conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Após instituir Câmara do Leite, Seaf realiza 1ª Reunião Ordinária em Mato Grosso

Publicado

A Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) realizou na última semana, a primeira reunião ordinária da Câmara Setorial de Bovinocultura de Leite (CS-BL), do Estado de Mato Grosso. A câmara foi instituída pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS), por meio da Resolução Nº 03, de 02 de maio de 2019. O Conselho Estadual é presidido pelo secretário de Estado de Agricultura Familiar, Silvano Amaral e é responsável pela formatação das políticas públicas ligadas à Agricultura no Estado. Já a câmara setorial tem a finalidade de assessorar o CEDRS na elaboração e propositura das ações relativas à cadeia produtiva do leite.

As câmaras são importantes ferramentas para a discussão dos diversos elos da cadeia produtiva, reunindo entidades representativas de produtores, instituições, e outros parceiros do setor, além de representantes de órgãos públicos e técnicos. Também cabe à câmara apontar soluções sobre matérias que afetam, ou possam vir a afetar o desenvolvimento da cadeia, identificando inclusive, possíveis entraves a produção e a qualidade dos produtos.  

“Nós [governo do estado] instituímos a Câmara Setorial do Leite para assegurar o papel de convergência entre os elos da cadeia produtiva, e a competitivade com geração de emprego e renda em todos os níveis da cadeia. O setor vem enfrentando uma séria crise nos últimos anos provocada principalmente pela pressão dos preços ao produtor e pelos altos custos de produção. Se a câmara for competente, bem articulada e representativa, ela terá condições de absorver com fidelidade os anseios da cadeia e subsidiar o Estado na elaboração de políticas públicas eficientes, com especial atenção ao setor primário”, definiu o secretário Silvano Amaral.

Veja Mais:  PGE garante importantes conquistas ao Estado em meio à pandemia do novo coronavírus

Em Mato Grosso, a CS-BL reúne membros de 14 entidades ligadas ao setor, sendo, Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Superintendência Federal de Agricultura em Mato Grosso (MAPA/MT), Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Mato Grosso (Fetagri), Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Sindicato de Laticínios de Mato Grosso (Sindilat), Associação dos Produtores de Leite de Mato Grosso (Aproleite), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A coordenação dos trabalhos está à cargo do Engenheiro Agrônomo e secretário-adjunto de Agricultura Familiar (Seaf), Carlos Alberto Simões de Arruda, ao qual cabe conduzir as reuniões da câmara. A vice coordenadoria foi assumida pela Médica Veterinária e Fiscal Estadual de Defesa Agropecuária e Florestal (Indea), Make Kawatake Mintetto. Já o relator será definido entre os membros do CEDRS, e terá a responsabilidade de submeter ao conselho as principais pautas e demandas tratadas pela câmara.  

No encontro também foi definido o regimento interno da Câmara Setorial de Bovinocultura de Leite (CS-BL), entre outros encaminhamentos. As reuniões ordinárias serão realizadas quadrimensalmente, conforme quadro anual definido sob a anuência dos membros da câmara. As reuniões extraordinárias poderão ser convocadas a qualquer tempo, desde que aprovadas pelo CEDRS. A Câmara Setorial terá sua próxima reunião ordinária no dia 27 de novembro, às 14h, na sede da Seaf.

Veja Mais:  Auditoria da CGE detecta redução de 30 milhões nos gastos com locação de veículos

Comentários Facebook

Mato Grosso

Detran-MT passa por higienização de rotina em todas as unidades do Estado

Publicado


.

Dando continuidade às ações de prevenção ao novo coronavírus, o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) passou, nesta segunda-feira (01.06), por uma desinfecção de todos os ambientes da sede da Autarquia, em Cuiabá. A ação foi feita por militares do Corpo de Bombeiros e do Exército Brasileiro.

Os militares explicaram que a sanitização biológica é feita com solução a base de hipoclorito e não é tóxica, sendo muito eficaz no combate à proliferação do novo coronavírus.

No último sábado (30.05), foi realizada a higienização de todas as unidades do Detran-MT no interior do Estado, as Ciretrans. Nesta semana, passarão pelo processo de sanitização os núcleos e postos de atendimentos do Detran-MT de Cuiabá e Várzea Grande.

O Detran-MT está realizando esse procedimento de desinfecção das unidades de forma periódica, atendendo às recomendações do Governo do Estado com vistas a preservar a saúde de servidores e usuários que transitam pelas unidades da Autarquia.  

“Desde que as unidades voltaram a funcionar de forma presencial, foram tomadas todas as medidas de prevenção e segurança necessárias para preservar a saúde dos servidores e da população, com a distribuição de máscaras, luvas, álcool 70%, bem como a manutenção do distanciamento mínimo”, destacou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Embora o Detran-MT tenha retomado o atendimento de forma presencial, a orientação neste momento de prevenção ao novo coronavírus é que o cidadão verifique sempre se o serviço que ele deseja está disponível de forma digital, no site da Autarquia, para evitar deslocamento desnecessário até alguma unidade, uma vez que o distanciamento social é uma das maneiras de evitar a propagação do Covid-19.

Veja Mais:  Auditoria da CGE detecta redução de 30 milhões nos gastos com locação de veículos
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governador entrega as contas anuais de Governo ao Presidente do TCE-MT

Publicado


.

O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Antonio Maluf, recebeu do governador do Estado, Mauro Mendes, na manhã desta segunda-feira (01), as contas de Governo referente ao ano de 2019. 

Maluf avaliou como positiva a iniciativa do governador em ir até a sede do TCE-MT entregar as contas anuais de governo. O relator das contas é o conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto.

“Estou recebendo o governador Mauro Mendes que trouxe em mãos, as contas do primeiro ano de governo. Essa atitude mostra que o governo promoveu as mudanças necessárias, a transparência e a partir de agora, vamos começar a cumprir os prazos e processos internos do Tribunal para que a gente possa encaminhar à Assembleia Legislativa o parecer sobre as contas de governo”, afirmou o conselheiro. 

O governador Mauro Mendes fez um balanço do primeiro ano de gestão e destacou a importância dos órgãos de controle. “Estamos entregando ao presidente deste Tribunal e ao conselheiro relator, um relatório anual das contas de 2019 do primeiro ano da nossa administração. É um relatório robusto, que traz todos os números e dados. É importante destacar que está configurado que em 2019, cortamos R$ 1 bilhão em despesa dentro do governo. Os restos a pagar, ou seja, as dívidas que o Estado tinha com os fornecedores e prefeituras, já reduziu R$ 700 milhões de reais. Isso mostra que fizemos um esforço na melhoria da nossa receita, na diminuição de despesas e isso foi fundamental para o equilíbrio das contas no ano de 2019”, avaliou. 

Veja Mais:  Domingo (31): Mato Grosso registra 2.485 casos e 63 óbitos por Covid-19

Sobre este ano, o governador comentou que o Estado entrou mais sólido e firme para 2020 e por isso, tem mais condições de enfrentar a crise econômica que se abate sobre o mundo e o Brasil, e que também deve chegar em Mato Grosso. “O governo está preparado, fez a lição de casa, cortando despesas para melhorar acima de tudo, o investimento naquilo que importa ao cidadão, investir em infraestrutura, educação, segurança, e saúde como temos feito nesses dias de pandemia abrindo tantos leitos, passaremos de 200 leitos novos de UTI criados a partir do momento que iniciou a pandemia do novo coronavírus”, afirmou. 

O relator das contas do governo de Mato Grosso, Gonçalo Domingos de Campos Neto disse que o TCE-MT tem 60 dias para avaliação dos números de 2019 para emitir o parecer e encaminhar à ALMT que vai votar as contas do ano passado. “Espero fazer um trabalho honesto e coerente, com isenção para mostrar a sociedade que o TCE-MT está atento as questões do governo. Também acredito que o governo está fazendo a sua parte”, comentou.  

Também participaram o conselheiro Isaías Lopes, os secretários de Estado Mauro Carvalho, da Casa Civil; Rogério Galo, da Fazenda e o deputado estadual Wilson Santos. 

Contas de Governo

As Contas Anuais de Governo não são julgadas pelo TCE, que apenas avalia a gestão política dos chefes do Poder Executivo e emite um parecer prévio para auxiliar no julgamento do Poder Legislativo, este sim, responsável por aplicar eventuais sanções específicas.

Veja Mais:  Obras de pavimentação entre Novo São Joaquim e Campinápolis seguem em ritmo acelerado

 

Kleverson Souza

 Secretaria de Comunicação/TCE-MT

(65) 3613 7559

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Obras de pavimentação entre Novo São Joaquim e Campinápolis seguem em ritmo acelerado

Publicado


.

As obras de pavimentação da rodovia MT-110, no trecho entre o rio Noidore e o distrito de Placa Nativa, em Campinápolis, seguem em ritmo acelerado. Serão asfaltados 25 quilômetros e atualmente estão sendo executados os serviços de terraplanagem em todo o trecho.

A pavimentação é realizada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e permitirá a ligação do município de Novo São Joaquim até Campinápolis, Nova Xavantina e à BR-158, na região Leste de Mato Grosso, por vias asfaltadas. 

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística Marcelo de Oliveira, a pavimentação da rodovia MT-110 nesse trecho foi dividida em dois lotes, sendo um complementar ao outro, totalizando 50 quilômetros de asfalto – e as obras seguem dentro do cronograma.

“Já fizemos uma parte do asfalto na entrada da cidade de Novo São Joaquim. Agora estamos avançando com as obras, que seguem dentro do previsto. Serão mais de 50 quilômetros de pavimentação para atender uma demanda antiga da região”, disse o secretário.

Pavimentação concluída 

Além do trecho em obras, já foram asfaltados 26,5 quilômetros da MT-110, no trecho que vai do entroncamento da MT-415, em Novo São Joaquim, até o rio Noidore, no município. 

Para o prefeito de Novo São Joaquim, Antônio Augusto Jordão, a obra é importante para ligar definitivamente o município a uma rodovia federal, o que vai assegurar o fortalecimento econômico da cidade e da região, com uma rota segura para o escoamento da produção.

Veja Mais:  Governador entrega as contas anuais de Governo ao Presidente do TCE-MT

“São dois trechos. Um já foi concluído, está pronto. A empresa está muito atuante com o compromisso de entregar a obra agora em agosto. Aí, definitivamente São Joaquim estará ligado com o asfalto a uma BR. Isso é muito importante para o desenvolvimento e para o escoamento da safra do nosso município”, disse.

Ainda segundo o prefeito, existem mais de 400 quilômetros de rodovias estaduais que cortam o município e que, graças ao apoio do Governo do Estado, também estão recebendo a atenção devida, com serviços de recuperação.

“Estamos fazendo nossa parte. Temos mais de 400 quilômetros de MTs no nosso município e temos 70% delas, pós chuva, recuperadas. Temos como princípio a parceria Município e Estado. Quero agradecer ao governador Mauro Mendes pela presteza e atenção que tem nos dado. Quero parabenizar toda a equipe. Estamos lá e estamos juntos fazendo o melhor para o município e Estado”, assegurou o prefeito.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana