Rondonópolis

Secretaria de Saúde incentiva zelo com corpo feminino em ação sobre Outubro Rosa na Cadeira Feminina

Publicado

Foto: Assessoria

Levar informações sobre cuidados com a saúde para mulheres que estão, momentaneamente, privadas de liberdade foi uma atenção que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) teve na manhã desta sexta-feira (15) por meio de atividades em virtude do Outubro Rosa realizadas na Cadeia Pública Feminina de Rondonópolis, que contou com a parceria da Obra Kolping e da própria penitenciária.

De início, uma roda de conversas foi conduzida pelo secretário de Saúde, Vinícius Amoroso, junto com outras profissionais da Pasta, como a assistente social Edna Rodrigues, a psicóloga Mariá Miranda, além da diretora da Cadeira Feminina, Silvana dos Santos Leite Lopes, e da assistente social da Obra Kolping, Elenir Magalhães, para cerca de 60 detentas. Na troca de ideias foram abordados a importância do identificação do câncer de mama nas fases iniciais, sintomas, medos a serem enfrentados e tratamento, entre outros assuntos sobre a saúde da mulher.

“Aproveitamos para enfatizar a necessidade delas conhecerem o próprio corpo, de se tocarem e, ao perceberem qualquer sinal diferente nas mamas, de conversarem com um profissional da saúde sobre essa descoberta”, compartilha Edna em um discurso que vai ao encontro das orientações difundidas pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) que acentua que “Há vários tipos de câncer de mama. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem lentamente. A maioria dos casos, quando tratados adequadamente e em tempo oportuno, apresentam bom prognóstico”.

Veja Mais:  Rondonópolis realiza curso de capacitação para Conselheiros Tutelares de 11 municípios

Edna ainda frisa: “Neste tempo de pandemia do COVID-19, um dos problemas fundamentais para a efetivação de políticas públicas voltadas à saúde integral às mulheres privadas de liberdade é a adequação das condições de biossegurança atrelada a superação das dificuldades impostas pela própria situação de confinamento, que dificulta o acesso às ações e serviços de saúde de forma integral e efetiva”.

Na opinião da assistente social o fato dessas mulheres estarem privadas de liberdade não significa que elas tenham que estar privadas de direitos. “O tempo que elas estão lá é provisório e não é porque estão detentas que devem negligenciar a saúde. Então, se, no momento, estão com direito de ir e vir suspenso, nós garantimos a elas o acesso à saúde. Vamos ajudar na recuperação daquelas em que são identificados problemas e, nas que estão saudáveis, vamos ajudar na manutenção da saúde”, afirma.

Entre as atitudes que contribuem para a prevenção do câncer de mama, de acordo com o Inca, estão a prática de atividade física, a manutenção do peso corporal adequado, a ausência ou moderação no consumo de bebidas alcoólicas e a amamentação. Outro fator que protege contra a doença é a abstenção de cigarro, inclusive, do tabagismo passivo.

Mas não foi apenas à saúde física que as atividades realizadas hoje se voltaram. O destaque para a saúde integral foi uma preocupação da SMS, segundo Edna: “Também falamos sobre as diferentes dimensões da saúde, que englobam, além da corporal, a mental, a emocional e a espiritual. Por isso, a autoestima também foi valorizada”.

Veja Mais:  Secretário de saúde diz que gestores da Santa Casa estão equivocados e não há atraso nos repasses

E por falar em autoestima e saúde mental, esse desvelo com o público feminino que, por enquanto, encontra-se em uma situação vulnerável, foi além do diálogo e da escuta atenta. Para prestigiar as detentas, a Saúde as presenteou com um mimo que ressalta que o cuidado consigo mesma também faz parte do bem-estar da mulher. “Oferecemos um kit para cada uma contendo absorvente, desodorante, batom e lápis de olho. Em seguida, criamos um momento de lazer e socialização regado a refrigerantes e com um bolo confeitado para elas saborearem”, lembra Edna e emenda: “Apesar de seus erros na sociedade, essas reeducandas são pessoas e merecem ser tratadas com atenção e humanidade”.

Divididas em pequenos grupos que se dirigiam à sala para o bate-papo e a socialização, todas as detentas que participaram do evento, conforme a SMS, estavam imunizadas com as duas doses da vacina contra a Covid-19. Ainda de acordo com a Pasta, na próxima semana serão realizados, com essa população, exames preventivos de coleta de material de colo de útero e de toque da mama. “Em caso de necessidade, após a avaliação, a paciente vai receber o encaminhamento para realizar a mamografia”, adianta a assistente social.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Após frustração, Nenzão pede desculpas e critica regimento interno da câmara

Publicado

Foto: Ilcimar Aranhas/PORTAL MT

Após ter a posse frustrada no lugar do vereador Ozeas Reis (PP), na câmara municipal de Rondonópolis, o 2º Suplente Idelvamar Menezes ‘Nenzão’, em vídeo pediu desculpas e criticou o regimento interno da casa de leis, e disse que falta pessoas para entender melhor o regimento que é complicado.

“Quero aqui pedir desculpas a casa, a câmara de vereadores, essa instituição a qual eu tenho muito orgulho e sei que a casa do povo é a casa da democracia. Eu estou pedindo desculpa por esse acontecimento, por esses fatos que estão ocorrendo na questão da minha posse. A câmara municipal jamais pode ficar de joelho principalmente porque ela é a casa do povo, ela é a casa onde o povo se socorre, é ali que nós devemos traçar os debates, quero pedir desculpa a câmara municipal sei que ali tem pessoas valorosos, sei que ali tem pessoas valorosas que realmente se dedica para o desenvolvimento da cidade de Rondonópolis, então deixo aqui as minhas desculpa a esse poder legislativo de suma importância para nossa cidade. Mas faço aqui um pedido, o nosso Regimento Interno ele é muito complicado, precisa de algum sábio alguém altamente qualificado para compreender o nosso Regimento Interno, deixo aqui essa reflexão, o Regimento Interno precisa ser revisto porque ele tá muito complicado para algumas pessoas compreender e quero dizer a câmara municipal a esta casa de leis da sua importância eu reconheço e valorizo muito, um abraço a todos e me desculpa”. Disse Nenzão.

Veja Mais:  Projeto possibilita potencializar a autoestima e o protagonismo estudantil em Rondonópolis

O Caso 

Após o licenciamento do vereador Ozeas Reis (PP) da câmara municipal por 121 dias e em acordo para o 2º suplente Idelvamar Menezes para assumir a suplência, virou uma tremenda confusão, onde o 1º suplente Alcimar Borges, reivindica a vaga.

Segundo Nezão, Alcimar Borges entregou um documento reconhecido em cartório, onde citava que não poderia assumir, pois estava de atestado médico. Sendo assim Nenzão encaminhou o documento para a câmara municipal sendo empossado nesta terça-feira (7).

Mas o imbróglio iniciou após Alcimar afirmar que o seu atestado médico venceu no dia de ontem (7), e nesta quarta-feira (9), alega que está apto a assumir a suplência.

Tomando conhecimento de toda a confusão, o titular da cadeira, Ozeas Reis, alegando que não tem acordo com Alcimar, e sim com Nenzão, irá retornar ao cargo na sessão ordinária desta quarta-feira, encerrado a confusão.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Vereador Ozeas Reis volta a câmara municipal e encerra a confusão entre Alcimar Borges x Nenzão

Publicado

Foto: Assessoria

Após o licenciamento do vereador Ozeas Reis (PP) da câmara municipal por 121 dias e em acordo para o 2º suplente Idelvamar Menezes para assumir a suplência, virou uma tremenda confusão, onde o 1º suplente Alcimar Borges, reivindica a vaga.

Segundo Nezão, Alcimar Borges entregou um documento reconhecido em cartório, onde citava que não poderia assumir, pois estava de atestado médico. Sendo assim Nenzão encaminhou o documento para a câmara municipal sendo empossado nesta terça-feira (7).

Mas o imbróglio iniciou após Alcimar afirmar que o seu atestado médico venceu no dia de ontem (7), e nesta quarta-feira (9), alega que está apto a assumir a suplência.

Tomando conhecimento de toda a confusão, o titular da cadeira, Ozeas Reis, alegando que não tem acordo com Alcimar, e sim com Nenzão, irá retornar ao cargo na sessão ordinária desta quarta-feira, encerrado a confusão.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Veja Mais:  Sanear realiza descarga de adutora no Centro, mas abastecimento não será afetado
Continue lendo

Rondonópolis

Após atender mais de 100 mil pessoas, Central de Vacinação será desativada em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

A Central de Vacinação que funciona no estacionamento da Secretaria Municipal de Saúde em uma grande tenda será desativada a partir do dia 15. A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) informou o Município sobre a data de desativação. O local, que funcionou por mais de cinco meses na cidade, por meio de uma parceria entre Prefeitura e ALMT, concentrou grande parte da imunização contra a Covid-19 e em horários estendidos, permitindo maior flexibilidade para que o cidadão se vacinasse. Ao todo, 114.993 pessoas foram vacinadas no espaço.

O secretário Municipal de Saúde, Vinícius Amoroso, agradeceu à Assembleia Legislativa pela iniciativa e parceria com o Município, contribuindo ao trabalho de vacinação contra a Covid-19 em Rondonópolis. “Foi uma importante parceria que ajudou a cidade na imunização. Agradecemos imensamente a ALMT por essa parceria nesse momento importante de combate à pandemia”, disse.

A Central de Vacinação foi inaugurada em Rondonópolis em 5 de julho e somente no primeiro dia de funcionamento, mais de 2 mil pessoas receberam a vacina contra a Covid-19 no local. Ao longo dos cinco meses em funcionamento, o espaço atendeu moradores até o período noturno, facilitando o acesso à vacina para quem trabalha o dia todo.

Com a desativação da Central de Vacinação, a Secretaria Municipal de Saúde destaca que a imunização contra a Covid-19 continua sendo realizada nos postos de saúde, conforme cronogramas de datas e horários definidos e divulgados previamente pelo Município.

Veja Mais:  Após frustração, Nenzão pede desculpas e critica regimento interno da câmara

Vacinação em Rondonópolis

A imunização contra a Covid-19 na cidade continua com a oferta de primeira dose para adolescentes maiores de 12 anos, de dose de reforço para idosos com mais de 60 anos e pessoas maiores de 18 anos, bem como com a oferta das segundas doses das vacinas Pfizer, Astrazeneca e Coronavac.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana