Rondonópolis

Vereador alerta para transporte clandestino de passageiros em Rondonópolis

Publicado

Vereador Rodrigo da Zaeli- Foto: Assessoria

O presidente da Câmara de Vereadores de Rondonópolie, Rodrigo da Zaeli (PSDB), demonstrou preocupação com o transporte clandestino de passageiros no município. O parlamentar, inclusive, decidiu encaminhar à Secretaria Trânsito um pedido de fiscalização urgente.

O vereador explicou que o serviço de táxi e de aplicativo, tipo Uber, por exemplo, não são o problema. “O que está preocupando são algumas pessoas que não estão trabalhando com aplicativo e nem como táxi e transportando passageiros, sem nenhuma legalidade”, disse.

Ele lembrou ainda que tanto os taxistas e os motoristas que usam aplicativos são identificados, e esses motoristas que trabalham de forma irregular não sabem, em muitos casos, quem são. “Aconselho a população a usar o aplicativo ou o serviço de táxi, que é bem mais seguro, pois de outra forma pode ser um risco”, externou.

Zaeli também argumentou que a Câmara está trabalhando um projeto para regulamentar o que pode e o que não pode no transporte municipal. Ele ainda explicou que a Lei Federal autoriza o transporte individual de passageiros e resta ao município fazer a regulamentação.

PLANO DIRETOR – O vereador também observou a necessidade de que o Plano Diretor seja finalizado antes do Código Ambiental do Município, pois caso contrário, os estudos e desenvolvimento do projeto ficam prejudicados. Zaeli ainda reforçou que os vereadores vão participar da discussão final e terão autonomia para fazer as adequações que, por ventura, forem necessárias.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Novos aparelhos refrescam o clima das aulas de judô no Jardim do Sol

Rondonópolis

Arraiá Solidário do Sipros arrecada quase meia tonelada de alimentos

Publicado

Foto: Assessoria

A diretoria do Sipros realizou a entrega dos alimentos arrecadados durante o Arraiá Solidário, realizado no último dia 18 de junho. A organização não cobrou entrada e nem mesa para associados, para não filiados o ingresso foi 1kg de alimento não perecível.

A arrecadação superou todas as expectativas. Quase 400 kg de mantimentos foram deixados na portaria do clube social da entidade. Somadas às 12 cestas básicas doadas pela presidente da União Rondonopolitana das Associações de Moradores de Bairros (Uramb), Nilza Sirqueira, o Sipros arrecadou quase meia tonelada de alimentos e produtos de higiene e limpeza.

Uma parte dos alimentos foi entregue para a Pastoral da Social da paróquia Bom Pastor, o restante foi doado para Centro de Reabilitação Louis Braille, uma entidade que existe desde 1983 beneficente, sem fins lucrativos, que atende mais de 200 pessoas de Rondonópolis e região, com deficiência visual e múltiplas deficiências. “Essas duas entidades realizam um grande papel na região e precisam constantemente de doações. A ideia é aumentar nossas contribuições com o terceiro setor. Nós como sindicalistas precisamos cumprir um papel social. Há muito tempo não via tanta gente passando por necessidades e não podemos ficar de braços cruzados. É possível ajudar e vamos ajudar”, garante José Vlademir Ribeiro Marcondes, presidente do Sipros.

Além das doações, o Sipros também destinou toda a comercialização de comidas típicas para entidades que trabalham com assistencialismo. A produção e venda foi realizada pelo Lions Clube Rondonópolis, Lions Clube Rondonópolis São José Operário e Comunidade Nossa Senhora de Assunção.

Veja Mais:  Rondonópolis pode ganhar delegacia especializada em crimes raciais, religiosos e contra LGBTQIA+

34 anos de luta

O Arraiá Solidário marca o início das comemorações dos 34 anos de fundação do Sipros, o segundo maior sindicato de trabalhadores da educação estadual de Mato Grosso. Já são mais de 1.500 filiados.

A entidade disponibiliza para filiados, assessoria jurídica, assessoria contábil, plano de saúde, mais de 30 convênios com empresas locais e ainda lazer. O filiado ainda tem direito a utilizar todas as dependências do clube, com piscina, campo de futebol, quadra de areia, quiosques, área de recreação, salão para festa climatizado, duas salas de jogos e uma grande área verde. Tudo isso a menos de 3 km do centro de Rondonópolis.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Mulheres da zona rural terão atendimento especial com Ônibus Lilás

Publicado

O Ônibus Lilás chega em Rondonópolis para levar atendimento até as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar residentes nas aldeias indígenas, quilombolas e assentamentos durante os dias 23, 29 e 30 de junho e 1 de julho.

O veículo equipado com estrutura para realizar diversos atendimentos conta com computadores, impressoras, geradores de energia, cadeiras, copa e banheiro. Entre os serviços prestados há acolhimento de denúncias sobre violação de direitos humanos, atendimento psicossocial, informações sobre direitos, orientações sobre violência doméstica e serviços disponíveis nas redes de proteção e defesa.

Na área da saúde, o município ofertará testes rápidos para hepatite e sífilis, atualização da caderneta de vacinas, consulta médica com solicitação de todos exames preventivos referentes à saúde da mulher.

O cronograma atende a Aldeia Tadarimana na manhã do dia 28 de junho e na tarde do mesmo dia a comunidade da Nova Galileia. No dia 29 durante o período matutino estará na Gleba Rio Vermelho e no período vespertino no Campo Limpo. Durante o dia 30 inteiro atenderá as mulheres no assentamento Carimã e no dia 1 de julho na Vila Naboreiro.

Os atendimentos ocorrem por meio de uma parceria da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT) com a Prefeitura de Rondonópolis através da Secretarias Municipais de Assistência Social e de Saúde, do Conselho da Mulher, CRAS e outras Secretarias que compõem o município para dar continuidade aos atendimentos.

Veja Mais:  Rondonópolis pode ganhar delegacia especializada em crimes raciais, religiosos e contra LGBTQIA+

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Pets e tutores fizeram a festa na primeira edição do “Aurraía”

Publicado

Foto: Assessoria

No último sábado (25), a Praça SALAS, na Vila Aurora recebeu em sua primeira edição do “Aurraía” SALAS, um grupo de pets e seus tutores para uma confraternização junina com direito a pipoca, algodão doce, brigadeiros e é claro petiscos para os animais. Além das guloseimas, foi realizado um desfile de trajes juninos, com premiação especial para os três melhores colocados.

Ao todo participaram do “Aurraía” 40 pets, com 30 deles trajados de caipiras participaram do desfile, com direito à demonstração de truques para os juízes e a plateia presente. Para a gerente comercial da Salas Incorporadora, Janaina Mota, o evento superou as expectativas e a participação das pessoas trazendo seus pets só abrilhantou ainda mais o “Aurraía”. “Estamos muito felizes com o evento, pois era um desejo nosso realizar algo para o segmento do pet aqui na Praça, sendo que em todos os nossos empreendimentos temos um espaço exclusivo para os pets. Agradecemos a participação da comunidade neste evento, que foi bastante descontraído com aquele que também faz parte da família”, destacou.

O esperado desfile contou com a participação de diversas raças. Desde o pequeno poodle toy, aos “gigantes” pitbull e pastor alemão, onde o mais importante foram a interação e o fortalecimento de vínculos, como disse a tutora Larissa Fonseca, da Golden Retriever Amora, de dois anos, que levou o segundo lugar. “É uma excelente iniciativa, pois agrega muito para a comunidade e não só para quem mora aqui no entorno, mas que atrai pessoas de outras regiões que têm o mesmo interesse que são os pets. E os animais que adoram socializar com os outros também aproveitam, e nós que somos os tutores também acabamos fazendo amizades nestes encontros”, destacou.

Veja Mais:  Novos aparelhos refrescam o clima das aulas de judô no Jardim do Sol

 Já o primeiro lugar ficou com a pitbull Zara, que conquistou os jurados e o público com sua simpatia e docilidade. Para a tutora Gledi Triches Lopes, participar com a Zara neste tipo de evento ajuda também a quebrar alguns paradigmas sobre a raça. “É muito importante a conscientização, pois as pessoas têm muito preconceito pela raça, pois acham que é uma raça agressiva e o pitbull nada mais é do que o reflexo da criação, porque a raça em si é dócil e poder propagar isso em um evento tão bem organizado é muito bom”, destacou.

Ao final foi realizado diversos sorteios para os pets e seus tutores presentes no evento. O primeiro “Aurraía” contou com o apoio do Hotel Slaviero Essential, Brigadeiros da Gi, Zaeli, Mundo Animal, Master Pet, Pestico Pet e Pet Sitter.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp – Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana