsáveis e alunos. Aos pais caberá o acompanhamento dos alunos, indicando aos professores pontos que os estudantes encontrem dificuldades. Uma equipe de professores estará disponível 4 horas por dia para sanar dúvidas que possam surgir.

Veja Mais:  Prefeitura reforma e revitaliza a quadra de areia do Pedra 90

Escolas da zona rural

Para que os alunos da zona rural não sejam prejudicados, a Semed disponibilizará transporte escolar para as unidades educacionais fazerem a entrega das atividades por meio de um cronograma aos pais e responsáveis. Educadores entregarão as atividades aos pais e responsáveis nos pontos de ônibus utilizados pelos alunos.

Educação Infantil

A Secretaria explica que no caso de crianças de zero a cinco anos e 11 meses a educação é de natureza essencialmente interacional, já que a linguagem da criança é a brincadeira, seja em casa ou na escola. Elas se expressam pelo corpo, pela dança, pela música, pelo jogo de faz de conta, narração de histórias vividas e pelo desenho, sem imposições acadêmicas. Conforme a Semed, sobrecarregar as crianças nesta faixa etária com atividades escolarizantes pode aumentar o estresse delas e dos adultos responsáveis.

Para a Educação Infantil serão enviados vídeos, sugestões de leituras e brincadeiras. Além de encaminhadas orientações sobre cuidados com alimentação saudável e demais necessidades para o acompanhamento da rotina dos alunos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana