Rondonópolis

Secretários comparecem a Ordem do Dia para prestar esclarecimentos

Publicado

Foto: Assessoria

Compareceram na reunião de Ordem do Dia realizada hoje (13) na Câmara Municipal de Rondonópolis os servidores, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico Milton Luiz de Araújo, o Secretário Municipal de Transporte e Trânsito Rodrigo Metello de Oliveira, o Secretário Municipal de Meio Ambiente João Copetti Bohrer, a Secretária Municipal de Receita Erazilene Valentim Silva, o Procurador Geral do Município Anderson Flávio de Godoi, e a responsável pela Vigilância Sanitária no município Geraldina Benedita Ribeiro da Silva, que foram convocados na última semana pelo vereador Jailton do Pesque Pague (PSDB) para prestarem alguns esclarecimentos acerca de assuntos polêmicos no município, entre eles, a desordem com os ambulantes, a Lei do Silêncio, e o uso indiscriminado das ruas por várias pessoas que estão montando seus comércios.

Quanto a Lei do Silêncio os vereadores lembraram dos músicos que estão tendo seus equipamentos apreendidos durante as fiscalizações. O secretário João Copetti Bohrer disse que não existe Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), e sim uma ata de reunião entre todos os órgãos ambientais, que serviu para ajustar entre os órgãos envolvidos de que maneira iriam agir nas fiscalizações, e com base em uma Lei Municipal ficou estendido 70 decibéis. “Um decibelímetro calibrado pelo Immetro usa um background de 30 a 40 decibéis começando aferir com dado negativo para desconsiderar o som ambiente, e nós sabemos que 70 decibéis é muito baixo, então o que está faltando muitas vezes é o bom senso”, falou o Secretário Municipal de Meio ambiente.

Veja Mais:  Obra de ampliação do PSF da Vila Adriana é concluída

Quanto ao comércio ambulante de alimentos que estão espalhados pelas ruas da cidade, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico Milton Luiz de Araújo disse que tem trabalhado junto com a secretaria de receita nessas fiscalizações. “É preciso uma ação conjunta com outras secretarias e também com a vigilância sanitária para essas fiscalizações, não queremos prejudicar ninguém, queremos que cada um tenha o seu meio de sobreviver, mas desde que não atrapalhe o outro também”, ressaltou o secretário.

“Nós estamos traçando algumas estratégias para fazer essas fiscalizações, mas esbarramos em um problema que é a falta de fiscais, por isso tem horas que eu me sinto incapaz, a Lei é muito boa, porém nem sempre consigo aplicá-la porque não tenho um efetivo maior”, relatou a Secretária Municipal de Receita Erazilene Valentim Silva.

“A vigilância sanitária está priorizando o que causa mais dano à população, embora o alimento também cause, por isso estamos neste momento orientando os ambulantes a fazerem uma capacitação de boas práticas de manipulação de alimentos, porque se não consegue retirar, devemos pelo menos orientar”, comentou a responsável pela Vigilância Sanitária no município Geraldina Benedita Ribeiro da Silva.

Ficou definida na reunião que essas secretarias vão se unir para fazer uma força tarefa para fiscalizações a cada 60 dias.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Após confusão moradora registra 'Boletim de Ocorrência' contra líder comunitária do Distrito de Nova Galileia

Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis acata decisão judicial que determina suspensão das atividades não essenciais

Publicado

Foto: Ilcimar Aranhas;Portal MT

A Prefeitura de Rondonópolis acatou a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), processo nº 1021189-51.2020.4.01.0000 que obriga a suspensão das atividades não essenciais no município. Fica autorizada a funcionar apenas serviços considerados essenciais para população, com base no decreto federal nº 10.282.

Assim, todas as decisões estão sendo tomadas para cumprir a determinação judicial. Com a decisão fica suspenso cautelarmente a eficácia do Decreto Municipal nº: 9.480 de 16 de abril de 2020.

O decreto 9.604 entra em vigor a partir da sua publicação com efeitos a partir desta terça-feira (14/07).

Veja o Decreto Municipal: http://www.rondonopolis.mt.gov.br/media/docs/edicoes/2020/July/2edc6a07-fa70-41e0-8976-c5da313be53a.pdf

Decreto federal com as atividades essenciais
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/decreto/D10282.htm

Comentários Facebook
Veja Mais:  Após confusão moradora registra 'Boletim de Ocorrência' contra líder comunitária do Distrito de Nova Galileia
Continue lendo

Rondonópolis

Sanear interrompe abastecimento no setor Monte Líbano para reparo em registro

Publicado

.

A equipe do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis – Sanear vai implantar, nesta terça-feira (14), um registro na adutora de água da avenida Fernando Correia da Costa. Para tanto, precisará interromper o abastecimento em alguns bairros durante o período da manhã. A equipe da autarquia informa que o reabastecimento ocorrerá de forma gradativa devido ao número de bairros atingidos pela intermitência.

A equipe do Sanear pede que, durante este período, os moradores racionem água, bem como, não realizem atividades que possam aumentar o consumo em suas casas, pois a distribuição é gradativa, levando um pouco mais de tempo para que todas as residências sejam abastecidas normalmente.

BAIRROS AFETADOS

O abastecimento ficará interrompido no setor Monte Líbano, sendo os bairros Jardim Guanabara, Residencial Quitéria Teruel, Monte Líbano, Santa Marta, João de Barro, Novo Horizonte, Jardim Liberdade, Jardim Novo Horizonte, Jardim HD, Jardim Tropical, Jardim Belo Horizonte, Jardim Gramado, Jardim Kênia, Jardim Esmeralda, Parati, Vila Carvalho, Panvile, Jardim América, Vila Andrea, Residencial Violeta, Vila Birigui, Residencial Orquídea e Pindorama.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Covid-19: Secretaria de Saúde esclarece número de óbitos em Rondonópolis 
Continue lendo

Rondonópolis

Mais de 50% dos pacientes diagnosticados por Covid-19 estão curados em Rondonópolis

Publicado

Foto: Divulgação

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde divulgou  neste domingo (12.07) divulgou o boletim informativo com dados atualizados da Covid-19 em Rondonópolis.

De acordo com o Boletim, há 3023 casos confirmados da Covid-19 (coronavírus) em Rondonópolis. Sendo 1298 em isolamento domiciliar, 72 hospitalizados, 1545 casos recuperados e 108 óbitos.

Destaque para o número de casos curados que chegou a 1545, totalizando 51%  dos casos diagnosticados. 106 pessoas testaram positivo para a Covid-19 nas últimas 24 horas. No total, o município registra 3023 casos confirmados e 108 mortes.

De acordo com o boletim, 26 pacientes com a doença seguem internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pública com superlotação de 118,2%. Na rede privada 30 pacientes estão na (UTI) com 187,5% de Superlotação. Totalizando 56 pacientes na UTI das 38 que Rondonópolis possui na rede pública e privada.

Missão Cidadão

Foto: Assessoria

Na manhã da última quarta-feira (08/07) foram apresentados pelo Conselho de Entidades de Rondonópolis os pontos de triagens para os testes de Covid-19 a população, o evento ocorreu na Praça Brasil, na região central da cidade, que recebeu um destes pontos de triagem e a Central de Cuidados Médicos (CCM). Dentre as 14 entidades que integram o projeto estão o Sindicato do Comércio Varejista de Rondonópolis (Sincomroo), juntamente com o Sesc e o Senac que representam a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio MT). Foram disponibilizados 6 postos de triagem.

Veja Mais:  Medeiros e Claudinei articulam apoio aos pré-candidatos e integração partidária em eleições de Rondonópolis

Ponto 1 – Praça Brasil

Ponto 2 – Igreja São Francisco – Bairro São Francisco

Ponto 3 – Terminal Alberto Luz – Jardim Belo Horizonte

Ponto 4 – Oratório Salesiano Filhos De Dom Bosco – Parque Universitário

Ponto 5 – Comunidade São Matheus – Jardim Adriana

Ponto 6 – Paróquia São João Bosco – Vila Rica

Projeto Sentinela 

Foto: Assessoria

A Secretaria de Saúde de Rondonópolis, busca agilizar o diagnóstico da covid-19 e com isso iniciar o tratamento precoce contra a doença, criou o projeto Sentinela que já está funcionando em quatro unidades de saúde, nos bairros Vila Olinda, Vila Rica, Cidade de Deus e na policlínica da Vila Itamaraty.

Uma equipe completa, inclusive com médicos, está disponibilizada para atender exclusivamente os pacientes que apresentarem sintomas relacionados à covid-19. As unidades do projeto Sentinela abrem as portas às 7 horas e recebem a população até as 17 horas, momento que é encerrado o atendimento e fechada a unidade para sanitização. A equipe retorna às 18 horas e permanece de portas abertas até a meia noite.

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana